golden state warriors fatura titulo da nba pela primeira vez dentro de sua casa 1497327569778 v2 900x506 Na NBA, agora a Dinastia dos Warriors

A folga já havia sido mais confortável. Na sexta-feira, dia 9 de Junho, no ginásio dos adversários, os Golden State Warriors poderiam ter fechado a série melhor-de-sete das “Finals” da NBA e ter encerrado ineditamente invictos a íntegra dos “Playoffs” da temporada 2016-17. Todavia, espetaculosamente sucumbiram, 116 X 137, e deixaram para esta segunda, dia 12, a decisão do título e a posse do Larry O’Brian Trophy. Detalhe: na temporada anterior os Warriors também ostentavam uma vantagem de 3 X 1 e, mesmo em casa, permitiram a reviravolta dos rivais, que acabaram por conquistar o troféu, 4 X 3.

 curryjump470 Na NBA, agora a Dinastia dos Warriors

Pois não caiu o relâmpago no mesmo lugar. Agora, na sua Oracle Arena, superlotada pela 50ª vez na “Season” do Basquete norte-americano, 19.596 espectadores, os “Dubs” (pronúncia abreviada e truncada do W do seu nome, ou “dãbliu”), começaram o prélio irregularmente, 33 X 37, cinco turnovers ridículos de perda de bolas dominadíssimas. Mas, paulatinamente, com tranquilidade e uma impressionante união, nenhum egoísmo, nenhum individualismo, completaram o placar em 71 X 60 no primeiro tempo, 129 X 120 no final.

  Na NBA, agora a Dinastia dos Warriors

O recém-contratado Kevin Durant, disparadamente o MVP das “Finals”, prêmio entregue pelo legendário Bill Russell, respondeu por 39 dos pontos da sua equipe, um aproveitamento de 70% das suas tentativas – e o rebrilhante anel de campeão com que sonhava desde a sua profissionalização no Oklahoma City Thunder em 2008. O fantasioso Stephen Curry participou do triunfo com 34 pontos e 10 assistências. O utilitário Draymond Green, com apenas 10 pontos mas 12 rebotes cruciais. O impecável reserva Andre Iguodala, 20 pontos. Enquanto isso, os Cavaliers praticamente se concentravam no impetuoso estilo físico do quase solitário LeBron James, 41 pontos e 13 rebotes.

  Na NBA, agora a Dinastia dos Warriors

Na fase inaugural dos “Playoffs” os Warriors superaram os Portland TrailBlazers, 4 X 0 – 121 X 109 (32 pontos e 11 rebotes de Durant), 110 X 81 (sem Durant, lesionado), 119 X 113 (idem), 128 X 103 (10 pontos de Durant mas 37 de Curry). Daí, bateram o Utah Jazz – 106 X 94 (17 pontos de Durant), 115 X 104 (25 pontos e 11 rebotes), 102 X 91 (38 e 13), 121 X 95 (triple double de Green, 17 pontos, 10 rebotes e 11 assistências). Então, arrebataram o laurel da Divisão Oeste, 4 X 0 nos San Antonio Spurs – 113 X 111 (depois de resgatarem um deficit incrível de 25 pontos e de um total de 34 de Durant), 136 X 100 (combinação de 16 de Durant mais 29 de Curry), 120 X 108 (33 de Durant, 19 no terceiro quarto), 129 X 115 (25 pontos e 12 rebotes de Durant, exuberante, extraordinário).

 Na NBA, agora a Dinastia dos Warriors

E chegaram as “Finals”, quando os Warriors sobrepujaram os Cavaliers por 113 X 91 (com 38 pontos de Durant e 28 de Curry), 132 X 113 (com 33 pontos e 13 rebotes de Durant), 118 X 113 (com 39 de Durant e uma reação sensacional nos 3’ derradeiros, 11 pontos, 7 de Durant e 4 de Curry). Mesmo no fracasso da quarta pugna Durant impactou, 35 pontos. Pode parecer absurdo. Mas, MVP definido em seu currículo, abraçado à sua mamãe, a pequenina porém onipresente Wanda, ele, o gigante, publicamente chorou.

 

Gostou? Clique em “Compartilhar”, em “Tuitar”, ou deixe a sua opínião em “Comentários”. Obrigado. E um abração!

http://r7.com/1y81