R7 - Esportes

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

2 de Setembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Esportes/Futebol/Notícias

Icone de Futebol Futebol

publicado em 10/11/2009 às 18h06:

Goleiro da seleção alemã Robert Enke comete suicídio

Arqueiro jogava no Hannover 96 e era favorito para ser titular na Copa de 2010

Do R7, com agências internacionais

O goleiro alemão Robert Enke, de 32 anos, jogador do Hannover 96 e da seleção nacional, morreu nesta terça-feira (10) apósr ter seu carro atropelado por um trem no interior do país. O empresário e amigo do goleiro Jörg Neblung declarou que Enke se suicidou.

- Posso confirmar que se trata de um suicídio. Robert se matou pouco antes das seis da tarde [15h de Brasília].

A polícia alemã afirmou que trabalha com a hipótese de suicídio. Segundo jornais da Alemanha, o jogador deixou uma carta de despedida que foi encontrada pela polícia.
O incidente ocorreu em uma ferrovia na cidade de Elivese. Os rumores de um possível suicídio ganharam força pelo histórico recente do goleiro. Em 2006, Enke perdeu uma filha de dois anos, que morreu devido a problemas no coração.

O arqueiro desfalcou a seleção alemã em alguns jogos recentes, oficialmente por causa de uma infecção intestinal. Ele também não havia sido convocado pelo técnico do time, Joachim Löw, para os amistosos contra Chile e Costa do Marfim, nos dias 14 e 18 de novembro.

Enke deixa a mulher Teresa e uma filha de oito meses, chamada Leila, e que foi adotada pelo casal.

O presidente do Hannover 96, Martin Child, afirmou que Enke "estava instável", mas isso provavelmente não era notório para o público.

A Confederação Alemã de Futebol divulgou uma nota confirmando a morte, e o gerente da seleção, Oliver Bierhoof, lamentou o ocorrido.

- Estamos todos chocados. Estamos sem palavras.

Löw já tinha deixado claro que Enke era o seu favorito para ser titular do time na Copa do Mundo da África do Sul, em 2010. Entretanto, devido aos problemas físicos do goleiro, René Adler ganhou espaço na disputa.

Oito vezes chamado para a seleção, Enke nasceu em 24 de agosto de 1977, em Jena, e começou a carreira no Carl Zeiss, de sua cidade natal, antes de defender o Borussia Mönchengladbach. Ele passou ainda por Benfica (1999-2002), Barcelona (2002-2003), Fenerbahçe (2003), Tenerife (2004) e Hannover 96 (desde 2004).

Segundo fontes ligadas ao goleiro, Enke analisava deixar o Hannover para jogar em um time de maior projeção, visando se destacar em uma das competições europeias e voltar à titularidade na seleção alemã.

Veja Relacionados:  robert enke, morre
robert enke  morre 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping