Apostas erradas

Vendo o jogo do Brasil contra a Inglaterra fiquei com a impressão que o Luiz Felipe Scolari está fazendo algumas apostas erradas. A primeira delas é a insistência em ter o Ronaldinho Gaúcho em campo. Na minha opinião ele não era nem para ter sido convocado, mas começou o jogo como titular.

Não estou nem falando do pênalti desperdiçado, porque isso pode acontecer. É do jogo. Mas não dá pra acreditar que o Ronaldinho será aquele mesmo jogador de 2002. O tempo passa e hoje ele não tem mais aquela movimentação. Se hoje ele já está assim, imagine daqui a um ano e meio na Copa.

O Luiz Fabiano também nem era para estar na lista e começou como titular. Primeiro acho ele um destemperado, que pode colocar tudo a perder em um jogo decisivo. Diversas vezes já foi expulso e prejudicou o São Paulo. Imagina na Copa, com uma pressão imensa nas costas, o que ele não seria capaz de fazer. A verdade é que o Fred entrou, fez o gol da seleção e mostrou que é melhor opção do que ele.

Nesse time acho que o Lucas tem que ser trabalhado para ser titular na Copa. Esse sim é jovem, com muita velocidade, futebol promissor, apesar de ainda não ser um craque, e merece a aposta do Felipão. Muito mais do que o Ronaldinho Gaúcho.

Achei a seleção vulnerável na defesa. Toda hora tinha um jogador inglês nas costas de um zagueiro e ninguém na cobertura. Se quer jogar com esquema mais ofensivo, tem que cuidar para ter pelo menos dois jogadores ágeis e bons na marcação. Penso que esse problema o Luiz Felipe Scolari pode resolver. Tem bons jogadores do meio para trás e não terá muitas dores de cabeça.

E o Neymar, hein? Pouco tocou na bola, mais uma vez foi envolvido pela marcação, e só vem provando o que os críticos falam o tempo todo: na seleção ele não resolve. Na minha opinião não dá para contar com ele como o homem que pode resolver um jogo na Copa. No Santos ele só falta fazer chover. Mas na seleção...