Super Mario Odyssey será lançado nesta 6ª e já é amado pelos críticos

O que está esperando para importar um Switch pagando o olho da cara?

E pensar que o encanador aventureiro já tem 36 anos de existência...
E pensar que o encanador aventureiro já tem 36 anos de existência... Divulgação/Nintendo

Parece que a Nintendo conseguiu de novo: depois do aclamadíssimo The Legend of Zelda: Breath of the Wild, a empresa conseguiu outra estrelinha de glitter na testa com as notas de Super Mario Odyssey.

Com base em reviews de 64 críticos, a média de aceitação do game no agregador de resenhas Metacritic é de 97%. É uma média absurdamente boa, e poucos jogos foram tão amados quanto o novo jogo do encanador está sendo.

Sites especializados como GiantBomb, EDGE e Telegraph deram notas perfeitas para o game, que de acordo com alguns críticos, é o grande real sucessor de Super Mario 64.

Sim, tem fases bidimensionais no jogo. Não é incrível?
Sim, tem fases bidimensionais no jogo. Não é incrível? Reprodução/Business Insider

Sucessor de Mario 64? Mas e Galaxy? E Sunshine?

Aparentemente, a grande similaridade de Super Mario Odyssey com Super Mario 64 é a tradicionalidade e variedade de suas fases: embora Super Mario Galaxy seja uma aventura enorme, boa parte da exploração era espacial, o que era tematicamente apropriado, mas bem diferente do que Mario 64 oferecia — já Odyssey é tradicional, nesse sentido, mas troca ambição por uma experiência mais polida e cheia de ideias originais.

Odyssey também é o primeiro grande Mario a rodar a 60 quadros por segundo o tempo inteiro: para isso, o jogo faz alguns sacrifícios, como usar resolução dinâmica (variando entre 900p até 720p) e framerate variável (objetos distantes possuem animações mais travadas). Ainda assim, não é algo que distrai, ainda mais quando a direção de arte é tão boa.

Hora de jogar até quebrar os ossos dos dedos

Ou não. Como a Nintendo não é presente aqui no Brasil, conseguir um Nintendo Switch (único console onde você pode jogar esse que é um dos jogos mais populares entre os críticos do mundo) pode lhe custar uns R$ 3000, graças às taxas de importação e regras arbitrárias do mercado cinza desregulado.

Mas independente da acessibilidade do game em terras tupiniquins, parece que a Nintendo tem outro grande sucesso em mãos. Com um Zelda tão bom e um Mario tão bom, a esperança pelo aguardado Metroid Prime 4 só aumenta.