Flamengo está acabando com os esportes olímpicos

Diego Hypolito Flamengo está acabando com os esportes olímpicos

Primeiro foi o fim da equipe de natação. Agora a Ginástica e o Judô também tiveram as suas atividades encerradas no clube. O próximo passo é acabar com o Basquete, só que o time está muito bem no Brasileiro e o anúncio deve ser adiado. Pelo menos por enquanto.

Será que a diretoria do Flamengo quer acabar com os esportes olímpicos no clube? Não adianta manter só as escolinhas de base destas modalidades. Um clube grande e de tradição precisa de ídolos para incentivar as crianças à praticarem esses esportes.

No caso da Ginástica, eles só comunicaram ao Diego Hypólito sobre o fim das atividades um pouco antes do horário do treino. Ou seja, da noite pro dia, decidiram que os irmãos Hypólito, que passaram quase 20 anos defendo as cores do clube, não estavam mais ligados ao Flamengo.

E olha que eles já estavam com dois meses de salários atrasados! Acho que faltou consideração e mais empenho para manter estas modalidades tão tradicionais no clube.

Já dava pra perceber que depois da eleição do Presidente Eduardo Bandeira de Mello, a prioridade total seria o futebol. Mas, com um pouco de esforço e uma boa gestão, dá para manter alguns outros esportes também. Uma pena para a Ginástica Artística brasileira, que conquistou um ouro em Londres com Arthur Zanetti.

+ No R7 Livros você encontra muito mais sobre esportes 

Grêmio tenta vencer a primeira em casa

Arena Grêmio 2 Grêmio tenta vencer a primeira em casa

Já virou rotina no grupo 8 da Libertadores. O time visitante está sempre levando a melhor. Foi assim com o Fluminense no Chile e na Venezuela, com o Caracas no Chile, com o Huachipato em Porto Alegre e com o Grêmio jogando no Rio. Nenhum time que jogou em casa conseguiu pelo menos empatar.

Nesta terça-feira às 20:30h, o Grêmio tenta quebrar esse tabu. Decidiu que vai mesmo jogar na sua Arena e vai pra cima do Caracas buscando a liderança. O gramado da Arena do Grêmio melhorou muito nos últimos dias. Por isso achei acertada a decisão dos dirigentes de manter o jogo lá. É a casa do Grêmio e de seu torcedor, além de ser novinho e um belíssimo estádio.

Se jogar como atuou contra o Flu no Engenhão, tem tudo pra conseguir a vitória. Fica a expectativa de ver mais uma vez em ação uma das melhores, se não a melhor, dupla de ataque do futebol brasileiro, com Barcos e Vargas. O elenco é muito forte e vai à campo com a força máxima. Dida, Elano, Zé Roberto e companhia tem tudo pra acabar com o jejum em casa.

Depois da eliminação no Gauchão para o rival colorado, atuando com time reserva (o que na minha opinião foi um erro do Luxemburgo), a torcida vai cobrar mais e exigir a vitória. Não espero jogo fácil até pela obrigação do tricolor gaúcho de conquistar os três pontos. Tem tudo pra ser uma partida nervosa.

+ No R7 Livros você encontra muito mais sobre esportes 

Era dia do Botafogo

Foi um resultado surpreendente. Pelo menos pra mim, o Flamengo era o favorito. Dono da melhor campanha do campeonato até aqui, podia até empatar o jogo que estava na final.

Mas não era dia rubro-negro, mesmo comemorando os 60 anos do Zico. Tomou o gol do Bota logo no início do jogo, e viu a vantagem que tinha desaparecer. Desorganizado, não conseguiu reagir no primeiro tempo.

No segundo pressionou mais e, se não fossem as boas defesas do Jefferson poderia ter conseguido o empate. Sobre o lance do Marcelo Mattos, eu daria pênalti para o Fla. Pra mim ele levantou o braço e tocou na bola, mesmo tentando se proteger. Mas foi uma jogada rápida e difícil pro árbitro, que tem que decidir na hora.

O segundo gol do Botafogo saiu no final da partida, já no desespero do goleiro Felipe, que foi pra área tentar alguma coisa e deixou o gol vazio.

Para os botafoguenses foi a redenção. Quantas vezes em jogos decisivos o Botafogo jogava melhor, mas não conseguia derrotar o Flamengo? A sorte hoje estava do lado da estrela solitária, que deixou, pelo menos nesse domingo, de ser freguês.

Agora o Botafogo pega o Vasco na final, também com a obrigação de ganhar. O empate dá o título para o time cruzmaltino, por ter tido melhor campanha. Mas depois dessa vitória contra o grande rival, o Bota ganhou moral e vai pra cima. Promessa de um jogão!

60 anos de um verdadeiro ídolo

zico tv 03032013 60 anos de um verdadeiro ídolo

Como o tempo passa! O grande ídolo Arthur Antunes Coimbra, carinhosamente conhecido como Zico, está completando hoje, dia 03 de março, 60 anos de vida.

Tenho certeza de que tem sido uma vida plena de realizações e de grandes momentos. Zico é um dos maiores gênios da história do nosso fuebol, e o maior ídolo do Flamengo, o clube de maior torcida do país. Fez parte de um dos melhores times que eu já via atuar: o Flamengo, campeão mundial de 1981. No ano seguinte, foi o maestro da seleção que  encantou o mundo inteiro na Copa de 82. Para mim, a mais fantástica seleção brasileira que pude acompanhar. Uma pena que não conquistou o título... coisas do futebol...

Eu posso dizer que tive o prazer de ver ao vivo o galinho de quintino jogar. E no auge. Ir ao estádio com Zico em campo era certeza de um grande espetáculo, com belas jogadas e promessa de  gols bonitos. Para quem tem mais de 40 anos de idade e teve este privilégio, como é meu caso, foram momentos inesquecíveis.

Claro que ele não era imbatível e tinha jogo que ele não conseguia fazer render todo o seu futebol. Muitas vezes a marcação era implacável. Tanto é que  a carreira dele foi abreviada justamente por causa de uma entrada criminosa. Mas isso é uma outra história. Quero falar de coisas boas no dia em que um dos melhores de todos os tempos faz aniversário. E que data bonita! 60 anos de vida de um grande atleta e um excepcional ser humano.

Me lembro bem de uma experiência profissional maravilhosa que tive com o galinho, em 1994, portanto há quase 20 anos.  Fui até o centro de futebol do Zico, que ficava no Recreio dos Bandeirantes, bairro do Rio de Janeiro, para tentar uma entrevista com ele. Não tinha agendado nada, e, por isso, nem esperava que ele me recebesse, mas mesmo assim fui tentar a sorte.

Quando cheguei no centro de futebol me identifiquei como jornalista da Rádio Tropical do Rio. O funcionário que me atendeu, me mandou conversar com o assessor dele, na época o maravilhoso jornalista Raul Quadros, que até hoje é um dos amigos mais próximos do Zico e que anos depois virou meu amigo e companheiro de trabalho também.

Por ser um cara sensacional, o Raul Quadros me atendeu com a maior educação, apesar de não me conhecer, e ligou pra sala do Zico pra checar se ele podia me dar a entrevista. E não é que ele disse sim! Fui até a sala do Zico e fiz uma entrevista exclusiva de mais de meia hora de duração. Falamos sobre a experiência dele na seleção, no Japão, sobre a carreira dele, sobre os filhos, falou da família, enfim, foi uma conversa muito agradável. E olha que eu não tinha marcado nada e nem ele me conhecia. Mas como ele sempre foi uma pessoa muito bacana e humilde,  me tratou super bem e conversou comigo com a maior boa vontade.

Eram outros tempos e era um outro jornalismo, certamente muito mais romântico. Hoje em dia eu vejo jogadores no início de carreira, que começam a fazer sucesso e se tornam inacessíveis, com dois agentes, três assessores e uma equipe pronta pra não deixar ninguém se aproximar muito. Zico é diferente. Esse é ídolo de verdade dentro e fora de campo, com boas atitudes e bons exemplos.

Alguns anos depois, em 97, tive a honra de narrar um jogo com Zico ao meu lado como comentarista. Era uma partida de juniores, que aconteceu dentro do centro de futebol dele,  que gentilmente se dispôs a fazer os comentários. Não preciso nem dizer que eu fiquei trêmulo do início ao fim da transmissão. Foi mais um momento histórico pra mim ao lado do Zico. Momentos que um profissional que gosta de esporte e do bom futebol jamais esquece...

Parabéns galinho! Felicidades pelo dia de hoje e muitos anos de vida, campeão!

 

Importante foi vencer mesmo jogando mal

O tricolor que foi nesta quinta-feira ao Morumbi saiu chateado, preocupado, mas ao mesmo tempo aliviado pela vitória.

O que se viu no primeiro tempo foi um time sem inspiração, marcando mal, mas lutando para abrir o marcador.

Rogério Ceni quase fez de falta. Osvaldo sempre aparecia com perigo e queria jogo. Jadson também buscava o tempo todo o ataque.

Tanto é que até a metade do primeiro tempo o São Paulo mandava no jogo.

Foi nesse momento que veio o castigo, com o gol do The Strongest, que de forte não tem nada. Difícil acreditar como o São Paulo pôde tomar gol desse time.

Mas o importante é que, ainda no primeiro tempo o time conseguiu o empate com um gol do Osvaldo, que pra mim foi o melhor em campo.

A equipe não voltou bem para o segundo tempo. Nos primeiros quinze minutos praticamente não deu nenhum chute pro gol. O torcedor já começava a vaiar o time.

Foi quando o técnico Ney Franco resolveu apostar em Paulo Henrique Ganso.

Ele entrou a fim de jogo, fez a equipe subir de produção e deu o passe preciso para o gol da virada de Luis Fabiano.  Ufa! Foi no sufoco, mas o que importa são os três pontos.

Com o resultado o time divide o segundo lugar com a própria equipe boliviana, com três pontos em dois jogos. O líder é o Galo com duas vitórias.

Na próxima rodada o São Paulo joga no Pacaembu (cumprindo punição da Conmebol), contra o Arsenal, que tomou um sacode do Atlético. Esse grupo tem tudo pra classificar os dois times brasileiros sem sustos.

Todo mundo perde com a entrada dos quatro torcedores no Pacaembu

pacaembu Todo mundo perde com a entrada dos quatro torcedores no Pacaembu

Os quatro torcedores que conseguiram entrar ontem no Pacaembu não ajudaram o Corinthians. Muito pelo contrário, só vão trazer mais problemas.

Agora teremos uma enxurrada de liminares exigindo a entrada no estádio. Todos os torcedores se sentirão  no direito de fazer isso. A Conmebol vai ficar desmoralizada, vendo a sua punição ser anulada pela justiça brasileira.

Aí vem a pergunta: será que vai ficar por isso mesmo? Ou a entidade pode punir de outras formas o clube, como forma de retaliação pelas exigências não cumpridas?

A instituição Corinthians também fica desmoralizada. Divulgou amplamente na imprensa que gostaria que os torcedores ficassem longe do estádio e foi ignorada por essas quatro pessoas.

Acho que essas liminares poderiam ser evitadas para o bem do próprio Corinthians. Imagino que novos desentendimentos com a Conmebol é o que o clube menos quer nesse momento.

E o momento de fama não conta? Acho que pra este "quarteto fantástico", aparecer para as câmeras de TV em imagens que serão exibidas no mundo inteiro (diante da repercussão do caso), pode ser mais importante do que evitar novos conflitos entre Corinthians e Conmebol. Lamentável...

+ No R7 Livros você encontra muito mais sobre futebol 

Flu mereceu a virada

Foi um jogo atípico e parecia que seria trágico para o Fluminense. Depois de um 3 a 0 que levou em casa do Grêmio, o tricolor não podia mais perder. E acabou se superando.

No primeiro tempo o time foi melhor e perdeu boas chances com Fred e Tiago Neves. Mas, incrível mesmo foi a chance que teve o baixinho Wellington Nem, que chutou na trave uma bola já dentro da pequena área, sozinho e com o gol vazio.

O castigo veio logo depois com o gol do Huachipato  numa falha de posicionamento de Leandro Eusébio. Foi a única chance dos chilenos até aquele momento. É aquela velha história: quem não faz, leva.

Mas o Fluminense não voltou abatido para o segundo tempo. Pelo contrário, foi pra cima em busca da virada. E foi premiado com dois gols.

O primeiro saiu num lindo lance, com toques rápidos e uma deixadinha de peito do Fred, que deixou Wellington Nem de frente pro gol. Desta vez o baixinho não falhou e empatou a partida.

Na seqüência, Wágner entrou no lugar do Deco, que não estava em uma noite inspirada, e logo depois marcou o gol da virada. Abel mostrou que tem estrela e fez a substituição na hora certa.

Vendo o Fluminense jogar, tenho a impressão que o time é bom do meio pra frente, mas a defesa não inspira a menor confiança. Se arrumar lá atrás, pode dar muito trabalho nessa Libertadores.

Já vendo o Huachipato jogar, fiquei com a impressão de que a derrota do Grêmio pra esse time foi um acidente de percurso.  Dá pro Grêmio vencer no Chile até com tranqüilidade. Foi a segunda derrota em casa dessa equipe, que não tem muita torcida para pressionar.

Com o resultado o Flu se recupera no grupo e chega a seis pontos em três jogos. Além disso, bota pressão em cima do Grêmio que precisa de um bom resultado contra o Caracas, na próxima terça-feira jogando em casa.

Estádio fechado em 2005 deu sorte

tite 450 Estádio fechado em 2005 deu sorte

O Corinthians vai realizar a primeira partida com portões fechados na Libertadores. Será nesta quarta contra o Millonários da Colômbia. A punição imposta pela Conmebol prevê que o Timão deve atuar sem torcida quando tiver mando de campo em toda a primeira fase da competição, ou seja, em pelo menos três jogos.

Deve ser muito esquisito para os jogadores, comissão técnica e todos os envolvidos na partida  não ver ninguém nas arquibancadas. Quanto mais para um enorme clube como é o Corinthians, acostumado a ver sua torcida sempre comparecendo em grande número e fazendo pressão.

Acredito que a parte psicológica dos jogadores dentro de campo pode ser afetada. Até o ritmo da partida deve ser diferente. Será que poderemos ter um jogo frio e sem emoção?

O Corinthians precisa muito da vitória para deixar bem encaminhada a classificação, por isso terá que ir pra cima. Acredito que ninguém quer botar a culpa no estádio vazio por um mau resultado.

Vale lembrar que no campeonato brasileiro de 2005, o Timão teve que atuar duas vezes com portões fechados por causa de incidentes provocados pela torcida depois de uma goleada sofrida para o São paulo por 5 a 1 no Pacaembu. Lembra disso? Foi logo na terceira rodada. Um grupo de torcedores brigou com a polícia e tentou arrombar os portões para invadir o campo. Depois do jogo o técnico argentino Daniel Passarella (que na época entrou no lugar do Tite) foi demitido e o interino Márcio Bittencourt assumiu.

Jogando em Mogi Mirim e com portões fechados o Corinthians ganhou do Flamengo por 4 a 2 e perdeu para o Fluminense por 1 a 0. Mesmo assim, naquele ano, o Clube ficou com o título brasileiro conquistado somente na última rodada (o Inter foi vice). Tevez, Nilmar, Mascherano e companhia faziam parte daquele elenco fantástico que foi campeão.

Foi um campeonato manchado também pelo escândalo do apito, quando Edílson Pereira de Carvalho confessou que estava participando de um esquema de manipulação de resultados. Os 11 jogos apitados por ele tiveram o resultado anulado e foram disputados novamente.

Bom, apesar de um 2005 confuso, o Corinthians ficou com o título. Quem sabe agora a história se repete e o Timão se supera? Coincidentemente este ano, novas denúncias envolvendo árbitros e manipulação de resultados estão vindo à tona. A Fiel, mesmo longe do estádio, espera que todas essas coincidências tragam sorte de novo.

 

Bernard deve sair do Galo no final da Libertadores

JUANI RONCORONI News Free GazetaPress  Bernard deve sair do Galo no final da Libertadores

Foto: Juani Roncoroni/Gazeta Press

Muita gente não acreditou, mas o fato é que o Atlético Mineiro começou muito bem na Libertadores e é líder do grupo 3 com duas boas vitórias. A primeira em cima do São Paulo em BH. A outra foi nesta terça, contra o Arsenal em Sarandi. E foi uma vitória de gala, com grande exibição do Bernard, que fez três na goleada de 5 a 2 em cima dos argentinos de virada.

Se continuar com essas boas atuações, acredito que ele  vai deixar o Atlético no meio do ano. Apesar de ter rejeitado algumas propostas na última janela de transferência, Bernard deve sair do Galo no final da Libertadores. A expectativa é que ele vá para um grande centro do futebol europeu, e não pro Spartak de Moscou, por exemplo, que chegou a fazer uma proposta pelo jogador. O próprio técnico Cuca já declarou que Bernard faz parte dos planos de Luiz Felipe Scolari para a seleção. Acho que ele tem boas chances.

Outro que voltou a atuar bem foi Ronaldinho Gaúcho, que participou de forma decisiva de pelo menos três gols no jogo. Tá certo que ele perdeu um pênalti, mas foi aos 41 do segundo tempo quando o resultado já estava definido.

Se o São Paulo derrotar o The Strongest nesta quinta-feira no Morumbi, o Atlético ficará como líder isolado e precisando de apenas mais uma vitória e um empate nos quatro jogos que restam para se classificar para as oitavas de final. E o próximo jogo será exatamente contra o time boliviano em casa, no Independência, na quinta-feira que vem, dia 7 de março.

+ No R7 Livros você encontra muito mais sobre futebol 

Na torcida pelo Kaká

Hoje tem clássico Real Madrid e Barcelona na partida de volta da semifinal da Copa do Rei da Espanha. O jogo acontece às 17h de Brasília  no Camp Nou em Barcelona. O primeiro confronto na capital espanhola terminou empatado em um a um, portanto um empate sem gols hoje classifica o Barça.

É um jogo importante principalmente para o meia Kaká, que tem grandes chances de ser relacionado pelo técnico José Mourinho. Kaká vem entrando e atuando de forma convincente em algumas partidas do Real este ano pelo campeonato espanhol. Antes deixado de lado e desacreditado, o brasileiro parece que vem recuperando a confiança do técnico português e da torcida. Tanto é que ele marcou o gol da vitória na última rodada contra o La Coruña.

Outra boa atuação pode lhe devolver de vez a condição de titular no time. Tenho a impressão de que o Kaká vem crescendo na hora certa, já que o Real Madrid terá uma seqüência de jogos importantes pela frente. Depois do clássico desta terça, enfrenta novamente o Barcelona no sábado pelo campeonato espanhol em Madri precisando tirar pontos do rival que lidera com folga a competição. Na próxima terça pega o Manchester United pelas oitavas da Liga dos Campeões no Old Trafford. O primeiro jogo em casa terminou um a um, portanto o time merengue vive neste confronto a mesma situação da Copa do Rei.

Confesso que estarei na torcida pelo Real Madrid e por uma grande atuação do Kaká, que pra mim tinha que estar na seleção. Quem sabe se ele  continuar numa crescente,  não volta a ser convocado pelo Felipão? Tomara que sim.

Página 71 de 83Primeiro...6970717273...Último