dirmajestoso Medíocres, São Paulo e Corinthians ficam em 1 X 1

Grande jornalista de Esportes, um caro amigo desde que cobrimos, para Placar & Veja, a Copa do México/70, na sua página do Facebook, faz dias, José Maria de Aquino observou que o momento de São Paulo e Corinthians é tão ruim, mas tão ruim, que o seu duelo deste domingo, 26 de Março, seria dificílimo – ahn, convenhamos, de se ver. 

De fato, quando se iniciou a rodada, a décima-primeira de um total de doze na fase de grupos do Campeonato Paulista de 2017, com 20 pontos em 30 disponíveis o Mosqueteiro já tinha se garantido no mata-mata das quartas-de-final. Ostentava uma defesa eficiente, apenas 7 tentos sofridos. Um ataque, porém, horroroso, meros 10 gols. Na sua chave, atrás do Linense, 17/33, o Tricolor, 16/30, batalhava para retornar ao topo graças a um ataque excelente, 23 tentos. Era péssima, porém, a sua defesa, 19 gols, a segunda pior do torneio.

 rogerioceni Medíocres, São Paulo e Corinthians ficam em 1 X 1

Estatisticamente, o elenco do Corinthians subiu ao campo do Morumbi com uma razoável vantagem histórica: em 62 prélios, 24 triunfos a 14, 72 gols contra 59. Provinha de uma surra dolorosa no Brasileiro de 2016, 0 X 4. No entanto, ainda saboreava um placar de 6 X 1, em 2015. Rogério Ceni e Fábio Carille, os respectivos treinadores, realizavam as suas estréias na antologia do confronto direto entre ambos.

 a3195f107655 P6KrO8q Medíocres, São Paulo e Corinthians ficam em 1 X 1

De torcida única, exclusivamente do Tricolor, cerca de 52.000 espectadores, até os 45’ o prélio confirmou a previsão do Zé Maria. Meio tempo em que a bagunça prevaleceu sobre a organização. Passes errados e chutões ao acaso, as duas retaguardas a devolverem a pelota de qualquer maneira, o São Paulo ainda procurava alguma ordem nas descidas do ótimo Júnior Tavares pelo lado canhoto. O Corinthians? Pura inconsequência. 

No intervalo, Rogério e Carille não providenciaram uma única substituição. Tanto o Mosqueteiro como o Tricolor, todavia, voltaram mais famintos, mais impetuosos. Cada qual desperdiçou uma chance antes dos 50’. Daí, o São Paulo não fraquejou na sua segunda, um alçamento que Maicon saboreou de testa, no chão, depois de subir acima de quatro adversários. Explosão do público no Morumbi, 1 X 0.

 maicon2 Medíocres, São Paulo e Corinthians ficam em 1 X 1

Durou praticamente nada a vibração. Aos 55’, coube a Arana um levantamento precisamente na testa de Jô, em plena área menor do Tricolor, distraidérrimos Renan e os  beques da sua proteção. Feliz com o placar, Carille tirou Rodriguinho, habilidoso, e colocou Camacho, contido. O treinador pretendia que o Timão segurasse a bola. Ironia: aos 87’ Leo Jabá escorregou e grotescamente atirou fora o sucesso a dois passos da meta do São Paulo.

 jo marcou de cabeca apos belo cruzamento de arana im Medíocres, São Paulo e Corinthians ficam em 1 X 1

No fim das contas, pela dupla ruindade, resultado justo. Pior para o São Paulo, que continuou atrás do Linense. Decisão na quarta, dia 29.

 

Gostou? Clique em “Compartilhar”, em “Tuitar”, ou deixe a sua opinião em “Comentários”. Obrigado. E um abração.

 

http://r7.com/lP2X