Os 50 anos do mito

Gostaria de dar os parabéns ao baixinho Romário pelos seus 50 anos de idade, que ele está comemorando hoje.

Na minha opinião, o melhor atacante da história do futebol brasileiro. Um dos maiores de todos os tempos do futebol mundial.

Um cara que foi o grande responsável pela conquista do tetra pela nossa seleção em 94.

Tá certo que aquela equipe era muito equilibrada em todos os setores, mas a dupla de ataque formada por Romário e Bebeto era fora de série. A melhor que uma seleção brasileira já teve em uma Copa do Mundo.

Com a camisa do PSV e depois do Barcelona, ele assombrou o mundo com sua velocidade e faro de gol.

O futebol carioca também se rendeu ao talento do baixinho. Não é fácil para um jogador ser ídolo das torcidas do Vasco, Flamengo e Fluminense.

Tive o privilégio de, não só ver de perto o Romário jogar, como de narrar alguns jogos e gols memoráveis.

No milésimo gol dele, em 2007, pelo Vasco, eu era o único narrador da TV brasileira a descrever aquele momento espetacular não só da carreira dele, como do futebol mundial.

Quis o destino que, cinco anos depois, eu o conhecesse pessoalmente e trabalhasse junto com ele nos Jogos Olímpicos de Londres. Pela Record, fizemos uma boa dupla e transmitimos todos os jogos da seleção masculina buscando a inédita medalha de ouro.

para tuiteiros romario como comentarista e um otimo deputado veja cornetadas 1343840016326 615x3001 Os 50 anos do mito

No Old Trafford, em Manchester, momentos antes de entrar no ar

A conquista não veio, mas pude conviver com um ídolo no melhor momento da minha carreira. Sem dúvida, uma época que jamais vou esquecer na minha vida.

Parabéns Romário! Muitos anos de vida parceiro!

Vou continuar sempre te admirando e torcendo pelo seu sucesso.

Negócio da China

 Negócio da ChinaEssa é de chorar de rir.

Talvez mais chorar do que rir...

Fiquei estarrecido em saber que os chineses, depois da chuva de contratações dos brasileiros, podem fechar com um treinador brasileiro para a seleção de seu país.

O pior de tudo é que o brasileiro cotado é o Felipão.

Logo ele, que foi o grande responsável pelo fiasco do Brasil na última Copa.

Um profissional que já mostrou claramente que não conseguiu se reciclar ao longo dos anos e se transformou num treinador problemático.

Pois ele está concorrendo com o espanhol Gregorio Manzano e com o italiano Marcelo Lippi, para substituir o francês Alain Perrin, demitido após uma série de maus resultados.

Será que os chineses, com toda a grana que tem, não poderiam tentar o Tite?

Ou o Cuca que já conhece o futebol por lá?

Sei não, mas se o Felipão conseguiu levar de sete com a seleção brasileira, imagina com a chinesa...

Até a próxima.

 

 

A Liga sai ou não sai?

A CBF recuou e agora quer proibir a realização do torneio Sul-Minas-Rio, chamado de Primeira Liga.

Só deu aval para a disputa da primeira rodada. Assim mesmo em caráter amistoso, sem valer pontos, nem título. A partir de fevereiro, nenhum clube pode disputar jogos pelo torneio, se é que podemos chamá-lo assim.

Na verdade, a entidade máxima do nosso futebol, está cedendo à pressão da Federação de futebol do Rio de Janeiro, que está exigindo punição à dupla Fla-Flu, caso eles disputem uma competição paralela ao Campeonato Carioca.

O impasse está criado.

Se os clubes acatarem a ordem da CBF e não disputarem a Primeira Liga, eles vão dar um passo gigantesco pra trás, na tentativa de tentar mostrar um caminho paralelo no futebol brasileiro.

Seria uma demonstração enorme de fraqueza, de um movimento que se mostrava firme contra o velho poder hierárquico que rege o nosso futebol.

Se eles peitarem A CBF e a FERJ e decidirem manter os jogos, vão correr o risco de punição.

Mas, qual seria essa punição?

Flamengo e Fluminense podem ser multados com o valor da cota que receberiam pelo Estadual. Além disso, podem ter suas equipes de base proibidas de disputar os campeonatos.

No entanto, o diretor jurídico da Liga, Eduardo Carlezzo, garante que a Lei Pelé permite a realização do torneio. Segundo ele, os clubes não precisam da autorização da CBF para realizar uma liga independente.

O Presidente do Grêmio, Romildo  Bolzan Junior, se apressou em dizer que os clubes não temem punição, até porque, se punir um, vai ter que punir todos os clubes.

Esta história ainda vai render muitas discussões e brigas políticas.

Não sei não, mas pelos discursos que vimos até agora, Flamengo e Fluminense vão roer a corda e desistir de uma competição que poderia ser o primeiro passo na tentativa de mudar a gestão do futebol por aqui.

Enquanto isso, o Coronel Nunes continua como homem forte da CBF...

Até a próxima.

 

Alguns campos vão encolher. E muito

Finalmente a CBF tomou uma medida que promete ser boa para o futebol brasileiro.

A entidade decidiu padronizar o tamanho dos gramados em todos os estádios que vão sediar jogos das séries A e B. A partir de agora todos os campos, obrigatoriamente, terão 105 metros de comprimento, por 68 metros de largura.

Vale lembrar que essa medida, 105 por 68, foi a definida pela FIFA durante a Copa de 2014. Portanto, os estádios da Copa não vão precisar grandes alterações.

Esta padronização foi decidida após a reclamação do técnico Levir Culpi  sobre os diferentes treinamentos que ele tinha que aplicar, para se ajustar a tamanhos de campos diferentes, de acordo com o adversário. Ele abordou o assunto em um evento de futebol no final do ano passado.

Pois a reclamação surtiu efeito e a CBF resolveu se mexer para que essas diferentes medidas fiquem no passado. Em alguns campos, até a distância da marca do pênalti para o gol era diferente. Por isso, eu sou totalmente à favor da regulamentação.

Curioso é que um dos gramados que mais fugiam dessa medida padrão era o da Vila Belmiro. Com 106,18 por 70,23, o gramado santista era mais de dois metros mais largo do que o padrão. Tinha mais de um metro de profundidade também. O estádio acanhado com a arquibancada muito próxima do gramado, dava a falsa impressão que o campo era menor também.

Quem vai ter que diminuir muito de tamanho é o campo do Morumbi (108,25 x 72,73), do Couto Pereira (109,10 x 72,06) e da Ilha do Retiro (109,94 x 75,20).

Mas o campeão do gramado grande é o estádio Serra Dourada (110,15 x 75,14), que terá que encurtar mais de cinco metros e estreitar mais de sete metros.

Vale destacar que nenhum dos principais estádios do país vai precisar aumentar o campo. Praticamente todos eles tinham pelo menos essa medida padrão.

Até a próxima.

 

 

 

 

 

Valeu Wendell!

45dosauln8 4wuun3caty file Valeu Wendell!

O gol que Wendell fez pelo Goianésia foi o mais bonito de 2015

A Bola de ouro da FIFA teve um momento muito especial.

O troféu de gol mais bonito do ano para o Wendell Lira foi uma emoção à parte. A declaração dele dizendo que pôde estar perto de craques que ele só via no video game foi espetacular.

Ainda citou Davi e Golias, pra dizer que os considerados mais fracos também podem surpreender.

Valeu Wendell! Achei o seu gol e a sua participação espetaculares! E pensar que pouco tempo atrás ele estava desempregado. Há poucos meses ele assinou com o Vila Nova e com certeza já é ídolo do clube.

Tomara que essa seja a primeira de muitas alegrias e conquistas que ele tenha na carreira. Com 27 anos de idade, a hora é essa de colher os frutos desse prêmio.

A festa só não foi completa porque o Messi mais uma vez ficou com a bola de ouro.

Sinceramente, não achei que o argentino jogou mais que o Neymar na última temporada. O craque brasileiro foi um dos artilheiros e marcou gols em todas as partidas do mata-mata da Champions League. Mas, parece que esse prêmio da FIFA tem cartas marcadas.

Quem entregou o troféu foi Kaká, último ganhador brasileiro. E olha que ano que vem este feito vai completar dez anos.

É isso mesmo. A última vez que um brasileiro foi considerado o melhor do mundo foi em 2007.

Quem sabe em 2017 o Neymar leva?

Só nos resta torcer...

 

 

 

Só falta o Tite

O futebol chinês, que começou o ano de forma avassaladora, contratando muitos jogadores, principalmente do Corinthians, também sabe demitir.

Foi embora hoje o técnico da seleção chinesa, o francês Alain Perrin, que caiu após uma sequência de maus resultados.

A China está muito mal nas eliminatórias asiáticas para a Copa de 2018. Em terceiro lugar no seu grupo, ela não alcança mais o Catar, que é o primeiro colocado, com 18 pontos. O máximo que pode conseguir é ultrapassar Hong Kong, e ficar em segundo. Mesmo assim ainda vai depender de uma combinação de resultados para terminar entre os melhores segundos colocados e passar à próxima fase.

Nesse momento, Hong Kong tem três pontos na frente, com um jogo a mais. A seleção chinesa terá que vencer as duas próximas partidas para ter chances. No final de março enfrenta a fraca Maldivas, para depois decidir a vaga em casa contra o líder Catar.

Situação dramática que exige a contratação de um grande técnico para tentar reverter o quadro.

Já que a moda agora na China é contratar jogadores do Corinthians, por que não leva também o Tite pra seleção local?

Tenho certeza que ele poderia treinar qualquer seleção do mundo, menos a brasileira, porque a CBF não quer...

Até a próxima.

China ou seleção?

 China ou seleção?

Seleção vai ficar mais distante do Renato Augusto

Tenho ouvido muitas críticas sobre o Renato Augusto porque ele resolveu aceitar ir pra China. Principalmente porque ele estava num grande momento no Corinthians e já sentia o gostinho de ser convocado para a seleção brasileira.

Agora ele resolveu jogar essa oportunidade fora e ir para um mercado periférico do futebol, onde os campeonatos e times não são fortes. Pelo contrário, a chance dele ser esquecido por lá é muito grande.

Mas é difícil fazer esse tipo de julgamento. Não podemos negar que R$ 2 milhões por mês é muita grana. Vale citar que o Renato acabou de se casar e está pensando em resolver de uma vez por todas o seu futuro. Com dois anos recebendo este salário, ele já faz um senhor pé de meia pra vida toda.

E ele não será o único. Os chineses estão vindo com um caminhão de dinheiro e levando muitos jogadores daqui. Apesar do crescimento menor, a economia chinesa continua muito forte e está adotando uma política de investimento para valorizar o futebol no país. Não tenho dúvidas de que essa avalanche de contratações é só o começo. A ideia é tornar a China um dos principais centros de futebol do mundo.

Quem está sofrendo com isso é Corinthians. O mesmo clube que deixou tudo acertado com o Renato Augusto, agora quer levar o Ralf. O Beijing Guoan já teria inclusive anunciado a contratação dos dois jogadores.

A saída do Ralf é surpreendente porque ele acabou de renovar contrato por mais dois anos. Mas, como a multa rescisória é considerada pequena (1 milhão de dólares), o jogador também vai deixar o clube.

Outro que pode sair nas próximas horas é o Elias. Ele negocia com o Hebei China Fortune, recém-promovido à elite do futebol chinês. Apesar da possibilidade de também receber quase R$ 2 milhões mensais, o jogador está relutante em aceitar. Justamente por agora ser titular da seleção brasileira e alimentar o sonho de disputar a Copa do Mundo de 2018.

Este é o dilema do momento entre os jogadores assediados. Vou para a China ou fico pra tentar uma vaga na seleção?

Dor de cabeça para esses jogadores e para o técnico Tite, que vai ter que fazer malabarismo pra montar um meio-campo decente nesse início de ano.

Até a próxima.

 

Planos para 2016

O primeiro Esporte Fantástico do ano (que foi ao ar ao vivo no sábado), trouxe duas entrevistas muito interessantes, com grandes nomes do futebol brasileiro. Eles falaram sobre seus planos para 2016.

Uma delas foi com o técnico Cuca. Após uma passagem vitoriosa pelo futebol chinês, com títulos e muito dinheiro no bolso, ele não aguentou a saudade do Brasil e resolveu voltar.

Cuca deixou escapar que a partir do segundo trimestre, já estará a disposição pra acertar com um grande clube. Acho que o treinador quer deixar passar esse início de ano, onde os times disputam os estaduais e a primeira fase da Libertadores, pra depois assumir algum clube. Acredito que o objetivo é iniciar o trabalho no início do campeonato brasileiro, sem o desgaste que dos estaduais que não valem muita coisa.

Quem sabe ele tem a chance até de ainda disputar a Libertadores, substituindo alguém que não começou bem na competição?

O fato é que ele está de férias e pode se dedicar mais à família antes de voltar ao trabalho. Mercado pra ele é o que não falta. Acho que teremos uma chuva de boas propostas quando ele estiver pronto. Enquanto isso, segundo ele mesmo disse, vai aproveitar pra estudar e se reciclar. Coisa que noventa por cento dos treinadores brasileiros deveriam fazer, mas não querem abrir mão de continuar ganhando dinheiro.

A outra entrevista foi com a dupla do Vasco, Jorginho e Zinho. Depois de terem feito um ótimo trabalho com a equipe no segundo turno, quase salvando o clube do rebaixamento, o pensamento deles é fazer uma boa campanha na série B desse ano. O grande objetivo do Vasco em 2016, é retornar sem sustos para a primeira divisão, assim como fez o Botafogo em 2015.

Acho que o Eurico Miranda acertou na manutenção dos dois para dar continuidade ao trabalho que já foi feito. O estadual pode servir de pré-temporada e laboratório para o brasileirão que vem na sequência. Até porque o clube dispensou muitos jogadores do elenco. Jorginho e Zinho terão que se adaptar a um orçamento mais modesto e um grupo mais enxuto para voltar à elite. Mas, pelo menos, não vão começar o trabalho do zero.

Se conseguirem segurar o Nenê no elenco, já será um grande feito. Ele é o nome certo para ser o maestro e liderar o grupo vascaíno.

Até a próxima.

Passeando no Japão

Deu a lógica.

Mesmo sem Messi e Neymar, o Barcelona não deu chances para o Guangzhou Evergrande.

O time chinês bem que tentou se defender e sair jogando com velocidade quando tinha a posse de bola. Mas não deu certo.

Paulinho e Elkeson até tiveram chances, mas não aproveitaram.

Já o Barça foi cirúrgico. Mesmo sem ser brilhante, a equipe aproveitou as oportunidades.  No início do segundo tempo praticamente já tinha definido o jogo. Depois disso, visivelmente tocou bola e se poupou para a final. Ainda deu tempo para Luis Suarez fazer o terceiro dele de pênalti.

Vale lembrar que o grupo só chegou no Japão na última segunda. Claramente o time não está inteiro fisicamente e teve de se adaptar ao fuso-horário. Ainda por cima, perdeu Messi com crise renal na véspera do jogo.  Mas nada como ter um elenco forte e equilibrado. O único do trio MSN com condições de jogo, fez a diferença.

Agora a decisão que todos queriam e previam vai acontecer. Barcelona e River se enfrentam no domingo pelo título mundial.

O Barça é o grande favorito pra esse duelo também. Para o time argentino, resta aceitar que é o azarão da história e jogar fechadinho pra não levar gol. Se tentar jogar de igual pra igual, vai ser goleado.

Se o gol demorar pra sair, bota o Messi e o Neymar mesmo baleado em campo que eles resolvem.

Deve ser muito bom torcer pro Barcelona...

Até a próxima.

Que venha o Barcelona

Com uma virada nos minutos finais da partida, o Guangzhou Evergrande, derrotou o América do México e garantiu sua vaga para as semifinais do mundial de clubes.

O time comandado por Luiz Felipe Scolari, na minha opinião, era o favorito. É o principal time da China e conta no seu elenco com oito jogadores da seleção.

Além disso, tem uma turma de brasileiros por lá.

Robinho, ex-atacante do Manchester City e do Real Madri, é um dos destaques.

O volante Paulinho, que chegou à estar em campo na derrota por 7 a 1 para a Alemanha na Copa, fez o gol da classificação. Ele é o organizador das jogadas de um time que ainda tem o ex-cruzeirense Ricardo Goulart e Elkesson entre os brazucas.

1cbf4 1024x647 Que venha o Barcelona

Felipão e Paulinho agora estão juntos na China

A equipe agora se prepara para enfrentar o todo poderoso Barcelona na próxima quinta. Claro que, nesse caso, o favoritismo muda de lado.

Apesar da ausência do Neymar nesse jogo, o time comandado por Messi e Luiz Suarez deve vencer com tranquilidade. Felipão torce até pra não ter mais nenhuma goleada contra ele. O trauma dos 7 a 1 ainda persiste.

Mas vale lembrar que o Barça só chegou no Japão nesta segunda, sem ter muito tempo pra se adaptar ao clima e ao fuso horário. Essa pode ser uma grande vantagem do time chinês. Sem falar que a equipe vai entrar em campo sem nenhuma responsabilidade de ter que fazer um bom resultado.  A obrigação da vitória é do Barcelona.

Será que teremos uma surpresa nessa semifinal?

Na outra partida, o Sanfrecce Hiroshima, campeão do país-sede, Japão, conseguiu uma vitória fácil por 3 x 0 sobre o campeão africano Mazembe. Agora enfrenta o River Plate na quarta, num jogo onde os sul-americanos são favoritos.

Até a próxima.

 

 

Página 1 de 6312345...Último