R7 - Esportes

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

21 de Dezembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Esportes/Futebol/Notícias

Icone de Futebol Futebol

publicado em 08/06/2011 às 23h54: atualizado em: 09/06/2011 às 11h06

Em decisão dramática contra Coritiba, Vasco é
campeão da Copa do Brasil no Couto Pereira

Derrota por 3 a 2 não prejudica cariocas, que haviam vencido no Rio por 1 a 0

Do R7


Publicidade

A angústia chegou ao fim. Após oito anos sem celebrar um título de expressão, a torcida do Vasco pode soltar o grito de “é campeão”. Na noite desta quarta-feira (8), no Couto Pereira, o time carioca sofreu, levou sustos e até perdeu para o Coritiba, por dramáticos 3 a 2, mas que foram suficientes para assegurar a taça.

A conquista, a primeira do torneio em sua história, de certa forma cicatriza de vez as feridas abertas pelos traumas da década passada, quando a equipe comemorou apenas o Carioca de 2003 e teve como pior momento o rebaixamento para a Série B em 2008.

Vascaínos são atingidos por pedras

Renegados dão a volta por cima

Ricardo Gomes vence desconfiança

Vasco vence a primeira com Dinamite

De quebra, o Vasco, que já havia sido vice do torneio em 2006, é o primeiro clube brasileiro a assegurar vaga na Copa Libertadores 2012, torneio o qual venceu em 1998 e não disputa desde 2001.

Já o Coritiba ficou com o amargo gosto do "quase". Os 100% de aproveitamento durante a competição no Couto Pereira foram mantidos, mas faltou um gol para coroar o time, já que no Rio de Janeiro a equipe havia sido derrotada por 1 a 0.

Veja álbum com fotos da decisão

Serve de consolo ao Coxa a linda festa e o comportamento de seus torcedores, que, ao contrário do triste fim do Brasileiro de 2009, quando o Coritiba caiu para a Série B, deram show do começo ao fim, mesmo com a frustração do  vice-campeonato. O Alviverde não é campeão nacional desde 1985, quando venceu o Brasileiro daquele ano.

Ingressos para chegada de Juninho à venda

Agora, resta ao Coritiba apostar suas fichas no Brasileirão, que vai para a sua quarta rodada. O Alviverde enfrentará o Botafogo, neste domingo (12), às 18h30, no Engenhão. Já o Vasco terá mais festa. No sábado (11), antes de encarar o Figueirense, às 21h, em São Januário, Juninho Pernambucano será apresentado para a torcida.

Alecsandro abre o placar no Couto Pereira

Quando a bola rolou, a linda festa do torcedor do Coritiba empolgou o time, que sufocou o Vasco por 12min e acertou a trave em cobrança de falta de Jonas, aos 8min. Porém, a ducha de água fria veio aos 12min.

Em contra-ataque bem tramado por Diego Souza, o meia serviu Eder Luis nas costas da zaga. O rápido atacante entrou na área e
rolou para Alecsandro, que bateu firme para abrir o marcador. 

O tento esfriou completamente os torcedores na arquibancada. Apenas os gritos dos cerca de quatro mil vascaínos eram ouvidos. Impacientes com a falta de ousadia do Coxa, os torcedores passaram a arriscar algumas vaias.

Foi o suficiente para o técnico Marcelo Oliveira desfazer o esquema com três volante, sacando Marcos Paulo e colocando Leonardo, aos 27min. Coincidência ou não, a equipe empatou dois minutos depois. Davi levantou na segunda trave, Jonas escorou de cabeça e Bill, também de cabeça, anotou.

O Coritiba despertou com o feito. Acuado, o Vasco abdicou do ataque e voltou a sofrer enorme pressão, que culminou no segundo gol paranaense aos 44min. Rafinha bateu cruzado, Fernando Prass defendeu com os pés e, no rebote, Davi marcou.

Vasco gol 700 Eder Luis

 Eder Luis puxa o "trem bala" ao celebrar o segundo gol vascaíno. Foto: Giuliano Gomes/Gazeta Press

Segundo tempo de frango, golaço e drama

A segunda etapa começou com os ânimos exaltados. Bill e Dedé se estranharam por duas vezes e o árbitro Sálvio Fagundes Filho passou a ter problemas. Contudo, o Vasco que se livrou dos seus aos 12min.

Eder Luis carregou a bola e arriscou da intermediária, no meio do gol. Edson Bastos pulou errado e levou um frangaço, para delírio vascaíno e desespero alviverde no Couto Pereira.

Marcelo Oliveira, então, foi para o tudo ou nada. Tirou Lucas Mendes e Leo Gago e colocou em campo Eltinho e Marcos Aurélio. Aos 20min, foi a vez de William arriscar de fora da área e fazer um golaço, acertando o ângulo e incendiando novamente o estádio.

A partir daí, qualquer tática ficou em segundo plano. O jogo ganhou contornos dramáticos, com as duas torcidas aflitas nas arquibancadas. O grito de gol do Coritiba ficou entalado aos 29min, quando Bill entrou livre na área e foi travado por Anderson Martins. Ricardo Gomes, então, tirou os meias Felipe e Diego Souza e colocou Jumar e Bernardo.

Do banco de reservas, a dupla sentou, escondeu o rosto com o casaco e se limitou a rezar. A enorme ansiedade só acabou aos 50min, quando Sálvio Fagundes apitou o fim do jogo, para alívio e alegria sem fim dos cariocas e desespero paranaense.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X VASCO

Local: Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 8 de junho de 2011 (quarta-feira)
Horário: 21h50
Árbitro: Salvio Fagundes Filho (Fifa-SP)
Assistentes: Alessandro de Matos (Fifa-BA) e Emerson de Carvalho (Fifa-SP)
Cartões amarelos: Léo Gago, Bill (C); Eder Luis, Eduardo Costa, Felipe, Fernando Prass, Jumar (V)
Cartão vermelho:
Gols: VASCO: Alecsandro, aos 12min do primeiro tempo; Eder Luis, aos 12min do segundo tempo
CORITIBA: Bill, aos 29min, Davi, aos 44min do primeiro tempo; William, aos 20min do segundo tempo

CORITIBA: Edson Bastos; Jonas, Demerson, Emerson e Lucas Mendes (Eltinho); Willian, Marcos Paulo (Leonardo), Léo Gago (Marcos Aurélio), Rafinha e Davi; Bill
Técnico: Marcelo Oliveira

VASCO: Fernando Prass; Allan, Dedé, Anderson Martins e Ramon; Rômulo, Eduardo Costa, Felipe (Jumar) e Diego Souza (Bernardo); Eder Luis e Alecsandro
Técnico: Ricardo Gomes

Assista aos vídeos:

Veja Relacionados:  vasco, coritiba, couto pereira, copa do brasil, título
vasco  coritiba  couto pereira  copa do brasil  título 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping