Não existem, mesmo, limites para a desfaçatez, para o escândalo e para a vergonha que paga fortunas. Amigo e colega de décadas, hoje o correspondente do Estadão na Suíça, o jornalista Jamil Chade, um dos especialistas em FIFA no planeta, acaba... Continue lendo