Nos Jogos de Londres, menos de um mês adiante, além dos testes anti-doping serão cruciais outros tipos de exames, bem mais invasivos, e eventualmente desrespeitosos. O Comitê Organizador decidiu que, em qualquer situação de desconfiança, fará levantamentos de dosagem de testosterona nas contendoras do sexo feminino. Diz o CO que seguirá em busca da androginia. Isso não deveria ocorrer antes dos Jogos?

Outro absurdo: o governo da China proibiu que os seus atletas, aqueles convocados para os Jogos de Londres, utilizem carne bovina na sua alimentação. A explicação: a carne bovina da China é repleta de hormônios que melhoram a performance. Hormônios que são flagrados nos exames anti-doping. Ironia: desde que os atletas passaram a comer, digamos, produtos desimpedidos, a sua performance desabou...

http://r7.com/ZdOM