JORNALISMO ESPORTIVO – O QUE ACONTECE?

É voz corrente, toda hora a gente houve que o país está crescendo.

Eu sempre achei "pachecada" das grossas, afinal, noticiar o exagero é a tônica de muitos interessados nas esferas governamentais.

Mas a grande parte da população acredita; acredita que o pré-sal vai nos salvar, que não há inflação, que temos uma economia estável, e blá blá blá...

Em tempo, já lhe escrevo aqui nobre amigo que, não tenho partido, não sou contra/nem à favor de nenhum governo seja ele de qual esfera for. Sou um sujeito na minha e que vivo com as minhas convicções.

Pois bem, estamos a menos de um ano da Copa, menos de três da Olimpíada, os dois eventos esportivo mais importantes do planeta e o mercado do jornalismo esportivo só recua ao invés de andar para frente.

O que há?

São demissões em cima de demissões, extinções de equipes esportivas e jornais por todo o Brasil, bons profissionais mandados embora sumariamente...aonde vamos parar?

Que se manifestem aqueles que tem haver com o nosso campo de trabalho - precisamos de alguma providência ou daqui a pouco não sobrará pedra sobre pedra.

Desabafei!

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

LUXA NO FLU!

Como as coisas mudam no futebol.

Treinador de 1 milhão de reais, de longos contratos, com 5 títulos brasileiros, ex-Seleção e Real Madrid, aceita um contrato de 5 meses.

A situação muda tão rapidamente que profissionais antes exigentes agora aceitam o que lhes for oferecido.

Acho que pode dar certo este casamento mas WL não pode inventar.

Luxa tem que fazer o feijão com arroz, bem simples, tirando o Flu da posição que se encontra e o levando lá prá cima.

Este emprego é, em minha opinião, um divisor de águas para o treinador.

Se não "causar" como se diz por aí pode começar uma marcha que o leve de volta aos pequenos clubes como no começo da carreira.

E aí será a derrocada final!

Uma pena...eu torço pelo Gabirú.

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

Saíram a “nhacas”, parou de perder!

Futebol é simples!

Tiraram as "nhacas" e o São Paulo não perdeu.

Eu não acredito em coincidência, todos sabem.

Saíram; o rapaz da Porsche + Lúcio, Juan, Ganso, Fabiano e o São Paulo empatou 0 a 0.

Regra básica...para ganhar é necessário primeiro parar de perder.

Foi bom o resultado pro Tricolor.

Que seja o reinício.

Em tempo, o Corinthians tá mal das pernas em termos de ataque.

O que estaria acontecendo?

Que quarta-feira contra o Grêmio venham as respostas.

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

1ºs acertos!

O São Paulo tenta resolver seus problemas.

E dois ele conseguiu, por vontade própria ou não.

Primeiro demitiu (sim, demitiu!) o rapaz da Porsche.

Fez muito bem, já vai tarde, não ajudou em nada, só fez besteira, a maior delas criticar publicamente o maior jogador do São Paulo de todos os tempos.

Segundo, "demitiu" do time titular Lúcio.

Fora de forma, sempre atrasado, só dando pontapé, ganhando muito e jogando nada.

O acaso fez a terceira parte, tirar Luís Fabiano neste domingo.

Agora falta fazer Ganso jogar.

Apesar de tudo isso domingo dá Corinthians!

Faz parte.

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

HÁ FÓRMULA PARA SER CAMPEÃO?

Não, não há.

Afirmo isso com a maior tranquilidade.

Se não vejamos.

Ganha-se com planejamento? Sim...

Ganha-se sem? Sim...

Ganha-se com elenco milionário? Sim...

E com elenco pobre? Sim...

Ganha-se com os melhores? Sim...

E com os que "sobraram"? Sim...

E foi isso que aconteceu ontem com o Atlético Mineiro.

Um time montado com as sobras dos demais, sim as sobras.

Victor, deixou o Grêmio a pontapés, Marcos Rocha era um simples lateral do América-MG, Revér chegou sem muita pompa e Leonardo foi mandado embora do Palmeiras, Gilberto Silva já passou e isso sem falar das restrições de Richarlyson. Pierre, mais uma que saiu do verdão pela porta dos fundos, Leandro Donizetti vem no fim de carreira, idem a Josué. Ronaldinho é o que sabemos, Jô não deu certo em lugar nenhum e de triste lembrança é Rosinei, Tardelli virou, virou...e Alecsandro é + ou -.

E mesmo assim, com um técnico cujo estigma era de vice/pé frio o Galo ganhou.

Verdade seja dita, Bernard e Guilherme são dois "bolões".

Parabéns ao Atlético e sua enorme torcida e dá-lhe futebol, o negócio mais esquisito que existe.

Ah, em tempo, Bayern é outra história, ok!

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

DEMITAM JUVENAL!

Depois de 12 dias ausente, estou de volta.

O título da coluna fala por si.

Depois da desastrosa entrevista coletiva - que beirou o ridículo.

Depois do malfadado churrasco boca livre deste final de semana.

Contando com a péssima fase do time.

Incluindo no pacote o cara com nome de leite de saquinho, o piloto de Porsche, além de Jesus (Deus que me perdoe!).

Peço aos são paulinos de verdade - DEMITAM O JUVENAL e toda sua diretoria!

Rápido, bem rápido, antes que seja tarde...

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

CLÁSSICOS NACIONAIS EM PERNAMBUCO, A POLÊMICA!

Quero debater com você hoje este tema proposto no título.

E quero debater com conhecimento de causa, profundo conhecimento, diga-se de passagem.

Eu morei em Pernambuco por dois anos e mantenho laços na terrinha até hoje.

Quando cheguei em 1999 para assumir a Direção da TV Pernambuco, convidado pelo Luciano do Valle, me deparei com uma situação inusitada nos estádios.

Nós, Costa Dourada (empresa que arrendou a TV Pernambuco), éramos os proprietários dos direitos do Campeonato Pernambucano, e logo no primeiro jogo, narrado pelo Luciano e reportado por mim, em Vitória de Santo Antão, demos de cara com uma torcida desfigurada.

Havia mais camisas de times daqui do Sudeste do que da capital, Recife.

Era um fenômeno, mas com explicação.

Essa explicação começa lá nos anos 80.

A Globo sempre foi detentora dos regionais de futebol, como também do Brasileiro e demais torneios.

Essa verte ela herdou do que aprendeu com a Record e com a Tupi.

Só que a desclassificação da Copa da Itália em 90, sofrida pela Seleção Brasileira, pesou demais para a empresa que resolveu deixar de lado o futebol, aconselhada por alguns internos que detestavam esporte.

E se deu mal!

No mesmo ano, 1990, a final do Brasileiro teve o Corinthians Campeão (pela 1ª vez) em decisão contra o São Paulo.

Naquele dia, como já contei para vocês, a Bandeirantes (em transmissão exclusiva) bateria seu recorde histórico de audiência registrando incríveis 53 pontos no IBOPE (recorde somente igualado, não batido, pela final do Mundial Interclubes de 2000) comandados pelo Luciano, com Juarez Soares, Datenão e eu.

Pois bem, este fato, somado ao crescimento do Show do Esporte (programa da Bandeirantes aos domingos) foi a senha que faltava para aqueles que, dentro da Globo, defendiam o retorno, com tudo do futebol - inclusive com a criação de uma empresa específica para aquisição de direitos - a Globo Esporte.

E assim se deu...de lá prá cá, a empresa foi adquirindo TUDO que era/é importante relacionado à bola.

Três percalços tem que ser lembrados e que balançaram esta estrutura - a saída de Galvão em 92 para a OM (junto com a Libertadores), a Copa do Brasil 1995 (era do SBT) e a não aquisição do Mundial de Clubes 2000 (exclusivo da Band).

Mas voltemos ao tema - então, Globo adquire e vira dona de tudo no futebol brasileiro e detecta um problema, a paixão/a resistência do nordestino que ama os seus times locais.

Como combater isso, já que era humanamente impossível, principalmente do ponto de vista técnico (falta de geradores para os eventos, por exemplo) cobrir todos os campeonatos?

Simples, bastava dividir a rede em duas (às vezes três, raramente) e "enfiar" goela abaixo os jogos dos times cariocas/paulistas para o público nordestino ver (não havia tv por assinatura na época, ok).

Consolidou-se assim (fato que se iniciou lá na década de 80) a progressão em massa das torcidas regionais pelos clubes cariocas/paulistas, vide o Flamengo/Corinthians, que são em muitas cidades nordestinas, a maior torcida, mesmo a frente das equipes locais.

Isso foi obra da TV aberta que incutiu na cabeça de grande parte da população essa cultura de "aqui torço para ... mas no/em RJ/SP sou ..."

Explicado isso voltemos à 1999 - sabedor de que a televisão tinha que mudar suas regras de geração, tinha que ter um pólo gerador fora do eixo, Luciano resolveu inovar e mostrar sim, com destaque de grande atração, um campeonato regional para a própria região.

E foi isso que fizemos com o PE99 inclusive colocando jogos às segundas-feiras, 20h30, em cima do Jornal Nacional só prá ver no que dava.

Foi um sucesso...cansamos de bater a concorrência com as partidas nesta data/horário.

Só que a TV PE acabou e ficamos com o "mico" na mão de ter um campeonato até 2005 (seis anos de contrato) e não ter televisão para exibir.

Fui então, como gestor do negócio que eu era, obrigado a vender os 5 anos restantes para a Globo por quase dois milhões.

A platinada aprendeu a lição e nunca mais deixou que ninguém chegasse perto dos regionais, nacionais, internacionais sem que ela tivesse o controle.

Tá mais do que explicado, né!

PE ainda resiste hoje - mas se nada for feito pela cultura televisiva (esportiva) local, como nós fizemos nos anos 90, creiam, em 10/15 anos teremos mais torcedores de "sofá" apaixonados pelos times do sudeste do que por Náutico, Santa Cruz e Sport.

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

CABEÇA, TRONCO E MEMBROS…NA TAÇA!

O Corinthians encaminhou bem a conquista da Recopa Sul-Americana.

O 1º jogo contra o São Paulo foi sofrível.

Para quem ficou vendo a CC por 15 dias, assistindo Espanha, Itália, Uruguai, Brasil, observar a 1ª final foi dose para mamute.

Uma partida tecnicamente ruim, cheia de faltas e lances bizarros.

Incrível o número de passes errados do São Paulo - precisa treinar fundamento.

Falhas grotescas dos dois goleiros, mais a de Cássio que tomou um frangaço.

Capítulo especial para o tal Wellington.

Entrou no segundo tempo e logo que a câmera corta para ele, antes do apito, ele tava bufando, falando palavrões, com os olhos esbugalhados, parecendo um maluco.

E deu no que deu...primeira bola ele pisou intencionalmente e maldosamente na canela de Douglas e só não quebrou o meia corintiano por muita sorte.

Na segunda bola fez falta em Sheik num contra ataque e ao ver o atacante caído ficou aos brados xingando o oponente que estava caído.

No desenrolar fez mais 5 ou 6 faltas e só então levou amarelo - era para ter sido expulso na primeira falta.

Um descontrolado! Que mostra bem como anda o SP.

E o juiz? Este então foi brincadeira - não tem condições de apitar final, pelo amor de Deus.

Que venha dia 17/7 para o Corinthians ratificar mais um título, já ganho.

Pobre SP!

EM TEMPO - que fique registrado, hoje é aniversário de 66 anos do Luciano do Valle e deixo aqui os parabéns para ele.

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

RECOPA

Hoje é o dia do primeiro jogo entre São Paulo e Corinthians pela Recopa Sulamericana.

Vamos combinar? É título, verdade, mas é meia boca.

Ganhar ou perder tanto faz, na minha opinião.

Mas se o São Paulo não levar essa é fim de caminho para Ney Fraco, quero dizer Franco.

Perder de novo pro Corinthians, a diretoria não vai aguentar.

E mais, ele não tem nem o que pensar em relação ao time.

Jádson tem que voltar, lógico, Ganso tem que ficar, lógico e o ataque tem que ter Fabiano e Osvaldo.

É simples assim, sem invenção de moda.

Acho que no jogo dá empate, daqueles bem sem graça, mas para o título dá Corinthians.

A perda do Paulinho será sentida, é verdade, mas mesmo com este permanente desfalque MONSTROOO, o Corinthians é mais time.

Vamos ver esta noite!

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:

ALEGRIA CONTOU COM 25% DE AUMENTO!

Vi, li, ouvi, o centroavante titular do SP todo "serelepe" na entrevista coletiva de ontem.

Falou que acertou a vida, que conversou com Juvenal, que não tomaram whisky, etc. etc.

Só não contou o motivo de sua animação!

25% de aumento em cima dos 600 mil que já ganhava.

Portanto, agora, o goleador ganha 750 mil reais mensais - 9 milhões por ano.

Por isso toda aquela felicidade.

Quem propôs e deu o aumento foi o piloto de Porsche.

Acho que todo mundo tem direito de ganhar o que pleiteia...e se o empregador der, parabéns.

Mas daí a posar disso ou daquilo, vai um enorme espaço.

O CA caiu no meu conceito, pensei, como bom tonto que sou, que ele amasse mesmo o SP.

Ama sim, sei...

Agora quero é ver jogar...tem que começar destruindo o Corinthians nesta quarta pela 1ª partida da Recopa.

Fico imaginando só o ídolo máximo do clube...sabendo de tudo isso e tendo que ficar calado...o "monstro" deve estar muito bravo.

Em tempo, ele, o goleiro, foi para Uberlândia coisa que o centroavante não fez.

Lamentável...é o SP virando o Corinthians do passado!

  • Espalhe por aí:
    • Digg
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Live
    • Netvibes
    • RSS
    • Twitter
  • Imprimir:
  • Envie por e-mail:
Página 1 de 612 3 4 5 ...: ...Último