R7 - Esportes

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

30 de Setembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Esportes/Futebol/Notícias

Icone de Futebol Futebol

publicado em 06/12/2012 às 10h22:

Jogar nos EUA pode fazer Kaká perder mais de R$ 10 milhões por ano em salários

Meia teria que baixar vencimentos mensais para se enquadrar no teto da MLS

Do R7

Publicidade

Kaká revelou que está aberto a ouvir o Real Madrid e resolver a situação que considera “desconfortável” e dá um passo em direção a porta de saída do clube merengue. Com vários times de olho em seu futebol, o meia pode ter como destino os Estados Unidos, mas a transferência pode causar um prejuízo considerável. Para jogar nos EUA, Kaká teria que baixar seu salário em cerca de R$ 12 milhões por ano.

No Real Madrid, Kaká recebe cerca de R$ 24 milhões por ano, cifra que nenhum outro clube quer pagar ao jogador, segundo o jornal espanhol AS.

Os dois clubes norte-americanos que querem contar com Kaká têm teto salarial bastante abaixo desse valor, metade, para ser mais exato.

Estrela do New York Red Bull, o francês Henry recebe cerca de R$ 13 milhões por ano (4,8 milhões de euros), o maior salário da equipe.

Perto do bi mundial, elenco do Corinthians ainda é ‘pobre’

O Los Angeles Galaxy, outro time norte-americano interessado em Kaká, pode pagar acima desse valor. Ex-jogador da equipe, David Beckham afirmou que o clube “faria qualquer coisa” para contar com o meia brasileiro.

 A MLS (Liga Norte Americana de futebol), no entanto, é rígida quanto aos salários pagos aos jogadores. O teto estipulado pela Liga é de R$ 730 mil (230 mil euros) e somente três atletas, por equipe, podem receber mais que esse valor. O Red Bull já estourou sua cota, enquanto o Galaxy tem a “vaga” de Beckham aberta.

Luis Fabiano assume erro e fala até em largar futebol

Barrichello é o piloto mais desejado pelas mulheres infiéis

Kaká tem enfrentado dificuldades no Real Madrid por não conseguir se firmar na equipe principal. Seu alto salário impediu transferências para outros times, o brasileiro nunca quis baixar o valor.

Em entrevista recente, um agente que negociou uma transferência de Kaká, não concretizada, afirmou que o brasileiro é “refém do salário”.

 
 
Veja Relacionados:  kaka, real madrid, galaxy
kaka  real madrid  galaxy 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping