A novela Vargas

eduardo vargos A novela Vargas

Agora é pra valer: o chileno Vargas vai acertar mesmo com o Grêmio. O clube gaúcho está disposto a pagar R$ 4 milhões à vista, por um ano de contrato. O Napoli ainda vai incluir uma cláusula que exige a volta do atacante a qualquer momento, a partir do sexto mês do empréstimo, se o Napoli quiser, sem direito a devolução do dinheiro ao Grêmio.

O motivo da desistência do São Paulo em seguir na negociação foi exatamente esta cláusula, considerada abusiva pelos dirigentes do clube paulista.
O Grêmio só aceitou esses termos por insistência do técnico Vanderlei Luxemburgo, que acha essencial o reforço de Vargas no setor ofensivo, que já tem Kléber e Marcelo Moreno.

O problema é que Vargas pode nem jogar a libertadores pelo Grêmio.

Por estar muito em cima da hora, ele não terá condições legais de jogo para a primeira partida do mata-mata da pré-libertadores contra a LDU no dia 23 de janeiro. Para o jogo da volta no dia 30, também não tem nada garantido que o chileno terá condições de atuar por questões burocráticas. A data limite para inscrever o jogador na primeira fase da libertadores termina na próxima segunda dia 21. Não dá para garantir que o jogador já estará inscrito na competição nesta data.

Aí vem uma pergunta que não quer calar: e se o Grêmio não passar da LDU na pré-libertadores? Me desculpem os gremistas, mas isso não é tão difícil de acontecer. Jogar na altitude de Quito não é nada fácil (o Fluminense sabe bem disso), e o primeiro jogo é lá na casa do adversário. A partida da volta na Arena Grêmio pode ser uma decisão e nem a própria diretoria sabe se vai poder contar com o chileno.

E mesmo se ele estiver inscrito e jogar, será que ele vai conseguir render bem em um jogo que pode ser a estreia dele, ainda sem entrosamento com os companheiros? Será que todo esse esforço pra trazer o jogador do futebol italiano terá valido a pena? Claro que o torcedor do Grêmio espera que sim. Vamos aguardar os próximos capítulos...

Veja mais:

+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!
+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Um campeonato carioca mais fraco

flamengo vagner love hg 20100417 Um campeonato carioca mais fraco

O campeonato carioca começa no próximo fim de semana enfraquecido no setor ofensivo, depois das saídas de Vagner Love do Flamengo e Loco Abreu do Botafogo.

É verdade que os dois estavam longe de serem unanimidades diante dos torcedores, mas nenhum dos dois clubes tem alguém melhor na posição de atacante goleador.

Vagner Love teve uma segunda passagem mais discreta no Flamengo. Foram 24 gols em 51 jogos, média fraca de 0,47 gols por partida. Só que o time todo esteve mal no último campeonato brasileiro, quando lutou pra não cair.

Além disso, dificilmente a nova diretoria vai contratar um outro atacante do nível dele, e isso é preocupante. Se estava mal das pernas com ele, imagina com um desconhecido na posição.

De positivo, somente o fato do clube ter se livrado de uma dívida alta com o CSKA, além de estar economizando R$ 600 mil por mês, valor do salário de Love.

No caso do Botafogo, há muito tempo que o Loco Abreu não consegue jogar o futebol que lhe deu status de ídolo da torcida. Foi muito mal no Figueirense, com apenas um gol em sete partidas. A parte física não ajudou.

Acho que o jogador, agora com 36 anos, já está no final de carreira. Pelo Botafogo foram 101 jogos no total, com 62 gols e um título carioca como conquista mais importante.

Apesar deste momento ruim, acredito que o Botafogo e o próprio campeonato carioca perdem com o fim do ciclo de Abreu no clube. Jogador carismático, polêmico e inteligente, vai fazer falta nos gramados do Rio. Pode perguntar ao botafoguense o que ele acha.

A maioria ficou triste com a saída do Loco. Até porque, assim como no Fla, no Bota não deve chegar ninguém do mesmo nível para substituí-lo. Ruim para o futebol do Rio.

Faltou bom senso

marcos assuncao triste 450x338  Faltou bom senso

Tudo bem que o Marcos Assunção ficou decepcionado, porque recebeu uma proposta inferior agora do que no meio do ano. Afinal, apesar do Palmeiras ter caído pra segundona, ele foi um jogador muito importante no elenco que lutou pra não cair.

O problema é que agora ele aceita receber menos em outro clube. Está quase acertado com o Santos, que é um rival do Palmeiras, que lhe fez uma proposta inferior. Já declarou inclusive que é torcedor santista e já defendeu o peixe nos anos 90. Como as coisas mudam rápido hein!

E o prazer em jogar pelo Palmeiras? E o carinho pela torcida? E o choro na entrevista coletiva? O torcedor palmeirense pode muito bem chegar agora e dizer que ele não tem tanto carinho assim pelo clube.

Por que aceitar receber um salário menor em outro time? Não dava para baixar a proposta em um momento difícil para o Palmeiras que vai jogar a segunda divisão e tem que enxugar gastos? Ou será que ele fez isso só pelo desaforo de receber uma proposta inferior a de agosto do ano passado? Ou foi porque ele deveria ser mais valorizado por ter prestado um grande serviço ao clube?

Mas peraí, o time mesmo assim caiu! Já tem muita gente contestando se ele era tão importante assim pro esquema ou se o time era que jogava em função dele. Fato é que o Palmeiras só tinha uma jogada: a bola parada do Marcos Assunção.

Acho que chamar o Marcos Assunção de mercenário é um exagero, afinal de contas ele é quem sabe o quanto ele merece ganhar. Agora, não me venha com essa tristeza toda de deixar o Palmeiras pra receber menos no Santos. Acho que o Marcos Assunção conduziu muito mal a saída dele do verdão.

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

 

Dedé ou Gil?

Pelo jeito o Corinthians resolveu dar atenção ao setor defensivo também para a próxima temporada. Depois de contratar Alexandre Pato e Renato Augusto pra reforçar o time na frente, gastando mais de R$ 70 milhões, chegou a vez dos zagueiros despertarem interesse.

O primeiro está muito próximo de acertar: Gil, ex-Cruzeiro deve se transferir do Valenciennes por cerca de R$ 8 milhões. O outro é ídolo no Vasco e jogador de seleção brasileira: Dedé também desperta interesse e já tem empresário tentando levá-lo pro timão.

Gil Washington Alves Vipcomm 450 338 Dedé ou Gil?

dede 450x338 Dedé ou Gil?

O problema é que não acho que a diretoria do Corinthians tenha tanto interesse assim no jogador, muito menos o Vasco em liberá-lo. Até porque ele custaria cerca de R$ 18 milhões aos cofres do Corinthians, valor considerado muito alto no Parque São Jorge.

Com certeza pro Dedé seria um grande negócio, já que o Vasco vem atrasando salários e não vai disputar nenhuma grande competição internacional este ano, ao contrário do Corinthians. A visibilidade do jogador no time paulista seria muito maior.

Mas acredito que o jogador vai permanecer mesmo no Vasco até o meio do ano, quando deve se transferir para o exterior. A torcida do Corinthians vai ter que se contentar com o Gil mesmo, que está bem mais barato, mas também é muito menos jogador do que o Dedé na minha opinião. Vocês não acham?

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Messi e Maradona – dois opostos

O argentino Lionel Messi conquistou de forma merecida seu quarto título de melhor jogador do planeta. Até aí nenhuma novidade. O nível do Messi está tão alto que ele não tem concorrentes no futebol atual. Cristiano Ronaldo e Iniesta, na minha opinião, não chegam nem perto em genialidade e importância para os seus times como o Argentino.

Depois de mais um prêmio ele declarou que trocaria esse título por uma conquista da Copa do Mundo. Convenhamos que ele tem razão. Para a sua carreira ficar realmente completa, um título mundial com a Argentina seria a consagração.

9507 10151182295031638 60250314 n Messi e Maradona   dois opostos
Esse é que é o grande problema pra ele. Não vejo a Argentina nem como candidata em 2014, mesmo sendo uma Copa na América do Sul, que certamente contará com muitos argentinos nos estádios. A Argentina está longe de apresentar um bom futebol coletivo como a Espanha, Alemanha, Holanda. Sem falar no Brasil, que mesmo se não tiver se acertado coletivamente, joga em casa e isso faz muita diferença.

Coisas do futebol...  Outros gênios da bola como Puskas, Di Stéfano, Van Basten, Plattini, Cruiyff e Zico também não ganharam uma Copa do Mundo. Por falar em Zico, e aquela Copa de 82 hein? Nunca vou me conformar de termos perdido aquela Copa com um timaço que encantou o mundo. Nem sempre o futebol é totalmente justo...  Por isso o Messi tem que se conformar.

Uma coisa é certa: com Messi em campo a Argentina vai dar muito trabalho em 2014 e será um time muito competitivo. Até porque ele vem jogando como nunca na seleção de seu país. Antes contestado pelos hermanos, em 2012  fez grandes partidas pela seleção e encheu os argentinos de esperança. Será que ele teria condições de carregar o time nas costas e conquistar o título como o Maradona fez em 1986?
maradona oculos 450x338 Messi e Maradona   dois opostos
Aliás o Maradona foi também um injustiçado do futebol. Em 86 ele era disparado o melhor do mundo, mas quem ganhou o título de melhor jogador do ano foi o russo Igor Belanov.  É que o prêmio conhecido como Bola de ouro foi criado em 1956, passou a ser chancelado pela Fifa em 1991, mas ficou restrito aos europeus até 1995. Só depois foi aberto para os outros jogadores no mundo inteiro. Portanto, ao contrário do Messi, Maradona ganhou uma Copa praticamente sozinho, mas nunca foi coroado o melhor jogador do mundo. Coisas do futebol...

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Vai começar a Copinha

corinthians sbdv Vai começar a Copinha

Vem aí mais uma edição da Copa São Paulo de futebol júnior, a principal competição da garotada no país. Sei que já virou um chavão, mas realmente é a grande chance dos novos talentos do nosso futebol serem revelados. É o sonho de muitos meninos aparecerem em um torneio que é uma vitrine. Aparecer na TV, jogar contra grandes clubes do Brasil, tudo isso passa na cabeça de quem quer ser profissional da bola. Lembrando que, desde 2010, só podem participar jogadores abaixo dos 19 anos, pra não rivalizar com o campeonato brasileiro de juniores.

O desafio é maior ainda para os clubes que estão longe dos grandes centros, das principais cidades, e que viajam muitas horas para chegar em São Paulo. Um verdadeiro calvário para esses jovens, que é recompensado só de estar participando da Copinha, nem que seja pra jogar apenas três partidas.

A quadragésima quarta edição do torneio terá a participação de 100 clubes, divididos em 25 grupos de quatro. Tem time do Acre, de Tocantins, do Piauí, e de outras regiões que só aparecem no mapa do futebol neste torneio ou na Copa do Brasil.

Já tem bola rolando nesta sexta-feira, dia 4, no grupo M, com sede em São Carlos, que além do time da casa tem o sempre favorito São Paulo, o União Rondonópolis, de Mato Grosso, e o Guaicurus (é cada nome!), de Mato Grosso do Sul.

Por falar em favorito, além do São Paulo, vou colocar o Corinthians, o Inter e o Fluminense como candidatos ao título. A competição termina tradicionalmente no dia 25 de janeiro, feriado do aniversário da cidade de São Paulo.  Que venha a Copinha! A festa do futuro do nosso futebol!

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Ano novo, lembranças antigas

Mal começou 2013 e já venho aqui lembrar de lances que aconteceram mais de 40 anos atrás.

É que o uruguaio Ladislao Mazurkiewicz faleceu nesta madrugada aos 67 anos, vítima de problemas respiratórios. Estava internado desde o dia 24 de dezembro, e seu estado de saúde se agravou nos últimos dias.

Ele foi o lendário goleiro da Celeste nas décadas de 60 e 70, além de ter defendido o Atlético Mineiro e o Peñarol. Mazurkiewicz chegou a ser considerado o melhor goleiro do mundo na época em que jogava.

Eu falo de lembranças antigas, porque ele foi coadjuvante de dois lances geniais do Rei Pelé na Copa do Mundo de 70. Duas jogadas que ficaram famosas no mundo inteiro e até hoje são exibidas.

pele campeao do mundo Ano novo, lembranças antigas

Era o início das transmissões ao vivo de uma Copa do Mundo em rede para diversas regiões do planeta, inclusive aqui para o Brasil. Foi a primeira Copa que os brasileiros puderam assistir ao vivo, e a grande maioria só pode ver as imagens em preto e branco. Mas mesmo com uma transmissão precária e sem imagens coloridas, foram momentos que encheram os olhos de todos os afortunados que puderam ver Pelé em ação no auge da carreira.

Em um dos lances Pelé consegue um drible desconcertante em Mazurkiewicz sem tocar na bola. Ele corre para um lado e deixa a bola passar por ele e pelo goleiro, alcançando a bola do outro lado. Uma pena que o chute na sequência foi pra fora.

No outro lance Pelé, de forma sensacional, chuta de primeira pro gol, de muito longe, após uma reposição de Mazurkiewicz. O uruguaio conseguiu se recuperar a tempo e evitar o que seria um gol antológico.

Imagens que deixam saudades do futebol arte do melhor de todos os tempos. Não quero aqui ficar dando uma de saudosista. Hoje temos vários artistas da bola que continuam encantando o mundo inteiro como Lionel Messi, por exemplo. Mas são raríssimos os lances geniais com os de Pelé no futebol atualmente. E pensar que essas duas jogadas aconteceram no mesmo jogo! Com o mesmo goleiro! Coitado do uruguaio Ladislao Mazurkiewicz.

Que ele descanse em paz...

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Expectativa para 2013

neymar 450 Expectativa para 2013

Será um ano especial para o futebol brasileiro. Primeiro por causa da Copa das Confederações, que vai agitar seis cidades do país: Salvador, Belo Horizonte, Rio de janeiro, Recife, Fortaleza e Brasília. Um momento importante para ver se os novos estádios brasileiros estão em plenas condições de receberem os jogos da Copa do Mundo no ano seguinte. Será um bom teste e um grande ensaio para a Copa de 2014. O Mineirão e a Arena Castelão vão receber as semifinais, a Arena Salvador a disputa de terceiro lugar, e o Maracanã, a grande final.

Um outro fator que torna 2013 um ano diferente é o confronto do campeão da Libertadores (e também do mundial), o Corinthians, contra o São Paulo, campeão da Sul-Americana, na final da Recopa. Um grande clássico do nosso futebol, de muita rivalidade por ser regional, e que vai colocar frente a frente dois dos times que mostraram o melhor futebol em 2012 e que vão disputar a Libertadores.

Por falar em bom futebol, tenho uma grande expectativa para a participação do Fluminense na Libertadores do ano que vem. Ganhou com sobra o título brasileiro e está querendo se reforçar ainda mais para buscar uma conquista inédita. Atlético Mineiro, Grêmio e Palmeiras completam o grupo dos brasileiros na competição.

O Palmeiras, por sinal, viverá um ano diferente. Feliz por voltar à Libertadores, mas entristecido por ter que jogar na Série B, dez anos depois da primeira queda. Difícil imaginar como um time que ganhou a Copa do Brasil tenha sido rebaixado no Brasileiro. Resta agora se espelhar no rival Corinthians, que quatro anos depois de ganhar a série B, chega ao seu auge com a grande conquista do mundial de clubes.

A Copa do Brasil  também será diferente em 2013. Um formato novo, indo de março à novembro, com 86 clubes no total e a participação dos times que disputaram a Libertadores na reta final. Parece ser uma ideia boa, pois vai movimentar todos os times o ano inteiro com uma segunda competição. Resta saber se vai funcionar na prática.

A série A do brasileirão também promete, com a volta de alguns clássicos regionais, como por exemplo o Ba-Vi, depois do Vitória ter conseguido voltar à primeira divisão. O Atlético paranaense também subiu e fará o clássico regional contra o Coritiba. Goiás e Criciúma também estão de volta à elite do futebol brasileiro. Em compensação, não teremos Sport contra o Náutico, já que o primeiro foi rebaixado. Se juntam ao Sport e Palmeiras na série B o Atlético Goianiense e o Figueirense.

Que venha 2013! Tomara que o futebol brasileiro brilhe nas competições internacionais e na Copa das Confederações. Vamos ficar juntos na torcida para que seja um grande ano. Um abraço à todos e feliz 2013!

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Parabéns, Corinthians!

gol corinthians 16122012 Parabéns, Corinthians!

Um título inesquecível! O Timão ganhou na bola e mostrou dentro de campo que foi superior ao Chelsea. Taticamente foi melhor, mostrou mais vontade e foi corajoso. Não se limitou a esperar o adversário como outras equipes fizeram (como o Santos contra o Barcelona).

O resultado foi uma partida consistente, com cuidados defensivos mas também uma boa movimentação lá na frente, onde brilhou a estrela do peruano Guerrero, autor do gol do título.

Tá certo que o Cássio fez algumas defesas espetaculares, a trave ajudou, o time tomou sufoco no fim, mas tudo isso faz parte de uma grande conquista. Para ser campeão, não basta ser competente. Tem que ter uma dose de sorte e isso não faltou ao Corinthians. O time fez por merecer e os deuses do futebol ajudaram na conquista desse bicampeonato mundial.

Um título muito mais gostoso que a primeira conquista do mundial. Afinal esse teve título da Libertadores antes, viagem pro Japão, confronto na final contra uma grande equipe da Europa, enfim, todos os ingredientes para uma grande comemoração. Parabéns pro Corinthians! Campeão na bola e com méritos.

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Quem venham os Blues

chelsea ok Quem venham os Blues

Como a zebra não apareceu desta vez, teremos o que todos esperavam: Corinthians e Chelsea na decisão do mundial de clubes. Os dois times tiveram méritos e ganharam as suas partidas.

O Corinthians teve mais dificuldades, estava mais nervoso, até porque não está acostumado com esses grandes torneios internacionais e jogos no exterior. Sem dúvida vai ter que melhorar muito, principalmente no aspecto emocional para ter chances de derrotar o Chelsea.

O time inglês passou com mais tranquilidade na semifinal. Já tinha dito aqui que geralmente os times mexicanos não se dão bem contra os europeus. Simplesmente o jogo não encaixa e o Monterrey acabou sendo presa fácil. Os Blues mostraram que tem um time mais experiente, com os nervos no lugar e na minha opinião entram como favorito na final.

Mas favoritismo na teoria não quer dizer nada. O Timão tem um grande elenco, vai contar com o apoio de uma torcida numerosa e empolgada, e pode ganhar o jogo. Não dá pra jogar fechadinho, esperando o Chelsea e só sair no contra-ataque. Os cuidados defensivos são necessários, mas o Corinthians tem que impor o seu ritmo de jogo e buscar o gol também.

Que venha a final de Domingo que promete ser emocionante. Haja coração pra Fiel, que ficou preocupada depois do jogo desta quinta-feira. No domingo as coisas podem ser bem diferentes.

Veja mais:

+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!
+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Página 74 de 83Primeiro...7273747576...Último