Não posso acreditar!

oscar pistorius OLIVIER MORIN AFP Não posso acreditar!

Está realmente difícil de acreditar que um grande ídolo do esporte no mundo inteiro, como Oscar Pistorius, tenha premeditado o assassinato da namorada dentro da sua própria casa. Ou ele estava completamente fora de si, de tanta raiva ou ciúmes (difícil neste momento saber o verdadeiro motivo do crime), ou realmente foi um terrível acidente e ele a confundiu com um ladrão invadindo a residência.

O problema é que a própria polícia sul-africana, que deveria agir com todo o cuidado para não fazer uma acusação grave como essa, já descartou a hipótese de crime acidental. Vizinhos já disseram que ouviram três tiros, e depois outro três na casa do atleta.

Prefiro não opinar sobre isso e aguardar o desfecho das investigações. Seria leviano da minha parte acusar o Pistorius de assassinato. Mas está cada vez mais difícil acreditar na versão de acidente. Até porque ele saiu de casa de cabeça baixa e encapuzado, como se estivesse com vergonha do que fez. Depois teve o choro no tribunal, quando foi indiciado por crime premeditado.

Mais esquisito ainda foi o fato da namorada dele, a modelo Reeva Steenkamp, ter postado no Twitter no dia anterior, que supostamente faria uma surpresa pro namorado no Valentine's Day (14 de fevereiro - dia dos namorados no mundo inteiro menos aqui no Brasil), com a frase: " o que você está preparando para o seu amor amanhã?" . Parecia que estava tudo muito bem entre eles e ela parecia estar de bem com a vida.

Que tragédia! Que crime chocante! Será que mais um ídolo vai virar vilão, assim como aconteceu com Lance Armstrong? Mais um fato que entristece todos nós amantes do esporte. Imagina na África do Sul, onde ele era amado e idolatrado? Pode ser que ele pegue prisão perpétua! O maior atleta paraolímpico de todos os tempos está desmoronando diante de nossos olhos... E agora é tarde demais para que alguma coisa seja feita...

+ Leia muito mais sobre esportes com as sugestões do R7 Livros 

 

 

Ronaldinho fez a diferença

Ronaldinho Ronaldinho fez a diferença

Foto: Clive Brunskill/Getty Images

Em um ano de Copa das Confederações todos já analisam uma partida com os futuros selecionáveis do Felipão.

Pensando nisso, enquanto estava vendo o jogo entre Atlético e São Paulo pela libertadores, fiquei observando três jogadores que podem, ou poderiam estar em uma futura lista da seleção. Ronaldinho, Luiz Fabiano e Ganso.

Este último para mim é carta fora do baralho. Reserva no São Paulo, entrou no segundo tempo e quase não tocou na bola enquanto esteve em campo. Lento e perdido, Ganso ainda errou alguns passes antes de ter a chance de empatar o jogo no final e chutar pra fora. Uma caricatura daquele baita jogador do Santos. Acho muito difícil ele melhorar a tempo de jogar a Copa das Confederações. Desse jeito nem no São Paulo vai ter vaga.

Luiz Fabiano também teve uma grande oportunidade e não aproveitou. Tá certo que o goleiro Victor teve seus méritos, mas ele não me parece ser um jogador decisivo em jogos importantes. Enquanto isso, na Venezuela, Fred fez o gol que deu a vitória ao Fluminense contra o Caracas. Esse sim, vive um momento melhor e merece estar na lista da seleção. O "fabuloso" não.

Por falar em merecimento, tenho que admitir que queimei minha língua ao falar que o Ronaldinho não merece estar na lista do Felipão. Ele vem provando que deve ser lembrado sim. Contra o São Paulo fez a diferença.

No primeiro gol ele estava na hora certa, no lugar certo e enganou todo mundo da defesa tricolor ao perceber que ninguém notou a sua presença lá na frente. Como em cobrança de lateral não tem impedimento, ele foi muito inteligente no lance. O segundo gol foi total mérito dele. Fez uma grande jogada pela direita e cruzou na medida para o Rever fazer de cabeça.

Claro que o Ronaldinho não é mais aquele do Barcelona, nem da Copa de 2002, mas do jeito que está motivado, com boa movimentação e condicionamento físico, merece sim estar na seleção. Se continuar jogando essa bola, certamente será convocado.

Nada como uma véspera de Copa aqui no Brasil, pra transformar o Ronaldinho hein! Não tem nem comparação com aquele jogador lento e pesado do Flamengo. Quanta diferença...  Bom pra ele e pra seleção brasileira.

+ No R7 Livros você encontra muito mais sobre futebol. Entre!  

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Apostas erradas

Vendo o jogo do Brasil contra a Inglaterra fiquei com a impressão que o Luiz Felipe Scolari está fazendo algumas apostas erradas. A primeira delas é a insistência em ter o Ronaldinho Gaúcho em campo. Na minha opinião ele não era nem para ter sido convocado, mas começou o jogo como titular.

Não estou nem falando do pênalti desperdiçado, porque isso pode acontecer. É do jogo. Mas não dá pra acreditar que o Ronaldinho será aquele mesmo jogador de 2002. O tempo passa e hoje ele não tem mais aquela movimentação. Se hoje ele já está assim, imagine daqui a um ano e meio na Copa.

O Luiz Fabiano também nem era para estar na lista e começou como titular. Primeiro acho ele um destemperado, que pode colocar tudo a perder em um jogo decisivo. Diversas vezes já foi expulso e prejudicou o São Paulo. Imagina na Copa, com uma pressão imensa nas costas, o que ele não seria capaz de fazer. A verdade é que o Fred entrou, fez o gol da seleção e mostrou que é melhor opção do que ele.

Nesse time acho que o Lucas tem que ser trabalhado para ser titular na Copa. Esse sim é jovem, com muita velocidade, futebol promissor, apesar de ainda não ser um craque, e merece a aposta do Felipão. Muito mais do que o Ronaldinho Gaúcho.

Achei a seleção vulnerável na defesa. Toda hora tinha um jogador inglês nas costas de um zagueiro e ninguém na cobertura. Se quer jogar com esquema mais ofensivo, tem que cuidar para ter pelo menos dois jogadores ágeis e bons na marcação. Penso que esse problema o Luiz Felipe Scolari pode resolver. Tem bons jogadores do meio para trás e não terá muitas dores de cabeça.

E o Neymar, hein? Pouco tocou na bola, mais uma vez foi envolvido pela marcação, e só vem provando o que os críticos falam o tempo todo: na seleção ele não resolve. Na minha opinião não dá para contar com ele como o homem que pode resolver um jogo na Copa. No Santos ele só falta fazer chover. Mas na seleção...

Por que divulgar esse vídeo?

Oswaldo450 Por que divulgar esse vídeo?

Um vídeo editado e divulgado no site do Botafogo mostra uma reunião entre jogadores e comissão técnica dentro do vestiário, após o jogo contra o Fluminense pelo campeonato carioca. As imagens mostram que o discurso começa com o holandês Seedorf procurando cutucar o elenco para não se intimidar diante dos tricolores.

Depois passa a palavra para o Oswaldo, visivelmente nervoso, esbravejando com seus jogadores, usando palavrões e palavras ríspidas, cobrando atitude de seus comandados contra os adversários. Em um determinado momento ele diz gesticulando muito para “peitar” e “meter a mão na cara deles, numa atitude bem diferente da imagem do homem calmo e passivo que estamos acostumados a ter do comandante alvinegro.

Não achei que Oswaldo tenha sido desrespeitoso com os jogadores do Fluminense. Estava no calor da partida, dentro do vestiário. É normal que algumas palavras mais fortes sejam usadas. Não foi o primeiro e nem vai ser o último técnico a fazer este tipo de discurso. Claro que cada um interpreta de uma maneira, mas nem o Abel Braga ficou chateado com a situação. Só que a exibição deste vídeo poderia ter sido evitada para não haver constrangimento.

É aí que está o problema. As imagens foram gravadas de dentro do vestiário e depois divulgadas no site oficial do clube. Será que o próprio marketing do Botafogo queria mostrar uma imagem do seu técnico mais forte, menos apático e com uma atitude de torcedor? É bom lembrar que a torcida não vive um relacionamento muito cordial com o Oswaldo de Oliveira.

Pelo contrário, o trabalho dele é muito contestado. Tá certo que o Seedorf também fez discurso, mas o que o treinador falou é que causou polêmica. Acho que o clube tem que se manifestar sobre o episódio. Que venha a público explicar o motivo da divulgação de um momento íntimo no vestiário.

Oswaldo de Oliveira xinga time do Fluminense por esportesdagalera no Videolog.tv.

 

+ No R7 Livros você encontra muito mais sobre futebol. Entre! 

 

Muita calma nessa hora

pato blog Muita calma nessa hora

Acho prematuro dizer que o Alexandre Pato será um ídolo no Corinthians só por causa de uma boa estreia. Afinal de contas é marca registrada do atacante começar bem nas equipes em que joga, mas nem sempre mantém a boa performance.

A parte física dele vai contar muito para uma boa temporada. Foram 16 lesões musculares nos últimos cinco anos, portanto, todo cuidado é pouco. Bom futebol todos sabem que ele tem. Motivação também, já que ano que vem tem Copa do Mundo aqui no Brasil.

Claro que a fiel pediu a presença dele e ficou muito animada com o gol que o atacante marcou três minutos depois que entrou. Agora é torcer para ele ganhar ritmo de jogo e buscar uma vaga de titular em um time que tem vários bons jogadores no setor ofensivo, como Guerrero, Emerson Sheik, Romarinho e Jorge Henrique.

Pato vai ter que mostrar dentro de campo porque custou tão caro para o Corinthians. Não dá pra viver só do marketing e da boa imagem. Mas com certeza, assim como aconteceu com o Ronaldo, os holofotes estarão sempre voltados para ele, jogando bem ou não. Até a próxima.

+ Descubra muito mais sobre esportes no R7 Livros 

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

 

O que está acontecendo com Dedé?

dede O que está acontecendo com Dedé?

A derrota do Vasco neste domingo para o Bangu, mostra que o time ainda está se arrumando e precisa de um tempo até engrenar na temporada. É a segunda derrota seguida depois de um bom início de campeonato. Mas o que me preocupa não é essa instabilidade do time. Isso já era esperado. O problema é que jogadores chaves e que deveriam ser líderes em campo, como o Dedé, estão muito mal tecnicamente e fisicamente.

O atacante Hugo do Bangu, teve vida fácil diante de um apático Dedé, que não conseguia encaixar a marcação, e ainda perdeu na corrida para ele no gol que definiu a partida. E logo no ano da Copa das Confederações, faltando um ano pra Copa. Jogando desse jeito, Dedé não vai estar na lista do Felipão, não. Precisa estar mais focado, mais concentrado e, principalmente, correr mais.

Será que a quase transferência para o Corinthians fez mal pra ele? Será que ele está achando que deveria ter ido e ficou desmotivado no Vasco? Que ele está jogando muito abaixo do esperado é fato. Mas também, ter um companheiro de zaga como o André Ribeiro não deve ser fácil não...

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

 

Valeu pelo esforço

Confesso que me surpreendi positivamente com a equipe brasileira na Copa Davis contra os Estados Unidos. Depois de um primeiro dia sofrível em que os americanos abriram dois a zero, veio uma reação improvável e quase heróica se o final tivesse sido feliz.

Os famosos irmãos Bryan, campeões olímpicos em Londres 2012, perderam no jogo de duplas para Marcelo Melo e Bruno Soares, provando que os dois brasileiros estão entre os melhores duplistas do mundo. Uma derrota histórica da dupla número um do mundo jogando em casa, na Flórida. Trata-se de uma das parcerias mais vencedoras da história do tênis, que perderam diante de seus torcedores de forma justíssima.

Depois, no terceiro e último dia, veio a vitória do Bellucci por 3 a 2 contra John Isner, em um jogo tenso, forçando a decisão no quinto jogo.

Sobrou para Thiago Alves o sonho de classificar o Brasil para as quartas- de-final da Davis. E quem esperava um jogo fácil para Sam Querrey, se surpreendeu mais uma vez quando o brasileiro venceu o primeiro set. Mas o número 141 do ranking não agüentou a pressão do saque do adversário número 20 do mundo e acabou perdendo por 3 x 1.

Confesso que não esperava nada desta modesta equipe brasileira contra a tradição dos Estados Unidos na Copa Davis, embora já tenha visto times americanos muito melhores do que esse.

Mas só o fato de levar o confronto para o quinto jogo na casa do adversário já é um sinal de que, se o Brasil montar um time um pouco mais forte, pode sonhar pelo menos em se manter no grupo mundial por alguns anos seguidos.

Agora teremos que disputar uma repescagem para ver se continuamos na elite do tênis mundial. Já os americanos vão enfrentar a favorita Sérvia de Djokovic nas quartas-de-final do torneio.

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Esqueceram o Kaká

Fechou a janela de transferências na Europa. Algumas surpresas aconteceram no último dia de negociações e o Paris Saint Germain se superou mais uma vez anunciando David Beckham. O inglês retorna para o futebol europeu após cinco temporadas no Los Angeles Galaxy dos Estados Unidos. E não terá salário! Vai doar o que receber de ordenado para uma instituição carente da França. Quem pode, pode...

Vale lembrar que o PSG foi comprado por um grupo de investidores do Qatar com muitos recursos para investir. Eles foram os responsáveis pela contratação mais cara desta última janela de transferências, comprando o passe do Lucas por 43 milhões de euros (mais de 120 milhões de reais) junto ao São Paulo. Ele já estava negociado desde o ano passado, mas ficou ainda seis meses no tricolor paulista antes de ir embora.

Os brasileiros estiveram em alta neste período. Das cinco transações mais caras, quatro envolveram brasileiros: além do Lucas, William, Taison e Alexandre Pato movimentaram bastante o mercado com grandes investimentos dos clubes envolvidos. O Corinthians, por exemplo, gastou 15 milhões de euros (cerca de 42 milhões de reais) para tirar o Pato do Milan.

Kaká AFP 450 Esqueceram o Kaká

E o Kaká hein? Ele já havia manifestado o interesse de sair do Real Madrid, por não aceitar a reserva e por divergências com o técnico José Mourinho. Mas acabou não acertando com ninguém e vai ter que se contentar em não ser titular na equipe espanhola. Muito ruim para ele em um ano de Copa das confederações e às vésperas de uma Copa do Mundo. Quanto mais agora que o Luiz Felipe Scolari o deixou de fora da primeira convocação como novo técnico. Sempre defendi o Kaká na seleção. Sinceramente, sou mais ele do que Ronaldinho Gaúcho. Acredito que na parte física ele leva vantagem, levando-se em consideração que a Copa é só daqui a um ano e meio. Mas, com essa condição de reserva, Ronaldinho está levando a vantagem de poder estar sempre jogando como titular do Atlético.

O Milan ficou muito interessado em ter de volta o jogador, e o Kaká mais ainda em ser negociado. Aceitava inclusive reduzir o seu salário para se transferir. Mesmo assim a negociação não evoluiu. A expectativa era grande de que no último dia alguma novidade acontecesse, mas o fato é que o Kaká foi deixado de lado. Uma pena para um jogador tão importante do nosso futebol.

+ Fique por dentro do que acontece no mundo do esporte com o R7 Livros 

Veja mais:

+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!
+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Uma lição para o São Paulo

ceni GazetaPress 450 Uma lição para o São Paulo

Por favor não botem a culpa na altitude para o São Paulo ter levado a virada contra o Bolívar. O time jogou muito bem no primeiro tempo, abriu três a zero, e depois achou que podia passear em campo e esperar o final do jogo para comemorar. Ficou relaxado demais e depois teve que sentir o amargo gosto da derrota mesmo estando bem a frente no placar.

Claro que bateu cansaço no segundo tempo, mas não à ponto de levar três gols de um time muito limitado e que foi pra cima na base da empolgação. E nisso a torcida boliviana deu um show à parte, acreditando o tempo todo na reação.

É importante ressaltar também, que em nenhum momento a classificação ficou ameaçada como foi dito na mídia. Para eliminar o São Paulo, o Bolívar teria que fazer 9 a 3 por causa do critério gol fora de casa. Convenhamos que o tricolor não levaria 9 gols do Bolívar nem jogando com máscara de oxigênio.

Mas que fique a lição de que jogar em La Paz é sempre difícil mesmo contra adversários fracos. Não dá para relaxar. Lembrando que na fase de grupos o São Paulo vai ter que voltar a Bolívia para enfrentar o poderoso” The Strongest. Mas antes joga em casa contra este mesmo adversário. Tem que ir pra lá sem precisar fazer resultado para se classificar.

Acho que nesse grupo vão passar o São Paulo e o Atlético MG, em um grupo que ainda tem o Arsenal da Argentina. Boa sorte para os times brasileiros.

+ Fique por dentro do que acontece no mundo do esporte com o R7 Livros 

Veja mais:

+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!
+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Chega de tanta tragédia

37113 10151219495716638 342166550 n Chega de tanta tragédia

Chega de tantos acidentes e tragédias com os gaúchos. A classificação do Grêmio para a fase de grupos da libertadores, foi recheada de dramaticidade e parecia que o final não seria feliz. Mas os Deuses do futebol estavam atentos e deram um jeito de fazer o tricolor se classificar.

Teve o jogo duro, um golaço do Elano, e um acidente na avalanche de comemoração. Parte da estrutura da novíssima arena cedeu e dez pessoas caíram, com oito feridos. Felizmente sem gravidade (já chega de tragédia).

Apesar do risco, sinceramente acho que a avalanche vai continuar. É marca registrada da torcida gremista. Ou reforça a estrutura, ou preenche a arquibancada com cadeiras para evitar um novo acidente. Todos ficaram surpresos. No antigo olímpico nunca aconteceu isso. Na nova arena, que teoricamente teria que ser mais resistente do que o antigo estádio, coisas deste tipo acontecem.

Alguma coisa tem que ser feita e rapidamente pra torcida não correr mais riscos. Sim, porque interditar o estádio seria um absurdo. Quantas cenas de violência e falta de segurança nós presenciamos e estádios sem nenhuma condição já sediaram jogos da libertadores ou sul-americana justamente porque a Conmebol jamais puniu alguém? É uma entidade que não tem moral nenhuma para interditar nada. Até porque o que aconteceu não colocou em risco a segurança dos jogadores dentro de campo.

E o Marcelo Grohe hein? Foi a redenção para ele ter defendido o pênalti que classificou o Grêmio. Sim, porque no jogo de ida foi só ele entrar no lugar do Dida e levar o gol. Claro que não foi culpa dele. Mas tenho certeza que ele achava que tinha essa dívida com os torcedores. Pagou com juros e correção. Por isso ele se ajoelhou e ficou emocionado depois da defesa. Um momento fantástico que fez a torcida pular de alegria (até que enfim) e já mostra como a libertadores desse ano será emocionante.

+ Fique por dentro do que acontece no mundo do esporte com o R7 Livros 

Veja mais:

+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!
+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Página 73 de 83Primeiro...7172737475...Último