Seis anos de Fred no Fluminense

fred10 Seis anos de Fred no Fluminense

Olá galera.

Ontem, Fred completou seis anos como jogador do Fluminense, fato cada vez mais raro em nosso futebol. Quando chegou em 2009, muitos achavam que ele tinha voltado para o Brasil apenas pra tentar ir à Copa de 2010, o que não ocorreu. Dunga, treinador naquele Mundial, preferiu chamar Robinho, Luis Fabiano, Nilmar e Grafite.

O ano que Fred chegou ao Flu, não foi tão bom quanto ele esperava. Com ajuda do antigo patrocinador, o clube contratava jogadores de peso. Mas mesmo assim, a temporada de 2009 ficou marcada pelo não rebaixamento do Tricolor, depois de ter 98% de chances de cair.

Mas aquela reação foi muito importante para a relação de ídolo que ele tem com os torcedores. Já era o líder da equipe e na arrancada final, após várias lesões, fez gols em quase todos os jogos. Depois do sufoco, a glória. Pelo clube das Laranjeiras já acumula três títulos.

Já conquistou um estadual (2012), e dois Brasileirões (2010 e 2012). No último título foi escolhido o craque da competição, além de ter sido o artilheiro. Fred voltou a ser o goleador do Campeonato Brasileiro no ano passado. Em 231 partidas pelo Flu, balançou a rede adversária em 144 oportunidades.

Como renovou seu contrato por mais quatro anos, parece que o torcedor do Fluminense ainda vai cantar muito a musiquinha que criaram pra ele. "O Fred vai te pegar, o Fred vai te pegar..."

beijim

Mylena

Noite de viradas!

inter3 Noite de viradas!

Olá galera.

Quando o torcedor vai ao estádio torcer para o time do coração, o que ele mais espera é por uma vitória. Se for tranquila, melhor ainda. Mas o público que foi ao Beira-Rio apoiar o Internacional teve uma noite pra lá de emocionante. Pelo menos os três pontos ficaram com o Colorado.

Quem viu os primeiros dez minutos, teve a impressão de que o Internacional conseguiria uma vitória bem fácil sobre o Emelec. Contando com o Beira-Rio cheio, com mais de 30 mil apaixonados, o Colorado tomou conta das ações e não demorou a abrir o placar. Nilmar, que não fazia gol há bastante tempo, balançou a rede dos equatorianos.

inter Noite de viradas!

De repente o panorama mudou completamente. Os comandados de Diego Aguirre deram um show de passes errados e jogadas ofensivas desperdiçadas. Depois de um começo tão animador do Inter, Burbano aproveitou passe de Bolaños e empatou para o Emelec.

O que era ruim, piorou. No fim do primeiro tempo o Inter perdeu D´Alessandro, lesionado. Logo depois tomou a virada, com gol de Mena, aos 46 minutos, após nova assistência de Bolaños. A segunda etapa não começou diferente. Sem muita inspiração, o Colorado pouco ameaçava a meta de Dreer.

Quando o desespero começava a chegar, Alex, que substituiu D´Alessandro, empatou a partida, após passe de Nilmar. Na base da raça o Inter virou, aos 36 minutos. Réver aproveitou bobeada do goleiro do Emelec em jogada de escanteio, e fez o gol da vitória.

Se não foi tranquila como o torcedor esperava, pelo menos a vitória foi bastante importante, emocionante e dificilmente será esquecida pela imensa torcida do Internacional de Porto Alegre.

beijim

Mylena

Bye bye Léo Moura, boa sorte!

 Bye bye Léo Moura, boa sorte!

Olá galera.

Foram muitos jogos, pra ser mais exata, 518 partidas vestindo a camisa Rubro-Negra. Léo Moura está na história do Flamengo, é o sétimo jogador que mais atuou pelo clube. Mas antes de partir para os Estados Unidos, a torcida vai poder se despedir do lateral hoje à noite, em um amistoso contra o Nacional do Uruguai, no Maracanã.

Léo Moura é um dos melhores laterais que jogaram pelo Flamengo. E não foram só muitos jogos, títulos também marcaram a brilhante passagem de Léo pelo Rubro-Negro. Foram duas Copas do Brasil (2006 e 2013), cinco estaduais (2007, 2008, 2009, 2011 e 2014), e o mais importante, o Campeonato Brasileiro de 2009, ao lado de feras como Adriano e Petkovic.

 Bye bye Léo Moura, boa sorte!

Vanderlei Luxemburgo já escalou o time que vai entrar em campo contra os uruguaios. Paulo Victor, Leonardo Moura, Wallace, Bressan e Pará; Jonas, Marcio Araújo, Canteros e Arthur Maia; Marcelo Cirino e Alecsandro. Até ontem, quase dez mil ingressos haviam sido vendidos antecipadamente para a partida contra o Nacional.

Léo está se transferindo para o Fort Lauderdale Strikers, time dos Estados Unidos, que tem Ronaldo Fenômeno como um dos sócios. Parabéns Léo Moura por ter representado com muito profissionalismo e talento a camisa do Flamengo. Muito boa sorte nesse novo desafio, você merece. Bye bye!

beijim

Mylena

Scudetto cada vez mais próximo!

tevez2 Scudetto cada vez mais próximo!

Olá galera.

A Juventus é disparada a equipe com mais títulos italianos. Com 31 scudettos já conquistados, a Velha Senhora está cada vez mais próxima de aumentar a vantagem sobre os rivais. A má fase da dupla de Milão (Milan e Internazionale), vem cooperando bastante para o domínio da "Dona da Itália".

Ontem, a equipe da Roma, vice-líder da competição, recebeu a Juventus no Estádio Olímpico da capital italiana, pela vigésima quinta rodada. A distância de nove pontos não foi alterada. Com o empate em um a um, a Juve manteve a vantagem e ficou na boa. A turma de Pirlo e cia. praticamente colocou a mão na taça.

A primeira etapa foi bastante morna, com pouquíssima emoção em campo. Como a igualdade no placar era do interesse da Juventus, a partida ficou bem truncada e sonolenta nos primeiros quarenta e cinco minutos. Mesmo precisando vencer, a Roma não conseguiu ameaçar muito a meta de Buffon.

Já nos quarenta e cinco minutos finais, em um rápido contra-ataque, Vidal sofreu falta dura de Torosidis, que acabou expulso, aumentando o drama da segunda colocada. No lance, Tevez bateu com perfeição e abriu o placar. A Roma ainda chegou ao empate com Keita, escorando escanteio. É, parece que o Scudetto vai ficar com a Juventus, novamente.

beijim

Mylena

Botou Fogo!

 Botou Fogo!

Olá galera.

O domingo era de festa. A cidade do Rio de Janeiro completava 450 anos. No Maracanã, quase cinquenta mil pessoas foram assistir Botafogo x Flamengo. Para os dias atuais um bom público, para um jogo bastante emocionante. Antes da partida jogadores do passado fizeram parte das festividades, mas quem riu por último foi a galera alvinegra.

Valia a liderança. No sábado, o Vasco derrotou o Bangu e era o primeiro colocado. Com duas equipes atrás da vitória, os lances de perigo foram surgindo. Com maioria na arquibancada, o Flamengo também era mais presente no ataque. Mas o Bota soube suportar as investidas do Rubro-Negro e levou o zero a zero para o vestiário.

Na segunda etapa o cenário foi mudando aos poucos. Jefferson, pra variar, seguia segurando o Flamengo. Depois dos dez minutos, o Alvinegro começou a incomodar a meta de Paulo Victor. Carleto cobrou bela falta no travessão. A trave que salvou a equipe da Gávea, foi decisiva para a vitória da turma de René Simões.

Algumas confusões no gramado deixaram o clássico um pouco nervoso. Bill exagerou e poderia ter sido expulso. Quando parecia que o placar não sofreria alterações, Tomas acertou um chutaço, a trave rebateu no corpo do arqueiro do Mengo e foi morrer no fundo da rede. O Botafogo poderia ter feito mais, mas a trave voltou a ajudar o Fla.

Antes do campeonato, o Botafogo seria apontado pela maioria como a quarta força. Mas o Alvinegro é o líder isolado e botou fogo na briga pelas outras vagas no G-4. O Vasco está em segundo, Fluminense em terceiro e Volta Redonda em quarto. No momento, o Flamengo é apenas o quinto e tem a companhia do Madureira com a mesma pontuação.

Faltam oito rodadas, não há nada decidido. Mas do jeito que anda a carruagem, o Botafogo já mostrou que é grande, merece todo respeito, apesar de estar na Série B nacional.

beijim

Mylena