Novo comando no Flamengo

mano menezes close 450 Novo comando no Flamengo

Ao contrário do que a nova presidência do Flamengo disse depois da eleição, o futebol do clube pode passar por profundas mudanças. A contratação do Paulo Pelaipe como diretor de futebol, abre caminho para Mano Menezes ser o novo técnico do Flamengo.

Os dois cultivam uma boa relação, pois já passaram pelo Grêmio. Mano tem ainda a vantagem de já estar morando no Rio, porque ficava mais perto da sede da CBF, enquanto era o treinador da seleção.

Vale lembrar que o ex-técnico da seleção ficou desempregado no último dia 23 de novembro. Chegou a ser cogitado no Internacional, mas Dunga já está prestes a acertar com o Colorado.

Por outro lado, Dorival Júnior já declarou que o novo presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello, disse logo depois de eleito, que ia mantê-lo no cargo para 2013, assim como o diretor técnico Zinho. Resta saber se o novo presidente vai honrar o que afirmou ao atual treinador rubro negro.

Acho que tem grandes chances de acontecer esta mudança. Seria um jeito da nova presidência alterar toda a estrutura de futebol que foi montada pela Patrícia Amorim e respirar ares totalmente novos. Tenho certeza que a torcida aprova o Mano Menezes, até porque Dorival Júnior não conseguiu dar uma cara pro time nesta temporada. O Flamengo oscilava demais e parecia um bando em campo. Um time desorganizado, nervoso, e que conseguiu se livrar do rebaixamento nas últimas rodadas.

Tá certo que eu nunca fui um admirador do trabalho do Mano Menezes na seleção, pelo contrário, me decepcionei com o que vi. Mas é inegável o bom trabalho que ele fez no Corinthians. Trabalhar em um clube é diferente. Mesmo assim a pressão vai continuar grande pra cima dele por estar treinando o time com a maior torcida do país.

 Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Tá chegando a hora!

Foto istagram 1 Tá chegando a hora!

Torcedores corintianos levam faixa de apoio ao time no Japão

É muito bom ver como o Corinthians está movimentando este final de ano, prestes a estrear no mundial de clubes. Uma multidão de torcedores já está lá no Japão, pra ver, com certeza, uma das maiores invasões que o mundial já presenciou.

Mesmo quem não é corintiano está envolvido com todo este clima de euforia que tomou conta da torcida. Não é pra menos, o Timão pode conquistar o título mais importante de sua história dentro de poucos dias.

Mas calma! Primeiro tem que passar pelo Al Ahly do Egito nesta quarta-feira. Os especialistas de plantão já estão certos de que o Corinthians vai ter um jogo fácil, que a defesa do time egípcio é fraca, etc. Muita calma nessa hora! O Mazembe já mostrou que a teoria no futebol muitas vezes não vale nada. O Corinthians tem muito mais time, isto é fato, mas nem sempre o melhor time ganha o jogo. O negócio é jogar com seriedade e concentração máxima para chegar à tão sonhada decisão do mundial.

Acho o jogo do Chelsea contra o Monterrey mais difícil na teoria, mas os mexicanos não sabem jogar contra os times europeus. O jogo não encaixa. Já vi bons times mexicanos no papel não chegarem nem a assustar os grandes europeus. Agora que seria bom pro Corinthians ver o Chelsea caindo já na semifinal seria. Acho muito difícil de acontecer.

O mundial de clubes começa pra valer nesta quarta-feira. E o Timão vai em busca de um sonho muito possível de ser realizado. Confesso que vou ficar na torcida. Jogando bem ou mal, o importante é vencer.

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

O melhor de todos os tempos

É incrível como um ídolo de verdade se comporta dentro e fora de quadra. Roger Federer é um bom exemplo de como deve agir uma pessoa que é admirada e idolatrada no mundo inteiro, em um evento que está sendo realizado aqui em São Paulo.

Sempre simpático e sorridente, bateu bola com meninos de comunidades carentes no ginásio do Ibirapuera (que mais parecia uma sauna, com um calor insuportável). Depois jogou pra valer uma partida de exibição e foi derrotado por Thomas Bellucci. Apesar da surpreendente derrota, não deu desculpas: procurou elogiar o adversário ao invés de alegar que estava muito quente ou dar outro tipo de justificativa. Agiu como um verdadeiro campeão, que não precisa provar nada pra ninguém, pois já tem seu nome escrito como o melhor de todos os tempos no tênis.

federer davis 450x338 O melhor de todos os tempos

Tem muito “perna de pau” por aí, que é só fazer um pouco de sucesso ou sair na mídia e já se acha o máximo e bota uma máscara absurda. Atletas que não ganharam nem um décimo do dinheiro ou dos títulos de Federer e que agem como se fossem ídolos. O ídolo verdadeiro é aquele que dá exemplo para os mais jovens dentro e fora das quadras ou dos campos. E isso Federer faz como ninguém. Como é bom poder ter um atleta dessa magnitude jogando aqui no Brasil.

Pra quem não está muito habituado com o tênis e não conhece muito bem Roger Federer, ele é um dos jogadores mais vitoriosos da história do esporte. Foram até agora 76 títulos, sendo 17 de torneios do Grand Slam (os quatro mais importantes do tênis). Além disso, ele é o tenista com a maior premiação de todos os tempos, já tendo arrecadado mais de 76 milhões de dólares na carreira. Como se não bastasse, só mais um número: ficou 302 semanas como número um do mundo, um recorde absoluto que dificilmente será alcançado. É ou não é pra ser admirado e idolatrado?

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Faltou malandragem… como sempre

Luis Fabiano Faltou malandragem... como sempre

Se você leva um soco no braço de um Argentino em uma final de campeonato, o que você faz? Tenta revidar ou bota a mão no braço e cai sentindo “fortes dores”?

O jogador brasileiro de uma forma geral, e principalmente o Luiz Fabiano, não pode cair em provocação de argentino, principalmente de um time limitado como o Tigre. Quanto mais em uma final. Mas não adianta, o Luiz Fabiano não aprende mesmo...  Basta provocar e ele cai igual uma criança mimada e temperamental.

Não vou ficar aqui escrevendo que essa expulsão prejudica muito o São Paulo porque todo mundo já sabe. Ele não joga a segunda partida da final com o Morumbi lotado. Acho inclusive que a diretoria tricolor deveria repensar se vale a pena ter um jogador caro desse jeito no elenco e que estraga tudo em partidas importantes. Já não é a primeira vez...

Agora, vou pedir licença e discordar da grande maioria dos meus colegas jornalistas. Sinceramente acho que a expulsão dele foi exagerada. Tá certo que ele até tentou dar um chute, mas não foi com tanta velocidade e a tentativa de chute não pegou! Nem encostou no jogador do Tigre, que de um jeito patético caiu no chão simulando ter sido atingido muito tempo depois. O árbitro é fraco, e caiu na dos argentinos, assim como o Luiz Fabiano. Uma pena pro São Paulo que ainda é o favorito para o jogo de volta quando precisa apenas de uma vitória simples pra ser campeão. E pelo que vi ontem, não é uma tarefa das mais difíceis.

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Título é obrigação

torcida sao paulo 300 Título é obrigação

O São Paulo começa hoje a decidir o título da Copa Sul-Americana. Para uma torcida acostumada a títulos, é a chance do tricolor não deixar o ano de 2012 passar em branco. É a possibilidade de ganhar um título após quatro anos. Muito pouco para a tradição do clube. E nem é um título dos mais cobiçados, por isso o São Paulo tem obrigação de trazer o troféu.

Acho que o São Paulo não terá problemas em dois jogos contra o Tigre. A vitória sobre o Corinthians com time reserva mostra que a fase é boa. Além disso o time está invicto na competição, com quatro vitórias e quatro empates em oito jogos.

A motivação dos jogadores fica por conta de jogar uma decisão na Bombonera contra um rival, que se não é dos mais tradicionais, chega à essa final com méritos e deve ser respeitado. O jogo de volta, no Morumbi, já tem todos os mais de 64 mil ingressos esgotados. O jogo será no próximo dia 12 de dezembro, e o torcedor quer terminar o ano com uma grande festa. Boa sorte São Paulo!

Veja mais:

+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!
+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Novo presidente

 

Eduardo Bandeira de Mello1 Novo presidente

O Flamengo terá um novo presidente para os próximos três anos. Eduardo Bandeira de Mello teve uma vantagem tranquila de votos em cima da Patrícia Amorim, que buscava a reeleição. Foram 2675 sócios votando, com uma diferença de 500 votos em favor da chapa azul da oposição: 1414 à 914. Jorge Rodrigues, da chapa rosa, teve apenas 347 votos.

Eduardo tinha ao seu lado o apoio de pessoas influentes e poderosas, mas o apoio que fez a diferença foi o de Zico, que não teve cerimônia em divulgar pra todo mundo que estava do lado da chapa da oposição. Não é pra menos, afinal ele se desentendeu e saiu do clube em 2010 magoado com a atual presidente.

patriciaamorim1 g 20100212 Novo presidente

Patrícia Amorim teve o apoio de vários atletas dos esportes amadores, como César Cielo da natação. Deu pra perceber claramente que durante a gestão da Patrícia os outros esportes tiveram um progresso muito grande, com alguns resultados dignos de comemoração.

Mas o que comanda mesmo, não só no Flamengo, mas em qualquer grande clube brasileiro é o futebol. E nisso a atual presidente não foi bem, errando em algumas contratações e deixando o Flamengo à beira do rebaixamento este ano. Ela reclama que houve preconceito por ela ser mulher, mas discordo.

Se o Flamengo nestes últimos três anos tivesse brigado por títulos e a temporada 2012 fosse melhor, ela teria chances de se reeleger. Não acho que houve más intenções e sim erros nas escolhas. Conheço a Patrícia Amorim pessoalmente e gosto muito dela. É uma pessoa do bem e será capaz de dar a volta por cima.

Resta agora torcer para que o novo presidente, Eduardo Bandeira de Mello tenha sucesso na sua administração e faça o clube voltar ao caminho das vitórias e dos títulos, que é o que a torcida tanto espera. Tomara que ele não abandone os outros esportes do clube, como vários outros presidentes já fizeram no passado.

 

Parece que foi ontem

gugatop10 Parece que foi ontem

Há exatos 12 anos, no dia 03 de dezembro de 2000, o maior tenista brasileiro de todos os tempos brilhava em Lisboa.

No Masters Cup, torneio que reúne apenas os oito melhores jogadores da temporada, Gustavo Kuerten derrotou nada mais nada menos do que Pete Sampras na semifinal e André Agassi na final, para se tornar o número um do mundo na ocasião.

Era o auge de uma carreira espetacular,   que rendeu ao Guga 20 títulos de simples, incluindo um tricampeonato em Roland Garros. Uma pena que foi uma trajetória muito curta, abreviada por uma crônica contusão no quadril, que o fez abandonar as quadras antes do previsto.

Mas valeu pelo show que o Guga deu enquanto esteve no auge, enchendo de orgulho todos nós brasileiros. Parabéns campeão!

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Briga de gigantes

Na próxima segunda, dia três de dezembro, teremos eleições no Flamengo para a escolha do presidente pelos próximos três anos. Jorge Rodrigues e Eduardo Bandeira de Mello serão os adversários da presidente Patrícia Amorim que tenta a reeleição.

Após esta acirrada disputa, outra briga promete esquentar na Gávea. Duas gigantes marcas vão duelar para conquistar o posto de fornecedor oficial de material esportivo do clube mais popular do País.

A Adidas, que já fez uma proposta de R$ 35 milhões anuais, por dez temporadas, vai ter que encarar a concorrência da Nike, que não iniciou as negociações, mas já demonstrou interesse.

Uma proposta oficial só sera feita depois das eleições, mas já se comenta que a Nike vai fazer uma proposta ainda maior do que a da Adidas, podendo chegar até a R$ 40 milhões por ano.

Quem ganha com essa concorrência é o próprio Flamengo, que poderá ter mais dinheiro em caixa e montar um time melhor do que vimos em 2012. O problema é justamente esse: administrar bem o dinheiro…

Veja mais:

 

+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!
+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

 

BOA SORTE

parreira felipao ok BOA SORTE

Estamos vivendo um momento importantíssimo para o futebol brasileiro. Às vésperas de uma Copa das Confederações e de uma Copa do Mundo em casa, precisamos unir forças para o sucesso da seleção.

Agora não dá mais pra pensar se foi justa ou não a demissão do Mano Menezes, ou se o Luiz Felipe Scolari realmente é o melhor técnico neste momento. O fato é que devemos planejar daqui pra frente o que fazer para o bem da seleção, que se prepara para os dois anos mais importantes da história do nosso futebol.

Acho que o Felipão e o Parreira juntos tem experiência de sobra para fazer o melhor. Os dois já foram campeões mundiais com o Brasil e tem uma longa vivencia em Copas do Mundo e outros torneios internacionais.

Muitos críticos apontam que Scolari não fez um bom trabalho no Palmeiras, sendo o grande responsável pelo rebaixamento do time, e nisso eu até concordo. Mas é inegável que ele teve muito sucesso no comando da nossa seleção e é um treinador copeiro, que sabe os caminhos para ganhar uma competição curta como é a Copa do Mundo, e como foi a Copa do Brasil que ele conquistou pelo Palmeiras.

Resta desejar boa sorte pra essa dupla. Que Deus ilumine os caminhos do Brasil para fazer história em casa. Até a próxima.

Veja mais:

 

+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!
+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Hora de antecipar tudo

MarinCBF Hora de antecipar tudo

José Maria Marin, experiente e político do jeito que é, resolveu antecipar o anúncio do novo técnico da seleção para a próxima quinta-feira e já deixou escapar e vazar a informação de que será realmente o Felipão (como todo mundo já esperava).

A pressa para divulgar essas informações se deve ao fato de que é hora de mudar o foco do noticiário da CBF para a seleção e não para a investigação que a Polícia Federal está fazendo em cima do vice da entidade, Marco Polo Del Nero. Quanto mais se falar de seleção e um novo técnico agora, melhor para a CBF que vai sair por um tempo das manchetes policiais.

Sobre a saída de Andrés Sanches, acho que vai ser melhor pra seleção. O cargo em que ele estava (diretor de seleções) foi extinto e quem vai fazer a função dele é o coordenador técnico da seleção principal, que ainda não foi anunciado. Tomara que seja o Carlos Alberto Parreira, que pra mim é muito experiente e preparado para assumir este posto. São de pessoas assim de alto nível intelectual e social que o Brasil precisa pra melhorar o nosso futebol.

Página 75 de 83Primeiro...7374757677...Último