4566727 copy Champions League: a Juventus e o Leicester continuam vivíssimos na competição.

Barcelona, Bayern de Munique, Borussia Dortmund e Real Madrid. Dois clubes da Alemanha e mais dois da Espanha já haviam se definido na etapa das quartas-de-final na Champions League da Europa, edição de 2016/2017. Nesta terça-feira, 14 de Março, outros dois se qualificaram. Eis o desenrolar dos seus combates. 

 

622 48c9afee 1082 3711 88df 3916db57e46c Champions League: a Juventus e o Leicester continuam vivíssimos na competição.

Juventus 1 X 0 Porto

Dois substitutos, Pjaca e Daniel Alves, construiram o placar de 2 X 0 que propiciou à Velha Senhora um triunfo precioso como visitante. Aliás, em quatro prélios anteriores, o Dragão lusitano jamais venceu: perdeu em três ocasiões e obteve um empate. Seria dificílima, claro, a sua missão em Turim: em sete cotejos da CL até agora, a esquadra alvinegra apenas concedeu dois tentos. 

O Porto, todavia, não se intimidou e, principalmente, graças à gritaria incessante de 2.000 fanáticos e ao ótimo controle de bola do volante Danilo, até mesmo administrou as ações. Com Pjanic na reserva, não se equilibrou o meio de campo da Juve. Os seus raros avanços exclusivamente dependiam dos lampejos individuais de Dybala. 

Aos 40’, então, um escanteio castigou o Porto. A pelota atravessou a sua pequena área, Huiguín escorou e Máxi Pereira funcionou como um arqueiro. Pênalti, cartão vermelho e a cobrança impecável de Dybala, 1 X 0. O que era complicadérrimo num instante se tornou quase inviável. Os visitantes precisariam fazer 4 X 1.

Horrorosa a Juve no segundo tempo. Ao Porto, contudo, faltou fôlego.

 

1489440554 212177 1489523450 noticia normal Champions League: a Juventus e o Leicester continuam vivíssimos na competição.

Leicester 2 X 0 Sevilla

Acredite você se quiser. Mas, o treinador que substituiu Claudio Ranieri na orientação das Raposas britânicas se chama Craig Shakespeare. Na ida, os Nervionenses da Espanha apenas cravaram um resultado de 2 X 1. Nesta terça, evidentemente, corriam o risco da eliminação. 

O susto se ampliou aos 25’, na cobrança de uma infração que acabou por cair, esquisitamente, sobre o corpo de Morgan. Sorte do Leicester, 1 X 0, o inédito campeão da Inglaterra e a caminho de desclassificar o tri da Europa League. Melhor, aos 55’ Albright acertou um torpedo de canhota, da linha da área, mais folga ainda, 2 X 0. 

N’Zonzi desperdiçou o penal que teria levado a partida à uma eventual prorrogação. E o Sevilla ainda ficou com Nasri e sem o treinador Jorge Sampaoli, excluídos.  

 

OS JOGOS DO DIA 15

 Atlético de Madrid X Bayer Leverkusen

Tempestade de gols no jogo de ida, 4 X 2 em favor dos Colchoneros sobre os Leões da Alemanha. Claro, são os favoritos, até porque não perderam nenhum dos seus sete últimos mata-matas para adversários tedescos.

 

Monaco X Manchester City

Outra tempestade espetacular, no seu Etihad um sucesso dos Citizens, 5 X 3, sobre os Rouges-et-Blancs. Que bem podem devolver a diferença e permanecer na Copa.

 

Gostou? Clique em “Compartilhar”, em “Tuitar”, ou registre a sua opinião em “Comentários”. Obrigado. E um abração.

http://r7.com/rqvc