Principal atleta do levantamento de peso do País, Fernando Reis obtém na Justiça direito de participar do Pan

Atleta alegou represália política para sua ausência na lista de convocados

Fernando Reis em ação nos Jogos Olímpicos Rio 2016
Fernando Reis em ação nos Jogos Olímpicos Rio 2016 Clive Brunskill/Getty Images

Quinto colocado no levantamento de peso nos Jogos Olímpicos do Rio, Fernando Reis vive um dilema às vésperas de mais uma importante competição. Ele não foi convocado para o Campeonato Pan-Americano da modalidade, em julho, em Miami, e precisou recorrer à Justiça para obter uma vaga. A decisão favorável ao atleta foi concedida nesta segunda-feira (19) na 6ª Vara Cível Federal de São Paulo e a medida deve ser colocada em prática, de imediato, pela Confederação Brasileira de Levantamento de Pesos (CBLP).

Como o torneio continental será a única seletiva para o Mundial, em novembro, também nos Estados Unidos, o bicampeão dos Jogos Pan-Americanos corria o risco de ficar fora das principais competições do ano.

A alegação da CBLP para a não inclusão de Fernando Reis na lista de convocados divulgada em maio é a de que o atleta não participou do Campeonato Brasileiro, competição obrigatória para que os participantes atingissem o índice de classificação. A entidade diz que Reis estava inscrito, mas não competiu. Já o atleta responde com o argumento de que alguns dos convocados também não estiveram no Brasileiro.

Principal nome do levantamento de peso do País, Fernando Reis vive nos Estados Unidos desde janeiro. Crítico da CBLP, ele fala em represália decorrente de uma briga política com o órgão que rege o esporte no Brasil.

Segundo o regulamento do Pan-Americano de Levantamento de Pesos, a marca mínima qualificativa é de 368 kg para atletas masculinos com peso superior a 105 kg, categoria na qual Fernando Reis se enquadra. Sua marca atual, alcançada em competição nos Estados Unidos, é de 412kg.

R7 Esportes: Inscreva-se no canal do Youtube