r7

Bayern gasta R$ 470 milhões anuais só com salário. É mais do que um ano e meio de faturamento total do Timão

bayern de munique Bayern gasta R$ 470 milhões anuais só com salário. É mais do que um ano e meio de faturamento total do Timão

Assim, com esse caraminguá todo encaixado, é para correr para o abraço mesmo, né não rapaziada?

 

 

Um estudo publicado pelo jornal alemão Bild mostra que o Bayern de Munique gasta a bagatela de 144 milhões de euros por ano apenas com salários do elenco e da comissão técnica.

 

Isso mesmo: cerca de R$ 470 milhões anuais apenas em salários da rapaziada.

 

Um valor 61% maior do que o faturamento total do Corinthians, líder do ranking brasileiro, em 2013, de R$ 290,4 milhões.

 

Dá para encarar?

 

Opine.

 

Registre o seu comentário.

 

Neymar: pare de falar tanto em morte. Destoa de sua alegria sempre solar. Atentos, família e estafe?

neymar tanquinho redes sociais Neymar: pare de falar tanto em morte. Destoa de sua alegria sempre solar. Atentos, família e estafe?

                                                                              Reprodução / Instagram / Twitter / Neymar Jr

 

 

Confesso: estou, se não preocupado, no mínimo incomodado com as manifestações públicas recentes de Neymar.

Uma coisa chama particularmente atenção: nosso maior craque, nosso príncipe dos gramados, tem falado em morte com frequência, recorrência, dramaticidade e tristeza exageradas.

 

E isso incomoda. No aspecto emocional individual do rapaz, mas também pelo fato de ser ele a estrela da companhia de uma Seleção que disputará o hexa no Brasil em cinco meses. 

 

Não há elementos que permitam especular sobre tristeza crônica, depressão ou algo do tipo. 

 

Mas suas últimas manifestações sugerem que algo pode não estar cem por cento leve e equilibrado na vida do craque, como estamos acostumados a crer diante de sua postura pública sempre leve, desencanada, alegre, solar.

 

Neymar parece sentir, mais intensamente do que seria aceitável, a pressão pelas suspeitas de irregularidades em sua negociação com o Barcelona, que envolvem diretamente seu pai.

 

Dias atrás, ao manifestar apoio a Neymar Sênior, o craque escreveu o seguinte em um texto publicado nas redes sociais:

 

- (...) Pai, quando o Thiago Silva falou que morreria por mim em campo pensei o mesmo em relação a ele... mas por você não só morreria como daria a vida do meu único filho por vc!! (...)

 

Além de triste e exagerada, a afirmação é descolocada. Hoje, por todos os códigos, leis e fatos que regulam a convivência entre seres no mundo civilizado, nem Neymar nem ninguém teria condição ou autonomia legal para tornar verdadeira a promessa de "dar a vida do único filho" pelo pai.

 

E depois, mesmo no plano das metáforas, não é propriamente saudável nem bacana ver um garoto criar imagens tão dramáticas e dilaceradas com essas em praça pública.

 

Mesmo quando esse movimento quase agonizante sob o ponto de vista psicológico seja feito em nome de um apoio ao pai.

 

E agora, neste final de semana,  embora de forma um pouco mais suave e, digamos assim, "filosófica", Neymar voltou à carga - e ao tema morte.

 

Com uma foto em belíssima forma (imagem acima), tascou o seguinte:

 

- Aprenda como se você fosse viver para sempre. Viva como se você fosse morrer amanhã!

 

Pelo Divino, garoto: vamos parar de pensar e de falar em morte e em coisas do tipo com tamanha assiduidade.

 

Independentemente ou não do merecimento, as pressões de estar tão noco no Barça, de ser o cara da Seleção e ainda ver o pai às voltas com cobranças que as investigações definirão como corretas ou injustas não são, claro, ossos fáceis de roer.

 

Mas você sempre foi sinônimo de alegria, irreverência, samba, pagode, amizades, energia, turma ligada na tomada, namorada bonita, é Tóis e outras não sei das quantas coisas mais.

 

Pois então siga essa rota e deixe o restante da turma desenrolar estes novelos - mesmo porque, se eles, os novelos, efetivamente existem, foram eles, seu pai e o estafe, que os embolaram.

 

É o melhor a fazer agora.

 

E o mais saudável para você, a Seleção e os brasileiros.

 

Opine.

 

Registre o seu comentário.

 

Se dinheiro não trouxer felicidade para CR7, Irina Shayk trará. Dúvidas? Essas fotos da Sports Illustrated enterram todas

irina shayk sports illustrated 11 Se dinheiro não trouxer felicidade para CR7, Irina Shayk trará. Dúvidas? Essas fotos da Sports Illustrated enterram todas

irina shayk sports illustrated 2 Se dinheiro não trouxer felicidade para CR7, Irina Shayk trará. Dúvidas? Essas fotos da Sports Illustrated enterram todas

irina shayk sports illustrated 3 Se dinheiro não trouxer felicidade para CR7, Irina Shayk trará. Dúvidas? Essas fotos da Sports Illustrated enterram todas

A imagem é bela, mas clubes deveriam vetar festa de gol com mortal, como fez Da Silva, do Tupi. E punir quem faz

tupi mortal da silva A imagem é bela, mas clubes deveriam vetar festa de gol com mortal, como fez Da Silva, do Tupi. E punir quem faz

                                   Pedro Martins / Agência 17

 

 

O salto mortal acima é do atacante Da Silva, do Tupi, da cidade mineira de Juiz de Fora, na comemoração do primeiro gol na vitória de 2 a 0 sobre Atlético-MG, neste sábado (8), pelo Campeonato Mineiro.

 

 

A beleza plástica da imagem é indiscutível.

 

 

Mas, apesar disso, os dirigentes de clube deveriam proibir - e punir com multa ou outra coisa do tipo - esse tipo de comemoração.

 

 

Saltos mortais desse tipo em um gramado, sem rede ou qualquer outro tipo de proteção, como o ocorre nos circos e espetáculos de profissionais, criam um risco de ocorrer uma contusão grave, absurdo, incalculável, muito maior do que o da situação corriqueira de jogo.

 

 

Um risco de uma contusão geralmente muito grave e, ainda pior, a troco de nada,

 

 

Jogador de futebol é o principal investimento de um clube.

 

 

Que, falidos, se viram como podem para montar uma equipe e pagar salários.

 

Aí vem uma peça importante da equipe, como Da Silva no caso do Tupi, dá um mortal desse, arruma uma lesão importante e desfalca a equipe por meses, talvez o campeonato todo.

 

E aí, quem paga este prejuízo?

 

O caso do jovem Maurides, do Internacional, que em julho de 2013 estourou os ligamentos do joelho direito ao pisar após um mortal em comemoração de um gol, é apenas o último dos casos.

 

Ademais, por mais que tenham habilidade na execução dos saltos, jogadores de futebol não são profissionais dessas manobras, o que aumenta de forma absurda as chances de equívocos e lesões graves.

 

Por tudo isso, alguns clubes pensam em incluir esses casos como uma das condutas inadequadas nos contratos dos atletas e, assim, dar multa ou outra punição a quem insistir na manobra.

 

Executado por profissionais treinados nos espaços adequados e protegidos, o salto mortal é de uma beleza plástica indiscutível.

 

Mas dado por por jogadores de futebol nos campos, é também um gesto inconsequente e, em alguns casos, até irresponsável.

 

Opine.

 

Registre o seu comentário.

 

Como falar hexa: hecsa, heza ou hegza? Aurélio defende a 1ª. Houaiss, a 2ª. Cegalla, a 3ª. Mas com a taça, até hecha vai valer…

hexa rumual Como falar hexa: hecsa, heza ou hegza? Aurélio defende a 1ª. Houaiss, a 2ª. Cegalla, a 3ª. Mas com a taça, até hecha vai valer...

 

Brasil hexacampeão.

 

Eis o sonho de milhões de brasileiros.

 

Mas qual é a pronúncia correta deste termo: "hecsa" ou "heza"?  Esse interessante clássico dos "pais dos burros" clássicos foi destacado pelo culto Sérgio Rodrigues em seu blog Sobre Palavras.

 

Hexa vem do grego Héks, que significa seis.

 

"Hecsa", com o x no som de óxido, como diz a maioria, é a forma de falar defendida também pelo mais conhecido dicionário do País, o Aurélio, criado pelo dicionarista Aurélio Buarque de Hollanda Ferreira.

 

"Heza", com o x no som de êxodo, é, por sua vez, a pronúncia considerada como correta por outro respeitado dicionário, o Houaiss, chancelado pelo intelectual Antônio Houaiss.

 

E, para piorar as coisas, há uma terceira corrente, embora bem menor, liderada pelo gramático Domingos Paschoal Cegalla, depende a pronúncia "Hegza".

 

E agora?

 

Bom, até nisso temos divergência e bola dividida.

 

Resta torcer para que, "hecsa", "heza" ou até mesmo "hegza", a Seleção conquiste o título em casa.

 

O sexto - bom, quanto ao som deste sexto não há dúvida, certo? Mesmo porque, se ele vier, como lembra Rodrigues, até "hecha" vai valer...

 

Em tempo: quando o amigo bater de frente com o palavrão ortoépia, não se assuste, pois ele significa apenas a pronúncia correta de um termo.

 

Opine.

 

Registre o seu comentário.

 

Jornal espanhol chama Camp Nou de “deserto” em jogo do Barça com “só” 38,5 mil pagantes, no meio de semana, à noite, com frio de sete graus e tevê aberta. Nossos cartolas achariam isso uma miragem

barcelona real sociedade reproducao site marca Jornal espanhol chama Camp Nou de deserto em jogo do Barça com só 38,5 mil pagantes, no meio de semana, à noite, com frio de sete graus e tevê aberta. Nossos cartolas achariam isso uma miragem

Reprodução /site do jornal espanhol Marca

 

 

O Barcelona venceu o Real Sociedad por 2 a 0 em casa, no Camp Nou, nesta quarta-feira (5), na partida de ida das semifinais da Copa do Rei.

 

Até aí, tudo dentro do esperado.

 

Agora preste atenção nesses detalhes: o jogo foi realizado no meio de semana, começou às dez da noite (19h de Brasília) no miolo do inverno europeu, com temperaturas frias entre sete e nove graus, ainda haverá o jogo de volta na casa do adversário e, como se não bastasse, a partida ainda foi transmitida em canal aberto, sem custo adicional, para Barcelona e toda a região da Catalunha, onde ficam o Barça e seus torcedores, além de outros pontos da Espanha.

 

Além disso, os ingressos médios na Espanha estão entre os mais caros da Europa, mais até que os da rica Alemanha, e o país, como se sabe, vive uma crise econômica, salarial e de empregos.

 

Pois bem: apesar de todos esses fatores a estimular a permanência do torcedor no sofá de sua casa, a partida atraiu 38 mil 505 pagantes.

 

Com um público desses e em circunstâncias como essas, qualquer cartola de clube brasileiro estaria soltando foguetes de alegria e incredulidade. Acharia estar diante de um milagre.

 

Mas, na realidade de grande número de espectadores da Europa e, particularmente, da Espanha e do Barcelona, instituições como a imprensa acham pouco - muito pouco.

 

O jornal espanhol Marca, por exemplo, publicou a foto acima e qualificou a situação do estádio de "desértica".

 

Disse o diário no título:

 

- O Camp Nou deserto: só 38 mil 505 espectadores


O Marca qualificou a situação do Camo Nou no jogo de "desoladora".


E ainda publicou a seguinte declaração do lateral direito Daniel Alves, jogador da equipe catalã: "os que ficaram em casa não são culés (torcedores fanáticos do clube) de verdade".

 

Ééé...

 

A gente se arrastaria pelo o que eles acham lixo.

 

Estamos mesmo há quilômetros de distância no quesito organização.

 

Opine.

 

Registre o seu comentário.

 

 

 

Quem ganha mais na troca de Pato por Jadson? A resposta é simples: todo mundo

pato gazeta press1 Quem ganha mais na troca de Pato por Jadson? A resposta é simples: todo mundo

                                                                                                                                                     Gazeta Press

 

 

Corinthians e São Paulo fecharam, na noite desta quarta-feira (5), a troca do atacante Pato pelo meia-atacante Jadson.

 

Pato (foto acima) ficará por empréstimo no São Paulo até o final de 2015, quando seu contrato voltará para as mãos do Corinthians. Não poderá enfrentar o Timão no São Paulo e terá metade de seus salários, de cerca de R$ 400 mil, bancada pelo Timão e a outra metade pelo Tricolor.

 

Jadson, que tinha contrato com o São Paulo até o final do ano, vai em definitivo para o Corinthians, que passa a ter 50% de seus direitos econômicos, e poderá jogar contra o Tricolor a partir de 2015.

 

Os contratos deverão ser assinados e anunciados oficialmente até esta quinta-feira (6)

 

Muitos já se perguntam quem levou vantagem nessa troca.

 

A resposta é simples: todos, inclusive os dois jogadores.

 

O caríssimo Pato jamais apresentou o futebol que se esperava dele no Timão. E está com o filme queimado no clube desde a perda ridícula do pênalti contra o Grêmio, nas quartas de final da Copa do Brasil de 2013.

 

No São Paulo, Muricy dá sinais claros de que não gosta do trabalho de Jadson.

 

Pelo lado dos jogadores, será um alívio maravilhoso respirar novos ares neste momento em que  ambos estão muito pressionados - e isso vale sobretudo para Pato em sua relação com a cada vez mais impaciente e belicosa torcida corintiana.

 

Em relação ao futebol, Pato teoricamente é mais jogador e teria valor maior do que Jadson.

 

Mas como ambos não estão jogando nada, essa tese passa a valer pouco e a mudança pode ajudar a recuperar o futebol dos dois.

 

É isso.

 

Opine.

 

Registre o seu comentário.

 

Torcida do Bolonha, clube de Ibson “Esqueceram de Mim”, para a do Napoli: “Vulcão Vesúvio, lavai-os todos com fogo”. Meigo, não? Abra o olho, rapaz…

800px Camillo de Vito attr Vesuvio 1820 02 21 Torcida do Bolonha, clube de Ibson Esqueceram de Mim, para a do Napoli: Vulcão Vesúvio, lavai os todos com fogo. Meigo, não? Abra o olho, rapaz...

 

 

O meia Ibson, ex-Flamengo e Corinthians, nova contratação do clube italiano Bolonha, nega.

 

Mas o jornal italiano La Gazzetta dello Sport afirma: o jogador foi simplesmente esquecido no aeroporto.

 

Não havia ninguém do clube para esperá-lo em sua chegada neste final de semana.

 

Envergonhado, o presidente do Bolonha, Albano Guaraldi, suspendeu até nova ordem quatro funcionários do clube, entre eles o diretor de marketing e o chefe da assessoria de imprensa.

 

Apesar da demonstração de apoio dos cartolas, Ibson, que sempre gostou de bons salários, como o que deve estar recebendo agora, deve ficar muito, mas muito esperto mesmo em seu novo local de trabalho.

 

E jogar infinitamente mais do que o praticamente nada que apresentou no Timão e, antes, na sua última passagem pelo Flamengo.

 

Isso porque a torcida do Bolonha não é nada fácil.

 

Antes, o contrário: assim como a da Lazio, de Roma, tem ferocidade para protestar e, eventualmente, se entrega até a manifestações de cunho racista - e isso até com conterrâneos italianos do sul do país.

 

No jogo de sábado (1º), contra o Napoli, ex-clube de Maradona, clube de Nápoles, cidade importante da parte sul e peninsular do país, os torcedores do Bolonha, conta o mesmo jornal, adaptaram uma letra  para a bela Caruso, sucesso na voz de Lucio Dalla, que tinha o seguinte refrão:

 

 

- Vesúvio, lavai-os (os torcedores do Napoli) com fogo.

 

 

Isso mesmo.

 

Vesúvio é o único vulcão da Europa continental a ter entrado em erupção nos últimos cem anos. Fica cerca de nove quilômetros distante de Nápoles,  próximo ao litoral.

 

No momento está inativo. Mas sua erupção mais tragicamente conhecida, a do ano 79 depois de Cristo, aniquilou as cidades de Pompéia e Herculano.

 

É, simpático amigo Ibson, fique esperto...

 

 

Opine.

 

Registre o seu comentário.

 

 

 

Santos poderia ter Hernanes, Elias e mais R$ 16 mi se ganhasse percentual em toda a grana de Neymar

neymar pai filho gazeta press Santos poderia ter Hernanes, Elias e mais R$ 16 mi se ganhasse percentual em toda a grana de Neymar

Gazeta Press

 

 

 

A tabela abaixo detalha para onde foi cada pedaço dos 86,2 milhões de euro que o Barcelona disse oficialmente ter desembolsado por Neymar.

 

Preste bastante atenção na tabela e na conta que farei depois.

 

Primeiro a tabela:

 

Parte 1 – Valores pagos aos Santos, à DIS e ao fundo de investimentos Teisa, em euro:

Direitos econômicos do jogador: 17,1 milhões.

Deste total, o Santos, que tinha 55% dos direitos, ficou com 9,4 milhões (cerca de R$ 30 milhões ao câmbio desta sexta-feira 31 de janeiro). A DIS, dona de 40%, encaixou R$ 22,23 milhões. E o fundo de investimentos Teisa, detentor dos 5% restantes, levou 855 mil euros, ou cerca de R$ 2,77 milhões aos valores de hoje.

 

Parte 2 – Valores entregues apenas a Neymar, ao pai dele e a empresários (em euro):

Dinheiro pago à empresa do pai de Neymar, a N&N: 40 milhões.

Direitos de marketing: 4 milhões.

Comissão paga ao pai de Neymar: 2,7 milhões.

Bônus pago a Neymar na assinatura do contrato: 10 milhões.

Doação ao Instituto Projeto Neymar Jr: 2,5 milhões.

Acordo com a empresa N&N para monitorar promessas do Santos: 2 milhões.

 

Você já parou para imaginar quanto o Santos ganharia a mais se todos esses valores fossem considerados oficialmente parte dos direitos econômicos na transação de Neymar?

 

Então vamos lá.

 

Considere até que os 10 milhões de euros de bônus pela assinatura de contrato devem mesmo ser todos de Neymar.

 

E também que os 2,7 milhões de euros iriam voar na mão de agentes em qualquer situação, embora esses valores pudessem ser mudados.

 

Mesmo assim, somando todos os outros itens sem a participação do Santos, o Barcelona e os representantes de Neymar movimentaram nada menos do que 51,2 milhões de euro fora do que foi pago oficialmente pelos direitos econômicos ao Santos, à DIS e à Teisa.

 

Isso mesmo: 51,2 milhões de euro.

 

O Santos, com 55% dos direitos, levaria 28,16 milhões de euro.

 

Nesta sexta-feira (31), o euro fechou a R$ 3,25.

 

Isso significa o seguinte: esse encaixe valeria hoje R$ 166,4 milhões – e só a parte do Santos, de 55% , seria de R$ 91,52 milhões.

 

Daria para pegar o Hernanes (15 milhões de euro da Lazio para a Inter de Milão) e o Elias (8 milhões de euro pedidos pelo Sporting por 50% dos direitos).

 

E ainda sobrariam mais cinco milhões de euro - cerca de R$ 16 milhões - para pagar dívidas e o salário da rapaziada.

 

É para chorar ou não, torcedor do Santos?

 

Então pode derramar lágrimas que a gente entende.

 

Opine.

 

Registre o seu comentário.

 

DIS afirma que Barcelona tentou comprar silêncio da empresa no caso Neymar por R$ 19,2 milhões

 

neymar divulgacao fcb DIS afirma que Barcelona tentou comprar silêncio da empresa no caso Neymar por R$ 19,2 milhões

 

O presidente da DIS, José Barral, e o advogado da empresa, Roberto Moreno, afirmaram ao jornal espanhol Marca que o Barcelona tentou comprar o silêncio do grupo sobre a negociação de Neymar com seis milhões de euros (R$ 19,2 milhões).

 

 

Dona de 40% dos direitos econômicos do craque, a DIS recebeu 8,6 milhões de euros (cerca de R$ 21,7 milhões), menos de dez por cento do valor total da negociação que, segundo o Barcelona, envolveu 86,2 milhões de euros (aproximadamente R$ 276 milhões).

 

A proposta, segundo o presidente e o advogado, teria sido feita pelo representante do Barcelona no Brasil, André Cury.

 

Barral detalhou a proposta ao jornal espanhol:

 

Tomamos um café e (Cury) fez uma oferta inicial de quatro milhões de euros (R$ 12,8 milhões) para ficarmos em silêncio e encerrarmos o assunto. Sentamos e discutimos para ver quanto merecíamos de acordo com o valor do jogador. Para nós, deveríamos receber mais 12 milhões de euros (R$ 38,2) além do que já nos tinham pago (6,8 milhões de euros, ou R$ 21,7 milhões). Mas eles ofereceram mais seis milhões de euros, ou seja, 12 milhões no total. Tivemos três reuniões com Andre Cury.

 

E acrescentou:

 

- O contrato já estava fechado. Foi uma oferta posterior, para calar a nossa boca. Mas não aceitamos.

 

Questionado pelo repórter se Cury realmente falava em nome do Barcelona, Barral mostrou um cartão do autor da oferta e disse:

 

- Olhe para o cartão que ele nos deu. Ele falou em nome do Barcelona.

 

 

Roberto Moreno acrescentou:

 

- O Barcelona queria encerrar a negociação para proteger o jogador. Me ofereceram quatro milhões de euros inicialmente. Falei com André Cury, que trabalha para clube no Brasil.

 

O advogado declarou ao Marca que a DIS “entrou com uma ação judicial contra o Barcelona, Neymar, o Santos e (o empresário) Wagner Ribeiro no Brasil” e que agora “fará o mesmo na justiça da Espanha”.

 

Moreno disse que o grupo se sente “muito enganado por Neymar e seu pai”, afirmou que a intenção inicial não é a de processar individualmente o ex-presidente do Barcelona, Sandro Rosell, mas acrescentou achar “estranho” que ele tenha se demitido:

 

- Se não tem nenhum problema, por que deixou o cargo?

 

 

Opine.

 

Registre o seu comentário.

 

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com