Força Barcelona!

O Real Madrid voltou a derrotar o Barcelona na final da Supercopa da Espanha.

A vitória de 2 x 0 aconteceu mesmo sem a presença de Cristiano Ronaldo, a principal estrela do time merengue.

Como venceu por 3 x 1 na primeira partida, que marcou a expulsão e suspensão do CR7 após empurrar o árbitro, o Real acabou fazendo 5 x 1 no agregado.

Foi o suficiente para todos fazerem a previsão de que esta temporada vai ser difícil pro Barcelona. A supremacia do Real está sacramentada.

Eu diria que ainda é cedo pra fazer essa análise.

A equipe catalã tem um elenco muito forte. Claro que vai sentir falta do Neymar, qualquer time do mundo sentiria.

Mas se reforçou com o Paulinho e ainda tem Messi e Suárez lá na frente.

Sem falar que, segundo os dirigentes, Phillippe Coutinho e Dembélé estão perto de fechar com o clube.

Se eles não vierem, com certeza o clube vai correr atrás de outros reforços. Até porque, depois dessas duas derrotas para o grande rival, a torcida vai fazer pressão por resultados.

Acho que agora o negócio é tentar reconstruir a cidade que foi vítima de um terrível atentado que matou 14 pessoas e feriu mais de 100.

Neste momento doloroso e traumático, o negócio é juntar os cacos e buscar forças para amparar os familiares das vítimas e tentar voltar à rotina normal da cidade.

Os exemplos de solidariedade no mundo esportivo não param de aparecer.

Neymar, que acabou de deixar o clube e a cidade, postou a sua dor nas redes sociais.

Luis Suarez e Messi também se pronunciaram.

A reação mais bacana para todo esse horror que a cidade viveu, foi do jornal esportivo "Marca".

A primeira página estampava os dizeres "Hoje não podemos falar de esporte". Veja abaixo como uma frase simples pode ser tão impactante.jornal Marca Força Barcelona!

 

Até a próxima.