Abaixo as caxirolas!

1agestado1 Abaixo as caxirolas!

Para os que pensam que foi o Carlinhos Brown que inventou a caxirola, estão muito enganados.

Uma multinacional, a mesma que faz as embalagens do MC Donald's, está por trás da fabricação, confecção e distribuição destes instrumentos, que vão render bilhões de reais para a empresa, para a FIFA e para o Governo brasileiro. Carlinhos Brown serviu apenas para dar popularidade ao objeto (pra mim, nem pra isso, porque eu não gosto das músicas dele).

Não vou entrar muito nestes detalhes comerciais, pois estão muito bem explicados no blog do meu amigo Cosme Rímoli no post que ele publicou na manhã desta segunda-feira (29/04) aqui no Portal R7.

Gostaria de chamar a atenção dos leitores é para a necessidade disso. Só porque na África do Sul tivemos a vuvuzela, no Brasil todo mundo tem que ficar tocando um mesmo "instrumento" durante a Copa?

Logo o Brasil, um país conhecido pela variedade musical nas suas diversas regiões e riqueza de sons nos seus estádios!? Por que não podemos ter um som diferente em cada estádio, ao invés da chatice da caxirola em tudo quanto é lugar?

Sim, pois eles querem adotar este objeto em todos os estádios brasileiros. A estimativa é de que milhões de caxirolas sejam produzidas e distribuídas, já para a Copa das Confederações. Já imaginou? Ninguém vai aguentar!

É claro que eu repudio jogar esses objetos (que mais parecem granadas) nos gramados sob forma de protesto. Aí é realmente falta de educação e civilidade do torcedor brasileiro, não só na Bahia, mas em qualquer lugar onde este tipo de coisa venha a acontecer.

Mas, por outro lado, acho até bom que isso aconteça, para que todos os gananciosos que só querem ter um lucro absurdo às custas de um modismo para a Copa, fiquem alertas. Acho que a FIFA e o próprio Governo brasileiro já estão preocupados com a possibilidade desta manifestação lá na Fonte Nova, se alastrar para outros lugares e "manchar" a imagem do Brasil lá fora (como se já não estivesse péssima...).

Já pensou? Chuva de caxirolas no Messi e na seleção da Argentina? Nos espanhóis e alemães? E se o Brasil perder um jogo, ou quem sabe até a final da Copa?  Não acredito que este artefato de plástico possa machucar alguém, mas tem peso suficiente pra bater na cabeça de quem estiver mais próximo da arquibancada. E estas imagens seriam exaustivamente mostradas no mundo inteiro...

Por isso proponho um boicote às insuportáveis caxirolas! Que os sons dos estádios brasileiros não fiquem pasteurizados e uniformes como eles querem só pra ganhar dinheiro em cima da paixão do povo. Até a próxima