Posts de fevereiro/2017

Noite decisiva na Libertadores

A competição mais importante do ano para o Botafogo tem mais um capítulo esta noite.

Pode ser o último.

Por isso todo o foco está voltado para o jogo de Assunção diante do Olimpia.

A equipe carioca venceu o compromisso de ida por um a zero e joga pelo empate.

Se fizer um gol, obriga os paraguaios a ter que fazer três pra se classificar.

A vantagem é boa, mas o time não pode pensar nela.

Se entrar recuado pensando só em não levar gol, vai dar campo pro adversário.

O negócio é jogar também no campo de ataque, como fez diante do Colo Colo, quando tomou o gol muito cedo, mas conseguiu impor seu melhor futebol.

A volta do Carli para o time é boa, porque a zaga volta ser bem alta, anulando um ponto forte do Olimpia.

No gol eu deixaria o Helton Leite mesmo. Gatito Fernandéz tem se mostrado inseguro em alguns jogos.

Vale lembrar que o gol dos chilenos logo no início saiu de uma falha dele, que deixou a bola sair.

No ataque eu entraria desde o início com o Lindoso no Lugar do Roger. Ele pode reforçar o meio-campo e ter mais a posse de bola.

Sem falar que daria mais velocidade na saída para o contra-ataque, o que pode ser uma boa arma do Botafogo.

A ausência de Montillo será muito sentida, mas não adianta pensar nisso agora.

O negócio é torcer para que Camilo e Pimpão continuem numa grande fase e ajudem o time a se classificar.

Elenco por elenco sou mais o Botafogo.

Já não posso falar a mesma coisa do Atlético Paranaense.

Sinceramente, depois dos 3 a 3 em casa diante do desconhecido Deportivo Capiatá, a coisa se complicou.

A equipe precisa vencer ou empatar fazendo muitos gols.

Justamente o que não conseguiu ainda no ano. Ganhar fora de casa.

Quanto mais em um estádio acanhado em Capiatá, que fica a uns 200 km de Assunção no Paraguai.

A torcida vai fazer muita pressão e a situação será bem complicada.

A notícia boa é que o time vem completo. Conta até com o Carlos Alberto, apesar de eu achar que esse aí não é um reforço.

Este é o último jogo antes de entrar na fase de grupos.

Tomara que os dois brasileiros consigam seguir adiante.

 

Clássico indefinido

Flamengo e Vasco se enfrentam em uma das semifinais da Taça Guanabara. O outro confronto será entre Fluminense e Madureira.

As partidas serão realizadas no sábado de carnaval. O jogo do Flu já tem local e hora: em Volta Redonda, às 16:30h.

Já o clássico, está cercado de incertezas.

Por decisão judicial, o jogo terá que ser disputado com torcida única. Mas essa liminar pode ainda ser derrubada.

Aliás, vou torcer pra que isso aconteça. Não vou engolir nunca essa história de que duas torcidas não possam conviver.

Torcida única não é uma coisa educativa.

Muito pelo contrário, só mostra que a sociedade é incapaz de viver com as diferenças, seja ela de raça, religião, sexo, partido político ou time de futebol.

Se a liminar for derrubada (seria o mais sensato), o duelo pode acontecer no Estádio Nílton Santos, o Engenhão, apesar da diretoria do Botafogo ter afirmado que o Flamengo não atuaria mais na sua arena.

É que pelo regulamento do campeonato, na ausência do Maracanã, os clássicos teriam que acontecer no Engenhão.

Então o Botafogo terá que aceitar.

E se a liminar for mantida?

O Presidente do Vasco, Eurico Miranda, já declarou que não joga contra o Flamengo só com torcida rubro-negra.

Aí vem uma outra dúvida: o mando de campo é do Flamengo, por ter tido melhor campanha?

Pelo regulamento, as semifinais da Taça Guanabara não tem mandante, por ser jogo único.

E aí?

Cogita-se a ideia de levar o clássico para outro estado, com as duas torcidas presentes.

Imagina só...

Num sábado de carnaval, com milhares de turistas na cidade, levar Flamengo e Vasco pro nordeste ou outra região do país.

Revoltante né!

Como se não bastasse o Maracanã estar abandonado.

Mais um golpe duro no já tão sofrido futebol carioca e no tão judiado Rio de Janeiro.

 

Luiz Fabiano é uma boa?

A novela acabou!

Depois de vários dias anunciando que ia contratar Luiz Fabiano, finalmente o Vasco pôde comunicar oficialmente o negócio.

O Fabuloso, como ele gosta de ser chamado, teve dificuldades para encerrar o vínculo que tinha com o Tianjin Quanjian, clube da segunda divisão do futebol chinês.

Assim que assinou a rescisão, Luiz Fabiano postou no twitter que está chegando à cidade maravilhosa.

Vi muita gente dizendo que o clube carioca fez mal negócio.

A opinião geral é de que o atacante está no final da carreira. Não tem mais aquele poder de finalização de antes.

Eu até concordo. Na última passagem pelo São Paulo, ele já deixou claro que seus melhores dias haviam passado.

Lento e facilmente envolvido pelas defesas adversárias, Luiz Fabiano chamou mais a atenção pelas expulsões e polêmicas fora de campo, do que pelo seu futebol.

Mas, para um elenco que tem Thalles , Éderson e Kelvin lá na frente, e com Éder Luiz fora dos planos, tenho certeza que Luiz Fabiano chega pra ser titular absoluto, com pompa de craque.

Vale lembrar que ele fez 23 gols em 29 partidas disputadas no futebol chinês.

Mesmo próximo do final da carreira, ele ainda tem chances de fazer uma boa temporada.

Sem falar no fato de que ele vai voltar para o Brasil e ficar perto da família. Com certeza entrará em campo mais feliz.

Não acho que ele vai ser artilheiro de nenhum campeonato, mas se fizer alguns gols importantes, a sofrida e carente torcida vascaína já vai aplaudi-lo de pé.

Pode apostar.

Se livrar o time de mais uma série B então...

Vai virar ídolo.

 

 

Noite de vitórias para Bota e Flu

Na noite desta quarta-feira, dois grandes do Rio entraram em campo e conseguiram sair com vitória.

O Botafogo jogou pela Libertadores e saiu de campo com um placar magro, mas muito importante.

Depois de um bom primeiro tempo, onde conquistou a vantagem com um golaço do Rodrigo Pimpão, a equipe comandada por Jair Ventura caiu de produção no segundo.

Na verdade, acho que o time recuou demais com medo de levar gol do Olímpia.

Impressionante como os jogadores nitidamente estavam satisfeitos com o placar de um a zero. Eles tentavam amarrar o jogo de qualquer maneira, ao invés de buscar aumentar a diferença.

Essa atitude covarde fez com que o time paraguaio crescesse e por pouco não empatasse no final.

Menos mal que o Botafogo construiu uma vantagem e joga pelo empate em Assunção.

Se fizer um gol, vai obrigar o Olímpia a buscar três gols pra se classificar.

pimp 11 Noite de vitórias para Bota e Flu

Pimpão voltou a ser decisivo, fazendo um gol de bicicleta

O Fluminense foi até Rio Grande do Norte, para fazer a sua estreia na Copa do Brasil, contra o desconhecido Globo.

A equipe conquistou a vantagem logo nos primeiros minutos, muito mais pela fragilidade do adversário, do que por méritos próprios.

Ainda assim, foi pressionado após o primeiro gol.

No final, acabou prevalecendo a maior técnica e experiência dos tricolores, na goleada de 5 a 2.

Teve ainda o golaço do Gustavo Scarpa, chutando do meio do campo e encobrindo o goleiro que nada pôde fazer.

Vale lembrar que o time ainda não tinha sofrido gol no campeonato carioca, e acabou levando dois gols do Globo.

Vai entender...

Scarpa Fluminense 600x3751 Noite de vitórias para Bota e Flu

Scarpa vem mostrando que é um jogador diferenciado

 

Bolt no futebol?

Usain Bolt jogando futebol!?

Não é brincadeira não.

O homem mais rápido do mundo realmente pensa nisso.

Nesta terça ele deu entrevista afirmando jogar muito bem com os amigos e mandando o recado de que pode chegar ao nível de Wayne Rooney, por exemplo.

Vale lembrar que ele está muito perto de encerrar a carreira no atletismo. O mundial deste ano deve ser o último grande evento que disputa.

Bolt não aguenta mais treinar forte para disputar provas que exigem muita força muscular, como os 100 e 200 metros.

O jamaicano está na ativa ainda por pressão dos patrocinadores e do próprio público, que vai sentir muitas saudades quando ele parar.

Ele até pensou em mudar o foco e começar a competir nos 400 metros, uma prova que não exige um treino tão puxado, apesar da maior distância.

Mas a prova já tem um novo dono.

O sul-africano Wayde Van Niekerk quebrou o recorde mundial nos Jogos do Rio, com a marca de 43.03 segundos, acabando com uma longa hegemonia do americano Michael Johnson.

Depois disso, Bolt parece não ter tanta confiança para enfrentá-lo. Acredito que ele nem pensa nisso.

Procurando por um novo desafio na vida, o futebol passou a ser uma opção tentadora.

Que ele realmente adora futebol e queria virar jogador, eu não tenho dúvida.

A confiança é tanta, que no ano passado ele chegou a se oferecer para participar de um teste no Manchester United, clube do coração.

O convite do time inglês não veio, mas o Borussia Dortmund da Alemanha, o chamou para treinar no clube na próxima temporada, que se inicia no meio do ano.

Usain Bolt prontamente aceitou!

Na minha opinião, nunca se deve duvidar de um super atleta como ele, dotado de uma força física e mental impressionante.

Sem falar que, para qualquer clube do mundo, ter um cara como o Bolt no seu elenco é uma fantástica jogada de marketing.

Mas, pelo vídeo que eu assisti com o craque das pistas jogando futebol, não sei não...

Acho que pode ser um enorme mico.

Confira no link abaixo e veja se ele leva jeito.

watch?v=MV0HmV6jqJU

 

 

 

 

 

 

 

 

Tragédia poderia ter sido pior

Alguém aí se surpreendeu com o conflito generalizado que aconteceu em torno do Engenhão?

Não me venham com essa!

Os bandidos e criminosos que se dizem torcedores de Flamengo ou Botafogo, marcaram tudo pelas redes sociais.

A guerra e a violência que todos presenciaram, foi toda planejada durante a semana.

Todos os bandidos querendo um banho de sangue!

Tanto é que um grupo saiu atirando de dentro de um carro!

Foi assim que o torcedor do Botafogo foi morto.

As gangues das torcidas "organizadas", que pra mim são sinônimo de "facção criminosa", não estavam interessadas em jogo nenhum.

O negócio era bater no rival com o que tivesse na mão! Barra de ferro, vidro, pedra... só porque ele torce por um clube diferente.

Todos apanharam muito e bateram muito!

A culpa é da polícia militar?

Claro que não!

Muitos deles nem saíram pra trabalhar, por conta dos protestos dos familiares, reivindicando melhores condições de trabalho.

Uma manifestação justa. Uma causa justa.

Mas, infelizmente, um movimento que retirou policiais de uma zona de conflito generalizado.

Eram apenas 54 policiais, para um público estimado de 30 mil pessoas!

Um torcedor morto e outros oito feridos foi um dano até pequeno, se formos considerar centenas de pessoas em clima de guerra.

A tragédia poderia ter sido muito maior, com uma verdadeira carnificina nas imediações do estádio e muitos inocentes pagando o pato.

Infelizmente o que aconteceu no clássico, retrata a falência econômica, moral, ética e política do Estado do Rio de Janeiro.

O descaso com o Maracanã e com os outros complexos olímpicos estão aí pra confirmar que tem muita coisa errada.

E não me venham dizer que a solução é torcida única!

Esse tipo de coisa não resolve nada!

Só ajuda a confirmar a falência do futebol brasileiro e do país de uma forma geral.

Até a próxima.

 

 

Noite gloriosa

É gente...

O Botafogo não é mais aquele que deixava a sua torcida frustrada.

Aquele time que sempre levava gol nos minutos finais.

Que estava acostumado a ter um final de história infeliz.

O que se viu diante do Colo Colo, foi um Botafogo aguerrido e que em nenhum momento deixou de acreditar.

E olha que parecia que tudo ia dar errado de novo.

A começar pela contusão do Camilo, momentos antes da equipe entrar em campo.

Depois teve o gol sofrido logo com dois minutos. Um gol contra ainda por cima.

Confesso que, naquele momento, cheguei a desacreditar que haveria forças para uma reação.

Mas, depois do gol sofrido, o que se viu foi uma equipe com coragem pra tomar a iniciativa.

Se não fosse o bom goleiro paraguaio Vilar, o Botafogo já teria empatado no primeiro tempo.

No segundo tempo o time teve que se arriscar mais ainda no ataque e acabou dando espaços.

Quis o destino que o glorioso empatasse perto do final da partida, tirando qualquer chance de reação do adversário.

Um adversário que não jogou bem e fora de campo deu várias bolas fora.

A começar pela tinta fresca no vestiário alvinegro para prejudicar os visitantes.

Terminando com a falta de educação da torcida, que jogou vários objetos no gramado e nos torcedores rivais.

pimpao Noite gloriosa

Rodrigo Pimpão fez o gol da classificação

Valeu pela bravura de um elenco que mostrou uma força mental muito grande. A recompensa acabou vindo.

Agora é esperar pelo próximo adversário, que sai do confronto entre o vice-campeão do ano passado, o Independiente Del Valle, e o Olimpia.

No primeiro jogo o Del Valle ganhou em casa por um a zero. A segunda partida será nesta quinta em Assunção.

É meus amigos...

Será mais um mata-mata dificílimo.

O sofrimento não vai acabar.

A esperança de chegar na fase de grupos também não.

Parabéns Botafogo!

 

 

Vai começar a “nova” Copa do Brasil

Nesta quarta-feira teremos a abertura da 29ª edição da Copa do Brasil.

Uma edição que será diferente de todas as outras.

Primeiro pelo inchaço ainda maior da competição.

Só na primeira fase, 80 clubes vão disputar o torneio. No total serão 91 participantes!

Ao todo serão oito fases. Cinco no primeiro semestre e três no segundo, com a final marcada para o feriado do dia 12 de outubro.

Mas a principal novidade é inclusão do jogo único.

A partir de agora as duas primeiras fases serão decididas em apenas um jogo.

Na primeira fase, as equipes mais fracas pelo ranking da CBF, jogam em casa, mas precisam vencer o jogo para eliminar o adversário.

Os times considerados "maiores"  jogam pelo empate para avançar.

A segunda fase também terá jogo único, mas se houver o empate a decisão vai para os pênaltis.

Ao todo, serão 60 confrontos decididos em apenas uma partida.

Foi o jeito que a CBF encontrou para colocar mais times no torneio, sem aumentar tanto o número de datas. Serão 23 no total.

Acho um formato arriscado para os grandes.

Tudo bem que as equipes mandantes são bem fraquinhas.

Mas alguns obstáculos tem que ser levados em consideração.

Um estádio acanhado, com a torcida fazendo pressão contra, um gramado ruim. Todos estes fatores podem atrapalhar. Uma noite ruim pode colocar tudo a perder.

Já pensou, sair derrotado e ser eliminado da Copa do Brasil em 90 minutos?

É um cenário pouco provável, mas possível.

Por isso, o Corinthians tem que entrar ligado contra a Caldense, jogando em Poços de Caldas.

O mesmo acontece com os outros grandes que entram em campo esta semana. Veja os jogos:

Quarta:

Vitória da Conquista x Coritiba

Campinense x Ponte Preta

CSA x Sport

Luziânia - DF x Vitória

Quinta:

Santos - AP x Vasco

Moto Club - MA x São Paulo

Vale lembrar que onze times vão entrar na competição somente nas oitavas-de-final.

Os oito da Libertadores, mais o Atlético Goianiense (campeão da série B), Santa Cruz (campeão da Copa Nordeste) e Paysandu (campeão da Copa Verde).

Veremos a partir de hoje como será, na prática, a nova Copa do Brasil.

 

 

 

 

Dupla Fla-Flu sobrando

Ainda é muito cedo para se tirar conclusões (na maioria das vezes precipitadas), sobre os quatro grandes do futebol do Rio.

Mas, o que se viu até agora após três rodadas do campeonato carioca, foi a dupla Fla-Flu sobrando.

A vitória fácil diante do Vasco, mostrou que o Fluminense está com um time bem acertado na competição. Ao contrário do rival.

Depois disso o clube conquistou uma vitória apertada contra o Resende sem uma grande atuação.

Ontem a equipe tricolor superou um gramado muito encharcado para garantir os 100 por cento de aproveitamento.

A defesa, com Renato Chaves e Henrique está bem entrosada e ainda não levou gol.

No meio, Douglas e Orejuela tem demonstrado uma boa movimentação e um bom poder de marcação.

A habilidade de Gustavo Scarpa é um diferencial. Neste domingo mais uma vez ele fez um gol bonito.

Até o fraquinho Henrique Dourado vem fazendo gols importantes. è visível como ele subiu de produção após a chegada do técnico Abel Braga.

No Flamengo os estrangeiros vem fazendo a diferença.

O argentino Mancuello teve uma atuação de gala contra o Nova Iguaçu na vitória fácil por quatro a zero.

Ele fez dois gols, sendo que o segundo foi muito bonito. A torcida nem sentiu a ausência do Diego.

Willian Arão está numa grande fase. Ao lao do Mancuello e do próprio Diego, eles formam um meio-campo muito consistente.

Na minha opinião um dos melhores do país, pelo menos no papel.

Os outros dois gols foram do peruano Paolo Guerrero, que começou bem o ano, já com quatro gols marcados no torneio. Parece que o faro do artilheiro voltou.

Outro peruano, o recém-chegado lateral Miguel Trauco, já mostrou que é bom jogador.

Sem falar que o Flamengo ainda espera pelo Conca e deposita muita esperança no colombiano Berrio, que deve estrear já no próximo domingo, no clássico contra o Botafogo.

O time rubro-negro tem tudo pra ficar ainda melhor. Opções não faltam para o técnico Zé Ricardo.

 

 

 

Gabriel Jesus já passou o Neymar?

Estou vendo toda a imprensa brasileira rasgando os maiores elogios ao Gabriel Jesus.

Alguns estão dizendo até que ele vai passar o Neymar nos próximos anos e será o melhor do mundo.

Calma gente!

Tá certo que ele começou muito bem no Manchester City, com movimentação diferenciada, boas assistências e um gol importante.

Tanto é que ele deixou o argentino Agüero no banco.

Mas não dá pra fazer uma avaliação completa por três jogos, sendo que, num deles, ele jogou poucos minutos.

Já vi muitas histórias de jogadores que tiveram um início arrasador, mas não conseguiram manter o nível.

Acho que todos estes elogios, alguns bem eufóricos, podem até fazer mal para um jogador de apenas 19 anos.

Se Gabriel Jesus entrar em campo achando que é craque, pode se prejudicar.

Vale lembrar que ele está num país novo, com costumes bem diferentes, onde ele não fala o idioma local.

Isso tudo pode não fazer diferença agora que ele está com muita vontade de mostrar serviço e chegou tem pouco tempo.

Mas uma rotina diária no exterior não é feita só de alegrias.

Ele tem um caminho longo pela frente e o negócio é analisar a temporada inteira.

gabrieljesus Gabriel Jesus já passou o Neymar?

Gabriel Jesus comemora seu primeiro gol pelo City

Sinceramente, estou torcendo muito para que ele continue jogando com essa alegria e se adapte o mais rápido possível ao seu novo clube.

Futebol técnico e vistoso ele tem.

O futebol brasileiro precisa ter caras novas que possam dividir a responsabilidade com o Neymar lá na frente.

Gabriel Jesus parece ser o cara certo pra isso.

Até a próxima.

 

 

Página 1 de 212