531376048 ATUALIZAÇÃO   Na Itália, o Calcio não para durante as Festas (e Marin, se quiser, já poderá acompanhar de uma prisão federal nos EUA, caso a Justiça da América lhe permita a regalia)

Desde a sua inauguração no sistema de andata e ritorno, na temporada de 1929/30, agora na sua edição de número 87 o Campeonato Italiano de Futebol, ou Calcio, vive o predomínio da poderosa Juventus de Turim, Piemonte, o norte da Bota, atual detentora do troféu. Aliás, detentora a partir de 2011, seis vezes consecutivas a conquistadora do Scudetto tricolor. Aliás, mais ainda, somados os títulos dos certames anteriores, em diferentes formatos, desde a temporada de 1896, a Juve ganhou em 33 ocasiões.

inter15 ATUALIZAÇÃO   Na Itália, o Calcio não para durante as Festas (e Marin, se quiser, já poderá acompanhar de uma prisão federal nos EUA, caso a Justiça da América lhe permita a regalia)

Curiosidade: a “Velha Senhora” nasceu em 1897. Datada de 1906, a Internazionale de Milão arrebatou o Scudetto em 18 oportunidades – a última, em 2010, nos tempos de Lúcio, Maicon e Samuel Eto’o. De 1927, a Roma não vê o alto do pódio desde 2001, quando tinha Cafú, Totti e Battistuta. O Napoli, de 1927, não vibra com uma grande glória desde 1990, idos de Alemão, Careca e Maradona. Pois são a Inter, a Roma e o Napoli os três candidatos a tomarem da “Senhora”, hoje, a primazia da liderança.

made for each other the story of maradona in naples body image 1487157736 ATUALIZAÇÃO   Na Itália, o Calcio não para durante as Festas (e Marin, se quiser, já poderá acompanhar de uma prisão federal nos EUA, caso a Justiça da América lhe permita a regalia)

No certame de agora, 2017/18, às vésperas da sua rodada 18, em um total de 38, a Juve ocupa a segunda colocação, 41 pontos (13 vitórias, 2 empates e 2 derrotas, 44 tentos a favor e 14 sofridos), logo atrás do Napoli (41 pontos, 13-3-1, 39/11) e logo à frente da Internazionale (40, 12-4-1, 34/13) e da Roma (38, 16-12-2, 26-10). Detalhe: a Roma do artilheiro Dzeko precisa recuperar uma partida adiada, em Gênova, contra a Sampdoria, programada para o dia 24 de Janeiro.

calcio edin dzeko roma fb edin dzeko ATUALIZAÇÃO   Na Itália, o Calcio não para durante as Festas (e Marin, se quiser, já poderá acompanhar de uma prisão federal nos EUA, caso a Justiça da América lhe permita a regalia)

Pelo que a tabela propõe, dificilmente essas posições se manterão depois dos combates da rodada deste final de semana. Curiosamente, na teoria, apenas o líder Napoli disputará uma peleja menos dramática. No seu San Paolo da Terra da Pizza hospeda a Samp (27, 8-3-5, 30/23). A Inter, que atravessa um momento de oscilação, visita o imprevisível Sassuolo (17, 5-2-10, 11/29). As estatísticas enganam. O elenco neroverde da Toscana acaba de bater a Samp, dentro de Gênova, pelo placar de 1 X 0.

maxresdefault ATUALIZAÇÃO   Na Itália, o Calcio não para durante as Festas (e Marin, se quiser, já poderá acompanhar de uma prisão federal nos EUA, caso a Justiça da América lhe permita a regalia)

A Juve e a Roma se digladiam, diretamente, na Allianz Arena da capital do Piemonte. As duas agremiações vêm de resultados opostos nas oitavas da Copa Itália. Eusèbio Di Francesco, o treinador da Roma, poupou praticamente todos os seus titulares na derrota para o Torino, no Stadio Olímpico da Cidade Eterna, 1 X 2. Massimiliano Allegri, o seu rival da Juve, guardou Pablo Dybala para a etapa derradeira do prélio contra o Genoa, em Turim, e a Joya da Argentina detonou o quadro da Ligúria, 2 X 0.

416AF2A600000578 4604668 image a 1 1497463225703 ATUALIZAÇÃO   Na Itália, o Calcio não para durante as Festas (e Marin, se quiser, já poderá acompanhar de uma prisão federal nos EUA, caso a Justiça da América lhe permita a regalia)

O time de Di Francesco viaja completo os 672km que separam o seu endereço da sede do hospedeiro. Allegri, porém, padecerá com ao menos três desfalques cruciais: lesionados, o tedesco Howedes, o colombiano Cuadrado e o croata Mandzukic. Sem falar do seu astro já eterno, o arqueiro Buffon. Um triunfo eleva a “Loba” ao mesmo patamar da “Zebra”, e com uma pugna menos.

allegri ATUALIZAÇÃO   Na Itália, o Calcio não para durante as Festas (e Marin, se quiser, já poderá acompanhar de uma prisão federal nos EUA, caso a Justiça da América lhe permita a regalia)

PS.: Ao contrário de vários anos anteriores, desta vez não haverá interrupções no Calcio por causa dos festejos do Natal e do Ano Novo. Aliás, seguirão céleres as quartas da Copa Itália. Em jogo único, com mando do clube cujo nome aparece primeiro. Em 26 de Dezembro, Lazio X Fiorentina. Em 27 de Dezembro, Milan X Inter. Em 2 de Janeiro, Napoli X Atalanta. Em 3 de Janeiro, Juventus X Torino. Apenas as semifinais se desdobrarão em  pugnas de ida e de volta.

ct7ws1gr7591a0zz2swhgefxi ATUALIZAÇÃO   Na Itália, o Calcio não para durante as Festas (e Marin, se quiser, já poderá acompanhar de uma prisão federal nos EUA, caso a Justiça da América lhe permita a regalia)

PS-Bis: Implacável, Pamela Chen, juíza do Tribunal do Brooklyn, em Nova York, condenou José Maria Marin, ex-presidente da CBF, em seis das sete denúncias de corrupção e de lavagem de dinheiro às quais respondia o cartola, hoje nos 85 de idade. Implacável não apenas pela sua decisão. Mas, por aceitar um pedido da Promotoria e remeter Marin a uma Prisão Federal, sem mais as benesses da reclusão domiciliar que custavam, mensalmente, cerca de US$ 200.000 aos cofres públicos dos EUA. A magistrada sequer se comoveu com a idade, convenhamos, provecta de Marin...

Gostou? Clique em “Compartilhar”, em “Tuitar”, ou registre a sua importante opinião em “Comentários”. Muito obrigado. E um grande abraço!

http://r7.com/st9M