Jóbson merece mais uma chance?

Ele está voltando a treinar com o grupo principal do Botafogo. A diretoria resolveu lhe dar mais uma oportunidade.

O jogador tem contrato com o clube até dezembro do ano que vem, mas não atua pelo alvinegro desde 2012.

A  reintegração dele está causando polêmica.

Há uma corrente que acha que ele errou, mas nunca é tarde pra mudar de vida.

Outra acredita que ele não tem jeito mesmo. Os problemas com bebidas, drogas e noitadas vão continuar fazendo parte da sua rotina.

Eu pagaria pra ver.

Acho que dar mais uma chance ao Jóbson não vai custar nada ao Botafogo. Até porque, ele tem contrato com o clube.

Quem sabe ele volta bem e tem o passe valorizado para uma futura negociação?

Em um momento em que os atacantes do Botafogo estão numa fase ruim ou lesionados, ele pode sim reforçar o setor.

Claro, é uma aposta que pode dar errado também. Uma recaída pode botar tudo a perder.

Nesse caso, a diretoria ficaria com a consciência tranquila, de que tentou mais uma vez.

Os amigos concordam comigo?

Até a próxima

 

Melhor deixar o Pato de fora

2spfc Melhor deixar o Pato de fora

O São Paulo teria que pagar 1 milhão de reais de multa, para que o Alexandre Pato entrasse em campo contra o Corinthians, seu ex-clube, no próximo domingo no Itaquerão.

Aí vem a pergunta: vale pagar tudo isso?

Se o clube tricolor tivesse nadando em dinheiro, eu acho até que valeria sim. Até pra cutucar o rival.

Em um momento em que o São Paulo está em busca do título, apenas quatro pontos atrás do Cruzeiro, qualquer reforço é válido. Quanto mais em um jogo difícil contra um Corinthians que terá a sua fiel torcida empurrando o time.

Mas acho que é muito dinheiro, não só pro tricolor, mas para qualquer clube brasileiro. Totalmente fora da realidade.

Soma-se a isso a grave crise política que o clube atravessa. Nesse momento altamente conturbado, é melhor não fazer nenhuma graça que possa causar arrependimento depois.

Imagina se o Pato não jogar nada?

Vai ter sido dinheiro jogado fora. Prato cheio para a corrente do Juvenal Juvêncio, que quer ver o atual Presidente Carlos Miguel Aidar se dar mal. E com toda a razão, diga-se de passagem.

Aliás, é uma pena pro São Paulo toda essa briga interna acontecendo, logo em uma fase tão boa dentro de campo. Acho que tudo isso vai respingar no grupo de jogadores, mais cedo ou mais tarde.

Até a próxima.

Esquentou pra valer

O Morumbi lotado viu uma partida digna de uma decisão de campeonato.

Antes de levar o gol, o Cruzeiro chegou com perigo e teve boas oportunidades.

Mas foi o São Paulo que abriu o placar em um pênalti bem marcado. O árbitro acertou também ao não aplicar o segundo cartão amarelo ao Dedé. Pra mim, foi uma falta normal de jogo, portanto não justifica a reclamação exagerada do Kaká.

Depois desse gol o Cruzeiro não mostrou força de reação. Pelo contrário, foi o São Paulo que teve mais chances de ampliar e mereceu o segundo gol.

Bom para o campeonato, que agora vê uma outra equipe forte na briga pelo título. A disputa promete esquentar daqui pra frente.

Sobe o São Paulo, desce o Corinthians. Incrível como a equipe jogou mal diante do Flamengo.

A equipe carioca em nenhum momento foi pressionada e criou várias chances de gol.

Tá certo que o Eduardo da Silva estava impedindo no lance que deu a vitória ao rubro-negro, mas o resultado foi justíssimo.

Inter e Fluminense  venceram e deixaram a briga pela Libertadores mais acirrada.

Sem falar no Grêmio, que arrancou um ótimo empate fora de casa contra o Galo e continua firme na briga.

Entre os últimos colocados, Bahia, Chapecoense e Criciúma venceram e deixaram a disputa contra o rebaixamento mais emocionante. Palmeiras e Botafogo que se cuidem.

Que o Brasileirão é um campeonato fraco e nivelado por baixo, não há dúvidas. Mas emocionante ele está. Tomara que continue assim.

Até a próxima.

Petros se deu bem. Quem sai perdendo é o futebol brasileiro

O STJD diminuiu a pena do Petros, jogador do Corinthians, de seis meses para três jogos de suspensão.

Qual foi a mágica que o Corinthians fez pra diminuir tanto assim o gancho?

Eles conseguiram convencer os auditores que não houve uma "agressão" ao juiz e sim "atitude contrária à disciplina".

Uma simples mudança de artigo (do 254 para o 258), transformou 180 dias em três jogos.

Ou seja, não vai durar nem dez dias o afastamento do Petros, que inclusive fez gol ontem contra o Galo, se valendo de efeito suspensivo.

Se aquilo não foi agressão, sinceramente, acho que pra pegar seis meses, o cara tem que dar uma voadora com direito à nocaute pra cima do árbitro. Se não derrubar, não vale!

Esse futebol brasileiro é uma piada mesmo...

Não sei se dá vontade de rir ou de chorar.

Até a próxima.

 

Só o São Paulo pode assustar

Botafogo x São Paulo foi o jogo mais empolgante da rodada.

O tricolor saiu na frente, o Bota conseguiu uma virada merecida e o São Paulo mostrou sua força, ficando com a vantagem de novo.

Quando se esperava um segundo tempo bem disputado e equilibrado, o Airton tratou de estragar tudo pros cariocas ao dar um chute no Alexandre Pato caído, na maldade.

Ficou muito claro que o jogador teve a intenção de agredir o adversário, achando que o árbitro não veria. Se deu mal.

Já não é a primeira vez que ele é expulso de forma infantil nesse campeonato. Foi emblemático ver a cara de desânimo do Vágner Mancini, reprovando a atitude dele.

Um caso como esse merece punição exemplar da diretoria alvinegra. Ele prejudicou o time num momento em que o Botafogo ia buscar o empate. E, na minha opinião, tinha até condições  de reverter a situação adversa.

A equipe não estava jogando mal, muito pelo contrário. Incrível como o Mancini conseguiu dar um padrão de jogo para uma equipe que sabidamente é carente em várias posições. Se o elenco do Botafogo fosse um pouco melhor, o clube não estaria na briga pra não cair.

Claro que depois da expulsão a partida perdeu um pouco da graça. E olha que o Botafogo ainda teve uma boa chance de empatar, mesmo com um a menos, antes de levar o quarto gol.

As estrelas são-paulinas voltaram a se entender bem. Souza também foi decisivo.

Com esse resultado o confronto entre São Paulo e Cruzeiro passou a significar uma final antecipada. Uma vitória dos paulistas pode esquentar de vez o campeonato.

Se o Cruzeiro vencer, pode dar o troféu por antecipação pros mineiros.

Até porque, pelo que estamos vendo, somente o São Paulo pode representar algum perigo pros cruzeirenses.

O Inter perdeu mais uma e está descendo a ladeira. O Corinthians oscila demais e não parece ter força pra manter uma sequência de bom resultados.

Grêmio e Fluminense não inspiram a menor confiança. Pra eles a briga é por uma vaga na Libertadores. Ainda acredito que os dois vão passar por fases ruins no brasileirão.

Domingo o Morumbi estará lotado. Será um jogo imperdível!

Até a próxima.

 

O campeonato pode esquentar de novo

Impressionante a força do líder disparado Cruzeiro no campeonato brasileiro.

Mesmo desfalcado, soube jogar melhor no segundo tempo e por pouco não saiu com a vitória.

Mas não podemos tirar o mérito do goleiro Fábio também. Em dois momentos cruciais da partida ele fez defesas difíceis e salvou o time mineiro.

No primeiro ele evitou que o tricolor ampliasse a vantagem no final da primeira etapa. Se o Fluminense fizesse 3 a 1 antes do intervalo, a história do jogo poderia ter sido outra. Logo depois o Cruzeiro conseguiu empatar.

No segundo momento ele evitou o que seria o gol de empate, mas não adiantou muito. O Fluminense ainda teve forças pra empatar no final.

Deu pra perceber como o sistema defensivo cruzeirense é mais seguro e confiável que o do Flu. Tanto é que o gol da virada tricolor saiu não por falha da defesa, mas sim porque o Dedé se chocou com o Fred e caiu. Pra mim um choque normal de jogo.

Mesmo assim o time carioca, jogando em casa, mostrou porque está na briga por uma vaga na Libertadores. Se acertar a sua defesa tem grandes chances de terminar a temporada no G4.

Por falar em G4, dos cinco primeiros só o São Paulo ganhou. Por isso é o novo vice-lider no lugar do Inter, que perdeu pro Figueirense diante da sua torcida.

Dos gaúchos, só o Grêmio se deu bem com um gol no final do jogo contra o Flamengo em um Maracanã lotado.

Agora o tricolor também está na briga por uma vaga na Libertadores, mas como tem o Felipão como técnico, não dá pra confiar que vai dar sequência aos bons resultados.

A diferença entre Cruzeiro e São Paulo é de sete pontos. Vale lembrar que no próximo domingo os dois se enfrentam no Morumbi.

Final antecipada?

Não diria isso porque tem muito campeonato pela frente. Mas, se o São Paulo ganhar, passa a acreditar que pode chegar ao título. Essa confiança pode fazer a diferença no restante da competição. Elenco pra isso o tricolor tem.

Até a próxima.

 

 

A volta do papai Joel

Depois de quase um ano e meio sem emprego (só fazendo comerciais),  Joel Santana voltará a ser técnico de futebol.

Ao que tudo indica ele vai acertar com o Vasco. O anúncio oficial está sendo aguardado nas próximas horas.

A vinda dele mais uma vez mostra como os homens que dirigem o clube não se entendem.

O diretor de futebol Rodrigo Caetano, chegou a dar entrevistas afirmando que faltavam poucos detalhes para a contratação do Enderson Moreira.

Mas este discordou do pouco tempo de contrato e preferiu ir pro Santos.

Diante disso, o Presidente Roberto Dinamite se apressou em tomar a frente das negociações e marcou uma conversa com o Joel, que prontamente se mostrou disponível.

Evidentemente que, para um treinador desempregado como é o caso dele, essa é uma chance de ouro de voltar ao mercado.

E para o Vasco? Será que é bom negócio?

Sinceramente, acho que sim.

Primeiro porque ele conhece muito bem o clube, já tendo conquistado vários títulos, como jogador e como técnico. Essa identificação com o Vasco pode ser fundamental para que o trabalho seja bem feito.

Segundo porque o Joel Santana tem fama de apagar incêndios. Ele pode dar uma injeção de ânimo em um grupo que está com a autoestima muito baixa.

Se o Luxemburgo deu certo no Flamengo, por que o Joel não pode funcionar no Vasco? Ele também conhece muito de futebol.

Melhor que o Adílson Batista e que o Enderson Moreira, certamente ele não é. É um treinador de ideias mais antigas e uma visão mais ultrapassada. Quanto mais depois de ficar tanto tempo encostado.

Mas acho que esse elenco do Vasco tem qualidade suficiente para conduzir o clube de volta à primeira divisão, que é o grande objetivo do ano.

Só falta alguém que saiba dar a cada jogador a motivação necessária para o time sair da crise.

Isso, nem que seja na base do "oba oba", o experiente treinador, sabe como fazer.

Ainda tem o ex-jogador Felipe, que pode vir junto, como assistente, pra ajudá-lo nessa missão.

Se vai dar certo, aí já são outros quinhentos...

Até a próxima.

 

 

Que noite!

Foi uma noite espetacular na Copa do Brasil.

Tá certo que o Flamengo só levou a definição pros pênaltis por causa de uma ajuda da arbitragem que marcou uma penalidade inexistente.

Mas atire a primeira pedra quem nunca foi beneficiado pelo juiz. O time conseguiu uma classificação heróica diante da sua torcida.

Mais heróica e inacreditável ainda foi a vaga conquistada pelo Botafogo. Que jogo!

Os dois gols da virada por 4 a 3 aconteceram nos acréscimos quando o Ceará já comemorava o resultado.

Essa classificação histórica confirma a máxima de que "há coisas que só acontecem ao Botafogo", mas pelo lado positivo.

Na minha opinião, foi o resultado mais improvável e surpreendente da noite por conta das circunstâncias. Até porque o jogo foi disputado no Castelão.

Agora o time carioca pega o Santos, com a exclusão do Grêmio na competição. Aliás, punição que já era esperada e acabou não ficando tão ruim para o tricolor gaúcho, pois já tinha perdido o primeiro jogo em casa e estava numa situação muito difícil.

O Atlético PR quase reverteu a desvantagem de 3 a 0 diante do América RN. A pressão foi enorme até os últimos minutos, mas o terceiro gol acabou não saindo, graças à grande atuação do goleiro adversário. O América terá pela frente o Flamengo na próxima fase.

O Corinthians tratou de espantar a zebra e fez  3 a 0 com facilidade diante do Bragantino. Ainda levou um gol no final, mas nada que pudesse representar um grande risco.

O Cruzeiro, como sempre não deu chances pro azar e ganhou de novo do Santa Rita. Agora os mineiros enfrentam o ABC de Natal, que passou pelo Vasco.

Vale parabenizar o futebol potiguar, que colocou duas equipes nas quartas de final.

Já era de se esperar uma Copa do Brasil cheia de surpresas emoções. Mas esta primeira edição da competição disputada durante todo o ano está superando todas as expectativas.

Que continue assim!

Até a próxima.

 

 

 

Cruzeiro lá em cima. Baianos lá embaixo

Estou triste de ver os dois times baianos nas últimas colocações do campeonato brasileiro.

Acho que o Vitória tem um elenco até melhor que o do Bahia, mas com a volta do Ney Franco ao comando do time, será uma caminhada ainda mais difícil pra se manter na primeira divisão.

Se bem que eu fiz críticas ao trabalho do Luxemburgo e deu no que deu. O cara é o técnico de melhor aproveitamento até agora nesse brasileirão. Os cariocas derrotaram exatamente o Vitória, com direito a pênalti perdido pelo Juan.

Mas, convenhamos que o Flamengo jogou melhor e mereceu a quinta vitória seguida. Impressionante como, de candidato ao rebaixamento, a equipe agora já vislumbra a possibilidade de Libertadores. Mas vamos com calma. O primeiro passo, que era de afastar o clube do Z4, já foi dado.

Acredito que nós temos pelo menos uns sete times que ainda podem brigar por uma vaga na Libertadores. Tirando o Cruzeiro está disparado na frente, do segundo ao nono colocado, todos tem chances.

O equiliíbrio é muito grande. O São Paulo, por exemplo, teve que correr atrás do empate contra o Figueirense.

O Corinthians, mesmo jogando diante de mais de 35 mil torcedores, não passou de um empate contra o Fluminense.

O time carioca foi melhor no primeiro tempo e mereceu a vantagem. O Corinthians voltou pressionando no segundo tempo e teve chances até de virar o jogo.

Pra mim houve um pênalti do goleiro tricolor no final da partida que o juiz não deu. Mas, minutos antes, o Fluminense fez um gol mal anulado com a marcação de um impedimento inexistente.

A arbitragem acabou errando pros dois lados.

O Cruzeiro agradece os tropeços dos rivais e nada de braçada. Já são oito pontos de vantagem.

Até a próxima.

 

O Grêmio não tem culpa

Sinceramente, não acho que o Grêmio deva ser punido por causa das atitudes racistas de alguns torcedores contra o goleiro Aranha.

Afinal de contas, que culpa tem o clube de ter uns idiotas que nem se preocuparam de aparecer para o Brasil inteiro xingando e provocando o goleiro santista?

Não só no Brasil, mas em vários lugares do mundo cenas como essas infelizmente acontecem. Não dá pra tapar o sol com a peneira.

Cabe às autoridades punirem aquelas pessoas que foram identificadas pelas câmeras. Racismo é crime inafiançável e as imagens são bem nítidas.

A moça que aparece gritando "macaco" inclusive já foi afastada das suas funções no trabalho. Ela se chama Patrícia Moreira.

Não será tão difícil identificar os outros participantes desta vergonha.

Mas confesso que ainda me choco quando vejo certas pessoas com atitudes como essa.

Dá pra perceber claramente que a Patrícia realmente xingou porque se acha superior ao Aranha pelo fato de ser branca. Dava pra sentir na fisionomia dela um ar de superioridade, como se estivesse colocando o goleiro "no seu devido lugar".

Aquele ódio nos olhos dela é emblemático. Não me venham dizer que na verdade ela não pensa nisso e só queria provocar.

Infelizmente esse jeito de se achar diferente porque um é branco e o outro é negro, está enraizado na cultura de algumas famílias da nossa sociedade.

Uma tolice que passava de geração pra geração, e ainda atinge algumas pessoas no nosso país. E olha que ela é jovem e deveria ser esclarecida o suficiente para não pensar mais assim. Não importa se os pais ou os avós dela pensavam e agiam de outra maneira.

Estava mais do que na hora dela perceber que não há mais espaço pra esse tipo de coisa nos dias atuais.

Vivemos numa época em que pensamentos como esse não deveriam mais existir. Mas, pelo jeito, ainda teremos um longo caminho pela frente para percorrer.

Até a próxima.

 

Página 1 de 4812345...Último