Postura medíocre do Tigre só amplificou o show do carismático Lucas dentro e fora de campo

Lucas R7 Enomoto 600 Postura medíocre do Tigre só amplificou o show do carismático Lucas dentro e fora de campo

Eduardo Enomoto / R7

 

A postura medíocre e pequena do Tigre, que se negou a voltar para o segundo tempo na vitória do São Paulo por 2 a 0, que garantiu ao Tricolor o seu primeiro título da Sul-Americana na noite desta quarta-feira (12), só amplificou e destacou o comportamento irretocável do jovem talento Lucas dentro e fora de campo.

 

No gramado, o garoto de 20 anos arrebentou com o jogo: fez um golaço, deu um passe sublime para o segundo e terminou como o melhor da "meia" partida.

 

Fora dele, maduro, fez reverências à torcida do clube que o lançou para o estrelato.

 

Correu, chorou, agradeceu, fez um discurso rápido mas lúcido e inteligente.

 

E, humilde, ainda se desculpou por "ter a palavra como uma coisa forte", como se não tivesse se expressado melhor do que 99,9% da boleirada nativa.

 

Poucas vezes vi, nas arquibancas, uma torcida tão conformada e carinhosa com um ídolo em sua partida de despedida.

 

Não era para menos.

 

No final da festa, Lucas recebeu de Rogério Ceni a faixa de capitão para ter o direito de levantar a taça antes de todo mundo no palco.

 

Uma homenagem comovente e justa para um garoto que evolui em proporções geométricas como craque, profissional e cidadão.

 

Que ele siga assim e tenha boa sorte no Paris Saint-Germain.

 

Porque, ao menos até agora, merece - e muito.

 

Opine.

 

Registre o seu comentário.

 

4 Comentários

"Postura medíocre do Tigre só amplificou o show do carismático Lucas dentro e fora de campo"

13 de December de 2012 às 01:27 - Postado por Eduardo Marini

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Douglas
    - 13 de dezembro de 2012 - 10:19

    Só não te esqueça que se ele não provocasse o cara na saída do campo oferecendo a atadura ensanguentada do nariz nada da confusão do intervalo teria acontecido. Ele é um BAITA jogador, mas menos, bem menos nessa análise!!!

    Responder
  • ANÍBAL DOS SANTOS FILHO
    - 13 de dezembro de 2012 - 11:22

    Tigre paraguaio. Com respeito ao ex-lutador de luta livre, que nada tem a ver com isto!

    Responder
1 2