img 770x433$2017 05 29 11 27 28 1271051 Champions: os excelentes Neymar e Messi

Nesta terça-feira, 12 de Setembro, principiou, mesmo, a Champions League de 2017/18. Até esta etapa, com 32 clubes divididos em oito chaves de quatro cada, prélios de ida e volta, pontos corridos, a competição meramente ofereceu um aperitivozinho aos fãs do Futebol. Os 79 representantes de 54 países da Europa agora se limitam, de fato, aos melhores dos melhores, o creme dos cremes, como se diz no Velho Continente.Os dois com mais pontos, em cada grupo, irão as oitavas-de-final. E os terceiros colocados terão um consolo: a repescagem na Europa League, espécie de segunda divisão.

 

O ranking da UEFA, quando citado, remete à média das performances de cada time, no continente, desde 2012. Eis os duelos da terça, compactamente analisados:

 

 

A

Benfica/Por 1 X 2 CSKA Moscou/Rus

Estádio da Luz, 65.647 lugares

(Seferovic/B, Vitinho/C, Zhamaletdinov/C)

Apesar do equilíbrio no ranking, 85,192 X 74,415, os lisboetas eram os favoritos em função do chamado “fator campo & torcida”. Não souberam cumprir a escrita.

Manchester United/Ing 3 X 0 Basel/Sui

Old Trafford, 75.643 lugares

(Fellaini/M, Lukaku/M, Rashford/M)

Impossível que os helvéticos pudessem ameaçar os “Red Devils” em seu Inferno. Placar, porém, preguiçoso.

 

B

Celtic/Esc 0 X 5 PSG/França

Celtic Park de Glasgow, 60.832 lugares

(Neymar/P, Mbappé/P, Cavani/P-Pên,

Lustig/C-Contra, Cavani/P)

O primeiro grande teste, de verdade, para Neymar & Cia. E o recém-chegado atestou a sua competência já aos 19. Um outro recém-contratado, o garotão Mbappé, dobrou aos 33’. Impossível interromper a festa ultramarina dos parisienses enriquecidos pelos petrobilhões do Catar.

Bayern /Ale 3 X 0 Anderlecht/Bel

Allianz Arena de Munique, 75.000 lugares

(Lewandowski/B-Pên, Thiago Alcântara/B, Kimmich/B)

Domínio estéril do diante de uma retranca brava.

 

C

Chelsea/Ing 6 X 0 Qarabag/Aze

Stamford Bridge, 41.663 lugares

(Pedro/C, Zappacosta/C, Azpilicueta/C,

Bakayoko/C, Batshuayi/C, Batshuayi/C )

Obviamente, nenhuma dificuldade para os britânicos, um ranking de 106,192 pontos, contra os 18,050 dos neófitos da ex-União Soviética. O gol do jovem ex-Barça logo aos 5’ tornou os restantes 85 absolutamente protocolares.

Roma/Ita 0 X 0 Atlético de Madrid/Esp

Olímpico, 72.698 lugares

A capital da Bota aguardava um confronto trepidante da sua “Loba” contra os “Colchoneros”. Mas, o mando da Roma e o calor dos tifosi não abalaram os visitantes.

 

D

Barcelona/Esp 3 X 0 Juventus/Ita

Nou Camp, 99.354 lugares

(Messi/B, Rakitic/B, Messi/B)

Estranhamente, além do arqueiro Buffon, que jamais havia sofrido um gol de Messi, o treinador Massimiliano Allegri, da “Signora”, visitou o rival blaugrana somente com cinco outros dos seus titulares habituais. A Juve, no entanto, comandava as ações até que, aos 44’, numa linda tabela com Suárez, o argentino interrompeu a sua sina. E mais: Messi ainda puxou a contra-ofensiva que redundou nos 2 X 0. E mais: cravou os 3 X 0. Justíssimo o castigo para a petulância de Allegri e a sua defesa horrorosa.

Olympiacos/Gre 2 X 3 Sporting/Por

Georgios Karaiskákis de Pireu, 33.330 lugares

(Doumbia/S, Gelson |Martins/S, Bruno Fernandes/S,

Felipe Pardo/O, Felipe Pardo/O)

Os visitantes não se intimidaram com a viagem até um alçapão de má antologia, diversas vezes interditado. O seu instigante marfinense depressa abriu marcador, logo aos 2’. Depois, atrás em 0 X 3, os helênicos reagiram de maneira emocionante e, em apenas três minutos, dos 88 aos acréscimos, encurtaram aquela folga confortável.

 

 

A seguir, os confrontos programados para a quarta.

 

E

Liverpool/Ing X Sevilla/Esp

Anfield Road, 54.074 lugares

Maribor/Eslvn X Spartak Moscou/Rus

Ljudski vrt, 12.435 lugares

Enganoso o ranking dos britânicos, por anos bem longe do topo da Europa. Apesar da desvantagem numérica, 56,142 pontos contra os 112,999 dos espanhóis, atuam num tradicionalíssimo e traiçoeiro alçapão. Aliás, como o estádio da Eslovênia, que transforma em quase nada a folga numérica dos moscovitas, 21,125 X 87,526.

 

F

Shakhtar Donetsk/Ucr X Napoli/Ita

Metalist de Cracóvia, 40.003

Feyenoord/Hol X Manchester City/Ing

De Kuip de Rotterdam, 51.117 lugares

Curiosamente, os dois clubes mais cotados do Grupo F estreiam como hóspedes. Um mau agouro? No ranking os “Mineiros” e os “Pizzaiolos” se localizam próximos o suficiente para que se evitem especulações: 87,526 X 86,666. Os nederlandeses, porém, dificilmente disporão de forças para superar os britânicos, 23,212 X 100,192.

 

G

Leipzig/Ale X Monaco/Fra

Red Bull Arena, 42.500 lugares

Porto/Por X Besiktas/Tur

Estádio do Dragão, 50.033 lugares

Só mesmo um cataclisma fará com que os germânicos (15,899 pontos) escapem do último lugar. O Monaco já demonstrou a sua eficiência em casa e no continente e, quase que certamente, prevalecerá (62,333). Quanto aos otomanos (45,840), dificilmente brilham longe do fervor fanático dos seus fiéis Ranking do Porto: 98,866.

 

H

Real Madrid/Esp X Apoel/Chi 

Santiago Bernabéu, 81.044 lugares

Tottenham/Ing X Borussia Dortmund/Ale

Wembley, 90.000 lugares

Dois templos do Futebol abrigam jogos muito diferentes. Na capital ibérica, um choque nada complicado para os merengues do RC7 (ranking de 176,999 pontos) diante de um adversário historiacamente jejuno (26,210). Na capital de Sua Majestade, todavia, os “Galos” (77,192) deverão sofrer com os portentosos germânicos (124,899).

 

Gostou? Clique em “Compartilhar”, em “Tuitar”, ou deixe a sua importante opinião em “Comentários”. Obrigado. E um grande abraço!

http://r7.com/q9oY