mascote corinthians A rodada dos Paulistas no Brasileiro de 2017

Até a rodada desta quarta-feira, 14 de Junho, dos cinco clubes do Estado que disputam o Campeonato Brasileiro de 2017, apenas os dois menos cotados, antecipadamente, pelos eternos especialistas de plantão, de fato realizavam um excelente início de certame: o Corinthians, líder com 16 pontos em 18 possíveis, e a Ponte Preta, 10 e a quinta colocação na tabela. O São Paulo e o Santos, ambos com 9, se encostavam entre o nono lugar e a décima posição. O Palmeiras, detentor do troféu, no patamar dos 7, apenas se limitava ao décimo-terceiro posto. Detalhe: o Peixe e o Verdão, inclusive, já trocaram treinador, respectivamente Dorival Jr. por Levir Culpi e Eduardo Baptista por Cuca. Pior, na sétima jornada do torneio se digladiariam, duelo direto e sacrificante, na Vila Belmiro da Baixada. 

Caberia ao Tricolor uma viagem até Recife, onde pegaria o Sport, 7 pontos. Caberia à Macaca uma viagem até a Ilha do Governador, onde pegaria o Flamengo, também 7 pontos. O Mosqueteiro depararia com um adversário bem intrincado porém, ao menos dentro de seus domínios: na Arena de Itaquera, o Cruzeiro de Belo Horizonte, 10 pontos. Com o Palmeiras e o Atlético Mineiro, 6 pontos e no limiar da zona de rebaixamento, o rubro-negro do Rio de Janeiro era um dos prediletos dos inefáveis oráculos da mídia esportiva. E como se portariam os clubes do Estado Bandeirante nesta quarta?

  A rodada dos Paulistas no Brasileiro de 2017

Na Ilha do Retiro, de novo fracassou o estilo implantado por Rogério Ceni – na verdade, um não-estilo. O seu São Paulo claudica na retaguarda e na ofensiva. E só ficou na mediocridade do 0 X 0 porque o arqueiro Renan praticou duas intervenções elásticas, acrobáticas, e porque Héber Roberto Lopes, o pedante e autoritário apitador de Santa Catarina, ignorou dois penais em favor dos hospedeiros. Quanto à Ponte, apesar do bom momento, não resistiu ao Fla, que inaugurou o placar numa testada de Réver, acréscimos do primeiro tempo. E daí, aos 59’, Leandro Damião aparou um cruzamento, 2 X 0.

 622 7dd77416 a654 3ab1 8e6c a8c5994f398a A rodada dos Paulistas no Brasileiro de 2017

Itaquera e a Vila Belmiro condividiram as determinações táticas dos elencos em ação. O Cruzeiro optou por cercar e esperar algum equívoco do Corinthians, que abusou da esterilidade dos passes laterais. Até que, aos 42’, Jadson levantou um escanteio, no flanco esquerdo, e o paraguaio Balbuena cabeceou, livre na área pequena, 1 X 0. Santos e Palmeiras também escolheram truncar o jogo no meio de campo. E, no primeiro tempo, empacaram num triste 0 X 0. Melhorariam os prélios nas suas etapas derradeiras? O Corinthians apenas não escancarou a sua folga porque o arqueiro Fábio evitou duas chances de Pablo, aos 58’ e aos 59’. O Santos, então, já fizera 1 X 0, aos 50’, um passe de Jean Mota e o arremate de Kayke - lance singularmente polêmico, trombou num adversário.

 balbuena balancou as redes da arena corinthians contra o cruzeiro 1497492371708 615x300 A rodada dos Paulistas no Brasileiro de 2017

Mosqueteiro cada vez mais líder, vigésima partida sem derrota. E agora 19 pontos, quatro à frente do Grêmio e seis à frente do Coritiba, que atuam nesta quinta, respectivamente em visita ao Fluminense (10) e como mandante diante do Bahia (9).  

 

Gostou? Clique em “Compartilhar”, em “Tuitar”, ou deixe a sua opinião em “Comentários”. Obrigado. E um abração!

http://r7.com/rYFr