R7 - Esportes

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Esportes/Esportes Olímpicos/Notícias

Icone de Esportes Olímpicos Esportes Olímpicos

publicado em 19/10/2012 às 12h41:

Com “seleção em quadra”, Osasco atropela e é campeão mundial de clubes

Brasil não conquistava o título no feminino desde 1994, com o Leite Moça Sorocaba

Do R7

Publicidade

Dois meses depois da conquista do bicampeonato olímpico em Londres 2012, boa parte da seleção brasileira feminina de vôlei entrou em quadra para decidir outro título importante. Desta vez defendendo o Sollys/Nestlé/Osasco, Sheilla, Jaqueline, Thaísa, Adenízia e Fernanda Garay deram um show em quadra e garantiram ao time paulista seu primeiro título mundial de clubes. 

Na decisão, o adversário era o Rabita Baku, do Azerbaijão, foi completamente dominado pelas brasileiras, que ignoraram o fato de elas terem sido campeãs da disputa no ano passado e marcaram contundentes 3 sets a 0, parciais de 25-16, 25-14 e 25-17, em apenas uma hora e oito minutos de partida. 

Longe das quadras, ex-jogadora Mari Paraíba faz um novo ensaio sensual

Filho de Dentinho completa um mês cheio de mimos e carinho. Veja

Neymar exibe canelas ‘rabiscadas’ pelos zagueiros do Galo

Com o passe na mão e bela atuação da levantadora Fabíola, as atacantes do Osasco fizeram a festa, praticamente ignorando o bloqueio adversário, que não teve efetividade mesmo contando com uma das melhores do mundo na posição, a americana Akirandewo. Desta forma, as maiores pontuadoras foram a oposto Sheilla, com 15 pontos, seguida pela central Thaísa (14) e pela ponteira Jaqueline (12).

Do outro lado da quadra, a oposta colombiana Montaño foi perseguida pelo bloqueio brasileiro, mas ainda assim conseguiu fazer 14 pontos. O problema é que errou justamente quando no podia: ao tentar forçar um saque, a sul-americana jogou a bola para quando Osasco tinha seu segundo match point, encerrando o duelo. 

Osasco chegou ao Mundial, realizado no Catar, graças ao título da Superliga da última temporada, quando bateu a Unilever na final. Após a conquista, a equipe se reforçou e venceu o Sul-Americano com facilidade, credenciando-se para enfrentar os demais campeões continentais. Em sua campanha no Oriente Médio, a equipe perdeu apenas um set, justamente para o Rabita, ainda na fase de grupos. 


A conquista ainda sela a redenção de Osasco, um dos mais tradicionais times de vôlei do Brasil. Em 2009, o time por pouco não fechou as portas logo após perder a final da Superliga porque perdeu seu principal patrocinador. Os dirigentes do time, porém, correram e conseguiram outro apoiador forte, que vê seu investimento recompensado com o título mundial, além de dois brasileiros nos últimos três anos. 

O Mundial de clubes feminino vôlei voltou a ser disputado em 2010 depois de um hiato de 16 anos. Em 1991, a Sadia também havia se sagrado vencedora do torneio. Dois anos depois, foi a vez do Leite Moça Sorocaba. 

No Mundial masculino, o Brasil também tem chances de se sagrar campeão ainda nesta sexta (19), quando o Sada Cruzeiro encara o Trentino (Itália) na decisão no Catar. 

Clique aqui para ver as respostas do quiz

 

Veja Relacionados:  Sollys, Nestlé, Osasco, vôlei, Mundial, clubes, campeão
Sollys  Nestlé  Osasco  vôlei  Mundial  clubes  campeão 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping