R7 - Esportes

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

30 de Julho de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Esportes/Esportes Olímpicos/Notícias

Icone de Esportes Olímpicos Esportes Olímpicos

publicado em 12/12/2012 às 23h12:

São José ganha e fatura Paulista de basquete masculino

Estadão ConteúdoEstadão Conteúdo

Publicidade
Valeu a pena esperar pela final do Campeonato Paulista Masculino de Basquete. Foram nos três segundos finais que o São José/Unimed/Vnac venceu o Pinheiros/Sky por 80 a 79, na casa do adversário, nesta quarta-feira, e garantiu o título. Foi um final feliz para um torneio que demorou a ser definido por causa do equilíbrio - o campeão só foi conhecido na quinta partida da série de melhor de cinco jogos - e da dificuldade de conciliar a disputa do Estadual com outras competições como a Liga Sul-Americana e o Novo Basquete Brasil (NBB).

A partida foi cheia de alternativas e nenhuma das duas equipes conseguiu abrir uma vantagem confortável no marcador. O Pinheiros chegou ao final do segundo quarto com uma vantagem de 42 a 37. Nos minutos finais, a equipe de São José vencia por 75 a 73 quando Paulinho conseguiu uma cesta que empatou o jogo. Na sequência, no entanto, a equipe fez falta em Laws. Faltando 17 segundos, Dedé converteu o lance livre que selou o destino da equipe do Vale do Paraíba na partida.

O armador Fúlvio não escondeu a emoção e chorou. "Foi por tudo o que passamos no campeonato, mais algumas coisas que aconteceram hoje (quarta), como o fato de não terem nos deixado treinar na quadra pela manhã", lembrou o jogador, que fez questão de dividir a vitória com a torcida, literalmente, cortando pedaços da rede da cesta e distribuindo para quem pedisse. "Acho que a união foi o diferencial desse grupo e por mais que eles tenham colocado água no nosso champanhe lá (o Pinheiros empatou a série no quarto jogo, em São José dos Campos), aqui (no Ginásio do Pinheiros) foi mais gostoso".

Para o técnico Cláudio Mortari, do Pinheiros, as indefinições do Campeonato Paulista em relação às datas dos jogos finais fizeram com que a quinta partida se tornasse imprevisível. "Tivemos a última bola do jogo na mão para ganhar e ela não entrou. Em outras ocasiões entrou e a gente acabou ganhando. Basquete é assim mesmo".

O armador Paulinho, do Pinheiros, tem sua análise sobre o jogo. "Nossa equipe é assim mesmo. Vai para cima, não se dá por vencida, mas fizemos um segundo tempo ruim. Entramos no início do jogo com a atitude correta mas no terceiro quarto a gente deixou eles crescerem na partida".

O tempo para comemorar será curto pois os times jogam nesta quinta pelo NBB. O Pinheiros recebe o Vila Velha (ES) em seu ginásio, às 19h30, enquanto que o São José enfrenta o Palmeiras (SP), também na capital paulista, às 20 horas.

 
Veja Relacionados: 
 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping