Dupla Fla-Flu sobrando

Ainda é muito cedo para se tirar conclusões (na maioria das vezes precipitadas), sobre os quatro grandes do futebol do Rio.

Mas, o que se viu até agora após três rodadas do campeonato carioca, foi a dupla Fla-Flu sobrando.

A vitória fácil diante do Vasco, mostrou que o Fluminense está com um time bem acertado na competição. Ao contrário do rival.

Depois disso o clube conquistou uma vitória apertada contra o Resende sem uma grande atuação.

Ontem a equipe tricolor superou um gramado muito encharcado para garantir os 100 por cento de aproveitamento.

A defesa, com Renato Chaves e Henrique está bem entrosada e ainda não levou gol.

No meio, Douglas e Orejuela tem demonstrado uma boa movimentação e um bom poder de marcação.

A habilidade de Gustavo Scarpa é um diferencial. Neste domingo mais uma vez ele fez um gol bonito.

Até o fraquinho Henrique Dourado vem fazendo gols importantes. è visível como ele subiu de produção após a chegada do técnico Abel Braga.

No Flamengo os estrangeiros vem fazendo a diferença.

O argentino Mancuello teve uma atuação de gala contra o Nova Iguaçu na vitória fácil por quatro a zero.

Ele fez dois gols, sendo que o segundo foi muito bonito. A torcida nem sentiu a ausência do Diego.

Willian Arão está numa grande fase. Ao lao do Mancuello e do próprio Diego, eles formam um meio-campo muito consistente.

Na minha opinião um dos melhores do país, pelo menos no papel.

Os outros dois gols foram do peruano Paolo Guerrero, que começou bem o ano, já com quatro gols marcados no torneio. Parece que o faro do artilheiro voltou.

Outro peruano, o recém-chegado lateral Miguel Trauco, já mostrou que é bom jogador.

Sem falar que o Flamengo ainda espera pelo Conca e deposita muita esperança no colombiano Berrio, que deve estrear já no próximo domingo, no clássico contra o Botafogo.

O time rubro-negro tem tudo pra ficar ainda melhor. Opções não faltam para o técnico Zé Ricardo.