Borja e Mina são chamados pela Colômbia e devem desfalcar o Palmeiras em 3 jogos

Um dos duelos é o clássico contra o Santos, marcado para a Vila Belmiro, na Baixada

Mina (16) e Borja desfalcam Palmeiras em até três rodadas do Brasileirão
Mina (16) e Borja desfalcam Palmeiras em até três rodadas do Brasileirão REUTERS/John Vizcaino

O zagueiro Yerry Mina e o atacante Miguel Borja foram convocados nesta terça-feira para defender a Colômbia em amistosos na Espanha contra a seleção local, em 7 de junho, e Camarões, no dia 13. O chamado deve tirar os dois jogadores do Palmeiras de três compromissos da equipe pelo Campeonato Brasileiro, entre eles do clássico com o Santos, agendado para o dia 14, na Vila Belmiro.

A participação nessa última partida dependerá da logística do retorno da Espanha para São Paulo. Já nos dois jogos anteriores, contra o Coritiba, no dia 7, e diante do Fluminense, no dia 10, a ausência dos dois jogadores já é certa. Outro atleta do elenco que foi convocado para defender a sua seleção foi o meia venezuelano Alejandro Guerra.

Classificação e jogos

No mesmo período desses amistosos, a seleção brasileira vai enfrentar na Austrália a seleção local e também a Argentina, mas o técnico Tite não chamou nenhum palmeirense para esses compromissos. Já os jogos dos colombianos serão contra a Espanha, em Múrcia, e Camarões, em Madri.

EsportesR7 agora também no YouTube. Inscreva-se

Além da dupla do Palmeiras, o técnico José Pékerman convocou outro atleta que atua no futebol brasileiro, caso do lateral-esquerdo Pablo Armero, do Bahia, também com passagem pelo time paulista. Ele vai perder dois jogos do Brasileirão, contra Cruzeiro e Grêmio.

Entre outros nomes, Pékerman também convocou o atacante Falcao García, do Monaco, que havia ficado fora dos últimos compromissos da Colômbia pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, em março, por estar lesionado - a equipe está em segundo lugar no torneio classificatório da Conmebol. E, como esperado, não se esqueceu dos principais nomes da Colômbia, como o meia James Rodríguez, do Real Madrid, o meia-atacante Juan Cuadrado, da Juventus, e o goleiro David Ospina, do Arsenal.

Pekerman também apostou nos atacantes José Heriberto Izquierdo, do belga Brugge, e Téo Gutiérrez, do argentino Rosario Central, além do meio-campista Giovanni Moreno, do chinês Sanghai Shenhua. E a lista de 24 nomes só conta com dois jogadores que atuam no futebol colombiano: Abel Aguilar e Camilo Vargas, ambos do Deportivo Cali.

Confira a lista de convocados da seleção colombiana:

Goleiros: David Ospina (Arsenal/Inglaterra) e Camilo Vargas (Deportivo Cali).

Defensores: Cristian Zapata (Milan/Itália), Santiago Arias (PSV Eindhoven/Holanda), Dávinson Sánchez (Ajax/Holanda), John Stefan Medina, Óscar Murillo (Pachuca/México), Frank Fabra (Boca Juniors/Argentina), Yerry Mina (Palmeiras) e Pablo Armero (Bahía).

Meio-campistas: Carlos Sánchez (Fiorentina/Itália), Juan Guillermo Cuadrado (Juventus/Itália), James Rodríguez (Real Madrid/Espanha), Daniel Torres (Alavés/Espanha), Edwin Cardona (Monterrey/México), Wilmar Barrios (Boca Juniors/Argentina), Abel Aguilar (Deportivo Cali) e Giovanni Moreno (Shanghái Shenhua/China).

Atacantes: Radamel Falcao García(Monaco/França), Carlos Bacca (Milan/Itália),

Luis Fernando Muriel (Sampdoria/Itália), Teófilo Gutiérrez (Rosario Central/Argentina), Miguel Ángel Borja (Palmeiras) y José Izquierdo (Brugge/Bélgica).