Você viu recentemente aqui no R7 que uma partida da terceira divisão da Alemanha terminou em confusão depois que um jogador foi traído pelo adversário ao aplicar o “fair play”. E pelo visto, a prática do “jogo limpo”, tão pregada pela Fifa, anda fora de moda. O traíra da vez foi o meia Madson, ex-Santos e atualmente no Al-Khor, do Qatar, que não se importou com o fato do goleiro adversário estar socorrendo um de seus companheiros e emendou um chutão do meio da rua para fazer o gol que Pelé não fez.


O lance polêmico aconteceu nos minutos finais da partida contra o Ahli e sacramentou o placar em 2 a 0 e deu a primeira vitória ao Al-Khor no campeonato local. Até mesmo a comissão técnica do jogador brasileiro ficou constrangida com o ocorrido. Madson, que assumiu a vice-artilhilharia da competição atrás do também brasileiro Rodrigo Tabata, comemorou quase sozinho enquanto as equipes discutiam como reverter o lance.

EsportesR7 no YouTube. Inscreva-se

http://r7.com/tbsT