Honesta e sinceramente não me importa quantos quilos de caviar Neyjúnior e Neypapai deverão acumular por segundo nos seus tempos de “Cidade Luz”. Também não me interessa discutir se o filho é um mala-babaca e o seu progenitor é um ganancioso... Continue lendo