R7 - Esportes

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

1 de Outubro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Esportes/Futebol/Notícias

Icone de Futebol Futebol

publicado em 24/04/2012 às 18h24:

Erro de Messi mostra que não existem ‘deuses’ no futebol

Melhor do mundo nos últimos três anos foi responsável pela queda do Barça na Champions

Paulo Amaral, do R7


Publicidade

Endeusado por 99,99% da crônica esportiva, o argentino Lionel Messi, eleito pela Fifa como o melhor jogador do planeta nos últimos três anos, viveu um dia atípico nesta terça-feira (24), em pleno estádio Camp Nou, casa do Barcelona, e mostrou que não existem mais ‘deuses’ no futebol.

Principal esperança catalã para tentar a conquista do bicampeonato da Liga dos Campeões, Messi, como qualquer mortal, falhou na hora decisiva e foi o grande responsável pela eliminação da equipe diante do valente Chelsea.

O time espanhol vencia os ingleses por 2 a 1 e precisava de mais um gol apenas para garantir vaga na final da Liga dos Campeões (Champions League) pela segunda vez consecutiva, quando a arbitragem assinalou um pênalti aos cinco minutos do segundo tempo.

Maria-chuteira sai de branco na chuva

Chael Sonnen promete surrar Anderson Silva

Ciente de que o melhor do mundo havia perdido até então sete dos 32 pênaltis que batera na carreira, a torcida catalã explodiu em festa, apenas aguardando o momento de comemorar o terceiro gol e ver a classificação encaminhada.

Para surpresa geral, a cobrança do camisa 10 passou pelo goleiro Cech, mas foi de encontro ao travessão. A inesperada falha do endeusado Messi abalou o Barcelona, que passou a pecar em um dos quesitos que até então era considerado infalível: a troca de passes.

Erros em lançamentos, em viradas de bola e em tentativas de tabela diante de uma defesa bem armada pelo Chelsea transformaram Messi e o temível Barcelona em uma equipe comum e previsível.

A fragilidade do sistema defensivo, que perdeu Piqué ainda no primeiro tempo, ainda reservou aos catalães uma surpresa desagradável: o golaço do espanhol – que ironia – Fernando Torres, que sacramentou o empate por 2 a 2 e a queda do poderoso Barça em seus domínios.

Se na final do Mundial de 2011 o Barcelona deu uma lição ao badalado Santos tricampeão da América, nesta terça foi a vez do Chelsea, talvez sem o mesmo brilho dos espanhóis, mostrar que os deuses já não existem mais no futebol.

 


Veja Relacionados:  esportes, futebol, messi, deuses, futebol, barcelona, pênalti, chelsea
esportes  futebol  messi  deuses  futebol  barcelona  pênalti  chelsea 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping