Ronaldinho fez a diferença

Ronaldinho Ronaldinho fez a diferença

Foto: Clive Brunskill/Getty Images

Em um ano de Copa das Confederações todos já analisam uma partida com os futuros selecionáveis do Felipão.

Pensando nisso, enquanto estava vendo o jogo entre Atlético e São Paulo pela libertadores, fiquei observando três jogadores que podem, ou poderiam estar em uma futura lista da seleção. Ronaldinho, Luiz Fabiano e Ganso.

Este último para mim é carta fora do baralho. Reserva no São Paulo, entrou no segundo tempo e quase não tocou na bola enquanto esteve em campo. Lento e perdido, Ganso ainda errou alguns passes antes de ter a chance de empatar o jogo no final e chutar pra fora. Uma caricatura daquele baita jogador do Santos. Acho muito difícil ele melhorar a tempo de jogar a Copa das Confederações. Desse jeito nem no São Paulo vai ter vaga.

Luiz Fabiano também teve uma grande oportunidade e não aproveitou. Tá certo que o goleiro Victor teve seus méritos, mas ele não me parece ser um jogador decisivo em jogos importantes. Enquanto isso, na Venezuela, Fred fez o gol que deu a vitória ao Fluminense contra o Caracas. Esse sim, vive um momento melhor e merece estar na lista da seleção. O "fabuloso" não.

Por falar em merecimento, tenho que admitir que queimei minha língua ao falar que o Ronaldinho não merece estar na lista do Felipão. Ele vem provando que deve ser lembrado sim. Contra o São Paulo fez a diferença.

No primeiro gol ele estava na hora certa, no lugar certo e enganou todo mundo da defesa tricolor ao perceber que ninguém notou a sua presença lá na frente. Como em cobrança de lateral não tem impedimento, ele foi muito inteligente no lance. O segundo gol foi total mérito dele. Fez uma grande jogada pela direita e cruzou na medida para o Rever fazer de cabeça.

Claro que o Ronaldinho não é mais aquele do Barcelona, nem da Copa de 2002, mas do jeito que está motivado, com boa movimentação e condicionamento físico, merece sim estar na seleção. Se continuar jogando essa bola, certamente será convocado.

Nada como uma véspera de Copa aqui no Brasil, pra transformar o Ronaldinho hein! Não tem nem comparação com aquele jogador lento e pesado do Flamengo. Quanta diferença...  Bom pra ele e pra seleção brasileira.

+ No R7 Livros você encontra muito mais sobre futebol. Entre!  

Veja mais:
+ R7 BANDA LARGA: provedor grátis!

+ Curta o R7 no Facebook

+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia

+ Todos os blogs do R7