Contra Inglaterra em Wembley, Tite testa seleção brasileira ideal

Seleção brasileira desafia os donos da casa em amistoso, às 18 horas

Seleção brasileira treina no lendário Estádio de Wembley, em Londres
Seleção brasileira treina no lendário Estádio de Wembley, em Londres Lucas Figueiredo/CBF (13.11.2017)

Pela primeira vez desde que assumiu a seleção brasileira, o técnico Tite poderá escalar o time que considera titular para iniciar uma partida. Devido à lesões e suspensões, apenas em seu 17º jogo no comando, o amistoso desta terça-feira (14), contra a Inglaterra, em Wembley, o treinador poderá tirar a formação ideal do papel. A bola rola às 18h (horário de Brasília).

Com Coutinho recuperado de lesão, o treinador decidiu-se por Renato Augusto na disputa com Fernandinho e Willian. Assim, o Brasil entrará em campo com: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto, Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus.

Em entrevista coletiva, Tite não quis afirmar que esta seja a equipe titular do Brasil e teceu elogios a Willian para relembrar a disputa acirrada por uma vaga entre os 11. “O importante é o trabalho de equipe. Quem observou o treinamento e a minha convocação viu que eu deixei um jogador de altíssimo nível [de fora] na primeira parte. Pedi a ele compreensão para dar oportunidade a outros atletas, até porque ele é um dos mais utilizados”, afirmou. “O fortalecimento de equipe é o que buscamos, muito mais do que a equipe titular”.

Jogador com o maior número de partidas e convocações desta atual seleção brasileira, Daniel Alves será o capitão pela terceira vez, tornando-se o atleta que mais vestiu a braçadeira sob o comando de Tite. Depois vem Miranda, que assumiu o posto em duas oportunidades.

“É evidente que é sempre um prazer usar a braçadeira por todos os outros grandes nomes que já a usaram. Mas não me sinto nem mais, nem menos importante por ter sido o capitão algumas vezes”, garantiu. “O importante é que cada um assuma a responsabilidade”.

Enquanto o Brasil chega firme, com equipe consolidada e com experiências feitas contra o Japão, a Inglaterra dará oportunidades aos jovens depois de ter empatado por 0 a 0 com a Alemanha na sexta-feira. Pickford, Ruben Loftus-Cheek e Tammy Abraham terão suas primeiras chances para mostrar serviço contra o Brasil.

O técnico Gareth Southgate confirmou que segue aberto a novidades na lista para a Rússia. “Eu tenho a mente aberta", afirmou, deixando a porta aberta aos que demonstrarem bom desempenho. "Eu tenho uma lista e se tivesse de escolher o grupo amanhã eu saberia quem escolher. Mas isso pode mudar em seis meses por causa da forma e dos jogadores que estão aparecendo”.

Falando sobre Neymar, que destacou como a maior ameaça, Southgate disse: “Ele é um dos melhores jogadores do mundo. Será que vale 200 milhões de libras esterlinas? Se houvesse alguém que vale isso, seria ele”.

EsportesR7 no YouTube