139 Viagem a Dubai é a gota dágua. Chelsea não vai continuar com Pato. Corinthians já admite fazer acordo. E rescindir contrato em julho. Desde que ele não vá para o São Paulo, Palmeiras ou Santos...
Fiorella Mattheis é um membro compulsivo das redes sociais. A atriz e apresentadora tem 2,3 milhões de seguidores no Instagram. Mais 550 mil no twitter. No perfil oficial no facebook são 432 mil seguidores.

Esse exército reverte em anúncios, convites para desfiles, aparições em festas. Dinheiro.

A carioca Fiorella diz ser flamenguista. Mas não tem intimidade com o futebol. E nem com seus detalhes. Apesar de ser namorada de Alexandre Pato.

A empolgação de estar em Dubai, custou caro para o jogador. O casal foi convidado pelo Ministério de Turismo para conhecer a incrível cidade construída nos Emirados Árabes. Era para ser uma viagem de final de semana. Bate e volta, Londres-Dubai-Londres, discreto.

Fiorella não se conteve. E colocou no seu Instagram a foto ao lado do funcionário do Ministério de Turismo e do seu amor, Alexandre Pato.

Só que a foto, espalhada pelo mundo, teve consequências. Só aumentou a convicção da diretoria do Chelsea que o jogador não tem compromisso com o clube. Mesmo sem entrar nenhuma vez em campo, o brasileiro deveria ser mais discreto com suas folgas. Ou então aproveitar o tempo ocioso e treinar. Não mostrar que está cruzando o continente para passear em Dubai.

Fiorella a retirou. Mas era tarde.

O time inglês é apenas o décimo colocado no Campeonato Inglês. Faltam oito jogos para acabar a Premier League. As chances de disputar a Champions League são mais do que remotas. O badalado José Mourinho foi mandado embora. O dono, Roman Abramovich, contratou Guus Hiddink. Aos 69 anos, ele se mostra disposto a assumir um cargo diretivo. Por isso aceitou ficar até o final da temporada.

Guus avisou que não desejava Alexandre Pato. Mas Abramovich é muito amigo de Kia Joorabchian. O empresário iraniano foi presidente da MSI. É 'irmão' de Andrés Sanchez. E quis atender o pedido de colocar o jogador no mercado europeu. Kia é sócio do empresário Giuliano Bertolucci. Ambos e mais Gilmar Veloz, agente do atacante, procuraram por seis meses uma equipe para ele atuar.

Kia insistiu, implorou para Abramovich. O bilionário aceitou. Ele teria seis meses para mostrar seu talento no Chelsea. Só que há uma diferença abissal entre treinar e jogar. O máximo que o brasileiro conseguiu foi ficar três vezes no banco de reservas. Sem entrar um minuto sequer.

243 Viagem a Dubai é a gota dágua. Chelsea não vai continuar com Pato. Corinthians já admite fazer acordo. E rescindir contrato em julho. Desde que ele não vá para o São Paulo, Palmeiras ou Santos...

O Chelsea foi eliminado da Champions League pelo PSG, há 12 dias. Há nove, o Everton o tirou da Copa da Inglaterra. O fracasso marca a temporada do time inglês.

Abramovich fez proposta milionária e deve ter Antonio Conte como treinador de seu clube. O técnico já avisou que após a Eurocopa deixará o comando da Seleção Italiana.

Haverá uma grande reformulação no elenco. E Pato não fará parte do novo grupo.

Para que ele continuasse, o Chelsea deveria pagar 10 milhões de euros ao Corinthians. R$ 40,7 milhões. O que não fará.

O acordo é pagar apenas os salários do atacante até junho.

332 Viagem a Dubai é a gota dágua. Chelsea não vai continuar com Pato. Corinthians já admite fazer acordo. E rescindir contrato em julho. Desde que ele não vá para o São Paulo, Palmeiras ou Santos...

A direção do Corinthians sabe que o sonho de recuperar o que gastou com o jogador, R$ 43 milhões por 60% dos seus direitos, foi o pior negócio de sua história.

O presidente Roberto de Andrade tenta convencer Andrés Sanchez. "Assumir o fracasso e deixar a vida seguir." O que significa essa expressão? A partir de junho, o jogador poderá assinar um pré-contrato com qualquer equipe que quiser. E ir jogar, sem render um centavo ao Corinthians, em janeiro de 2017.

No Parque São Jorge, o atleta não quer mais atuar. É rejeitado por jogadores, dirigentes, organizadas. Ele não perdoa vândalos com a camisa da Gaviões ter ameaçado quebrar sua perna quando invadiram o CT corintiano.

Roberto de Andrade defende a tese que o melhor é liberar Alexandre Pato para seguir sua vida. E assim, o Corinthians não teria de pagar, ou arrumar um clube que pagasse, R$ 4,8 milhões em salários. Ele recebe R$ 800 mil a cada 30 dias.

O presidente só quer que o atleta e Gilmar Veloz façam um acordo de cavalheiros. E que Pato não fique de graça no Chelsea. Ou em um rival paulista,como o São Paulo, por pelo menos dois anos. Legalmente não há como exigir isso do jogador. Mas arranjos dessa natureza não são raros na Europa.

421 Viagem a Dubai é a gota dágua. Chelsea não vai continuar com Pato. Corinthians já admite fazer acordo. E rescindir contrato em julho. Desde que ele não vá para o São Paulo, Palmeiras ou Santos...

A ida a Dubai de Alexandre Pato neste fim de semana foi a gota d'água.

A direção corintiana quer resolver esse problema o mais rápido possível.

Se cansou.

A tendência é que não insista.

Pare de implorar para empresários arrumarem clube para o atacante.

Fiorella tirou a foto dela e o namorado em Dubai.

Mas sua reação foi tardia.

Dirigentes do Chelsea e do Corinthians já cansaram de analisá-la.

E vão pelo mesmo caminho.

422 Viagem a Dubai é a gota dágua. Chelsea não vai continuar com Pato. Corinthians já admite fazer acordo. E rescindir contrato em julho. Desde que ele não vá para o São Paulo, Palmeiras ou Santos...

Pato não tem comprometimento com sua carreira.

Querem se livrar dele o mais rápido possível.

Principalmente o clube paulista.

Tudo deu errado.

Ele seria a estrela do time campeão da Libertadores e Mundial de 2012.

Chegou ganhando mais do que os jogadores e até de Tite.

Implodiu o ambiente.

Foi para o São Paulo, rival, muito feliz.

Não quis atuar mais pelo Corinthians.

Foi para a Inglaterra e não consegue jogar.

Em plena temporada, decide passear em Dubai.

Inacreditável.

Por tudo isso, amigos de Andrés, asseguram.

Ele sentiu o golpe.

E vai ceder.

Está disposto a fazer um acordo e se livrar de Pato no meio do ano.

Assumir o fracasso da maior contratação da história do Corinthians.

E seguir em frente.

Pato não joga desde novembro de 2015.

São quatro meses sem uma partida oficial.

O jornal The Telegraph cravou.

Pato foi uma das contratações mais sem sentido do Chelsea.

Na verdade, um favor de Abramovich a Kia.

Só que a generosidade do bilionário russo acabou.

Que a inacreditável viagem para Dubai tenha valido a pena...
 Viagem a Dubai é a gota dágua. Chelsea não vai continuar com Pato. Corinthians já admite fazer acordo. E rescindir contrato em julho. Desde que ele não vá para o São Paulo, Palmeiras ou Santos...

http://r7.com/kwXI