Quem foi pra ver o Neymar, viu o Coutinho

Acho que a ida do Neymar para o PSG fez mal pra ele.

Pelo menos na sua primeira partida na seleção, depois de ter ido pra França.

O novo status do craque, que agora é o jogador de futebol mais caro de todos os tempos, parece ter prejudicado a parte psicológica dele na seleção.

No jogo contra o Equador, o que se viu foi um Neymar extremamente individualista e querendo resolver tudo sozinho.

O tempo ia passando, e quanto mais ele errava, mais ele tentava corrigir.

Chute mesmo, na direção do gol, só acertou um!

Sem falar na irritação durante a partida. Ele até levou um cartão amarelo no início da partida.

Ora, todos já sabiam que ele ia ser cassado e provocado em campo pelos equatorianos. É o ônus de ser o protagonista.

Se ficar irado e revidando cada agressão ou provocação, vai ser presa fácil pra qualquer equipe com a mesma estratégia de tirá-lo do sério.

Não só na seleção, mas também no campeonato francês, jogando pelo PSG.

E no final da partida, vocês viram?

Enquanto todos os jogadores se reuniram e agradeceram o apoio do torcedor gaúcho, ele foi direto pro vestiário, visivelmente incomodado com a atuação que deixou a desejar.

Quem roubou a cena e acabou saindo como a maior estrela foi Phillippe Coutinho.

Depois da semana agitada por conta da falsa contusão e de todas as mentiras que foram apresentadas para a imprensa e para o Liverpool, ele entrou bem no segundo tempo e mudou o jogo.

Fez um belo gol e deu outra movimentação pra seleção brasileira.

Acho até que, depois da entrada dele, o Neymar ficou um pouco menos fominha. Parecia que ele estava sentindo falta de alguém pra tabelar e "conversar" dentro de campo.

Convenhamos que Coutinho é mais jogador e vive um melhor momento que o Renato Augusto. Só não começou como titular por causa de toda a fofoca sobre a sua possível transferência pro Barcelona.

Vale lembrar que tudo isso aconteceu porque ele deu margem pra isso. Acredito que a situação foi toda muito mal conduzida.

Eu até entendo que ele não queira mais ficar na Inglaterra e esteja fazendo isso tudo pra ir pro Barcelona.

Mas ele podia ter tentado outros caminhos que não fosse o da mentira ou do fingimento.

Sinceramente, acho que ele tem bola pra ser um dos titulares absolutos do Brasil na Copa.

Então, é importante que ele esteja feliz no clube também, para que consiga render bem.

É o que o Tite e todos nós esperamos.

Até a próxima.