Quer participar da maratona mais antiga do mundo?

Não é brincadeira correr em Boston

Por Stephanie Nascimento

Kathrine Switzer, em 1967, correu a Maratona de Boston escoltada por outros atletas
Kathrine Switzer, em 1967, correu a Maratona de Boston escoltada por outros atletas

Começaram nesta segunda (11) as inscrições para a tão disputada Maratona de Boston, que acontece no dia 16 de abril de 2018.  As inscrições ficarão abertas até o próximo dia 20.

Em 2018 a lendária maratona comemora seu 122º aniversário. A Boston Marathon é a maratona mais antiga do mundo, ficando atrás apenas para maratona olímpica. Porém, participar dela não é uma tarefa tão simples assim. A Maratona de Boston pertence ao grupo da World Marathon Majors, isso significa que ela é uma das seis maiores do mundo. Além de Boston, são elas: Chicago, Londres, Nova York, Berlim e Tóquio.

E a dificuldade de Boston começa antes mesmo da corrida, pois, para a realização da inscrição para o sorteio, existe uma espécie de “corte” que os corredores têm de passar. Em outras palavras, antes de se inscrever para participar do sorteio, é preciso ter um índice e, somente após a realização do sorteio que o premiado corredor poderá, de fato, se inscrever para a prova. Nada fácil.

Já sabemos que, para correr a Maratona de Boston não basta ter a sorte de ser sorteado, você precisa ter um tempo específico dentro da sua faixa etária para poder ter o direito de tentar participar sorteio.

Tá, mas como eu consigo esse tempo? Para ficar um pouquinho mais especial, você precisa correr uma maratona que seja certificada pela USATF (USA Track & Field) ou AMIS (Association of International Marathons and Distance Races). Quase todas as provas nos Estados Unidos têm essa certificação, e as grandes provas da Europa e da América Sul também.

O período de qualificação para concorrer à uma vaga para a Maratona de Boston de 2018 começou em 17 de setembro de 2016 e vai até o final das inscrições da edição do ano que vem, ou seja, todos os corredores que conseguiram o tempo qualificatório neste período poderão ter o direito de participar do sorteio das inscrições.

Então, se você é uma mulher de 34 anos, seu grupo etário é o de 18-34 anos e seu tempo de corte é 3hs 35min 00seg. okay? Okay, vamos supor só mais um pouquinho agora: "Então, quer dizer que se eu fizer esse tempo, numa maratona certificada, e ser sorteada, poderei participar da maratona de Boston?". Talvez não!

Por que? Simples, existem outras milhares de mulheres com o mesmo índice que você, logo, o recomendado é sempre você fazer alguns bons minutos abaixo. Só para garantir ;)

Nada fácil, minha amiga. Nada fácil.

Tudo bem, Bora Correr, entendi, mas eu não tenho esse tempo de corte e quero muito correr essa prova, existe outro jeito de participar? Existe. Você pode tentar via caridade, angariando fundos para alguma instituição ou através de agência de turismo.

Mas, cá entre nós, o charme de Boston, está justamente na saga de conseguir entrar através do índice...

Vamos aos índices de 2018:

Atenção para as datas, maratonistas:

O cronograma das inscrições inicia com os corredores mais rápidos – confira:

11/09/2017 – corredores que superaram o limite de qualificação em 20 minutos, 00 segundos, ou mais rápido

13/09/2017 – corredores que superaram o limite de qualificação em 10 minutos, 00 segundos, ou mais rápido (se restarem vagas)

15/09/2017 – corredores que superaram o limite de qualificação em 5 minutos, 00 segundos, ou mais rápido (se restarem vagas)

16/09/2017 – inscrições encerram-se às 22h (horário de Boston).

18/09/2017 – todos os corredores que atingiram o tempo de qualificação podem se candidatar a uma vaga, se restarem lugares disponíveis. Estas vagas seguirão respeitando o critério de corredores mais rápidos dentre sua faixa etária e gênero.

20/09/2017 – inscrições encerram-se às 17h (horário de Boston).

25/09/2017 – todos os corredores com tempo de qualificação podem se candidatar a uma vaga, se ainda restarem vagas. Estas vagas seguirão o critério de ordem de inscrição.

Lembrando, que a prova acontece sempre, no dia 16 de abril, conhecido como o Dia do Patriota, o Patriot’s Day, feriado estadual, em Massachusetts.

PERCURSO

É um dos mais duros das maratonas por causa das colinas de Newton, uma série de quatro colinas localizadas no caminho. A prova começa da cidade Hopkinton, passando por Ashland, Framingham, Natick, Wellesley, Newton, Brookline e terminado em Boston. A parte mais complicada da prova é conhecida como Herthbreak Hill na altura do km 31 e 32, é uma subida constante com quase um quilômetro.
 

O percurso da maratona
O percurso da maratona

Neste ano tivemos dobradinha queniana no pódio americano. Com Edna Kiplaglat, com 2hs 21min 52sec e seu conterrâneo Geoffrey Kirui com 2hs 09 min 37sec.
 

A maratona de Boston é marcada por grandes histórias. A primeira delas é a sobre a americana Roberta Gibb, que se inscreveu em 1966 usando o nome masculino Bobbi Gibb, embora não houvesse no regulamento da época nada que proibisse a participação de uma mulher na corrida, a prova era exclusivamente masculina.

Com roupas masculinas e disfarçada, Roberta, completou a prova sem ninguém percebesse que ela era uma mulher. Ela correu os 42km195m em 3hs21min40sec.

Roberta Gibb correu na maratona de 1966
Roberta Gibb correu na maratona de 1966 Divulgação

Em 1967, foi a vez de Kathrine Switzer, que se inscreveu o nome de 'K.V.Switzer'. Durante a prova, ela foi descoberta por um dos fiscais, que tentou tirá-la da prova, mas não conseguiu. Ela foi escoltada por um grupo de corredores até o final da corrida completando o percurso em 4h20.

Kathrine Switzer, aos 70 anos
Kathrine Switzer, aos 70 anos Divulgação

Em 2017, cinquenta anos depois, Kathrine, então com 70 anos, retornou a maratona de Boston. Desta vez, ela ganhou da organização o icônico número de peito 261, como seu número oficial, em memória pela  primeira vez a prova, em 1967. Ela correu a prova em 4h44min31s. Kathrine luta até hoje pela igualdade de gêneros.
 

Em 1972, foi aberta as inscrições femininas para Maratona de Boston.
O recorde feminino brasileiro pertence há 23 anos a Carmem de Oliveira com 2hs27min41sec!

Mais informações no site da prova.

  • Espalhe por aí:

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log
Access log