Casoy teria pedido R$100 mil em ação a Kajuru,que o teria chamado de “pedófilo, lixo, homossexual e fascista”. Veja o vídeo com a suposta acusação

O jornalista Boris Casoy, da Rede Bandeirantes, teria entrado, no último dia 17 de fevereiro, com uma ação de indenização por danos morais contra o também jornalista Jorge Kajuru.

 Casoy estaria pedindo R$ 100 mil de reparação moral a Kajuru, que teria acusado o jornalista da Bandeirantes de praticar atos de pedofilia e homossexualismo num comentário feito no Esporte Interativo (confira o vídeo acima, em que Kajuru teria chamado Casoy de "pedófilo, lixo, homossexual e fascista" e dito que o jornalista da Bandeirantes "pega garotinho nos pontos de ônibus e leva para sua mansão em São Paulo").   

 As insinuações teriam sido uma resposta a um texto publicado na internet por Casoy sobre a denúncia de que Kajuru teria recebido dinheiro do bicheiro Carlinhos Cachoeira para fazer campanha política no estado de Goiás, informa o Blog do Paulinho.

E também uma reação às críticas de Kajuru a um comentário irônico de Casoy sobre garis que vazou em um telejornal da Bandeirantes no período de festas de final de ano.

 Se for intimado, Kajuru terá 15 dias para negar ou confirmar as supostas acusações. Em caso de confirmação, será obrigado e apresentar provas do que teria dito sobre Casoy.

 Depois disso, a Justiça poderá arquivar o processo ou seguir até o julgamento final, com a condenação ou absolvição de Kajuru.

 Opine.

 Registre o seu comentário.

 

2 Comentários

"Casoy teria pedido R$100 mil em ação a Kajuru,que o teria chamado de “pedófilo, lixo, homossexual e fascista”. Veja o vídeo com a suposta acusação"

6 de March de 2014 às 08:28 - Postado por Eduardo Marini

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Leitor em dúvida
    - 7 de março de 2014 - 17:09

    Não entendi. O blogueiro não assistiu o vídeo que embedou em seu texto? Se assistiu ele deveria saber se Kajuru chamou ou não Boris Casoy de pedófilo/lixo/homossexual. Nesse caso creio que o "teria chamado" e "teria dito" do segundo parágrafo não têm razão de existir. Ou disse ou não disse. Olá. Em respeito a alguém que ainda não foi julgado nem considerado culpado ou inocente pela Justiça numa ação, o colunista, a coluna e o bom jornalismo mandam usar o condicional por princípio. Mas você e todos os leitores possuem automonia para achar o que quiser no momento em que quiser. É uma honra tê-lo por aqui. Fique sempre conosco. Eduardo Marini.

    Responder
  • antonio gomes
    - 6 de março de 2014 - 17:34

    BEM FEITO!

    Responder