Sobre as manifestações

praca Sobre as manifestações

Tenho lido e ouvido muitos comentários sobre as manifestações que vem se espalhando pelo país.

É consenso que todos aprovam os protestos e as pessoas nas ruas, mas repudiam a violência. Invadir sede da prefeitura, incendiar carros e ônibus, entre outras atrocidades que estamos vendo, só enfraquece esses movimentos pacíficos.

Acho inclusive que o movimento passe livre tem que vir a público apoiar a PM contra esses bandidos que vem causando enormes estragos em várias cidades, principalmente em São Paulo. Os responsáveis pelo passe livre não podem se esconder nesse momento, porque senão todo mundo acha que eles defendem também a violência e o vandalismo.

Por outro lado, tem sido emocionante e bonito ver como as pessoas estão indo para as ruas protestar pacificamente, levando a família inteira junto. Um protesto não partidário, que reforça a democracia no nosso país. Depois que o protesto e a indignação fez o movimento crescer, não dá pra apontar nenhum líder dessa onda de manifestações, o que eu acho muito positivo.

Só tem um problema: são protestos e reinvindicações que tem vários objetivos. Uns querem a redução do preço da passagem, outros são contra a Copa aqui no Brasil, alguns buscam o fim da impunidade e da corrupção. Há ainda os que não sabem ao certo porque estão tomando as ruas. Talvez seja só o desejo de que o país mude pra melhor.

Acredito que tudo o que está acontecendo já seja um primeiro passo para as tão sonhadas mudanças. Mas, sem um objetivo definido, esses movimentos tendem a se esvaziar com o passar do tempo. É diferente da época do impeachment do Collor ou das diretas já. Enquanto não aconteceu o que o povo queria, os protestos continuavam.

E agora? só diminuir o preço das passagens já tá bom para a maioria? E as outras questões? Será que essa onda de protestos vai continuar forte o suficiente para que várias mudanças aconteçam? Só o tempo dirá...

pic Sobre as manifestações

Sobre a Copa do Mundo, quando o Brasil foi anunciado como sede, todos comemoraram. Acreditavam que a competição realmente traria melhorias para a vida da população. Com o passar do tempo, ficou o sentimento de que muito dinheiro foi gasto nos estádios e não sobrou muito para o que realmente importa pro povo.

Mas, será que se não fosse a Copa, o Governo gastaria mais em educação, hospitais, entre outras coisas essenciais? A vida do brasileiro teria melhorado se não fosse a Copa? Desde 1950 não sediamos uma Copa. Agora a Copa do Mundo é a culpada dos nossos problemas? Acredito que não...

Podemos inclusive nos aproveitar dela. Os olhos do mundo inteiro estão voltados para nós. É hora de fazer com que os protestos saiam das ruas e venham para dentro dos estádios. Vale cantar o hino de costas, levar faixas e cartazes de protesto, vaiar os políticos, entre outras coisas que mostrem para toda a mídia mundial, que não estamos nem um pouco satisfeitos com a atual situação do país. Temos que usar a famosa criatividade brasileira para mostrar que somos politizados e conscientes de tudo que está acontecendo.

Até a próxima.