Estádio fechado em 2005 deu sorte

tite 450 Estádio fechado em 2005 deu sorte

O Corinthians vai realizar a primeira partida com portões fechados na Libertadores. Será nesta quarta contra o Millonários da Colômbia. A punição imposta pela Conmebol prevê que o Timão deve atuar sem torcida quando tiver mando de campo em toda a primeira fase da competição, ou seja, em pelo menos três jogos.

Deve ser muito esquisito para os jogadores, comissão técnica e todos os envolvidos na partida  não ver ninguém nas arquibancadas. Quanto mais para um enorme clube como é o Corinthians, acostumado a ver sua torcida sempre comparecendo em grande número e fazendo pressão.

Acredito que a parte psicológica dos jogadores dentro de campo pode ser afetada. Até o ritmo da partida deve ser diferente. Será que poderemos ter um jogo frio e sem emoção?

O Corinthians precisa muito da vitória para deixar bem encaminhada a classificação, por isso terá que ir pra cima. Acredito que ninguém quer botar a culpa no estádio vazio por um mau resultado.

Vale lembrar que no campeonato brasileiro de 2005, o Timão teve que atuar duas vezes com portões fechados por causa de incidentes provocados pela torcida depois de uma goleada sofrida para o São paulo por 5 a 1 no Pacaembu. Lembra disso? Foi logo na terceira rodada. Um grupo de torcedores brigou com a polícia e tentou arrombar os portões para invadir o campo. Depois do jogo o técnico argentino Daniel Passarella (que na época entrou no lugar do Tite) foi demitido e o interino Márcio Bittencourt assumiu.

Jogando em Mogi Mirim e com portões fechados o Corinthians ganhou do Flamengo por 4 a 2 e perdeu para o Fluminense por 1 a 0. Mesmo assim, naquele ano, o Clube ficou com o título brasileiro conquistado somente na última rodada (o Inter foi vice). Tevez, Nilmar, Mascherano e companhia faziam parte daquele elenco fantástico que foi campeão.

Foi um campeonato manchado também pelo escândalo do apito, quando Edílson Pereira de Carvalho confessou que estava participando de um esquema de manipulação de resultados. Os 11 jogos apitados por ele tiveram o resultado anulado e foram disputados novamente.

Bom, apesar de um 2005 confuso, o Corinthians ficou com o título. Quem sabe agora a história se repete e o Timão se supera? Coincidentemente este ano, novas denúncias envolvendo árbitros e manipulação de resultados estão vindo à tona. A Fiel, mesmo longe do estádio, espera que todas essas coincidências tragam sorte de novo.

 

Bernard deve sair do Galo no final da Libertadores

JUANI RONCORONI News Free GazetaPress  Bernard deve sair do Galo no final da Libertadores

Foto: Juani Roncoroni/Gazeta Press

Muita gente não acreditou, mas o fato é que o Atlético Mineiro começou muito bem na Libertadores e é líder do grupo 3 com duas boas vitórias. A primeira em cima do São Paulo em BH. A outra foi nesta terça, contra o Arsenal em Sarandi. E foi uma vitória de gala, com grande exibição do Bernard, que fez três na goleada de 5 a 2 em cima dos argentinos de virada.

Se continuar com essas boas atuações, acredito que ele  vai deixar o Atlético no meio do ano. Apesar de ter rejeitado algumas propostas na última janela de transferência, Bernard deve sair do Galo no final da Libertadores. A expectativa é que ele vá para um grande centro do futebol europeu, e não pro Spartak de Moscou, por exemplo, que chegou a fazer uma proposta pelo jogador. O próprio técnico Cuca já declarou que Bernard faz parte dos planos de Luiz Felipe Scolari para a seleção. Acho que ele tem boas chances.

Outro que voltou a atuar bem foi Ronaldinho Gaúcho, que participou de forma decisiva de pelo menos três gols no jogo. Tá certo que ele perdeu um pênalti, mas foi aos 41 do segundo tempo quando o resultado já estava definido.

Se o São Paulo derrotar o The Strongest nesta quinta-feira no Morumbi, o Atlético ficará como líder isolado e precisando de apenas mais uma vitória e um empate nos quatro jogos que restam para se classificar para as oitavas de final. E o próximo jogo será exatamente contra o time boliviano em casa, no Independência, na quinta-feira que vem, dia 7 de março.

+ No R7 Livros você encontra muito mais sobre futebol 

Na torcida pelo Kaká

Hoje tem clássico Real Madrid e Barcelona na partida de volta da semifinal da Copa do Rei da Espanha. O jogo acontece às 17h de Brasília  no Camp Nou em Barcelona. O primeiro confronto na capital espanhola terminou empatado em um a um, portanto um empate sem gols hoje classifica o Barça.

É um jogo importante principalmente para o meia Kaká, que tem grandes chances de ser relacionado pelo técnico José Mourinho. Kaká vem entrando e atuando de forma convincente em algumas partidas do Real este ano pelo campeonato espanhol. Antes deixado de lado e desacreditado, o brasileiro parece que vem recuperando a confiança do técnico português e da torcida. Tanto é que ele marcou o gol da vitória na última rodada contra o La Coruña.

Outra boa atuação pode lhe devolver de vez a condição de titular no time. Tenho a impressão de que o Kaká vem crescendo na hora certa, já que o Real Madrid terá uma seqüência de jogos importantes pela frente. Depois do clássico desta terça, enfrenta novamente o Barcelona no sábado pelo campeonato espanhol em Madri precisando tirar pontos do rival que lidera com folga a competição. Na próxima terça pega o Manchester United pelas oitavas da Liga dos Campeões no Old Trafford. O primeiro jogo em casa terminou um a um, portanto o time merengue vive neste confronto a mesma situação da Copa do Rei.

Confesso que estarei na torcida pelo Real Madrid e por uma grande atuação do Kaká, que pra mim tinha que estar na seleção. Quem sabe se ele  continuar numa crescente,  não volta a ser convocado pelo Felipão? Tomara que sim.

Flamengo e Vasco são os favoritos

Definidas as semifinais da Taça Guanabara, primeiro turno do campeonato carioca. O Botafogo decepcionou mais uma vez a sua torcida e perdeu para o Boavista no fim de semana por dois a um. Com o resultado, perdeu a primeira posição do grupo para o Vasco e terá que enfrentar o Flamengo na semifinal. O time rubro-negro joga com a vantagem do empate pra chegar a decisão.

Neste confronto acredito que o Fla é o favorito. É dono da melhor campanha do estadual até aqui e tem um time mais equilibrado que o Bota, que oscilou muito neste início de temporada. Só que todos sabem que jogar pelo empate é perigoso. Acredito que se o Flamengo esquecer esta vantagem sairá classificado.

Na outra semifinal temos o Vasco contra o Fluminense. O elenco tricolor indiscutivelmente é melhor, mas o time não vem jogando bem. Perdeu em casa para o Grêmio por 3 a 0 pela Libertadores, e no estadual só empatou com o Madureira por 2 a 2. Não dá pra viver com o discurso de que foi campeão brasileiro ano passado e manteve o elenco. Tem que mostrar que é forte dentro de campo. Além disso o time está pensando no jogo difícil desta quarta contra o Huachipato no Chile pela Libertadores.

Já o Vasco está mais focado no estadual e mesmo sem um grande time, pra mim entra como favorito. Tem um elenco que está se conhecendo agora, mas vem ganhando entrosamento com o tempo. Tem a vantagem de jogar pelo empate e bem menos desgastado que o rival. Provavelmente vai esperar pra atuar no erro do adversário.

No sábado às 18:30h Fluminense e Vasco se enfrentam. Domingo às 16h é a vez do confronto entre Botafogo e Flamengo. A expectativa é de dois jogos emocionantes. Até a próxima.

 

Corinthians só empata com pênalti no final

Foi um dia de homenagens e luto por causa da morte do garoto Kevin. Alguns titulares não atuaram e o Timão sentiu essas ausências, principalmente do Emersom Sheik. É claro que a equipe sentiu o cansaço da viagem para a Bolívia e não rendeu o esperado. Não acho que houve abatimento por causa do que aconteceu em Oruro e sim desgaste físico e mental.

No final das contas o Corinthians só empatou em 2 a 2 aos 49 do segundo tempo graças à um pênalti infantil cometido por Raphael Andrade do Bragantino, que meteu a mão na bola dentro da área na cobrança de escanteio. E ainda teve mais uma falha do goleiro Cássio, que espalmou pra dentro uma bola tranquila no segundo gol do adversário. Um jogo pra ser esquecido.

Com o resultado o Corinthians chega ao G8. Já o time de Bragança fica no meio da tabela. Agora é se preparar para enfrentar o Millonarios da Colômbia pela Libertadores na próxima quarta com o Pacaembu vazio.

 

Achar um culpado não vai refrescar a vida dos presos na Bolívia

Acharam um culpado! Um menino de 17 anos, que mora em Guarulhos e já está no Brasil, confessou que foi ele quem lançou o sinalizador e matou Kevin em Oruro. Segundo sua versão, ele "se atrapalhou" com o artefato que comprou na 25 de março e acabou lançando sem querer na direção do menino.

Não quero aqui levantar suspeita sem prova, mas nada mais conveniente para o Corinthians e os 12 torcedores que estão presos por lá, que seja realmente esse menino o culpado.

Ele é menor de idade e por isso mesmo não será preso. Também não será extraditado para a Bolívia,  pois o Governo não extradita brasileiros, e ainda livraria os 12 torcedores que estão presos com essa confissão, correto? Sei não...

Sinceramente acho que eles vão continuar presos até que terminem as investigações das autoridades bolivianas. E isso pode demorar bastante. Não acredito que por apresentarem uma confissão de um menor de idade aqui no Brasil, a situação dos presos mudará muito.

É importante frisar que não torço pra ninguém continuar preso ou ganhar liberdade. O que eu acho essencial nesta história é que se faça uma profunda investigação e que os verdadeiros culpados paguem por isso.

Uma última coisa: o adolescente de 17 anos que diz ser o autor do crime, declarou que trabalha e estuda. Só que ele foi e voltou da Bolivia de ônibus. Ou seja, ficou quase uma semana fora por conta deste jogo. Será que ele pôde matar aula e trabalho desse jeito. Que história esquisita hein...

Não podia ficar por isso mesmo

Parece que a Conmebol, entidade máxima do futebol sul-americano, resolveu mesmo acabar com a fama de ser omissa.

Sobrou para o São Paulo também uma punição, pelos incidentes ocorridos no intervalo da final da Copa Sul-Americana contra o Tigre no ano passado. Os argentinos alegaram que foram ameaçados por seguranças armados no vestiário e não voltaram para o segundo tempo. O São Paulo foi declarado o campeão.

O tricolor não poderá enfrentar o Arsenal ou o Atlético Mineiro no Morumbi, pela Libertadores. A Conmebol sugeriu que seja contra o Galo, porque esta partida vai ser realizada somente no dia 17 de abril. O jogo contra a equipe argentina está marcada para 7 de março. Antes disso, já na próxima quarta, o São Paulo pega o The Strongest  em casa.

Vale lembrar que o jogo pode ser realizado em qualquer outro estádio, inclusive na capital paulista. O clube tem 7 dias pra recorrer e provavelmente fará isso. Se não der certo o Pacaembu pode ser uma opção.

Aí vem a pergunta: e o Tigre? Não será punido? Sim. Vai ter que pagar uma multa de cerca de 200 mil reais, assim como o São Paulo.

Achei que ficou muito barato pro time argentino...  Simplesmente eles não voltaram pra jogar. Abandonaram a partida e só vão ter uma punição financeira?

Punição essa que veio tarde mas pelo menos chegou.  Não dava era pra ficar por isso mesmo e nada acontecer.

Será que estamos vivendo uma nova era em que os mandos e desmandos na Libertadores vão finalmente acabar? Acho que os clubes agora ficarão mais atentos e vão entrar na linha. O futebol agradece...

 

 

Punição para o Corinthians pode ser um divisor de águas

teste lucas pereira1 Punição para o Corinthians pode ser um divisor de águas

Por causa de um grande idiota que estava na torcida do Corinthians na Bolívia (não dá pra chamar isso de torcedor) e matou um garoto de 14 anos, toda a torcida será punida e não poderá ver os jogos do Corinthians na Libertadores. Não só os torcedores, como também a equipe fatalmente será prejudicada, tendo que jogar com portões fechados quando tiver o mando de campo. Pelo menos será assim pelos próximos 60 dias até a Conmebol analisar a situação.

Fico triste, mas não acho uma punição rigorosa. Poderia ter sido pior e o clube ser afastado da competição. Tenho esperança de que punições como essa vão colaborar para que tais fatos não ocorram mais. Será aplicada com o Corinthians, mas serve de aviso para que todas as equipes brasileiras, em qualquer competição, tomem medidas rigorosas para que o acesso de “torcedores” portando sinalizadores ou qualquer outro tipo de artefato seja terminantemente proibido.

Está na hora dos clubes pararem de ser coniventes com as torcidas organizadas ou uniformizadas. Tem que parar de passar a mão na cabeça desses caras em troca de favores políticos. Todos têm que pagar ingresso, ninguém tem que ser favorecido por esse ou aquele dirigente ou presidente. Vistoria rigorosa em TODOS que entrarem no estádio.

É claro que é péssimo pro Corinthians e pro futebol brasileiro que tal punição venha a acontecer, mas temos que comemorar o fato de a Conmebol finalmente estar tomando alguma atitude contra barbaridades que vêm acontecendo na Libertadores. Chega de policiais protegendo os jogadores na hora de cobrar escanteio (isso é coisa de bárbaros e mal-educados).

Chega de campos que mais parecem uma várzea como o que o Fluminense jogou na Venezuela. Chega de partidas em que a violência impera e o árbitro caseiro nada faz a respeito e deixa o pau quebrar. Que esta punição seja um divisor de águas para o futebol Sul-Americano.

Os dirigentes do Corinthians podem alegar que a vistoria nos estádios da Bolívia ou em qualquer outro lugar em que o clube não tem o mando de campo não é da responsabilidade deles. Eu concordo e acho que este estádio boliviano também deveria ser interditado por permitir a entrada de pessoas com artefatos perigosos. Sei que todos os erros não vão acabar de uma hora pra outra, mas já é um bom começo. Até a próxima.

+ No R7 Livros você encontra muito mais sobre futebol 

Barcos e Vargas fizeram a diferença. Flu levou um sacode

Wagner Meier Gazeta Press Barcos e Vargas fizeram a diferença. Flu levou um sacode

Foto: Wagner Meier/Gazeta Press

Um grande clássico do futebol brasileiro, com duas equipes candidatas ao título da Libertadores e que teve um público decepcionante. Nem de longe o Engenhão estava cheio para este jogo. Tá certo que começou muito tarde e o estádio não é dos mais fáceis de se chegar, mas esperava mais gente. Os torcedores do Fluminense que foram com certeza se arrependeram.

Tivemos um primeiro tempo de muita velocidade e marcação, onde não faltou correria e movimentação dos dois lados. O Fluminense teve mais posse de bola e foi mais perigoso, principalmente com Welington Nem, que estava sempre buscando furar o bloqueio do Grêmio pelo lado direito.

O tricolor gaúcho mostrou uma vontade impressionante. Parece que a derrota em casa na estreia sacudiu o elenco e fez com que o time entrasse em campo com o verdadeiro espirito de Libertadores.

O gol saiu de um lance de bola parada. Cobrança de escanteio do Elano e o lateral Bruno errou duplamente. Primeiro porque fez pênalti agarrando por trás o Barcos dentro da área. Segundo porque foi ele quem tocou na bola fazendo o gol contra. Barcos só correu pra comemorar, mas claro teve um papel decisivo no lance pressionando o adversário. Achei a participação do  Barcos muito importante com boa movimentação e colocação na área e querendo jogo o tempo todo. Na minha opinião merece o prêmio de melhor da partida.

O Fluminense começou o segundo tempo pressionando. Com a entrada do Deco deu pra perceber uma melhora no passe e o time criou algumas chances. Mas foi o Grêmio que marcou de novo. E mais uma vez com participação decisiva do Barcos, que chutou forte e no rebote do Diego Cavalieri, André Santos só empurrou para o gol.

A partir deste momento o técnico Abel Braga resolveu arriscar tudo colocando Tiago Neves e Samuel em campo. Nervoso o time da casa se mandou pra frente e deu espaços para o contra-ataque.

Experiente, o Grêmio se aproveitou disso e definiu o jogo aos 24 do segundo tempo com um belo gol do chileno Eduardo Vargas, que finalmente desencantou, marcando pela primeira vez pelo seu novo clube. E o placar poderia ter sido mais elástico. Aos 33 minutos Elano chutou forte de fora da área e acertou a trave. Neste momento a maioria dos torcedores do Flu já tinha deixado o Engenhão morrendo de raiva de ver um time perdido em campo.

Como eu já disse aqui no blog, o tricolor carioca tem um grande elenco, mas tem que provar isso com bons resultados. Agora levar de 3 a 0 ninguém esperava.  O futebol é realmente um esporte cheio de surpresas. Por isso é tão apaixonante. Para os gremistas ficou a sensação de que este ataque com Barcos e Vargas pode dar muitas alegrias.

Para quem achava que Fluminense e Huachipato pudessem disparar no grupo 8, se surpreendeu com todo mundo embolado com três pontos, depois da surpreendente derrota do time chileno em casa para o Caracas por 3 a 1.  O Grêmio pelo saldo de gols é o novo líder e pega o Caracas em casa no dia 5 de março. Já o Fluminense sai pra encarar o Huachipato no Chile na próxima quarta-feira. Este grupo promete emoções fortes até a ultima rodada.

+ No R7 Livros você encontra muito mais sobre futebol  

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

É decisão para o Grêmio

Nesta quarta no Engenhão, Fluminense e Grêmio se enfrentam pela segunda rodada do grupo 8 da Libertadores. Com a derrota na estreia em casa para o Huachipato do Chile, o time gaúcho não pode nem pensar em perder se quiser continuar com boas chances de classificação para as oitavas.

Se o Fluminense vencer o jogo e o time chileno derrotar o Caracas, as duas equipes vão abrir seis pontos de vantagem. Nesse caso, o Grêmio precisaria de pelo menos 10 pontos nos quatro jogos restantes da primeira fase, sendo um contra o Huachipato no Chile, e outro contra o Fluminense em casa.

Acredito inclusive que esta semana é decisiva para a permanência de Vanderlei Luxemburgo no cargo. Depois da decisão contra o Flu, o time enfrenta o Inter pelas quartas-de-final do Gauchão. Dois resultados ruins seguidos podem pesar muito contra o treinador, que ainda não conseguiu acertar o time mesmo com o alto investimento em contratações. Vargas ainda não marcou gols e fez pouco para um jogador que custou caro. Barcos ainda não sabe se joga por problemas familiares e pode ser substituído por Welliton.

Pelo lado do Fluminense, o técnico Abel Braga vai contar com todo o elenco à disposição pela primeira vez no ano, inclusive com o meia Deco e o zagueiro Gum. Elenco forte todos sabem que o clube tem, mas vai ter que provar isso dentro de campo. E o teste mais duro do ano até aqui será contra o Grêmio diante da sua torcida. Uma vitória hoje deixa muito bem encaminhada a vaga nas oitavas.

Para mim, Jean, Wellington Nem e Fred podem fazer a diferença se estiverem em uma noite inspirada. Só não pode é desviar o foco para outras coisas extracampo, como fez o Fred no caso da beijoqueira mineira. Achei que a hora não poderia ser mais inoportuna...

De qualquer maneira Fluminense e Grêmio tem tudo pra ser um jogão de dois gigantes do futebol brasileiro.

+ No R7 Livros você encontra muito mais sobre futebol  

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7

Página 71 de 83Primeiro...6970717273...Último