R7 - Esportes

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

25 de Abril de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Esportes/Futebol/Notícias

Icone de Futebol Futebol

publicado em 30/05/2011 às 10h41:

Obras no estádio do Corinthians começam
com seis máquinas e 20 operários

Construção deve acabar em dezembro de 2013, a seis meses da abertura da Copa

Do R7, com informações da Gazeta Press


Publicidade

O tão sonhado estádio do Corinthians começou a sair do papel nesta segunda-feira (30), com o início das obras de terraplanagem do terreno em Itaquera, na zona leste de São Paulo.

Vote: o estádio corintiano agora vai sair mesmo?

Veja mais notícias do Corinthians

Veja a página de Futebol do R7

O primeiro trator foi ligado por volta das 8h15 (de Brasília). Antes, o engenheiro responsável pelas obras, Frederico Barbosa, da construtora Odebrecht, se reuniu com os operários que vão executar o serviço para explicar como será a primeira etapa.

- Os três primeiros meses serão de serviços preliminares: limpeza de terreno, terraplanagem, marcação topográfica, coleta de materiais para fazer ensaios e início dos testes de fundação.

Segundo o engenheiro, a fundação dos prédios deve começar a ser feita na segunda quinzena de julho. O objetivo é concluir o estádio em dezembro de 2013, cerca de seis meses antes do início da Copa do Mundo de 2014. O estádio, conhecido por enquanto como Fielzão, deve receber o jogo de abertura.

No primeiro dia de obras, havia apenas 20 pessoas trabalhando, em dois tratores, duas escavadeiras e dois caminhões, maquinário que deve aumentar bastante. De acordo com Barbosa, somente no período de terraplanagem, o número de funcionários no local vai chegar a 150 pessoas, podendo alcançar 800 trabalhadores até o fim do ano. A expectativa é que o custo desta primeira etapa chegue a cerca de R$ 30 milhões.

O custo total da obra ainda está indefinido. Para receber a abertura da Copa do Mundo, como querem a Fifa e o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, o estádio deve sair por cerca de R$ 1 bilhão. Para isso, porém, seria necessário o aporte de verba pública, já que o Corinthians e a Odebrecht esperavam gastar cerca de R$ 650 milhões, no orçamento inicial.

A diferença é que esse valor serviria para construir uma arena com 48 mil lugares, tamanho insuficiente para o jogo de abertura - que exige capacidade de pelo menos 65 mil espectadores.

Até o ano passado, o terreno em Itaquera era ocupado por um centro de treinamento e um alojamento, utilizados pelas categorias de base do Corinthians. Esses jogadores, de até 18 anos, agora treinam no CT do Flamengo de Guarulhos ou no parque São Jorge, que deixou de ser usado pelo time principal com a inauguração do CT Joaquim Grava, no Parque Ecológico do Tietê.

Veja Relacionados:  futebol,Copa 2014
futebol  Copa 2014 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping