R7 - Esportes

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Esportes/Esportes Olímpicos/Notícias

Icone de Esportes Olímpicos Esportes Olímpicos

publicado em 27/07/2011 às 12h10:

Cielo admite dificuldade nos 100 m livre:
"Segurei um piano nas costas"

Para o brasileiro, australiano James Magnussen é o maior candidato ao ouro

Agência Estado

Publicidade

Depois de se classificar para a final dos 100 m livre no Mundial de Esportes Aquáticos de Xangai com o quinto melhor tempo da semifinal, nesta quarta-feira, na China, o brasileiro Cesar Cielo admitiu que não foi fácil se garantir entre os nadadores que lutarão pela medalha de ouro nesta prova.

Cesar Cielo se classifica para final dos
100 m livre com o 5º melhor tempo


De acordo com ele, a turbulência das últimas semanas, provocada pelo anúncio de que ele foi pego em um exame antidoping, atrapalhou o seu programa de treinamentos para a disputa, na qual é o atual campeão do mundo.

- Segurei um piano nas costas. Não dá para dizer que o meu final de preparação foi o ideal nas últimas três semanas. Os caras estão voando. 

O nível dos 100 m livre em Xangai também está bastante alto: todos os 16 classificados à semifinal marcaram tempos inferiores a 49 segundos, fato que foi ressaltado pelo brasileiro antes da última eliminatória por um lugar na final dos 100 m livre.

- Foi muito forte. Acho que nunca aconteceu antes dos 16 terem feito 48 segundos. A primeira fase foi boa. Tem que melhorar à tarde pra conseguir uma vaga na final. Acho que a entrada na virada não foi tão boa. Tecnicamente tem algumas coisas pra melhorar. Acho que o australiano (James Magnussen) é o favorito. Isso aqui é um Mundial, o topo do topo. É o lugar onde estão os melhores do mundo e aqui é onde as coisas surpreendentes acontecem.

Atual campeão e recordista mundial dos 100 m livre, o brasileiro lutará para defender o seu ouro por volta das 7h (de Brasília) desta quinta-feira (28). Na semifinal, Cielo registrou 48s34 como seu melhor tempo, depois de ter sido o terceiro colocado na primeira série eliminatória. James Magnussen foi o mais veloz das semifinais, com a marca de 47s90.

 

Veja aqui as respostas do quiz

 

Veja Relacionados:  Cielo, dificuldade, 100 m livre, australiano
Cielo  dificuldade  100 m livre  australiano 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping