Posts com a tag: Santos

As lágrimas de Guerrero e Vagner Love. Os dois sentem na pele. São os atacantes mais pressionados do futebol brasileiro. Será sempre assim até o final de seus dias no Flamengo e no Corinthians…

1ae20 As lágrimas de Guerrero e Vagner Love. Os dois sentem na pele. São os atacantes mais pressionados do futebol brasileiro. Será sempre assim até o final de seus dias no Flamengo e no Corinthians...
Dois jogadores choraram muito após voltarem a marcar. Um ainda dentro do campo, no Maracanã. E outro nos vestiários do Itaquerão. Ambos tão diferentes mas ligados profundamente pelo destino. Guerrero e Vagner Love.

"Vinha com chances claras de gol, mas infelizmente a bola não entrava. Hoje também tive oportunidades antes de marcar e a bola não queria entrar. A bola quica muito aqui no Maracanã, e não consigo finalizar do jeito que gosto. E não estava conseguindo dormir direito. O motivo? Era o jejum", confirmava Guerrero.

"Tenho minha bagagem e meu currículo, por onde passei fiz gols e ganhei títulos. Quero ganhar aqui também. Sei que muitos zagueiros ainda me respeitam, e vou procurar aumentar ainda mais esse respeito. Não só os zagueiros, mas alguns colegas de vocês (jornalistas) têm de me respeitar. Eu tenho uma história, não caí de paraquedas no futebol. A cada dia vou mostrar mais isso", desabafava Vagner Love.

A ligação entre eles é umbilical. Eles sabem. Guerrero só está no Flamengo por causa de Vagner Love. E Vagner Love só está no Corinthians porque Guerrero estava no Parque São Jorge.

Por trás dessa estranha relação está o ex-presidente Mario Gobbi. Cansado da longa e difícil negociação para o peruano continuar no Corinthians, o dirigente começou a ser ríspido com os empresários de Guerrero. A reação? Os agentes disseram que não negociaram mais com ele. Só com o novo presidente, Roberto de Andrade.

Gobbi sabia da terrível situação financeira do Corinthians. Só haveria condições financeiras para um só atacante caro. E inviabilizou a permanência de Guerrero contratando Vagner Love da China. Ofereceu contrato de 19 meses. Com salário de R$ 500 mil. Golpe de mestre para quem não aceita desaforo. E lá se foi Guerrero para a Gávea.

A atitude de Gobbi teve reflexos pesados nos dois jogadores. A sombra do peruano ainda continua forte, incômoda para Vagner Love. O atacante teve de admitir que o seu antecessor está patamares acima dele mesmo.

 As lágrimas de Guerrero e Vagner Love. Os dois sentem na pele. São os atacantes mais pressionados do futebol brasileiro. Será sempre assim até o final de seus dias no Flamengo e no Corinthians...

"Se o Guerrero fosse brasileiro seria titular da Seleção Brasileira. Mostrou isso na Copa América. Mesmo atuando pelo Peru, uma seleção que tem fama de não ter grandes jogadores. Foi terceiro lugar na competição. E acabou como um dos artilheiros. Representaria bem o futebol brasileiro." O jogador fez essa análise de forma exclusiva ao R7.

Love teve de suportar a injusta comparação. Ele tem menos recursos técnicos do que o peruano. E ainda mais estava vindo da China, onde o treinamento é muito menor do que nos grandes centros do mundo. O futebol por lá é primário. Falta intensidade, técnica. E Vagner precisa estar muito bem treinado para render.

Foi o diagnóstico de Tite. Por isso, o jogador ficou afastado do grupo buscando se recondicionar fisicamente. Mesmo assim, quando seu rendimento seguia baixo. Ele havia perdido a confiança, estava tenso, correndo errado. Prejudicando o time.

O jovem Luciano finalmente mostrava estar dominando o ego. Sua passagem no Panamericano do Canadá deu mais confiança. E seria firmado como titular do Corinthians. Love teria de se conformar com a reserva. Até que, contra o Santos, Luciano rompeu os ligamentos cruzados do seu joelho direito. Ficará entre seis e oito meses sem jogar. A volta será apenas em 2016.

Daí a oportunidade voltar para Love. Mas por um motivo médico. Não técnico. E ele sabia disso. O choro, o pedido de respeito são justos. Se for analisado o passado. O presente do jogador ainda é instável. Não rendeu bom futebol e nem marcou os gols necessários para despertar confiança na torcida ou na imprensa.

4ae15 As lágrimas de Guerrero e Vagner Love. Os dois sentem na pele. São os atacantes mais pressionados do futebol brasileiro. Será sempre assim até o final de seus dias no Flamengo e no Corinthians...

Love continuará muito pressionado, cobrado.

E ele sabe disso.

Paolo Guerrero sabia o que enfrentaria no Rio de Janeiro. A diretoria do Flamengo o quer transformar no maior ídolo do futebol deste país. Só por isso aceitou pagar R$ 12 milhões de luvas e R$ 500 mil mensais. Vale a pena explicar. O jogador aceitou menos do que os R$ 18 milhões de luvas que pedia ao Corinthians. Por um motivo simples, com a chegada de Love, os corintianos não tinham condições de oferecer nem R$ 5 milhões de luvas. E um salário de meio milhão de reais. Gobbi implodiu essa possibilidade.

O presidente Bandeira de Mello fazia, com o peruano, sua grande investida na reeleição. Ele percebeu que sua política de austeridade, para diminuir a espantosa dívida de R$ 850 milhões, garantiria um time fraco, torcida, sócios e conselheiros descontentes. Chance de derrota na eleição do clube no final do ano.

5ae9 As lágrimas de Guerrero e Vagner Love. Os dois sentem na pele. São os atacantes mais pressionados do futebol brasileiro. Será sempre assim até o final de seus dias no Flamengo e no Corinthians...

Daí a aposta em Guerrero. O peruano sentiu a pressão. Sabia que vinha para ser a solução para o clube mais popular do Brasil. A sua apresentação já deixou clara a expectativa da torcida, da imprensa. O peruano nunca falará isso publicamente. Mas ele sabe que o time flamenguista é fraco. O que torna tudo muito mais difícil.

Ele já entra em campo que terá poucas chances de gol, ao contrário que acontecia no Corinthians. Por isso bastaram cinco partidas sem marcar e seu estado emocional ficou abalado. A cobrança veio forte. Principalmente dele mesmo. Por isso o desabafo, as lágrimas ao marcar contra o desarrumado São Paulo de Juan Carlos Osório.

E ambos sabem da importância da quarta-feira. Os dois precisarão ser peças fundamentais nas viradas que Corinthians e Flamengo precisam dar na Copa do Brasil. Os times foram derrotados em clássicos pelos rivais Santos e Vasco. Os clubes que lhes pagam meio milhão de reais a cada trinta dias precisam de seus gols.

Os dois entendem muito bem seus papéis. O que todos esperam da dupla. Até porque, por coincidência, os dois têm 31 anos. Não são mais meninos. Longe disso.

Se fossem, deixariam escapar. A ligação de Guerrero com o Corinthians é para sempre. Foi o artilheiro do Mundial de 2012. Se sentia muito feliz no Parque São Jorge. A ponto de dizer que encerraria sua carreira por lá.

Vagner Love mais ainda. Ele assumidamente ama o Flamengo. Ainda hoje. Um dos maiores presentes seria acabar sua trajetória por lá.

Mas os dois não tiveram como controlar suas carreiras. E estão cada um no clube que o outro desejava estar. Ironia do futebol.

6ae6 As lágrimas de Guerrero e Vagner Love. Os dois sentem na pele. São os atacantes mais pressionados do futebol brasileiro. Será sempre assim até o final de seus dias no Flamengo e no Corinthians...

Só a dupla sabe. O melhor é esquecer o sentimento. E fazer valer o profissionalismo. Por isso, vão dar a alma para que a insônia, a irritação, a boca amarga, a raiva não voltem.

As lágrimas de alívio já estarão secas daqui a dois dias, às 22 horas.

Flamengo e Corinthians precisam de mais uma virada marcante na sua história. Ou não sobreviverão na Copa do Brasil de 2015.

Love e Guerrero disfarçam, mas têm consciência.

A cobrança por gols virá redobrada.

Quem falou que seria fácil?

Os dois são os atacantes mais pressionados do Brasil.

Sentem o peso da camisa 9 do Flamengo e do Corinthians...
1reproducao26 1024x693 As lágrimas de Guerrero e Vagner Love. Os dois sentem na pele. São os atacantes mais pressionados do futebol brasileiro. Será sempre assim até o final de seus dias no Flamengo e no Corinthians...

O único jogador a se salvar da Copa América. Robinho tenta escapar de chantagem emocional do Santos. E seguir para ganhar R$ 3 milhões mensais do time chinês de Felipão…


Mesmo com a constrangedora humilhação do Brasil da Copa América, um jogador renasceu. Não só no mercado nacional como no internacional. Uma surpresa, já que tem 31 anos. E foi dispensado do Milan, teve seu contrato rescindido sem grandes problemas. Bastaram duas partidas como titular na Copa América.

E agora, Santos, Cruzeiro, Querétaro e Guangzhou Evergrande passaram os últimos dias implorando por seu futebol.

Chantagem emocional, gravidez da esposa, maior ídolo do clube, continuar guru dos garotos. R$ 800 mil, contrato de três anos. Com direito até a seguir trabalhando no Vila Belmiro, quando encerrar a carreira. Esse é o limite do Santos, de acordo com o presidente Modesto Roma.

A formação de um grande time. Vanderlei Luxemburgo, a quem chama de 'Vandeco' e R$ 800 mil livres de impostos. Contrato de três anos. Esta seria a proposta imbatível do Cruzeiro.

A direção do Querétaro gostou dessa história de ter um brasileiro famoso na parte final de sua carreira. E ofereceu R$ 1 milhão mensais a Robinho. Dois anos de contrato.

Mas os chineses foram na garganta. O Guangzhou Evergrande oferece nada menos do que um milhão dólares mensais. Contrato de três anos. São R$ 3,1 milhões a cada 30 dias. Nada menos do que R$ 111,6 milhões em 2018. Com a possibilidade de, aos 34 anos, voltar e encerrar a carreira no Santos. Ricardo Oliveira, por exemplo, está fazendo o maior sucesso com essa idade na Vila Belmiro.

Além de todo o dinheiro, Robinho ficou muito admirado com a proposta do time chinês. Foi Luiz Felipe Scolari quem recomendou a sua contratação, para atuar ao lado do recém-contratado Paulinho. O treinador virou as costas ao jogador na Copa do Mundo de 2014. E agora o prioriza.

O seu último dia de contrato com o Santos é hoje. Ontem à noite, ele estava muito animado a ir para a China. Mas o presidente Modesto insistiu em ter uma última conversa com o jogador e sua advogada Marisa Alija Ramos.

3ap4 O único jogador a se salvar da Copa América. Robinho tenta escapar de chantagem emocional do Santos. E seguir para ganhar R$ 3 milhões mensais do time chinês de Felipão...

"Ele é o nosso ídolo. Não pode virar as costas ao Santos. O clube sempre esteve com as portas abertas para ele quando precisou", relembra o presidente Modesto." Agora somos nós que precisamos dele", admite o presidente santista.

O dirigente santista tem razão. Quando enfrentou problemas na Europa, sempre recorreu à Vila Belmiro. Quando havia se desgastado com a diretoria do Manchester City, acabou vivendo seu primeiro empréstimo ao Santos. Encontrou Neymar, Ganso. Juntos, fizeram muito sucesso. Moral recuperada, foi vendido ao Milan. Ficou lá até o dinheiro esvair e o time enfraquecer. Percebeu que o melhor a fazer seria mesmo retornar.

Outra vez, o Santos foi responsável por sua ressurreição, recuperou a alegria de jogar. Mesmo em um elenco muito mais fraco, conseguiu se destacar. Com a queda de Felipão da Seleção, Dunga retribuiu tudo o que o jogador fez pelo técnico. Robinho cansou de brigar nos clubes onde jogou para atender convocações de Dunga.

4ae9 O único jogador a se salvar da Copa América. Robinho tenta escapar de chantagem emocional do Santos. E seguir para ganhar R$ 3 milhões mensais do time chinês de Felipão...

Além de estar em um bom momento e ser útil à Seleção, Dunga sabia e até se alegrava com o efeito colateral. Com sua convocação para a Copa América, sua carreira poderia ganhar impulso. Talvez uma última transferência ao Exterior.

Mesmo com a eliminação nas quartas, Robinho se salvou. Mostrou que, nesta nova geração de convocados, ele ainda é peça fundamental na Seleção Brasileira. Lutou muito e mostrou técnica o suficiente para se impor nesta nova geração. Foi aplaudido por torcedores na volta ao Brasil. E propostas não pararam de chegar até sua advogada.

3ae17 O único jogador a se salvar da Copa América. Robinho tenta escapar de chantagem emocional do Santos. E seguir para ganhar R$ 3 milhões mensais do time chinês de Felipão...

Este último dia de junho marca o final do seu contrato com o Santos. A direção do Cruzeiro já comenta que o jogador deverá se transferir para a China. Optará pelo dinheiro, impossível dos clubes do país concorrerem. Nem toda a conversa de "Vandeco" seria capaz de mudar sua intenção de ir atuar na China.

Mesmo sendo muito dinheiro ofertado pelos chineses, Modesto Roma aposta na família de Robinho para segurá-lo no Santos. Argumenta que ele teria mais prazer com R$ 800 mil no Brasil do que R$ 3,1 na China.

Mas neste começo de tarde, conselheiros se mostravam pessimistas em Santos. Acreditam que Robinho irá para os braços de Felipão. Modesto Roma, no entanto, não perdia a esperança. Acreditava na sua lábia. No seu apelo desesperado pela permanência do atacante.

Na sua convicção que, só com ele, o Santos pode sonhar com vaga na Libertadores. Ir o mais longe possível na Copa do Brasil. Para Modesto, se Robinho se for, o ano estará perdido. A definição, só daqui a algumas horas.

Mas fica a certeza.

Novamente Robinho renasceu na Vila Belmiro.

Pela terceira vez...

(Modesto Roma se despediu de Robinho chorando. Não teve como pagar a mesma coisa que os chineses. Conselheiros santistas adiantaram que o jogador deverá receber 12 milhões de euros de luvas, cerca de R$ 41 milhões. E mais 1 milhão de euros, R$ 3,4 milhões mensais. Dos chineses do Guangzhou Evergrande.

Não houve nem como Santos tentar contraproposta. Resta apenas esperar. Robinho deverá encerrar a carreira no clube, aos 34 anos. Ou voltará se algo der errado na China. Ele sabe que a Vila Belmiro é sua casa...)
 O único jogador a se salvar da Copa América. Robinho tenta escapar de chantagem emocional do Santos. E seguir para ganhar R$ 3 milhões mensais do time chinês de Felipão...

Palmeiras acolhe, com orgulho, Aranha. O goleiro negro que teve a coragem de enfrentar o racismo. Não só de alguns gremistas, como até de próprios santistas. Um exemplo neste país tão hipócrita…

1ae25 Palmeiras acolhe, com orgulho, Aranha. O goleiro negro que teve a coragem de enfrentar o racismo. Não só de alguns gremistas, como até de próprios santistas. Um exemplo neste país tão hipócrita...
"O Aranha se precipitou em querer brigar com a torcida. Se eu fosse querer parar o jogo cada vez que me chamassem de macaco ou crioulo, todos os jogos iriam parar. O torcedor grita mesmo. Temos que coibir o racismo. Mas não é num lugar publico que você vai coibir O Santos tinha Doval, Coutinho, Pelé… todos negros. Éramos xingados de tudo quanto é nome. Não houve brigas porque não dávamos atenção. Quanto mais se falar, mais vai ter racismo."

Essas foram as palavras de Pelé, condenando a atitude de Aranha. O melhor jogador de todos os tempos pregava a surdez, a omissão diante dos racistas. Nada de confronto. Se os negros norte-americanos e sul-africanos pensassem assim, ainda estaria segregados a lugares longe dos brancos. Ônibus, banheiros, bebedouros, restaurantes, piscinas, elevadores. Sem direito inclusive a votar. Os casamentos 'mistos' seriam crimes.

Um negro fazer amor com sua namorada ou noiva poderia ser considerado estupro. Essa era a lei em várias partes dos Estados Unidos e África do Sul há menos de 50 anos. Não fosse pela revolta de pessoas como Mandela ou Martin Luther King, o racismo ainda prevaleceria.

3reproducao4 Palmeiras acolhe, com orgulho, Aranha. O goleiro negro que teve a coragem de enfrentar o racismo. Não só de alguns gremistas, como até de próprios santistas. Um exemplo neste país tão hipócrita...

Era esse o pensamento de Aranha ao se rebelar na partida contra o Grêmio, em Porto Alegre, no dia 28 de agosto do ano passado. Resolveu chamar o árbitro, também negro, Wilton Pereira Sampaio. E apontou para os torcedores gremistas que o xingavam de macaco, preto fedido e outras injúrias raciais. Os gritos eram captados pelos microfones e as câmeras focalizaram Patricia Moreira da Silva, loira, mostrando todo o ódio que reservava ao goleiro santista. As sílabas saíam com fel de sua boca "Ma-ca-co". O árbitro fingiu que nada ouvia e exigiu que a partida recomeçasse. Uma atitude que combinaria com Pelé.

Aranha já tinha sido detido pela polícia de Campinas quando jogava na Ponte Preta. Seu crime, ser negro e estar em um carro parado. Os policiais exigiram que saísse do carro. "Falaram que era para eu ficar quieto, que eu era suspeito. Me algemaram, deitaram no chão, queriam saber de arma, mas eu não tinha nada. Tomei um tapa, um chute. Tenho a marca aqui, acho que é a bota do policia." O caso aconteceu em 2005 e foi arquivado.

1reproducao21 Palmeiras acolhe, com orgulho, Aranha. O goleiro negro que teve a coragem de enfrentar o racismo. Não só de alguns gremistas, como até de próprios santistas. Um exemplo neste país tão hipócrita...

O goleiro nunca se conformou com a omissão dos negros que jogam futebol. E que aceitam ser xingados de macacos. Cansado, decidiu que havia chegado a hora de dar um basta. Expôs parte da torcida gremista. Acreditou que teria retaguarda no Santos. Um clube grande. O mais conhecido fora do Brasil. Aquele que teve o melhor do mundo. Pois o apoio foi relativo. Parou na área esportiva.

Depois de 'intensa' investigação, a polícia gaúcha chegou a Patricia Moreira, Eder Braga, Fernando Ascal e Ricardo Rychter foram identificados. Quatro torcedores apenas. Eles correram o risco de pegar de quatro a um ano de prisão. Havia testemunhas e, no caso de Patricia, filmagem. Mas em vez disso, a legislação foi suave. Fez com que apenas tivessem de comparecer à uma delegacia por dez meses, no horário em que o Grêmio estivesse em campo. O 'quarteto fantástico' pôde até se recusar a usar uma tornozeleira eletrônica que denunciaria onde estivessem.

Lógico que a sentença foi ridícula. Um incentivo a quem carrega o racismo no peito. A sociedade brasileira perdeu uma oportunidade de ouro. Ao contrário até. Mostrou como é permissiva. E que não é por acaso que na maioria dos filmes de Hollywood, os bandidos querem fugir para cá. É a terra da impunidade.

Tudo o que a justiça fez foi tranquilizar os racistas. Por isso de nada serviram os casos de Tinga, Arouca, o árbitro Márcio Chagas -- que abandonou a carreira, cansado com o preconceito, Assis do Uberlândia, Francis do Boa Esporte, em 2014. O ano da graça de 2015 começa com o desprazer de testemunhar a revolta de Fabiana, bicampeã olímpica de vôlei.

2reproducao8 Palmeiras acolhe, com orgulho, Aranha. O goleiro negro que teve a coragem de enfrentar o racismo. Não só de alguns gremistas, como até de próprios santistas. Um exemplo neste país tão hipócrita...

"Ele 'tava' xingando, 'tava' me insultando o tempo inteiro. Toda vez que eu ia pro saque, ele gritava, 'olha a macaca, joga a banana pra macaca'." Fabiana, chorando, acusou e identificou Jefferson Gonçalves de Oliveira. Ele, torcedor do Minas na partida contra o Sesi de São Paulo. A partida aconteceu no dia 27 de janeiro. Testemunhas, fãs do próprio Minas, confirmam as ofensas. Na delegacia, Jefferson negou e disse que a chamou de 'africana'. E saiu tranquilamente depois de seu depoimento. Assustada, Fabiana não prestou queixa contra ele. Parece não querer enfrentar o desgaste de um processo.

Quanto a Aranha, o jogador percebeu que depois do caso de racismo, seu espaço diminuiu no Santos. Muitos conselheiros se voltaram contra ele. Acreditaram que expôs o Santos desnecessariamente. Dificultou a relação com o Grêmio que sempre foi excelente. Sentia que o clima mudou. De repente, só se falava em contratar um novo goleiro. Quando vieram os quatro meses de salários atrasados, 13º e direito de imagem. Decidiu entrar na justiça para receber o que tinha direito.

4ae8 Palmeiras acolhe, com orgulho, Aranha. O goleiro negro que teve a coragem de enfrentar o racismo. Não só de alguns gremistas, como até de próprios santistas. Um exemplo neste país tão hipócrita...

Foi quando aconteceu o pior. Um grupo de torcedores santistas no Facebook fez o inesperado. Usou ofensas racistas para atacá-lo por entrar na justiça contra o clube. Aranha foi chamado insistentemente de macaco. Um absurdo. Em gremistas radicais, torcedores adversários, a atitude já era inaceitável. Quando próprios santistas apelavam para ofensas racistas, tudo se tornou ainda mais deprimente. Mas o Santos não protestou. Fez questão de ignorar. O que deu mais a certeza ao jogador que era hora de sair. Não jogaria nunca mais na equipe com racistas infiltrados.

Oswaldo de Oliveira se solidarizou com as 'injúrias raciais' contra Aranha. E gostava do seu futebol. Pediu a sua contratação para a reserva de Fernando Prass. Acredita que um dos maiores erros de 2014 foi o Palmeiras insistir nos goleiros formados na base, já que não mostravam segurança. Aranha recebeu uma proposta também da China. Mas decidiu jogar no Palestra Itália.

E no Palmeiras, com o aval de Oswaldo, Aranha terá toda a liberdade para falar sobre o que quiser. Principalmente se manifestar se sofrer novamente com o racismo. O técnico ficou muito orgulhoso com a coragem do jogador.

"A verdadeira medida de um homem não se vê na forma como se comporta em momentos de conforto e conveniência, mas em como se mantém em tempos de controvérsia e desafio", disse Martin Luther King. Ele ficaria orgulhoso da força de Aranha. Um dos poucos jogadores negros com coragem de enfrentar a hipócrita sociedade brasileira.

Situação mascarada que Gilberto Gil resumiu muito bem em um show em São Paulo na década de 90. "Aqui é o país onde muitos brancas só têm prazer em abraçar um negro desconhecido no Carnaval. Na quarta-feira de Cinzas mudam de calçada quando encontram o mesmo negro pela frente"...

Neymar não quer falar sobre a sua venda para o Barcelona. Uma das mais nebulosas transações da história. A que obrigou a demissão do esperto Sandro Rosell. Pena que a Receita Federal brasileira tenha cruzado os braços sobre a negociação…

1neymarsandrorosell 1024x682 Neymar não quer falar sobre a sua venda para o Barcelona. Uma das mais nebulosas transações da história. A que obrigou a demissão do esperto Sandro Rosell. Pena que a Receita Federal brasileira tenha cruzado os braços sobre a negociação...
Neymar não quer que a imprensa 'encha o seu saco' com sua transferência para o Barcelona. Ele pode ter as mulheres que desejar, ser tratado como um rei por Dunga, ter seus pés beijados por Luiz Enrique. Mas não conseguirá se livrar do questionamento de jornalistas do mundo todo.

Sua venda do Santos para o clube catalão foi uma das negociações mais nebulosas de todos os tempos. Não fosse assim não teria derrubado o próprio presidente do Barcelona. O esperto Sandro Rossel teve de renunciar diante do escândalo. A justiça espanhola concluiu que ele mentiu. Tentou burlar o fisco. Anunciou a compra por 57 milhões de euros (cerca de R$ 179 milhões). Na verdade, o contratou por 86 milhões de euros (R$ 270 milhões).

Os detalhes que vieram à tona são estranhos. Revoltaram a DIS, empresa que teria direito a 40% da transferência. No frigir dos ovos, o Santos recebeu 17 milhões de euros, R$ 53,9 milhões pelo atacante. O pai do jogador, 40 milhões de euros, cerca de R$ 125 milhões. Desses 40 milhões de euros, dez milhões (R$ 31 milhões) foram pagos a Neymar Sênior antes da decisão do Mundial de Clubes no Japão, em 2011. Ou seja, Neymar já recebia dinheiro da equipe que iria enfrentar.

No total da transação, Neymar e sua família teriam embolsado R$ 193 milhões, quase quatro vezes mais do que o Santos. A negociação é inédita e absurda. Poucas vezes na história um clube recebeu quatro vezes menos que o atleta. Tudo fica pior quando se sabe que o Real Madrid estava oferecendo mais.

Neymar não gosta que questionem o fato de ele ter atuado no Japão contra o Barcelona e com seu pai já tendo recebido do clube espanhol. Eticamente não está correta. O ex-presidente santista, Luís Álvaro, treme de ódio quando é lembrado dessa transação. E do excesso de abraços que Neymar trocou com o elenco do Barcelona.

1messineymariniesta Neymar não quer falar sobre a sua venda para o Barcelona. Uma das mais nebulosas transações da história. A que obrigou a demissão do esperto Sandro Rosell. Pena que a Receita Federal brasileira tenha cruzado os braços sobre a negociação...

"Nesses dinheiro que foi para a família do Neymar estava incluído o cafezinho do pai do Neymar. E uma orgia no hotel Piccadilly, em Londres. Porque ele cobra qualquer coisa. Ele nunca me pagou um café. E eu paguei uns 200 cafés para ele. Esse dinheiro é exagerado. Isso inclui puta. Inclui um jatinho para levar ele para o jogo em Florianópolis naquela partida que veio da Seleção. Dinheiro não faltava. O pai do Neymar não quero ver na frente do meu carro, pois, senão, ao invés de brecar eu acelero e também não estendo a mão para ele. E, se estender, é para dar uma porrada."

Luís Álvaro resumiu dessa maneira a negociação. E foi até processado por Neymar Sênior pela declaração. Terá de pagar R$ 20 mil pelo que disse.

Durante a Copa, a assessoria de imprensa da CBF proibia perguntas sobre o tema. A ordem prevaleceu depois do Mundial. Neymar não fala sobre o tema. O desabafo de hoje deve ter sido o último sobre sua venda. Também no Barcelona o tema não será aceito.

1neymargazetapress Neymar não quer falar sobre a sua venda para o Barcelona. Uma das mais nebulosas transações da história. A que obrigou a demissão do esperto Sandro Rosell. Pena que a Receita Federal brasileira tenha cruzado os braços sobre a negociação...

Pode ter enchido o saco de Neymar. A Justiça Espanhola já tem tudo esclarecido. O Barcelona teve de pagar uma multa milionária por esconder dados quando Rosell era o presidente. O que chama a atenção é que as autoridades brasileiras se calaram. A Receita Federal brasileira, estranhamente, nunca se importou em saber detalhes da transação. O quanto foi verdadeiramente pago pelos espanhóis. Quanto entrou e em que bolso foi parar.

Conselheiros do Santos já prometeram cobrar publicamente Luís Álvaro, Odílio Rodrigues. Gritaram em 2013. Repetiram a promessa de impeachment. A DIS prometeu colocar advogados na Europa. Desvendar o caso. Porém, de repente, todos se calaram.

Só jornalistas continuam a 'encher o saco' de Neymar. Que mania ridícula. Querer que haja transparência em uma das maiores transações entre dois clubes da história. Uma negociação onde o jogador recebeu quase quatro vezes mais do que o clube que o vendeu. E começou a ganhar dois anos antes. Nos dias que antecediam a decisão de um título mundial justo contra o clube que iria comprá-lo.

Não há motivos para questionamentos. Já está na hora desses repórteres entenderem. Neymar está acima do bem e do mal. Só quer falar sobre o que lhe interessar. Tatuagens, instagram, selfies, por exemplo. Os jornalistas espanhóis que não encham seu saco com perguntas sobre dinheiro, Imposto de Renda, dinheiro antecipado, Sandro Rosell.

Os brasileiros já aprenderam. E estão impedidos de fazer tais questionamentos. Precisam calar a boca e engolir a nebulosa transação. Agir como débeis mentais, alienados. Groupies. Aí sim conseguem falar com Neymar. Ganhar até um sorriso dele. Os que melhores se comportarem nos próximos amistosos da Seleção talvez até ganhem o grande prêmio. Uma selfie com ele. Quem vai recusar?
1instagramneymar Neymar não quer falar sobre a sua venda para o Barcelona. Uma das mais nebulosas transações da história. A que obrigou a demissão do esperto Sandro Rosell. Pena que a Receita Federal brasileira tenha cruzado os braços sobre a negociação...

Abalado pela derrota contra o Santos, Palmeiras tem a sequência maldita. Se repetir resultados do primeiro turno, somará cinco pontos. E será rebaixado. Enquanto isso, briga entre organizadas mata mais um. Até quando?

1reproducao31 Abalado pela derrota contra o Santos, Palmeiras tem a sequência maldita. Se repetir resultados do primeiro turno, somará cinco pontos. E será rebaixado. Enquanto isso, briga entre organizadas mata mais um. Até quando?
"De novo, de novo, de novo, vai cair de novo." "Ei, você aí, time pequeno que parece o Guarani." Os coros da torcida santista dominavam o Pacaembu. E não perdoavam o rival vestido de verde. Depois de três vitórias seguidas, outra fracasso. O Palmeiras atingia a assustadora marca de 15 derrotas.

Dorival Júnior estava tenso, nervoso após a derrota para o Santos por. O 3 a 1 conseguido pelo time de Enderson Moreira, o deixou seriamente preocupado. Ele contava com mais esses três pontos, precisava deles. Por um motivo muito simples. O preocupante caminho até o final do Brasileiro.

Restam nove partidas para o clube de Paulo Nobre decidir sua vida. Cruzeiro no Mineirão, Corinthians, no Pacaembu, Bahia, na Fonte Nova, Atlético Mineiro, no Pacaembu, São Paulo, no Morumbi, Sport Recife no Pacaembu, Coritiba, no Couto Pereira, Internacional, no Beira-Rio. A última partida será contra o Atlético Paranaense, em São Paulo. Pode ser no Pacaembu ou na nova arena.

Contra esses mesmos adversários, os palmeirenses conseguiram só cinco pontos no primeiro turno. Foi a 'sequência maldita'. Se o time agora de Dorival Júnior repetir a mesma atuação, deverá ser rebaixado para a Segunda Divisão. Por isso da tensão, irritação do treinador.

"A nossa realidade é essa, por isso não podemos relaxar. O Palmeiras errou muito durante a competição e agora não pode mais se dar esse luxo. Não temos mais o direto de errar nesses jogos que temos pela frente. De jeito algum."

1ae12 Abalado pela derrota contra o Santos, Palmeiras tem a sequência maldita. Se repetir resultados do primeiro turno, somará cinco pontos. E será rebaixado. Enquanto isso, briga entre organizadas mata mais um. Até quando?

Dorival sabe o quanto o time será pressionado nestes últimos nove jogos. O treinador viu hoje no Pacaembu velhas falhas da fraca equipe montada por Brunoro. Não é por acaso que será dispensado em dezembro, sem contrato renovado. Dos 36 contratados, não há grandes jogadores de marcação. A zaga é pesada, lenta. Lúcio e Tobio não são páreo para atacantes velozes de posse da bola.

O Palmeiras não pode sair atrás do placar que é um desespero. O medo do rebaixamento domina a todos. E a equipe se abre, tentando conseguir o empate a fórceps. Fica exposta a contragolpes rápidos. O Santos marcou três, mas poderia tranquilamente marcar outros dois ou três gols. Bastaria ter um pouco mais de capricho. Não foi por acaso que o time chegou à sua 15ª derrota. Perdeu mais do que o Coritiba, lanterna do Brasileiro.

A diretoria já ofereceu ainda no primeiro turno uma premiação ao time não ser rebaixado. O bilionário Paulo Nobre pensa o que fazer. Talvez aumentar o dinheiro oferecido. Seria caótico o rebaixamento com, finalmente, a liberação do novo Palestra Itália em 2015.

3reproducao11 Abalado pela derrota contra o Santos, Palmeiras tem a sequência maldita. Se repetir resultados do primeiro turno, somará cinco pontos. E será rebaixado. Enquanto isso, briga entre organizadas mata mais um. Até quando?

"A confiança vinha sendo demonstrada em campo. Temos que reconhecer que erramos, mas isto não quebra o que estávamos buscando ao longo da competição. Se analisarmos friamente, tivemos uma partida nota 6, 7. Não foi brilhante. O 3 a 1 é penoso, mas acho que o Palmeiras também fez um bom jogo."

Para culminar o péssimo domingo para veio a provocação de David Braz. Ele não perdoou quando viu Valdivia irritado após a derrota. O zagueiro, que já atuou no Palmeiras, fez questão de esfregar os dois olhos, imitar o chororô, marca registrada do chileno após marcar gols ou comemorar vitórias importantes. O meia ficou irritado e quase acontece uma briga.

David Braz admitiu o erro ao provocar Valdivia. Mas não perdoou o time rival que segue ameaçado pelo rebaixamento. Viu algo estranho dos juízes no clássico de hoje. Diante de tantas desgraças que podem levar o clube de volta à Segunda Divisão, eles estariam com pena.

"A 'juizada' começou a querer ajudar o Palmeiras no final, foram várias faltas que só davam pra eles. Percebi que eles ficaram com dó. Com dó", repetiu, cruel.

Pior do que tudo só a selvageria que aconteceu na via Anchieta. Organizadas palmeirenses fizeram uma emboscada para a torcida santista. Motos e carros apedrejaram dois ônibus com santistas. Houve confusão, troca de tiros. Pauladas, chutes, socos. Tiros de morteiro. Em plena estrada que liga São Paulo ao litoral. Leonardo da Mata Santos, de apenas 21 anos, morreu atropelado. Ele pertencia às organizadas do Palmeiras. Outros dois torcedores foram atropelados e um outro tomou um tiro. Apenas cinco pessoas foram detidas.

Foi o troco. No primeiro turno, houve uma tocaia de santistas a palmeirenses. E já está prometido outro conflito por parte dos palmeirenses. Vingar a morte de Leonardo será a desculpa. Foi assustador o material recolhido na briga. Revólveres, madeiras, morteiros. Fora as pedras que ficaram na rodovia.

As autoridades brasileiras precisam tomar vergonha na cara e agir de verdade. Punindo esses vândalos, arruaçeiros. Caso contrário, muita gente ainda vai morrer. Precisa ser contido o bandido que usa o futebol para satisfazer seu caráter criminoso. Deixar fluir sua vontade de ferir, de matar. E os nossos omissos governantes assistem essa matança calados, desinteressados...
1reproducaogloboesporte Abalado pela derrota contra o Santos, Palmeiras tem a sequência maldita. Se repetir resultados do primeiro turno, somará cinco pontos. E será rebaixado. Enquanto isso, briga entre organizadas mata mais um. Até quando?

Torcidas organizadas deveriam ser proibidas nos estádios?

  • Sim
  • Não
 Abalado pela derrota contra o Santos, Palmeiras tem a sequência maldita. Se repetir resultados do primeiro turno, somará cinco pontos. E será rebaixado. Enquanto isso, briga entre organizadas mata mais um. Até quando?

Digite o texto da imagem:

Gerar outra imagem

Ele foi para a Europa para ser o melhor do mundo. Conseguiu o título do brasileiro mais decepcionante da história. De volta ao Santos, seu refúgio: Robinho…

1reproducao3 Ele foi para a Europa para ser o melhor do mundo. Conseguiu o título do brasileiro mais decepcionante da história. De volta ao Santos, seu refúgio: Robinho...
Leandro Damião ganha R$ 450 mil mensais. Mais singelos R$ 50 mil de 'auxílio moradia'. Robinho já deixou tudo apalavrado. Por uma questão de 'carinho', ele aceitará ganhar apenas R$ 600 mil fixos a cada 30 dias. Serão R$ 1,1 milhão por apenas dois jogadores.

No último balanço, no final de 2013, o clube presidido por Odílio Rodrigues devia R$ 296 milhões. A oposição garante que as dívidas já passaram dos R$ 400 milhões.

Mesmo assim Odílio oferece a Robinho mais do que o Cruzeiro e o Flamengo estavam dispostos a pagar. Com bônus, seu salário poderá atingir mais de R$ 900 mil. Será a terceira vez que o jogador retorna à Vila Belmiro.

Robinho é visto como um trunfo eleitoral da situação. A diretoria de Odílio Rodrigues passou por um vexame bizarro. A oposição conseguiu barrar os votos pela Internet. Será obrigatória a presença dos eleitores no dia 6 de dezembro. O que é um alento. Opositores ridicularizaram a inscrição de sócios. Divulgaram carteiras verdadeiras de inscrição no Santos do gângster Al Capone, Don Corleone, personagem do filme Poderoso Chefão, o ditador chileno Augusto Pinochet, o presidiário Alexandre Nardoni, acusado de matar o próprio filho. O caso foi registrado na Polícia Civil.

O clima está pesado para a situação. A mal explicada venda de Neymar para o Barcelona é um fardo para Odílio Rodrigues. A aproximação com Renato Duprat e sua Doyen Sports se tornou outro ponto fraco. A perda do Paulista para o Ituano e a decepcionante campanha no Brasileiro se juntam. Odílio precisava de um elemento novo. Por isso Robinho.

2reproducao11 Ele foi para a Europa para ser o melhor do mundo. Conseguiu o título do brasileiro mais decepcionante da história. De volta ao Santos, seu refúgio: Robinho...

O jogador atuará pela terceira vez no Santos. Da primeira vez saiu brigado. Bateu no peito avisando que iria para o Real Madrid virar o melhor do mundo. A declaração de 2002 conseguiu irritar o elenco do clube espanhol. Robinho fez de tudo, mas foi rejeitado. Seu pecado: pensar primeiro nele e só depois nos seus companheiros.

O trauma nunca foi superado. Robinho perdeu a velocidade, a agilidade em Madrid. O motivo: se submeteu à tratamentos de fortalecimento que desenvolveram seus músculos mas atrofiaram sua habilidade.

Ele virou uma mera promessa que ficou muito, mas muito longe do que se esperava. Nem mesmo seus familiares o elegeriam como melhor do mundo nos últimos 12 anos. Pelo contrário. Sua decadência foi impressionante. Se a Fifa criasse o troféu de atleta mais decepcionante, colecionaria alguns troféus.

Dirigentes de Real Madrid, Manchester City e Milan votariam em peso no brasileiro. Fizeram muito carnaval por nada. Houve muita alegria nestas equipes em relação a Robinho. Quando o contrataram e, muito mais, quando o negociaram.

3reproducao1 Ele foi para a Europa para ser o melhor do mundo. Conseguiu o título do brasileiro mais decepcionante da história. De volta ao Santos, seu refúgio: Robinho...

O Santos sempre surgiu como uma espécie de abrigo. E que sempre deu guarida nas horas difíceis. Em janeiro de 2010, a Copa da África estava escapando. Reserva dos reservas no Manchester City. Chegou e teve a sorte de atuar ao lado dos jovens Neymar e Paulo Henrique Ganso. Na época, eles os trataram como ídolo. Dentro e fora do campo. Esqueceu um pouco a frustração, sua constante companheira na Europa.

Mas teve de voltar depois do fracasso do time de Dunga. E sem o menor clima em Manchester foi despachado para o Milan. Nunca foi titular absoluto, grande destaque do time de Berlusconi. Muito pelo contrário. Sua inconstância valeram críticas constantes dos jornalistas italianos. Nem a camisa 7 conseguiu. Era de Alexandre Pato.

A cada abertura de janela era um dos atletas que mais o Milan tentou negociar. O clube havia pago R$ 40 milhões por ele, menos da metade dos R$ 96 milhões que o Manchester City pagaram ao Real Madrid. Quando falou que partia para o Velho Continente para ser o melhor do mundo rendeu R$ 60 milhões ao Santos. A sua desvalorização é impressionante.

1efe Ele foi para a Europa para ser o melhor do mundo. Conseguiu o título do brasileiro mais decepcionante da história. De volta ao Santos, seu refúgio: Robinho...

Seu contrato com o Milan vai até 2016. Mas os italianos se cansaram de vez dele. E resolveram vendê-lo. Kaká tentou ajudar e convencer a direção do Orlando City a contratá-lo para atuar ao seu lado. Mas não houve interesse. Os norte-americanos são muito ligados às estatísticas no esporte. Nas últimas partidas de Robinho pelo Milan ele marcou apenas 17 vezes. Pouco demais para um atacante que pedia mais de R$ 1 milhão para jogar por lá.

Robinho foi deixado de lado da pré-temporada do Milan nos Estados Unidos. Ficou na Itália exatamente para ser vendido. Só que pesou muito contra o atacante o fato de ter sido esquecido por Luiz Felipe Scolari e não disputado a Copa do Mundo no Brasil. O fato, acrescido de sua idade , em janeiro completará 31 anos, foi fatal.

Tudo ficou muito mais fácil para o Santos. Conselheiros garantem que ele terá privilégios extras, além do salário. Camarote, camisas, bolas, ingressos, pequenos agrados. Para que se sinta em casa. Desfrute o empréstimo.

O Santos terá seu filho pródigo por pelo menos até janeiro de 2015. Na nova abertura da janela, o Milan tentará novamente vender o jogador. A direção italiana espera que ele aproveite o baixo nível do futebol brasileiro para marcar muitos gols, fazer grandes jogadas. E aí repassá-lo para mercados da periferia do esporte como Estados Unidos, Oriente Médio, China. Se não conseguir, Robinho ficará na Vila Belmiro até julho de 2015. Ou para sempre.

Triste fim para aquele que deveria ter sido o melhor jogador do mundo. E acabou como o mais decepcionante dos que deixaram o Brasil. E só faz a festa no poluído litoral paulista...
1reuters Ele foi para a Europa para ser o melhor do mundo. Conseguiu o título do brasileiro mais decepcionante da história. De volta ao Santos, seu refúgio: Robinho...

CBF já avisa: se o Santos chegar à final da Libertadores não liberará Neymar e Elano. Eles terão de disputar os amistosos inúteis, contra Holanda e Romênia. Final da Libertadores não é problema de Mano Menezes…

divulgacao4 CBF já avisa: se o Santos chegar à final da Libertadores não liberará Neymar e Elano. Eles terão de disputar os amistosos inúteis, contra Holanda e Romênia. Final da Libertadores não é problema de Mano Menezes...
Goiânia

O diretor de Comunicação da Seleção, Rodrigo Paiva, é direto.

Só fala sobre um tema polêmico quando já conversou com Mano Menezes...

Com Ricardo Teixeira...

O Santos entrará em campo daqui a pouco para decidir sua vida na Libertadores...

Caso consiga passar pelo Cerro Portenho será finalista...

Vai decidir o título...

Pode chegar ao Campeonato Mundial de Clubes...

Decidir quem é o melhor do mundo com o Barcelona...

Mas entre as partidas finais da Libertadores e o jogo de hoje há dois jogos inúteis...

Dois amistosos da Seleção Brasileira...

O primeiro será aqui, no Serra Dourada, no sábado...

Contra a Holanda, sem oito jogadores...

E o segundo, logo na terça-feira, contra a Romênia...

Na despedida de Ronaldo...

O presidente Luís Álvaro já pediu a liberação de Neymar e Elano dessas partidas...

Pelo menos contra a Romênia...

Mas não houve jeito...

A resposta é de Rodrigo Paiva...

"Pedir, todo mundo pode pedir o que quiser.

O que eu posso falar é que Neymar e Elano devem estar treinando já amanhã com o grupo.

E devem jogar...

É isso que eu posso falar..."

Ou seja: não haverá liberação por parte da CBF...

Muito menos de Mano Menezes...

É bom os dirigentes do Santos rezarem muito...

Para que Neymar ou Elano não pisem em nenhum buraco do judiado gramado do Serra Dourada...

Ou que não tomem um pontapé de holandeses ou romenos e não possam jogar a final da Libertadores...

Pouco importa que os dois estejam sacrificados, vindos de uma maratona absurda...

Jogando Campeonato Paulista e Libertadores...

Neymar ainda atuou no Sul-Americano sub-20...

Se depender da CBF, de Mano Menezes...

Os dois terão de jogar e ponto-final...

Neymar: aproveite enquanto ele está por aqui. Vá aos seus shows. Depois só pela televisão a cabo…

divulgacao9309 Neymar: aproveite enquanto ele está por aqui. Vá aos seus shows. Depois só pela televisão a cabo...
Já havia dado dois chapéus consecutivos...

Driblado de todas as maneiras...

Depois da bola, quem mais foi chutado no Pacaembu foi ele...

Mas não se amedrontava...

Ao contrário...

Parecia que era movido a chutes paraguaios...

Quanto mais melhor...

Até que veio a arrancada sensacional no final do primeiro tempo...

Com uma pedalada rasgou de vez a violenta zaga do Cerro Portenho...

E cruzou na cabeça de Edu Dracena...

Gol santista...

Dar 80% do gol ao menino seria injustiça...

Pelo menos 95%...

Outra vez ele foi fundamental em um jogo importantíssimo para o Santos...

Foi a primeira partida das semifinais da Libertadores...

Se o time não vencesse no Pacaembu seria terrível, péssimo...

Era obrigação de verdade...

E outra vez jogou por ele, por Ganso e pelo time...

Mostrou uma característica que muita gente parece não enxergar....

Coragem...

Foi ameaçado, xingado e tomou pontapés em rodízio...

Mas não se amedrontou...

Pelo contrário ficou ainda mais abusado...

Seus dribles ficam mais objetivos a cada dia...

Outra vez a agonia santista...

Se ele tivesse como companheiro um atacante melhor do que Zé Eduardo...

O time de Muricy Ramalho teria carimbado a ida à final da Libertadores ontem...

O que resta fazer é esquecer que o time contratou Borges e ele não pode ser inscrito...

Prestar atenção no jogador mais talentoso do País...

E esquecer de Zé Eduardo para não ter úlcera nervosa...

Quem estava no Pacaembu batendo palmas para o menino era Robinho...

Ao final da partida, com outro show solo do garoto, o jogador do Milan profetizou...

"Será o melhor do mundo.

Quando for para a Europa terá todo o reconhecimento que merece...

Esse é o caminho", resumiu Robinho.

Ou seja: a cada apito final dos jogos do Santos....

Fica aquela pequena angústia depois de todo talento mostrado pelo garoto...

A sensação de quem puder, que aproveite...

Esses espetáculos vão acabar...

No máximo durarão até o final do ano no Brasil...

Porque ele pode sim ir embora na janela do meio do ano, ofertas não faltarão...

Chelsea, Barcelona, Real Madrid, Milan vão tentar levá-lo daqui...

Depois só pela televisão a cabo...

A hora é de desfrutar de cada jogo...

Comprar ingresso mesmo sendo corintiano, palmeirense, são-paulino, flamenguista, vascaíno...

Mesmo se for torcedor do Radium de Mococa...

Quem estiver na arquibancada será premiado com um belíssimo show...

Aplauda...

Esqueça que ele é mimado...

Não fala nada com nada quando resolve dar entrevistas...

Que se veste misturando as tendências de moda do Restart com o grupo Revelação...

Acabou de engravidar uma menina de 17 anos...

Esqueça tudo isso...

Faz de conta que é a reencarnação de Garrincha sem as pernas tortas...

No auge...

Ainda há a possibilidade de vê-lo pertinho no estádio...

Aplauda...

Mesmo em casa...

Se permita reverenciar esse talento extraordinário...

O Santos é o maior beneficiado pelo absurdo potencial de um garoto de 19 anos...

E além dos títulos que passou a colecionar desde que começou a jogar com a camisa branca...

O clube vai ganhar muito, mas muito dinheiro com ele...

E mesmo assim será pouco...

Quanto vale esse gênio de nome Neymar?

Twitter e boca tiram Alex Silva do São Paulo. Flamengo, Santos e Corinthians fazem leilão pelo zagueiro…

divulgacao3941 Twitter e boca tiram Alex Silva do São Paulo. Flamengo, Santos e Corinthians fazem leilão pelo zagueiro...
Foi a boca e o twitter que acabaram com a carreira de Alex Silva no São Paulo.

A direção do clube não se conformou da maneira com que ele enfrentou Juvenal Juvêncio.

O zagueiro ficou irritado quando o presidente disse que mentira à imprensa...

E que o Sporting de Portugal não tinha interesse no seu futebol.

"Ele inventa coisas", resumiu Juvenal...

O zagueiro ficou revoltado e mandou o presidente 'se informar' antes de falar aos jornalistas...

Depois pediu desculpas, mas o ambiente ficou péssimo para ele.

Para complicar ainda mais a situação, seu futebol decaiu demais nos últimos tempos.

Ainda havia dúvida sobre comprá-lo ou não, quando surgiu a confusão Carpegiani/Rivaldo...

Logo após a eliminação do São Paulo da Copa do Brasil, ninguém queria dar entrevistas...

Nem os dirigentes...

Alex Silva fez questão de falar.

Deixou claro que não precisava de proteção de dirigente algum para dar entrevista...

Enfatizou o fato deles não estarem no CCT...

Esta gota d'água chegou até Juvenal Juvêncio...

E tudo foi decidido...

Não ficar com o jogador...

Ele que se arrume com o Hamburgo...

A ordem do dirigente é que ele não atue mais pelo São Paulo...

É para mostrar que existe sim diretoria no Morumbi.

Alex Silva ficou chocado com a decisão.

Mas prometeu que sua carreira não vai acabar.

Muito pelo contrário.

Ele já recebeu três propostas.

Corinthians, Santos e Flamengo.

O Hamburgo quer vendê-lo.

Quem pagar mais leva...

No São Paulo, nunca mais...

Pai de Neymar garantiu à familia da mãe do neto. Neymar não vai mandar só dinheiro. Será pai de verdade do menino…

placardivulgacao Pai de Neymar garantiu à familia da mãe do neto. Neymar não vai mandar só dinheiro. Será pai de verdade do menino...
Neymar será pai de um menino.

Ele resolveu divulgar a notícia hoje, dia do jogo contra o Cerro Portenho.

Semifinal da Libertadores no Pacaembu...

Sabe que as tevês farão matérias e mais matérias sobre o 'herdeiro'.

O garoto de 19 anos tem uma relação profunda com seu pai, que se chama também Neymar.

Ele foi um jogador que não deu certo.

Fica nítido que se realizou no filho...

E que ele faz e tem tudo o que sonhara há 30 anos...

Os dribles, os pedidos de entrevista, o assédio dos fãs...

Neymar Pai sabe que poderia ter vivido tudo isso se tivesse sorte.

Quem o viu jogar disse que era talentoso...

Se tivesse um empresário bem relacionado sua vida poderia ter sido outra...

Não teve e agora vê seu filho fazendo tudo o que poderia...

Só não conseguiu...

Neymar Filho sabe quem foi que lhe serviu como exemplo...

Com quem aprendeu a chutar e driblar...

Desde garotinho ia treinar na praia com o pai...

Teve a pesada incumbência que muitos filhos têm...

Realizar sonhos que muitas vezes não são seus...

Mas Neymar abraçou a causa...

Se convenceu que deveria ser o melhor jogador do mundo...

Para agradar o pai...

Seu talento excepcional transbordava nas primeiras partidas de futebol de salão...

Mas o pai não se deixava contaminar pelos elogios...

Exigia sempre mais do filho...

Chutar com a esquerda, cabecear, dribles...

Tudo era ensaido incansavelmente com Neymar Pai...

Além de todo o treino que ele tinha nas categorias de base...

Era levado pelas mãos paternas para cada partida, cada treinamento...

O apego entre os dois é imenso...

E o controle de Neymar Pai, também...

Ainda hoje, Neymar passa 30 dians com R$ 10 mil que o pai lhe dá como mesada...

Mesada do próprio salário de R$ 500 mil...

Neymar Pai conteve o quanto pôde o assédio das fãs e namoradas...

Chegou uma hora que não deu mais conta...

Aos 19 anos, Neymar se tornou responsável por sua vida...

Ou ao menos era o que a família esperava...

Mas não foi assim...

Tanto que engravidou uma garota de 17 anos...

Já adiantou que não quer casar...

Coube ao empresário e ao pai amarrar acordo com a família da menina...

Sem escândalos, mas com toda a assistência ao bebê e a ela...

Neymar Pai conseguiu passar toda o carinho e o amor ao futebol para o filho...

Que exemplo Neymar Filho dará ao seu herdeiro?

Terá o que ensinar se ele mesmo ainda estava aprendendo a ser homem?

Mesmo parecendo não ter saído da adolescência...

Mas na vida não há ensaios...

A aura de menino de boné virado e topete de moicano perdeu a razão de ser...

Fazer o filho foi o menor dos trabalhos...

Agora vem a missão de criar, ensinar, educar, dedicar amor, carinho...

Mandar dinheiro para a família da garota só não basta...

O menino precisará de uma referência masculina...

Não pode ficar chamando a televisão de papai, porque quando começar a dar os primeiros passos...

Seu pai poderá estar do outro lado do mundo, na Europa...

Quando entrar daqui a pouco no Pacaembu, para enfrentar o Cerro Portenho...

Neymar sabe se ele vale muito para o Santos na Libertadores...

Sua importância é incalculável para o menino dentro da barriga da menina de 17 anos...

Ter um herdeiro é um compromisso com o mundo...

A brincadeira acabou...

Neymar pode se preparar: a cobrança será imensa...

Se não da família da menina...

E nem da cruel imprensa...

Mas de Neymar Pai...

Ele vai exigir que não vire as costas para o filho...

Desejado ou não...

É filho...

Com a bola, a missão paterna foi cumprida...

Agora chegou a vez de cobrar para que Neymar se transforme em homem...

Mesmo tendo à sua disposição todas as facilidades e tentações possíveis...

Esta será a tarefa mais difícil de Neymar Pai...

Fazer com seu filho seja melhor como pessoa do que como jogador...

Neste mundo fútil que cerca Neymar será muito difícil...

Como tendo uma carreira brilhante que tem um filho que precisa dele?

Mas o pai do jogador já garantiu por ele: seu neto não ficará sem pai...

As consequências para um filho de um excepcional jogador criado à distância podem ser terríveis...

Ou alguém conseguiu se esquecer das dificuldades que Pelé teve com Edinho?

É tudo que o clã Neymar não deseja para o menino que vai chegar...

E Neymar Pai garante que vai cobrar muito do seu filho...

Resta torcer para que consiga...

Boa sorte ao herdeiro...

Página 1 de 1812345...Último