corinthians campeao brasileiro 2017 Brasileiro/2017, o balanço final do campeonato

Quem ganhou, ganhou. Quem não ganhou, não ganha mais. Agora, só em 2018. Enfim, depois de seis meses e três semanas de disputas, com as dez partidas deste domingo, 3 de Dezembro, se encerrou o Campeonato Brasileiro de 2017. Confira comigo o seu balanço final, com todas as suas definições.

fabio carille corinthians campeao paulista 07052017 kfeb4oymfn3v1d4wt8pdu2833 Brasileiro/2017, o balanço final do campeonato

Campeão

Corínthians

O “Mosqueteiro” que, no início da temporada, ostentava um treinador inexperientíssimo, Fábio Carille, a quem nem o fã mais fiel acreditava que poderia permanecer no cargo por mais que um par de meses. Pois o “Timão” de Carille, considerado a “quarta força” do Estado, foi a primeira no Campeonato Paulista e também no Brasileiro – com direito a diversos recordes efetivamente antológicos. Carille, claro, é o Treinador do Ano.

 Brasileiro/2017, o balanço final do campeonato

Na Libertadores de América

Corinthians, Palmeiras, Santos, Grêmio, Cruzeiro, Flamengo, Vasco, Chapecoense, (Atlético Mineiro)

Muito, muito mais do que o Corinthians, o “Verdão”, o "Peixe", o “Mosqueteiro do Sul” e o “Galo” ganharam, dos analistas, as maiores apostas como favoritos ao título do certame nacional. O Palmeiras fraquejou em todos os torneios que disputou. O Santos foi campeão, sim, mas de “Altos & Baixos”. O Atlético/MG apenas cravará a sua vaga no caso de o “Urubu” bater o Independiente  da Argentina, nestes próximos dias 6 e 13, e levantar a Sul-Americana.

O Grêmio, ao menos, fez do seu ídolo Renato Portaluppi o primeiro brasileiro a subir ao topo do pódio como jogador e depois como treinador. Destaque formidável para a equipe do “Índio Condá”, que praticamente se consumiu num acidente aéreo na noite de 29 de Novembro de 2016, e agora merece uma celebração de fato esplendorosa com a vaga na fase chamada de Pré-Libertadores.

Copa Sul Americana Brasileiro/2017, o balanço final do campeonato

Na Sul-Americana

(Atlético Mineiro), Botafogo, Atlético Paranaense, Bahia, São Paulo, Fluminense

O “Glorioso” desperdiçou a vaga que já parecia sua, na Libertadores, num empate caseiro, 2 X 2, diante do Cruzeiro, na rodada derradeira. Terrível consolo para o “Soberano Tricolor do Morumbi”: da sua horrorosa experiência com o ex-arqueiro Rogério Ceni como o seu treinador à aliviante salvação do rebaixamento apenas nas últimas semanas de uma temporada patética.

mco 3466 Brasileiro/2017, o balanço final do campeonato

No Nada

Sport Recife, Vitória

Facilitou a salvação do “Leão do Nordeste” o fato de o Corinthians ter visitado a Ilha do Retiro com o seu time desfalcadérrimo, essencialmente jovens reservas. Sem infâmia mas também sem nenhum louvor o “Leão de Salvador”, cuja salvação se deveu à Chapecoense, que suplantou o Coritiba, sem piedade, nos acréscimos, por 2 X 1.

 Brasileiro/2017, o balanço final do campeonato

Na Série B

Coritiba, Avaí, Ponte Preta, Atlético Goianiense

Inclusive envolvido numa confusão até hoje inexplicada, o breve sumiço de Marcelo Cabo, o treinador que o levou à Série A, em nenhum momento o “Dragão do Planalto Central” se mostrou capaz de permanecer em cima. Pior, a “Macaca”. Num certo instante, do campeonato, até flertou com a classificação à Libertadores. Pernambuco manteve o seu representante no Brasileiro. Triste, porém, foram-se equipes do Sul, Paraná e Santa Catarina;

Gostou? Clique em “Compartilhar”, em “Tuitar”, ou deixe a sua importante opinião em “Comentários”. Muito obrigado. E um abração!

http://r7.com/j3X2