Novo presidente

 

Eduardo Bandeira de Mello1 Novo presidente

O Flamengo terá um novo presidente para os próximos três anos. Eduardo Bandeira de Mello teve uma vantagem tranquila de votos em cima da Patrícia Amorim, que buscava a reeleição. Foram 2675 sócios votando, com uma diferença de 500 votos em favor da chapa azul da oposição: 1414 à 914. Jorge Rodrigues, da chapa rosa, teve apenas 347 votos.

Eduardo tinha ao seu lado o apoio de pessoas influentes e poderosas, mas o apoio que fez a diferença foi o de Zico, que não teve cerimônia em divulgar pra todo mundo que estava do lado da chapa da oposição. Não é pra menos, afinal ele se desentendeu e saiu do clube em 2010 magoado com a atual presidente.

patriciaamorim1 g 20100212 Novo presidente

Patrícia Amorim teve o apoio de vários atletas dos esportes amadores, como César Cielo da natação. Deu pra perceber claramente que durante a gestão da Patrícia os outros esportes tiveram um progresso muito grande, com alguns resultados dignos de comemoração.

Mas o que comanda mesmo, não só no Flamengo, mas em qualquer grande clube brasileiro é o futebol. E nisso a atual presidente não foi bem, errando em algumas contratações e deixando o Flamengo à beira do rebaixamento este ano. Ela reclama que houve preconceito por ela ser mulher, mas discordo.

Se o Flamengo nestes últimos três anos tivesse brigado por títulos e a temporada 2012 fosse melhor, ela teria chances de se reeleger. Não acho que houve más intenções e sim erros nas escolhas. Conheço a Patrícia Amorim pessoalmente e gosto muito dela. É uma pessoa do bem e será capaz de dar a volta por cima.

Resta agora torcer para que o novo presidente, Eduardo Bandeira de Mello tenha sucesso na sua administração e faça o clube voltar ao caminho das vitórias e dos títulos, que é o que a torcida tanto espera. Tomara que ele não abandone os outros esportes do clube, como vários outros presidentes já fizeram no passado.

 

Parece que foi ontem

gugatop10 Parece que foi ontem

Há exatos 12 anos, no dia 03 de dezembro de 2000, o maior tenista brasileiro de todos os tempos brilhava em Lisboa.

No Masters Cup, torneio que reúne apenas os oito melhores jogadores da temporada, Gustavo Kuerten derrotou nada mais nada menos do que Pete Sampras na semifinal e André Agassi na final, para se tornar o número um do mundo na ocasião.

Era o auge de uma carreira espetacular,   que rendeu ao Guga 20 títulos de simples, incluindo um tricampeonato em Roland Garros. Uma pena que foi uma trajetória muito curta, abreviada por uma crônica contusão no quadril, que o fez abandonar as quadras antes do previsto.

Mas valeu pelo show que o Guga deu enquanto esteve no auge, enchendo de orgulho todos nós brasileiros. Parabéns campeão!

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Briga de gigantes

Na próxima segunda, dia três de dezembro, teremos eleições no Flamengo para a escolha do presidente pelos próximos três anos. Jorge Rodrigues e Eduardo Bandeira de Mello serão os adversários da presidente Patrícia Amorim que tenta a reeleição.

Após esta acirrada disputa, outra briga promete esquentar na Gávea. Duas gigantes marcas vão duelar para conquistar o posto de fornecedor oficial de material esportivo do clube mais popular do País.

A Adidas, que já fez uma proposta de R$ 35 milhões anuais, por dez temporadas, vai ter que encarar a concorrência da Nike, que não iniciou as negociações, mas já demonstrou interesse.

Uma proposta oficial só sera feita depois das eleições, mas já se comenta que a Nike vai fazer uma proposta ainda maior do que a da Adidas, podendo chegar até a R$ 40 milhões por ano.

Quem ganha com essa concorrência é o próprio Flamengo, que poderá ter mais dinheiro em caixa e montar um time melhor do que vimos em 2012. O problema é justamente esse: administrar bem o dinheiro…

Veja mais:

 

+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!
+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

 

BOA SORTE

parreira felipao ok BOA SORTE

Estamos vivendo um momento importantíssimo para o futebol brasileiro. Às vésperas de uma Copa das Confederações e de uma Copa do Mundo em casa, precisamos unir forças para o sucesso da seleção.

Agora não dá mais pra pensar se foi justa ou não a demissão do Mano Menezes, ou se o Luiz Felipe Scolari realmente é o melhor técnico neste momento. O fato é que devemos planejar daqui pra frente o que fazer para o bem da seleção, que se prepara para os dois anos mais importantes da história do nosso futebol.

Acho que o Felipão e o Parreira juntos tem experiência de sobra para fazer o melhor. Os dois já foram campeões mundiais com o Brasil e tem uma longa vivencia em Copas do Mundo e outros torneios internacionais.

Muitos críticos apontam que Scolari não fez um bom trabalho no Palmeiras, sendo o grande responsável pelo rebaixamento do time, e nisso eu até concordo. Mas é inegável que ele teve muito sucesso no comando da nossa seleção e é um treinador copeiro, que sabe os caminhos para ganhar uma competição curta como é a Copa do Mundo, e como foi a Copa do Brasil que ele conquistou pelo Palmeiras.

Resta desejar boa sorte pra essa dupla. Que Deus ilumine os caminhos do Brasil para fazer história em casa. Até a próxima.

Veja mais:

 

+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!
+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Hora de antecipar tudo

MarinCBF Hora de antecipar tudo

José Maria Marin, experiente e político do jeito que é, resolveu antecipar o anúncio do novo técnico da seleção para a próxima quinta-feira e já deixou escapar e vazar a informação de que será realmente o Felipão (como todo mundo já esperava).

A pressa para divulgar essas informações se deve ao fato de que é hora de mudar o foco do noticiário da CBF para a seleção e não para a investigação que a Polícia Federal está fazendo em cima do vice da entidade, Marco Polo Del Nero. Quanto mais se falar de seleção e um novo técnico agora, melhor para a CBF que vai sair por um tempo das manchetes policiais.

Sobre a saída de Andrés Sanches, acho que vai ser melhor pra seleção. O cargo em que ele estava (diretor de seleções) foi extinto e quem vai fazer a função dele é o coordenador técnico da seleção principal, que ainda não foi anunciado. Tomara que seja o Carlos Alberto Parreira, que pra mim é muito experiente e preparado para assumir este posto. São de pessoas assim de alto nível intelectual e social que o Brasil precisa pra melhorar o nosso futebol.

Andrés fortalecido

andres sanchez coletiva 450x338 Andrés fortalecido
Particularmente eu não gosto do Andrés Sanchez como dirigente. Acho ele ainda muito amador e torcedor em determinados momentos. Creio que a seleção precisava de alguém mais sério e mais profissional. Para todo mundo a saída dele da CBF era dada como certa.

Só que agora, com a Polícia Federal investigando o Marco Polo Del Nero, homem forte da CBF, a situação mudou. Essa investigação policial envolvendo o vice da entidade, vai diminuir o prestígio de Del Nero e pode reabrir os caminhos políticos para Andrés.

Andrés ainda conta com o respaldo do Governo Federal e o apoio do ex-presidente Lula nesta batalha. Então, se antes ele estava jogado pra escanteio nesta guerra política, agora pode dar as cartas. Ainda que Andrés se demita, o ex-presidente corintiano poderá se articular com outros dirigentes do futebol brasileiro para se reerguer politicamente.

Essa batalha política ainda vai dar muito o que falar até o final do ano. Uma coisa pra mim é certa: mesmo sem o Andés Sanchez na CBF, Felipão será o técnico da seleção a partir do ano que vem. Até a próxima!

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Seleção não terá Guardiola

guardiola4 450 Seleção não terá Guardiola
Eu até gostaria de ver o espanhol Pep Guardiola no comando da seleção brasileira. Acho que seria saudável para o futebol pentacampeão do mundo ter um dos técnicos mais elogiados e vitoriosos da atualidade no comando do time.

Só que os dirigentes da CBF não vão mudar de ideia agora. Mesmo com apoio de muitos brasileiros e da imprensa de um modo geral. Isso porque a vinda do Luiz Felipe Scolari já estava certa desde a medalha de prata nos jogos olímpicos de Londres.

Tudo ficou ainda mais fácil depois da saída de Felipão do comando do Palmeiras. José Maria Marin só esperou o último compromisso da seleção em 2012 para divulgar essa informação. Simples assim.

Aliás quem acompanha o blog já tinha lido sobre essa estratégia. Só achei que o Felipão já seria anunciado no final do ano. Mas Janeiro de 2013 é logo ali e não vai fazer tanta diferença pra seleção, que não iria se reunir mesmo agora em dezembro.

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

 

Sem motivos para festejar

neymar selcao Sem motivos para festejar

Tá certo que o Brasil ficou com o título nos pênaltis, mas não dá pra festejar nada! Mesmo com o Brasil conquistando um título dentro da Bombonera, é muito pouco pra comemorar.

Mais uma vez a seleção jogou mal, Neymar quase não apareceu em campo, e o Brasil continua sem padrão de jogo.

Vale lembrar que ano que vem já tem Copa das Confederações. Já era pro time estar jogando melhor. Claro que essa seleção só contou com jogadores que atuam por aqui, mas a Argentina estava com um time C.

Por isso acho este final de ano está sendo melancólico para o Brasil, e o que é pior, parece que nada vai mudar para o ano que vem. Resta torcer para o Mano Menezes ajustar as peças do time, mas o tempo está cada vez mais curto.

Até a próxima.

 

Ficou difícil para o Galo e para o Palmeiras

O título brasileiro está cada vez mais perto do Fluminense e pode chegar já na próxima rodada. Para isso acontecer, basta o Flu empatar com o Palmeiras em Presidente Prudente, e o Atlético perder para o Vasco em São Januário.  Convenhamos, são dois resultados completamente possíveis de acontecer, até pela campanha ruim do Galo fora de casa, e do quase iminente rebaixamento do Palmeiras, que joga no desespero e contra um adversário que gosta de atuar no erro do adversário. Esta partida de Presidente Prudente no próximo domingo pode também decretar o rebaixamento do Palmeiras.

Se perder o jogo e o Bahia ganhar do Cruzeiro e a Portuguesa derrotar o Botafogo (os dois jogam fora de casa), o Palmeiras estará matematicamente rebaixado, faltando ainda três rodadas pro final. Um rebaixamento já anunciado há muito tempo, mas a torcida ainda acreditava numa virada. Gilson Kleina chegou, começou bem, mas o time voltou a jogar muito mal. A partida diante do Botafogo era decisiva, até porque o time carioca não briga por mais nada no campeonato.  Se empatou com o Botafogo, vai ganhar do líder do Brasileirão como?

Pode começar o planejamento pra disputar a segundona no ano que vem. Uma pena para um time campeão da Copa do Brasil e de tanta tradição como é o Palmeiras. Sou e sempre fui a favor de times grandes na primeira divisão. Por isso a ausência do Palmeiras no ano que vem me entristece...  Vida que segue. Acompanhe abaixo na edição desta segunda do Esporte Record News, um show de gols do Brasileirão e dos campeonatos por todo o mundo.

Até a próxima.

Veja mais:

+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!
+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

 

 

Jogos que faltam

Agora ficou muito difícil pro Galo. Depois do empate contra o Flamengo, que sempre foi pedra no sapato do time mineiro, o Atlético viu o título brasileiro ficar mais distante.

Eu diria que é quase impossível tirar oito pontos em cinco rodadas, apesar da caminhada do Atlético ser teoricamente mais tranqüila que a do Fluminense na reta final do campeonato.

Os dois terão três jogos fora e dois em casa nas próximas cinco rodadas. Só que o time tricolor vai ter o Palmeiras e o Sport brigando pra não cair e o São Paulo buscando a Libertadores. Todos esses jogos fora.

Já o Atlético pega o Coritiba, o Vasco e o Botafogo fora, três times que não brigam por mais nada nesta reta final. Em casa joga contra o já rebaixado Atlético Goianiense e o clássico com o Cruzeiro na última rodada.

Os tricolores torcem para que o título saia já na 36ª rodada, quando o time joga diante da torcida contra o Cruzeiro, que não vai fazer a menor questão de endurecer o jogo e ajudar o grande rival a continuar sonhando. A outra oportunidade de comemorar o título em casa vai acontecer só na última rodada no clássico contra o Vasco.

Veja abaixo as novidades do brasileirão, os gols ao redor do mundo e da sul-americana, além do mundial de clubes na edição desta quinta-feira (1°)  do Esporte Record News.

[r7video 5092a923fc9b5516705af115]

Até a próxima. Bom feriado à todos.

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Página 74 de 81Primeiro...7273747576...Último