divulgação34 Tite anunciado sem empolgação. Todos queriam Parreira. Ronaldo e Roberto Carlos conseguindo fechar os treinos para os corintianos...

Sem nenhuma empolgação, Andres Sanches reuniu alguns repórteres no gramado do Brinco da Princesa, depois do melancólico 0 a 0 contra o Guarani.

"O Tite passou uma mensagem dizendo que conseguiu a liberação e é do Corinthians.

Se apresenta amanhã ou terça-feira."

Sua primeira missão: comandar o time contra o Palmeiras, domingo, no Pacaembu.

Assim, sem grandes sorrisos, festa ou alegria.

Nem jogadores, nem companheiros de diretoria, nem mesmo Andres Sanches está entusiasmado.

Ele e, principalmente, Ronaldo queriam Parreira como novo técnico.

Tanto que tentaram até ontem, sábado...

Mas não houve jeito.

O presidente estava desgastado, cansado, sem brilho.

A imagem de Andres Sanches combinava perfeitamente com o Corinthians no final deste Brasileiro.

Decepcionante.

Perdeu a força nos momentos decisivos.

A pequena distância em pontos não se reflete na falta de convicção em campo.

O que o time mostrou hoje em Campinas foi novamente lamentável.

E diante do 'levanta defunto' Guarani.

Time fraco, sem gana ou talento.

Desenho tático tosco.

O Corinthians ficou dependente de um Ronaldo totalmente fora de forma.

É nítido o seu corpo pesado, gordo, de ex-atleta.

O time procurou durante toda a partida jogar para ele.

Uma dependência doentia.

Sem Bruno César, Jorge Henrique e Dentinho, não existia força ofensiva corintiana.

Defederico mostrou mais uma vez o grande erro que foi a sua contratação.

Iarlei também não acrescentava nada ao gordo Ronaldo.

Era ele contra a imprevisível defesa campineira.

Que levou vantagem contra ele em quase todos os lances.

Quando não levou, para ficar ainda mais irônica a situação, Ronaldo marcou.

Moacir levantou e ele completou o cruzamento para as redes.

Só que Edmílson Corona, impregnado pela mediocriadade em campo, resolveu anular.

Absurdo.

Chicão tirou em cima da risca a cabeçada de Fabão do Guarani.

E Paulinho acertou o travessão.

E só.

Isso foi o tétrico 0 a 0 entre Corinthians e Guarani.

Não é por acaso que os corintianos completaram sete partidas sem vitórias.

E os campineiros cinco.

Uma situação que vale a pena antecipar foi o pedido de Ronaldo e Roberto Carlos a Andres.

Eles pediram que até o final do Brasileiro os treinamentos sejam fechados para os torcedores.

Andres, presidente que foi fundador da torcida organizada Pavilhão Nove, deve atender o pedido.

O Corinthians deverá ser fechado para os corintianos.

Situação que ele garantiu que nunca aconteceria.

Nada como um dia após o outro...

Veja mais:

+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

http://r7.com/makW