messi melhor do que pele

Não são poucos os que já acham Messi melhor do que Pelé. E você, o que pensa? Opine

 

 

 

O juiz apita o fim do massacre de 7 a 1 imposto pelo Barcelona sobre o alemão Bayer Leverkusen pelas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa (veja os gols acima).

 

 

Eu, você e o mundo estamos de queixo caído, olhos arregalados e mente vazia de adjetivos diante do espetáculo triunfal dado em campo pelo espetacular craque argentino Lionel La Pulga Messi.

 

 

 

O craque fantástico fez cinco gols, três deles verdadeiras pinturas.

 

 

 

Estraçalhou com o jogo, tornou-se o artilheiro da competição, com 12 gols em sete partidas, e o primeiro camarada a marcar cinco gols em uma única partida na história da Liga dos Campeões (se bem que, pela beleza, precisão e genialidade, os cinco deveriam valer por uns oito ou nove).

 

 

 

Toca o celular.

 

 

 

Do outro lado, um amigo-irmão, jornalista de talento raro e analista refinado de vários esportes, a começar pelo futebol, provoca:

 

 

 

- Você teria coragem de dizer no seu blog que o Messi é, ou ao menos pode ser considerado, melhor do que o Pelé? Sei que muitos vão cair de pau em em mim, mas eu tenho vários argumentos para defender a tese de que o Pulga é melhor. Vou, no entanto, enfileirar apenas os principais.

 

 

 

E, feita a provocação, meu querido amigo passa a vender o seu peixe:

 

 

 

* Messi não deverá atingir os 1283 gols de Pelé, é verdade. Mas ele sempre enfrentou e enfrentará as melhores e mais duras defesas do mundo, com os zagueiros mais caros e precisos, no Barça e na Seleção, e não os Juventus e Botafogos de Ribeirão Preto da vida que tanto fizeram a alegria e os índices de Pelé. E Messi continuará assim até terminar sua carreira. Terá, portanto, uma vida muito mais dura. Por isso, comparar a quantidade de gols assim, de forma destilada e não ponderada, sem considerar essa profunda diferença de realidade e grau de dificuldade, é cometer injustiça e imprecisão das grossas.

 

 

 

* O futebol de hoje é muito mais marcado, corrido, movimentado, mordido. Bem mais difícil, portanto, para os atacantes, que precisam buscar espaço. E mesmo neste contexto, com espaços infinitamente menores, Messi parece fazer milagre em campo, como se viu nesta tarde de quarta-feira (7) diante do Bayer Leverkusen.

 

 

 

* Com os cinco gols desta quarta-feira (7), Messi completou 54 em competições internacionais. O cara marcou 49 na Liga, um na Supercopa e quatro no Mundial de Clubes da FIFA, aquele mesmo do atropelamento sem fuga dos 4 a 0 no Santos na final.

 

 

 

* Faltam apenas oito gols para que ele se torne, aos 24 anos, o maior artilheiro da história do Barcelona, superando os 235 gols marcados pelo clube catalão por César Rodriguez no período da Segunda Guerra, entre 1939 a 1945. E a gente está falando do Barcelona...

 

 

 

* Messi é também mais solidário e participativo do que Pelé, que era inegavelmente fantástico mas não costumava colocar companheiros na cara do gol. Nisso, La Pulga é, ao meu ver, mais eficiente: além de ter marcado 48 gols em 42 jogos nesta temporada 2011-2012, com ótima média de 1,14 gol por partida, ele deu no mesmo período 21 das chamadas assistências, ou seja, passes que terminam em gols de companheiros. O senhor está convencido, doutor?

 

 

 

Preferi não responder ao meu amigo-irmão naquele momento.

 

 

 

Mas prometi aceitar a sua provocação, perguntar a opinião dos meus amados amigos da blogosfera colorida e, depois da manifestação da galera, dizer o que penso.

 

 

E então, o que vocês, amados amigos, pensam a respeito?

 

 

Concordam com meu amigo?

 

 

Lionel La Pulga Messi pode ser considerado melhor do que Pelé?

 

 

Ou isso ainda é um absurdo de se dizer?

 

 

Opine.

 

 

Registre o seu comentário.

 

Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com