R7 - Esportes

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

30 de Agosto de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Esportes/Esportes Olímpicos/Notícias

Icone de Esportes Olímpicos Esportes Olímpicos

publicado em 05/02/2013 às 00h37:

Sem dó dos adversários, destaque da Superliga recebe “ameaça” do veterano Serginho

Treinos de saquue do oposto do Sada Cruzeiro o fazem ser o melhor neste fundamento

Carolina Canossa, do R7

Publicidade

Quando Wallace vai para o saque, os adversários do Sada Cruzeiro já ficam preocupados. Afinal, somente nesta Superliga o oposto converteu em ace mais de 10% de suas tentativas, um índice altíssimo para o vôlei, sem contar as vezes que quebra o passe dos adversários. Uma pancada sua neste fundamento pode chegar a cerca de 120 km/h.

A força de Wallace é tanta que já rendeu “ameaças” até de seu ídolo, o líbero Serginho, jogador do Sesi e seu companheiro na seleção brasileira:

- Ele é muito palhaço, foi uma pessoa que me ajudou bastante na seleção. Consegue ficar fazendo gracinha, mesmo com o jogo pegando fogo. Ficava me enchendo o saco... Uma vez eu dei um saque que foi no peito dele e ele: "Mano, se você me der mais uma dessa, acabou a amizade". Em um treino nas Olimpíadas, também ataquei uma bola que pegou no peito dele e o ele falou: "Mano, eu vou falar de novo, se você em mim, acabou a amizade". Não tem como você não dar risada com um cara como esse, ele é muito gente boa.

A amizade continua aí, mas nem as “reclamações” de um jogador que mais admira fazem com que Wallace tenha dó dos companheiros de Sada Cruzeiro que recebem suas pancadas:

- Ah, mas (sacar assim) é bom porque, se eles passaram os meus, vão passar quem saca com essa velocidade para mais no jogo

Depois de receber o prêmio de melhor saque na temporada 2008/2009 do vôlei brasileiro, Wallace teve uma queda de rendimento neste quesito. Porém, disposto a voltar a ser como antes, sempre que pode fica em quadra além dos treinos “descendo o braço”:

- Estou voltando a pegar o meu lançamento, pois no saque 90% do sucesso é o lançamento da bola. Então, quando acaba o treino eu faço um pouco mais de saque para fixar isso na memória, que é o mais importante. (...) É a única parte do jogo que é só você, então é preciso ter uma boa concentração para executar um bom movimento.

Desafios contra o cubano

Na última temporada, quando o Sada Cruzeiro conquistou o título da Superliga, Wallace se destacou por ser o melhor atacante do time. Suas boas atuações, inclusive, lhe permitiram se fixar na seleção brasileira e disputar as Olimpíadas de Londres. Para diminuir um pouco da responsabilidade sobre sua estrela, o time mineiro investiu na contratação do ponteiro Leal, um dos destaques da seleção de Cuba:

- Com certeza deu uma aliviada. No ano passado, os ponteiros eram mais para dar uma estabilidade no passe, mas com um ponteiro de força, agora temos duas opções que atacam bola alta.

Sempre comparado com um cubano por conta de seu estilo de jogo, o brasileiro conta que os treinos são marcados por desafios deles contra Leal:

- A gente sempre faz uma brincadeira, principalmente quando estamos em lados opostos da rede. Fica um tentando pegar o outro no bloqueio.

O resultado? Praticamente um empate, indica Wallace:

- Vou te dizer que está difícil, viu. Acho que ele tá se dando bem, mas de vez em quando encosto em algumas bolas (risos)

Os próximos que terão que encarar a força de Wallace no saque são os jogadores do Vivo/Minas, que faz contra o Cruzeiro um clássico regional na próxima quinta, às 20h30 (horário de Brasília). Enquanto o Sada é o vice-líder da competição, atrás apenas do RJX, o Minas está em quarto, mas não perde desde o dia 20 de dezembro.

As notícias que você tem que ler estão aqui

 
Veja Relacionados:  Wallace, oposto, Sada Cruzeiro, Superliga, ameaças, Serginho
Wallace  oposto  Sada Cruzeiro  Superliga  ameaças  Serginho 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping