Posts com a tag: Luxemburgo

Felipão, Parreira, Luxemburgo, Mano, Leão. Esse quinteto nada acrescentará a Dunga… Que a CBF traga logo Guardiola, Mourinho, Low para ensinar o que é futebol moderno. Enquanto a xenofobia não os deixam assumir a Seleção…

1afp1 1024x576 Felipão, Parreira, Luxemburgo, Mano, Leão. Esse quinteto nada acrescentará a Dunga... Que a CBF traga logo Guardiola, Mourinho, Low para ensinar o que é futebol moderno. Enquanto a xenofobia não os deixam assumir a Seleção...
Uma manobra para acalmar a opinião pública. E tirar a responsabilidade das costas. Depois de ouvir de Zico a dúvida se a Seleção Brasileira é um balcão de negócios, tantos os jogadores que são convocados e vendidos em seguida, o coordenador e ex-empresário Gilmar Rinaldi reagiu.

Em entrevista ao Sportv, braço a cabo da TV Globo, que convocará um Conselho de Desenvolvimento Estratégico para o Futebol Brasileiro. Trocando em miúdos, levará ex-treinadores e jornalistas para debaterem os erros do futebol deste país. Principalmente o apequenamento da Seleção Brasileira.

Em uma primeira etapa, os convidados de honra serão Luiz Felipe Scolari, Mano Menezes, Carlos Alberto Parreira, Vanderlei Luxemburgo e Leão.

Com exceção de Felipão em 2002, há 13 anos e Parreira, vencedor há 21 anos, os demais fracassaram de forma incontestável na Seleção. Scolari e Carlos Alberto Parreira foram os artífices da humilhante campanha brasileira na Copa de 2014. Há pouco mais de um ano foram responsáveis pela maior derrota da história do futebol deste país, os 7 a 1 da Alemanha, em pleno Mineirão.

2ae2 Felipão, Parreira, Luxemburgo, Mano, Leão. Esse quinteto nada acrescentará a Dunga... Que a CBF traga logo Guardiola, Mourinho, Low para ensinar o que é futebol moderno. Enquanto a xenofobia não os deixam assumir a Seleção...

Luxemburgo teve de renunciar para se defender na CPI do Futebol. Corria o risco de ser preso. Em Brasília ficou comprovada sua falsidade ideológica. Até 2000 ele assinava Wanderley Luxemburgo. Com w e y. Na sua carteira de identidade havia mais. Na verdade menos. Três anos foram diminuídos para que ele se aproveitasse de quando era garoto. Ou seja, ele foi gato. Até mesmo atuando pela Seleção Brasileira de base. Ninguém gosta de lembrar dessa fase. Ainda bem que foi um lateral limitado. Se fosse melhor poderia até ter disputado uma Copa do Mundo com idade alterada.

Vanderlei Luxemburgo da Silva conseguiu fazer o Brasil perder nas quartas de finais da Olimpíada de Sidney, na Austrália. O adversário foi Camarões. E mesmo com os africanos com dois jogadores a menos, expulsos, o Brasil perdeu por 2 a 1 e foi eliminado. A única jogada diferente, que os europeus não entenderam, foi Lúcio acertar uma cabeçada em Roger durante a partida.

O que Leão pode acrescentar como treinador? Foi um goleiro excelente. Mas como técnico, não. Ficou à frente da Seleção por apenas dez partidas. Foi demitido por telefone por Ricardo Teixeira, após perder a Copa das Confederações, em 2001. O ex-presidente da CBF não quis nem encontrá-lo. Considerou seu trabalho péssimo.

Com Leão, disputando o torneio, o Brasil venceu Camarões por 2 a 0. Empatou com o Canadá por 0 a 0. Empatou com o Japão por 0 a 0. E foi eliminado, perdendo para a França por 2 a 1. E para a Austrália por 1 a 0.

1afp2 Felipão, Parreira, Luxemburgo, Mano, Leão. Esse quinteto nada acrescentará a Dunga... Que a CBF traga logo Guardiola, Mourinho, Low para ensinar o que é futebol moderno. Enquanto a xenofobia não os deixam assumir a Seleção...

O desempregado Mano Menezes fez o Brasil ser eliminado da Copa América nas quartas de final nos pênaltis para o Paraguai. E perdeu a decisão da medalha de ouro na Olimpíada de Londres. Para o México. Como não tinha mais a proteção de Andrés Sanches e Ricardo Teixeira, foi demitido, com prazer, pelo detento José Maria Marin.

O que esse quinteto de derrotados, ultrapassado pode trazer de construtivo para Dunga, Gilmar e Marco Polo? Ensinar como se deve perder? Ou o 4-4-2 de Parreira de 1994 pode ser novamente utilizado? Ou quem sabe o 3-5-2 de Felipão de 2002 seria a solução? Ou então ouvir de Scolari como foi má ideia manter seu esquema 4-2-3-1 que deu certo na Copa das Confederações e acabou sendo um imenso fracasso na Copa do Mundo, quando os adversários sabiam perfeitamente como o Brasil iria se movimentar?

 Felipão, Parreira, Luxemburgo, Mano, Leão. Esse quinteto nada acrescentará a Dunga... Que a CBF traga logo Guardiola, Mourinho, Low para ensinar o que é futebol moderno. Enquanto a xenofobia não os deixam assumir a Seleção...

Será um prato cheio ouvir as teses de quem fracassou com a Seleção. Para aprender o que não fazer. Mas isso Dunga e Gilmar sabem muito bem.

O prometido genericamente é que interessa. A presença de treinadores estrangeiros para mostrar o caminho. Até que enfim a CBF e Marco Polo del Nero perdem um pouco da xenofobia que sufoca o futebol deste país.

Que venham Ancelotti, Mourinho, Guardiola, Klopp, Sabella, Joachim Löw. Estes sim têm o que dizer. O que acrescentar. Explicar com detalhes o que Dunga já vê em teipes de jogos de seus times, suas seleções.

Esse sexteto é que interessa ao futebol brasileiro.

A iniciativa acalmará a opinião pública. Não mais como suportar o atraso tático, a visão antiquada do futebol que sempre dominou este país. Com a diferença que gerações de grandes craques disfarçavam a ruindade dos nossos técnicos. Como a fonte secou e vivemos à base de Neymar, a hora é ouvir quem sabe.

Gilmar e Dunga querem livrar sua responsabilidade de um eventual fracasso da Seleção nas Eliminatórias. Caso o Brasil continue a envergonhar os torcedores, terão os badalados treinadores como escudo. Como se suas palestras e discussões fossem mágicas. Capaz de transformar Dunga na reencarnação de Rinus Michels. Não serão.

2ae3 Felipão, Parreira, Luxemburgo, Mano, Leão. Esse quinteto nada acrescentará a Dunga... Que a CBF traga logo Guardiola, Mourinho, Low para ensinar o que é futebol moderno. Enquanto a xenofobia não os deixam assumir a Seleção...

Se Marco Polo quer mesmo fazer um bem ao futebol brasileiro, deveria buscar um dos melhores treinadores do mundo. E entregar o comando da Seleção nas suas mãos. Na Olimpíada de 2016 são até agora 42 técnicos de várias nacionalidades trabalhando no esporte amador brasileiro. E ninguém morreu.

O basquete masculino, para ficar no caso mais notório, é comandando pelo argentino Rubém Magnano. Foi graças a ele que o esporte voltou a disputar uma Olimpíada depois de 16 anos de fracasso com treinadores nacionais.

Conselho de Desenvolvimento Estratégico para o Futebol Brasileiro só terá validade quando os estrangeiros começarem a falar. Uma pena que nenhum deles fique com a vaga de Dunga. Talvez não agora. A CBF é arcaica, atrasada, sem ousadia. Quer passar vexame nas Eliminatórias, em outra Copa.

Mas um dia, a seleção mais tradicional da história será comandada por um dos melhores treinadores do mundo. Infelizmente os dez melhores, pelo menos, não nasceram neste país. Por isso os grandes clubes europeus importam pés e não cérebros. Os nossos técnicos não têm nada a ensinar. Só a aprender e copiar...
5ae 1024x576 Felipão, Parreira, Luxemburgo, Mano, Leão. Esse quinteto nada acrescentará a Dunga... Que a CBF traga logo Guardiola, Mourinho, Low para ensinar o que é futebol moderno. Enquanto a xenofobia não os deixam assumir a Seleção...

Edmundo: o melhor investimento de sua vida…Emprestar a Vanderlei Luxemburgo e receber cheques sem fundos. O Flamengo está decepcionado…

divulgacao300 Edmundo: o melhor investimento de sua vida...Emprestar a Vanderlei Luxemburgo e receber cheques sem fundos. O Flamengo está decepcionado...
Todos os ternos italianos de Vanderlei Luxemburgo...

Mesmo os mais feios...

Todos podem ir parar nos armários de Edmundo...

A decisão será publicada hoje no Diário Oficial...

Os ternos seriam uma parte do R$ 1,8 milhão que o treinador deve ao ex-jogador...

A Justiça até autorizou a retirada de bens da casa do técnico...

Tudo porque a alegação da defesa é que não pagar Edmundo..

A história começou em 1999...

Treinador da Seleção Brasileira, o técnico pediu R$ 400 mil ao então jogador...

E ele emprestou...

Situação estranha demais, o treinador da Seleção pedir dinheiro a um atleta...

Jogador que acabou até sendo convocado por ele em 2000...

Tudo ficaria ainda muito pior...

De acordo com o revoltado Edmundo...

"Me pagou com cheques sem fundos...

Fui cobrar e ele me disse para procurar a Justiça.

Foi o que eu fiz..."

Edmundo entrou com um processo em 2006...

Depois de recorrer em todas as instâncias possíveis, Luxemburgo perdeu...

E terá de pagar R$ 1,9 milhão...

Nos cinco anos em que entrou com vários recursos, o treinador só conseguiu aumentar a dívida...

Amigos confessaram que Edmundo passou a segunda-feira radiante...

E mandou por amigos em comum o recado: não vai aceitar acordo nenhum do treinador...

Quer seu dinheiro integralmente...

Ou o que a Justiça recolher na casa de Luxemburgo...

Tudo pode ser recolhido....

Menos bens essenciais para a sobrevivência do técnico...

Como geladeira e fogão...

É um dos maiores vexames de alguém que já comandou a Seleção Brasileira...

Vanderlei Luxemburgo sobreviveu à CPI...

Mas não escapou de Edmundo...

A direção do Flamengo ficou chocada com o caso...

Os inimigos que o treinador já criou na Gávea não param de falar sobre o caso...

Patricia Amorim, constrangida, repete que o problema é dele...

Mas sabe que a imagem do treinador do Flamengo acaba arranhada...

Se Luxemburgo arrumar o R$ 1,9 milhão manterá seus ternos importantes...

Ele precisa ser rápido...

Até porque já faz 12 anos que ele pediu o dinheiro emprestado...

Pagou com cheque sem fundos, de acordo com Edmundo...

De acordo com a Justiça brasileira...

O Flamengo não merecia passar por mais esse vexame...

O homem que dirigiu a Seleção Brasileira e Real Madrid hoje faz o Flamengo temer o Ceará. Feliz aniversário, Vanderlei Luxemburgo…

divulgacao2002  O homem que dirigiu a Seleção Brasileira e Real Madrid hoje faz o Flamengo temer o Ceará. Feliz aniversário, Vanderlei Luxemburgo...
Dizem que a maturidade aprimora as pessoas.

Com o passar dos anos a vida acaba com a vaidade vazia.

O sentido de realidade fica mais evidente.

As fronteiras, os limites se manifestam.

É exatamente o não que está acontecendo com Vanderlei Luxemburgo.

Ele completa hoje 59 anos.

E mudou radicalmente sua maneira de pensar.

A primeira entrevista que fiz com ele foi em 1989.

Pouco antes de se tornar campeão paulista com o Bragantino.

Há 22 anos.

Era impressionante a sua ambição, sua alegria de viver.

Sua vontade de trabalhar, de mudar o mundo...

"A minha proposta é simples: juntar o talento do brasileiro com a inteligência tática.

Mostrar que é possível ganhar o jogo privilegiando a técnica.

Não querer apenas vencer a partida, mas se impor.

Sem medo de nada.

O medo de perder tira a vontade de ganhar.

É assim que vou conquistar tudo na minha vida.

A minha meta é a Seleção Brasileira.

Sei do meu potencial.

Vou chegar lá, pode escrever."

E escrevi.

Fiquei impressionado com a determinação de Wanderley Luxemburgo.

O estudo da neurolinguística...

Na época era assim que assinava, com w e y...

O ex-lateral medíocre do Flamengo e do Internacional...

Se transformava no mais promissor treinador do Brasil...

De cabelo pixaim, camisa aberta e um enorme medalhão no peito...

Era assim que se mostrava pronto para conquistar o mundo...

Esperto, tratava de decorar o nome dos jornalistas que o entrevistavam...

Estratégia usada até hoje por Paulo Maluf...

E buscava um elo de amizade onde deveria haver apenas profissionalismo...

Isso facilitava na hora de cobrar uma crítica mais dura...

Fugir de uma pergunta mais constrangedora...

Foi a maneira que encontrou para tentar se defender...

Nem sempre conseguia, tanto que tivemos homéricas discussões ao longo dos anos...

Com o passar do tempo, a determinação de Luxemburgo o levou onde queria...

Se tornou o principal treinador do Brasil...

Trabalhando de terno e sapatos italianos e com o cabelo domado...

As conquistas dentro de campo eram acompanhadas por polêmicas...

Brigas com jogadores, presidentes de clubes e de federações...

Acusações de manicures, secretárias...

Despertou a antipatia de muitos...

Um dirigente do Corinthians resumiu para mim o Luxemburgo da época...

"Dentro do campo é o melhor treinador do mundo.

Não estou exagerando.

Só que ele deveria passar a vida acorrentado no banco de reservas.

O problema é quando ele sai de lá.

Aí o Vanderlei se perde.

E acaba sabotando todo a inteligência que Deus lhe deu."

Mesmo assim, chegou à Seleção Brasileira....

Assumiu iludido, pensando que não seriam só regalias, palmas e gemidos de admiração...

Sua vida foi devastada...

As acusações mais sórdidas foram feitas...

A CPI do Futebol o expôs como a nenhum outro personagem do esporte brasileiro...

Seu sonho se tornou o maior pesadelo...

Ficou claro que jogou futebol com a idade adulterada...

Suas dívidas com o fisco...

Até seu nome nunca teve w ou y...

Era mais uma invenção sua para se destacar, valorizar...

Vanderlei não percebeu, mas cultivou inimigos poderosos demais...

Ninguém foi tão massacrado pela imprensa esportiva como ele...

Fosse outro, mudaria para a Sibéria...

Em vez de Santa Helena, curtiu seu exílio pescando com o cantor Leonardo no Pantanal...

Voltou ao futebol...

Ganhou a tríplice coroa com o Cruzeiro...

Teve a chance de sua vida no Real Madrid...

Quem no mundo treinou a Seleção Brasileira e o Real Madrid ?

Mas Luxemburgo não era mais Luxemburgo...

Ele já vivia muito mal acompanhado...

Pessoas que só vivem de inflar o seu enorme ego e se aproveitar do seu talento...

Luxemburgo se perdeu e desperdiçou a chance da sua existência...

Nunca quis aprimorar o seu inglês ou mesmo o espanhol...

Acreditava que levaria tudo no carisma...

Os sanguessugas que o cercam o incentivavam a desgustar vinho...

Fumar charuto...

Jogar pôquer...

Mas estudar, não...

Para quê, Vanderlei?

Tem tradutor aos montes, ganhando nem um centésimo do seu salário...

Foi graças a essas pessoas que acabou perdendo o Real Madrid....

E estacionando na carreira...

Elas minaram a sua sede de conhecimento, acompanhar de perto treinos dos melhores times do mundo...

Fosse na década de 90, Vanderlei seria o melhor amigo de Guardiola...

Tomaria café com José Mourinho...

Hoje, com o time mais popular do Brasil, admite ser eliminado pelo Ceará...

Diz que o mundo não vai parar se o Flamengo cair em Fortaleza...

Pior do que isso só admitir que agora o que interessa para ele é o 'futebol de resultado'...

Não importa se o seu time não jogar nada, for muito mal...

E ganhar de 1 a 0...

É assim que justifica as várias e várias partidas que o Flamengo ganhou e deu raiva à sua torcida...

Na conquista do Campeonato Carioca invicto...

Invencibilidade que logo caiu no Rio, diante do Ceará...

Vanderlei chega hoje aos 59 anos de uma maneira bem diferente de quem o conheceu décadas atrás...

Milionário, mas pobre de ambição...

Abandonou seus ideais...

Seu instituto de futebol, onde formaria treinadores com sua filosofia, fracassou, faliu...

Seus times capengam...

As demissões se acumularam...

Esteve a ponto de ser rebaixado com o Atlético Mineiro em 2010...

Foi mandado embora antes do vexame e o time de Alexandre Kalil se salvou...

Wanderley Luxemburgo de 1989 não reconheceria Vanderlei Luxemburgo de 2011...

Não acreditaria no treinador que virou...

Nos aproveitadores que escolheu para ser seus mentores...

Nas portas dos clubes que se fecharam de vez a ele...

Assim como a Seleção Brasileira, mesmo sendo amigo de Ricardo Teixeira...

O campeão pelo Bragantino não acreditaria em outra área...

Na sedução fácil por políticos insignificantes que o querem ver como senador...

Realmente, Vanderlei foi profético...

O medo de perder mata a vontade de ganhar...

Feliz aniversário, Luxemburgo...

A torcida começa a entender por que o Flamengo campeão não tem patrocinador. Pior para Ronaldinho Gaúcho e Luxemburgo…

divulgacao1119 A torcida começa a entender por que o Flamengo campeão não tem patrocinador. Pior para Ronaldinho Gaúcho e Luxemburgo...
Foi só a primeira derrota do ano.

O Flamengo ganhou o Campeonato Carioca invicto.

Mas por que a torcida não perdoou Ronaldinho Gaúcho e Luxemburgo?

Os torcedores não os escolheram por acaso para cobrar a vitória do Ceará por 2 a 1 no Engenhão.

Apesar de toda mídia festiva em relação ao jogador, suas atuações não convencem há muito tempo.

Mesmo colocado no ataque, longe de qualquer responsabilidade maior como meia...

Seu desempenho é constrangedor...

Chega sempre atrasado nas bolas e é facilmente desarmado pelos zagueiros...

Só tem pressa para cobrar faltas perto da área...

Quase sempre faltas que ele não sofreu...

Porque não incomoda as defesas adversárias a este ponto...

Aos poucos os torcedores vão se cansando das notícias sobre o comportamento fora de campo...

A maratona carnavalesca...

Os bailes funk...

A festa de 15 horas seguidas que deu depois da conquista do Campeonato Carioca...

Todo esse desgaste nas noites cariocas aparece em campo...

Ronaldinho Gaúcho tem um ótimo despertador...

Tem conseguido chegar sempre na hora dos treinamentos...

Evita assim as críticas de irresponsabilidade que perseguiram Adriano...

Mas chegar sem dormir nos treinamentos ajuda?

Sorte do jogador que os treinos mais importantes do Flamengo são fechados para a imprensa...

Ninguém tem a possibilidade de avaliar o quanto ele se esforça ou é poupado...

Mas os jogos tem provado que há algo muito errado...

Se ele treina tanto como é que não consegue colocar em prática?

Será que ele treina tanto mesmo?

Até onde vai a proteção ao jogador?

Ninguém pode afirmar com convicção...

Mas as partidas, cada uma pior do que a outra não deixam dúvidas.

O Flamengo foi campeão carioca não graças a Ronaldinho...

Foi campeão apesar de Ronaldinho...

E o torcedor apaixonado foi suportando...

Péssimas atuações...

Pênalti perdido contra o Macaé que trocou o Olaria pelo Fluminense na semifinal da Taça Rio...

E sempre Luxemburgo dando desculpas....

Agindo como se fosse o assessor de imprensa do jogador...

Mas a situação cansou...

Na derrota diante do Ceará as vaias entaladas na garganta vieram...

Ronaldinho Gaúcho mal acostumado às palmas que não tem merecido ficou sem ação.

E mesmo ouvindo muito bem o seu nome sendo objeto de palavrões até...disfarçou.

Ao contrário do que faz nas faltas e nos pênaltis foi democrático.

"As vaias são para o time inteiro", disse para os incrédulos repórteres.

Eles sabiam que não eram.

Mas preferiam não contestar a estrela sagrada da Gávea.

Indisfarçável foi o coro de 'burro, burro, burro' para Vanderlei Luxemburgo.

Outra vez o seu Flamengo não jogou bem.

Foi um time lento, previsível, sem imaginação ou variação tática.

Uma presa fácil demais até para Vagner Mancini.

Bastou colocar seu time marcando na intermediária carioca e houve a chance até de uma goleada.

O time oerdeu pelo menos três ótimas chances...

Uma incrível, com Geraldo, livre na pequena área...

A vitória do Ceará por apenas 2 a 1 não reflete o que foi o jogo...

Porém as vaias a Ronaldinho Gaúcho e a Luxemburgo, sim...

Qual foi a primeira providência do treinador após a derrota preocupante de ontem?

Dar a sexta-feira inteira de folga...

Seus jogadores precisam descansar...

Principalmente Ronaldinho Gaúcho...

Resta saber como ele vai aproveitar mais essa folga...

Talvez por tudo isso, o clube ainda não tenha conseguido arrumar um patrocinador...

Desde o início do ano, o Flamengo busca uma empresa disposta a pagar R$ 40 milhões...

Nem o título carioca importa...

A história e a força da torcida valem muito, mas muito mais...

Esse time atual, com sua principal estrela e seu treinador, não...

Quem dá essa resposta são as várias e várias empresas consultadas...

Ninguém está disposto a investir tanto dinheiro na imagem de Ronaldinho Gaúcho e Luxemburgo...

Por que será?

Com o Campeonato Carioca invicto, o Flamengo brecou a decadência de Luxemburgo e de Ronaldinho Gaúcho. E agora?

reuters99 Com o Campeonato Carioca invicto, o Flamengo brecou a decadência de Luxemburgo e de Ronaldinho Gaúcho. E agora?
Ronaldinho Gaúcho e Vanderlei Luxemburgo campeões cariocas com o Flamengo invicto.

O time nem precisou de final do torneio.

Ganhou a Taça Guanabara e a Taça Rio.

Vasco, Fluminense e Botafogo não tiveram competência para segurar o bonde sem freio...

Por quê?

Luxemburgo conseguiu reverter a decadência que entrava na sua carreira?

Ronaldinho Gaúcho garantiu a sua volta para a Seleção já que Mano estava no Engenhão?

Talvez...

O Flamengo conseguiu se impor no futebol do Rio de Janeiro.

A equipe não empolgou.

Mas se mostrou muito efetiva nas decisões.

Venceu Botafogo nas semifinais e Boavista na final da Taça Guanabara

E Fluminense e Vasco na Taça Rio nos pênaltis...

Luxemburgo reestruturou o Flamengo.

Ganhou Thiago Neves e Ronaldinho Gaúcho.

Peitou a presidente Patricia Amorim e disse não a Adriano.

Montou uma equipe solidária.

Colocou Ronaldinho Gaúcho sossegado, sem função de articulador.

O time corre para que ele consiga jogar.

Bater faltas, pênaltis.

O jogador tem uma função que vai além dos gramados.

É ele quem deveria captalizar investimentos no clube mais popular do Brasil.

E que ainda não tem um Centro de Treinamento.

Os jogadores sabem que não devem questioná-lo.

Luxemburgo o protege e lhe dá privilegia sem dores na consciência.

Se o clube tem maior visibilidade no Exterior é graças a ele.

Pouco importa que não tenha o carisma de Ronaldo.

Algum patrocinador vai acabar se dobrando e pagando os R$ 35 milhões, os R$ 40 milhões que o clube sonha.

Ainda mais agora, campeão carioca invicto.

Luxemburgo é um mestre em esconder derrotas.

E melhor ainda em capitalizar vitórias.

Com uma boa consistência defensiva, com bom toque de bola.

Com Thiago Neves sendo o maestro da equipe...

Com Felipe em excelente fase, a ponto de amedrontar os cobradores de pênalti...

Não foi por acaso que Bernardo, Felipe Bastos e Elton chutaram fora hoje..,

E apoiado pela incrível torcida, o Flamengo encaixou no Carioca...

Se tornou imbatível...

Há de se olhar para os lados...

O Fluminense envolvido com a Libertadores...

O Botafogo com suas dívidas, elenco fraco e saída de Joel Santana...

O Vasco depois dos vexames com PC Gusmão, seus jogadores com as carreiras ameaçadas e Ricardo Gomes...

Sinceramente, não eram de fazer tremer...

Mas não interessa, o Flamengo de Luxemburgo se impôs...

E não foi derrotado por nenhum desses tradicionais rivais...

Lógico que o treinador ganhou força política para pedir reforços de nível para o Brasileiro..

Quer Juan do Roma e Vagner Love do CSKA, para começar...

Enquanto isso, quer o time dando o sangue na Copa do Brasil...

Ronaldinho Gaúcho teve um grande mérito...

Ser o condutor do Bonde Sem Freio...

Amanhã estará em todas as capas de jornal puxando a fila...

Mas o que realmente ele fez até agora no Rio de Janeiro?

Aproveitou a cidade como ninguém...

Descobriu baladas que nem os cariocas conheciam...

Fundou um bloco só seu no carnaval...

Saiu em inúmeras escolas de samba...

Varou inúmeras madrugadas...

Conseguiu fazer tudo isso nos seus momentos de folga...

Treinou como todo os outros jogadores...

Pouco importa se mais desgastado do que todos...

Para a direção do Flamengo, para Luxemburgo não valia a pena olhar para esse 'detalhe'...

O que importava era o acordo de que ele deveria estar no treino...

Não importava o seu rendimento...

Lógico que no campo ele não conseguia dar arrancadas, ganhar divididas, ter mais velocidade que seu marcador...

Não tinha força física ou fôlego para isso...

Por isso, Mano Menezes nem cogita levá-lo para o seu teste definitivo como treinador da Seleção: a Copa América...

Ele tinha de ver a decisão entre Flamengo e Vasco hoje...

Seria muita preguiça não ver...

Já que ele não tem nem o que fazer nos finais de semana, como técnico efetivo da Seleção...

O resumo: Luxemburgo e Ronaldinho vão sambar hoje a noite inteira...

Merecem: são campeões invictos do Rio de Janeiro.

No currículo, suas carreiras conseguiram um upgrade indiscutível...

Mas no íntimo eles sabem que tudo ainda é superficial...

Sem base...

Não houve uma virada nas suas vidas, como gostariam...

Vão posar, se abraçar, ficar com lágrimas nos olhos...

Mas sabem...

Luxemburgo tem noção que disputou o torneio praticamente sozinho...

E Ronaldinho Gaúcho foi apenas um apêndice dos demais jogadores do time...

Mas lembrar disso agora para quê?

Vale é ir para a farra, varar mais uma madrugada sambando...

Lá vem o Bonde Sem Freio...

Ziriguidum, ziriguidum, ziriguidum...

Felipão ou Tite? Luxemburgo ou Ricardo Gomes? Falcão ou Renato Gaúcho? Os estaduais hoje servem apenas para tumultuar a vida dos derrotados…

divulgacao1977 1024x771 Felipão ou Tite? Luxemburgo ou Ricardo Gomes? Falcão ou Renato Gaúcho? Os estaduais hoje servem apenas para tumultuar a vida dos derrotados...
Os campeonatos estaduais costumavam parar o País.

O mais representativo deles foi o de 1977, conquistado pelo Corinthians.

Quase houve feriado nacional.

Uma comoção absurda pelos 23 anos de jejum.

O clube mais popular do estado mais endinheirado emocionoiu o País.

O calendário era dividido em duas partes quase iguais: quase a metade do ano para o estadual.

E a outra para o Brasileiro.

A Libertadores era uma competição clandestina, que não interessava à maioria dos clubes.

Torneio disputado pela América do Sul, com manipulações de árbitros, agressões de torcedores, doping.

E sem a televisão, não era nada lucrativa.

Os jogadores nem sonhavam com essa facilidade para jogar no Exterior.

A rivalidade entre os clubes do mesmo estado era empolgante.

Equipes disputavam quem colocaria mais jogadores na Seleção.

Os estaduais eram tão ou até mais valiosos para os torcedores do que os Campeonatos Nacionais, inchados pelo Governo Federal.

Ou o lema "Onde a Arena vai mal, um time no Nacional" foi esquecido por alguém.

Como levar a sério um torneio que já teve mais de 100 clubes?

Essa importância do campeonato estadual diminuiu drasticamente com o passar das décadas.

Os torneios servem hoje para manter presidentes de federações nos cargos.

E são esses presidentes que sustentam no cargo o presidente da CBF.

Se fossem extintos ou liberassem os clubes grandes de disputá-los, seria a chance de as equipes excursionar...

Fazer pré-temporadas dignas, muitas delas lucrativas, no Exterior...

Mas o resquício da ditadura militar que domina o futebol brasileiro não permite...

Por isso, os campeonatos estaduais atualmente valem para os clubes que perdem...

Ganhar virou obrigação e a garantia de emprego no primeiro semestre para os treinadores...

Ver quem perde é a atração neste domingo ensolarado na maioria do País...

Quem será que será derrotado?

Falcão ou Renato Gaúcho?

Felipão ou Tite?

Luxemburgo ou Ricardo Gomes?

Antônio Lopes ou René Simões?

Roberto Fernandes ou Hélio dos Anjos?

E com aqueles temperos que, como os estaduais, só o Brasil tem...

Denúncia de tentativa de suborno de Eduardo Ramos em Pernambuco...

O sorteio do árbitro Paulo Cesar Oliveira antecipado de forma estranha por um jornal...

Torcida invadindo ontem o treindo do Grêmio para ameaçar os jogadores que não correrem hoje...

Ronaldinho Gaúcho vai jogar mesmo com o time tendo a certeza que rende mais sem ele...

Conselheiros favoráveis a Eurico Miranda torcem para que o Vasco perca para enfraquecer Roberto Dinamite...

A direção do Bahia prometendo novo rodízio de técnico caso o Bahia não dispute nem a final do Baiano...

Assunto não faltará hoje ao final da tarde...

Mas com o maior destaque para o lado negativo...

Os estaduais só têm essa função para os clubes grandes...

Atrapalhar, tirar do rumo, desgastar...

E valer muito, demais....

Para quem perde...

A indigna situação de Petkovic no Flamengo. Alguém precisa dar um fim em tanto constrangimento…

AgenciaEstado347 A indigna situação de Petkovic no Flamengo. Alguém precisa dar um fim em tanto constrangimento...
Até que enfim...

Parece que Petkovic receberá um pouco de atenção, de dignidade do Flamengo...

O jogador foi encostado como um sofá velho por Vanderlei Luxemburgo na Gávea...

Nada significou o que ele já fez vestindo a camisa rubro-negra...

A presidente Patricia Amorim lavou as mãos...

Deixou o técnico decidir o que fazer com o sérvio...

Não moveu uma palha...

Pet só retornou ao clube porque o Flamengo lhe devia R$ 16 milhões...

Fez um acordo que aceitaria metade desde que voltasse a jogar pelo clube...

Os dirigentes aceitaram correndo...

Pet foi importante na conquista do Brasileiro de 2009...

Sua participação foi tão marcante que motivou um documentário: 'Gringo'...

Só que a idade acabou pesando...

Aos 37 anos seu rendimento caiu demais em 2010...

Cometeu atos de indisciplina...

Faltou compreensão, alguém com coragem para o reinventar...

Se não conseguia mais atuar, que o convencesse a um novo acordo...

E o desligamento do clube...

Quando Pet percebeu que seria uma tortura chinesa: apenas treinar sozinho para o obrigar a desistir...

O sérvio resolveu comprar a briga...

E passou a treinar e receber seu salário...

Já que o clube queria pagar para um jogador que não pretendia usar, ótimo para ele...

Faltou iniciativa a Patricia Amorim...

A situação é terrível...

É como se Pet não existisse para Luxemburgo e os demais jogadores....

O horário de treinamento e o local são diferenciados...

Para que ele não encontre ninguém...

Não influencie...

Que ninguém veja o que o Flamengo é capaz de fazer com um ídolo seu...

Dirigentes tiveram a idéia de sugerir a ele uma despedida contra o Corinthians no Brasileiro...

Com muito medo, vão tentar convencer Luxemburgo a aceitar colocá-lo alguns minutos em campo...

Pet viajou para a Sérvia porque está amarrando uma partida amistosa contra o Estrela Vermelha, seu primeiro time...

O jogo poderia ser sua despedida internacional...

É evidente que Pet não suporta ouvir o nome de Luxembugo...

Ele não teve o menor cuidado com ele...

Nem como jogador e muito menos com o homem...

A situação está complicada...

E cada vez mais deprimente...

Constrangedora...

O Flamengo economizou R$ 8 milhões com seu retorno à Gávea...

Ele jogou e foi até campeão brasileiro em 2009...

Mas dois anos depois, o que resta é apenas um cenário desolador...

Deprimente para os dois lados...

Que esta tortura termine logo...

Pet não merecia estar passando por um vexame tão grande...

Muito menos o Flamengo...

Luxemburgo domou o ego de Felipe no Flamengo. Agora sim: é goleiro para sonhar com a Seleção Brasileira…

divulgacao93 Luxemburgo domou o ego de Felipe no Flamengo. Agora sim: é goleiro para sonhar com a Seleção Brasileira...
O Flamengo fez bem para Felipe.

Talvez a sombra de Bruno tenha sido fundamental.

Todos os erros do goleiro que acabou preso acusado de assassinato o influenciaram.

Pessoas que frequentam a Gávea todos os dias percebem que o ego diminuiu.

Perdeu peso em relação ao Corinthians.

E está treinando como nunca.

Tudo isso explica a atuação do principal personagem do Fla-Flu decisivo de hoje.

O time de Luxemburgo chegou à decisão da Taça Rio...

E está a apenas 90 minutos do título carioca graças a ele...

Teve uma atuação sensacional na decisão por pênaltis...

O seu terço bento parece que faz mesmo milagres...

Só que sua grande atuação se deve ao péssimo árbitro Péricles Bassols.

O jogo ainda estava 0 a 0 quando Rafael Moura surgiu livre, diante do goleiro.

Ele era o último homem da defesa flamenguista...

O atacante o estava driblando e se preparando para marcar o gol quando foi derrubado...

Lance limpo, claro...

Falta fora da área e cartão vermelho para Felipe.

Mas cadê coragem para Péricles?

Foi mais fácil 'acreditar' que Moura simulou a falta e o jogo continuou...

Sem Ronaldinho Gaúcho, que misteriosamente surgiu com uma dor no joelho e não atuou...

O Flamengo foi envolvido pelo Fluminense no primeiro tempo.

Marcou 1 a 0, gol de Rafael Moura impedido...

A tempestade que desabou no Rio acabou por ajudar o Flamengo...

O time de Fred cansou...

No segundo tempo não foi páreo físico para o time de Luxemburgo...

Thiago Neves assumiu o lugar que deveria ser de Ronaldinho Gaúcho...

E com técnica e raça, levou o time ao empate...

Aí vieram os pênaltis...

Como fez contra o Botafogo na Taça Guanabara, Felipe se impôs...

Incrível a sua personalidade nesta hora...

O falante Souza perdeu o duelo e cobrou sem confiança por cima...

Araújo tentou menosprezá-lo e o goleiro defendeu sem esforço a cobrança...

E Tartá tremeu e colocou a bola nas suas mãos, parecia uma criança batendo...

O goleiro está vivendo a sua melhor fase na carreira...

Diminuiu seu ego...

Está evitando dar saltos acrobáticos em defesas fáceis...

Parou de jogar para a torcida e para os fotógrafos...

Seus reflexos estão apurados...

Por incrível que pareça, foi o egocêntrico do futebol brasileiro quem o colocou no rumo...

Em conversas seguidas com Vanderlei Luxemburgo, o goleiro foi se conscientizando...

Precisava mostrar humildade, treinar e se calar mais...

Citou Marcos no Palmeiras...

Mesmo solteiro e aproveitando algumas noites com Ronaldinho Gaúcho, Felipe está mais discreto...

E focado...

Seu sonho é disputar a Copa de 2014...

Luxemburgo insiste que só depende dele...

E há de se reconhecer...

Felipe está mudando sua carreira...

Abrindo perspectivas até então impensadas...

Que tenha cabeça para seguir este caminho...

O Flamengo está a 90 minutos de ser campeão carioca graças a ele...

Quem diria...

Parabéns, Felipe...

(Depois desse destaque todo no Fla-Flu...

Felipe se envolveu em uma grande confusão no twitter.

Com direito a chamar o rival de Florminense....

E premiar com vários palavrões torcedores adversários...

Assustado com a repercussão, apontou seu primo com o autor das 'brincadeiras'...

Triste...)

Mano Menezes com Ronaldo mostrou onde Luxemburgo não pode ir no pacto com Ronaldinho Gaúcho…

divulgacao331 Mano Menezes com Ronaldo mostrou onde Luxemburgo não pode ir no pacto com Ronaldinho Gaúcho...
Mano Menezes indicou o caminho para Vanderlei Luxemburgo.

E o Flamengo aprendeu a jogar com Ronaldinho Gaúcho.

A bula corintiana está sendo seguida na Gávea.

O clube carioca segue o que os paulistas fizeram quando tinham Ronaldo.

Para estar mais na avenida do que Gracyanne Barbosa e Angela Bismarchi juntas, o time corre e joga por Gaúcho.

Mano não tinha como não escalar Ronaldo no Corinthians.

Mesmo gordo, sem explosão muscular, sem velocidade, sem força.

Pelo que representava para o clube, para os patrocinadores, para a torcida, para a diretoria.

O treinador sabe que perdeu a Libertadores da América do centenário do clube por jogar com dez em campo.

Era o risco, os que comandavam o Corinthians sabiam disso.

Como deixar Ronaldo na reserva?

O presidente Andres Sanches chegou a ironizar a situação.

"Se o Ronaldo estivesse magrinho estava jogando na Europa e não no Corinthians."

Se a presidente Patricia Amorim pudesse, falaria algo muito parecido.

"Se o Ronaldinho Gaúcho estivesse concentrado apenas em jogar, estaria na Espanha, na Itália."

Luxemburgo tem dezenas de defeitos.

O principal deles sempre foi o seu ego.

Quando consegue deixá-lo um pouco de lado...

Se afasta dos sanguessugas que o cercam...

E se foca apenas no futebol, mostra que é um treinador diferenciado.

Ele melhor do que ninguém sabe os motivos que explicam sua decadência...

Tanto que está dando a alma no Flamengo, sabe que, depois de uma seqüência de fracassos precisa de resultados...

E quer aproveitar todos os holofotes do clube mais popular do Brasil...

Com o pacato Ronaldinho Gaúcho ele sabe lidar...

Tratou de propor um pacto logo aceito pelo meia...

Basta não sumir, não se atrasar nos treinos que o time jogaria por ele...

E teria a sua liberação para se esbaldar nas folgas como quisesse...

É o que está acontecendo...

Com todo sucesso na Gávea...

Somando os jogos do ano passado, já são 21 partidas invictas...

Luxemburgo deixa Ronaldinho Gaúcho na frente, sossegado...

Não tem obrigação de nada...

Ele sabe que a técnica continua com o atleta diferenciado até morrer...

Quando a bola cai no pé de Ronaldinho Gaúcho livre, alguma coisa pode acontecer...

Quando está marcado ou longe do gol, não...

Falta explosão, velocidade, vitalidade...

Mas não importa...

O que conta é o esforço dos outros dez em campo...

Eles formam o verdadeiro Flamengo...

Time que se desdobra, tem em Thiago Neves inspirado, confiante...

Maldonado, Williams e Renato Abreu correm como maratonistas...

Léo Moura, Rodrigo Alvim parecem ter três pulmões...

Até Deivid deixou de ser o convidado de honra da festa e virou garçom de Ronaldinho...

O Flamengo vai conseguindos se impor...

Os adversários têm ajudado...

Campeonato Carioca e início de Copa do Brasil...

Não há como não se entusiasmar...

Ainda mais uma das torcidas mais empolgados do planeta...

Mano, Ronaldo e o Corinthians também festejaram no Paulista e na Copa do Brasil de 2009...

Poucos querem se lembrar do Brasileiro, do Paulista de 2010...

E, principalmente, da Libertadores do centenário...

A saída de Mano do clube chegou a ser exigência dos torcedores diante da série de fracassos...

Andres o manteve à força, mas, como amigo, batalhou como nunca sua ida para a Seleção Brasileira.

Mano deixou o Corinthians com dignidade, chamado por Ricardo Teixeira, parceiro do presidente corintiano.

Se está seguindo os passos de Mano, Luxemburgo precisa se preparar para os adversários mais fortes.

Quando o Corinthians precisou de 11 jogadores prontos para a batalha, fracassou.

O Flamengo ainda está em no estágio em que dá festejar...

Se impor no Rio de Janeiro...

Com o Botafogo e Vasco tentando sair de suas crises...

Com o Fluminense capengando com técnico interino e com a Libertadores por um fio...

Só assim para Ronaldinho Gaúcho se acabar no carnaval...

Não jogar nada contra o Botafogo ontem e passar a madrugada na Micareta...

Luxemburgo não levou o time para Atibaia à toa...

Muito pelo contrário...

Está tendo a visão de o quanto vai precisar fisicamente dos demais dez jogadores que formam o time...

Mais do que explicada a sua negativa em relação a Adriano...

Como fazer nove atletas correrem para dois?

Problema da torcida, se ele é ídolo na Gávea...

E da presidente Patricia Amorim que deu a palavra que o clube estaria sempre de portas abertas a Adriano...

Por isso, fez a cabeça de Vagner Love para tentar buscar a sua liberação do CSKA...

Pelo exemplo de Mano, Luxemburgo sabe que a situação irá se afunilar.

As partidas decisivas da Copa do Brasil não serão tão fáceis.

Continuar o privilégio de Ronaldinho Gaúcho não é impossível, só cada vez mais complicado.

Por enquanto, aproveite a festa...

A campanha é boa mesmo, significativa, empolgante...

Mas a conta virá...

Como veio para Mano...

Luxemburgo precisa ter um plano B...

Coragem para tirar Ronaldinho Gaúcho do time...

Pelo menos durante o segundo tempo...

É uma questão de justiça em relação aos outros dez jogadores...

Em relação à torcida...

E até pensando na sua carreira como técnico que ainda sonha em dirigir a Seleção em 2014...

Seus sonhos dependem de romper esse acordo com Ronaldinho Gaúcho...

No íntimo, todo flamenguista disfarça, mas sabe disso...

Principalmente Luxemburgo...

Este pacto terá de acabar.

Ou então...

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Conheça todos os blogs do R7


Luxemburgo rebaixa Negueba no Flamengo. Não é novidade… Basta lembrar quem teve a coragem de deixar Neymar e Ganso na reserva do Santos…

AgenciaEstado35 Luxemburgo rebaixa Negueba no Flamengo. Não é novidade... Basta lembrar quem teve a coragem de deixar Neymar e Ganso na reserva do Santos...
Há muito tempo a excelente máquina de fazer ídolos vindo da base estava travada na Gávea.

Questão de forte concorrência de Internacional, São Paulo, Grêmio, Santos.

E sorte.

Zico, Júnior, Andrade, Adriano, Zinho e muitos e muitos outros surgiram nas divisões de base.

Por décadas, o Flamengo consumia o talento que formava.

Existem treinadores que nasceram para fazer essa difícil transição.

Que se dispõem a ter toda a paciência de um pai misturada com a dedicação de um professor.

Isso exige energia, tempo, dedicação do técnico.

Não é o caso de Vanderlei Luxemburgo.

Desde quando surgiu no cenário nacional com o Bragantino, sempre preferiu o jogador formado.

Aquele que tem a obrigação de suportar todo tipo de cobrança, de pressão.

Que não precisa ser tratado de maneira diferenciada.

Luxemburgo sempre quis se preocupar com a estratégia, com o adversário.

Não se um garoto está chorando de saudades dos pais.

Se não sabe lidar com o assédio da imprensa, com as marias chuteiras...

Com a inveja dos veteranos...

O pior exemplo na carreira de Luxemburgo foi o que fez com Neymar e Ganso no Santos...

Basta citar o nome do treinador do Flamengo que ambos fecham a cara...

Luxemburgo não prestou atenção no enorme talento da dupla...

Só dizia que os dois não estavam prontos para serem titulares do Santos...

Até Marcelo Teixeira, que sempre adorou o trabalho de Luxemburgo, não entendia...

Ninguém na Vila Belmiro entendeu tamanho desperdício...

Ninguém no Santos se preocupou em analisar com cuidado o currículo de Luxemburgo...

Ele nunca soube se relacionar com jovens jogadores...

Basta lembrar do vexame que foi o Brasil na Olimpíada de Sidyney...

O Brasil foi eliminado por Camarões, mesmo tendo dois jogadores a mais...

O treinador não soube orientar seus atletas.

O time era favorito ao título.

Hélton, Baiano, Fábio Bilica (Lúcio), Álvaro e Athirson (Roger); Fábio Aurélio, Marcos Paulo, Fabiano e Alex; Lucas (Geovanni) e

Ronaldinho Gaúcho...

Tenso, o time discutiu a partida inteira e Lúcio acabou dando uma cabeçada em Roger...

Situação constrangedora para o comandante da equipe eliminada...

E outra vez um jovem talento cai no colo de Luxemburgo...

Negueba...

Estrela do Flamengo na conquista da Taça São Paulo..

A presidente Patricia Amorim e o departamento de futebol se animaram...

Outra vez um grande jogador nascia na Gávea...

Logo a pressão da imprensa e da própria diretoria o colocou no elenco principal...

Mas a lua de mel durou pouquíssimo tempo.

Tendo se desdobrar entre cuidar de Ronaldinho Gaúcho e barrar a volta de Adriano, Luxemburgo não queria dor de cabeça...

E o menino Negueba caiu na tentação normal de se achar importante demais...

Todo jogador de futebol talentoso passa por isso com 18 anos...

Ainda mais nos tempos modernos de culto da mídia a quem sabe chutar uma bola...

Caberia ao treinador sensibilidade, vontade de educar esse talento...

Mas Luxemburgo não tem tempo...

Não tem tanta disposição...

Vai pelo descaminho mais fácil...

Mandou Negueba de volta ao time sub-20...

Ele que aprenda a valorizar a chance de atuar no elenco principal do Flamengo...

Assim, sem explicação, sem cuidado...

Negueba está desmoralizado, envergonhado, rancoroso...

Exatamente como ficaram Neymar e Ganso com Luxemburgo...

E a diretoria flamenguista que já assistiu de braços cruzados o treinador fechar a porta da Gávea para Adriano?

Outra vez, virou o rosto para o outro lado...

Luxemburgo deve saber o que está fazendo é o que comenta Patricia Amorim...

Assim como dizia Marcelo Teixeira no Santos...

Alguém precisa acordar...

Isso não é educar...

É apenas se livrar do problema...

Como pais ricos que mandam um filho que consideram problemático para o Exterior, para o 'intercâmbio'...

Uma pena...

O Flamengo já teve muito mais cuidado com seus filhos...

Boa sorte no sub-20, Negueba...

Lembre-se de quem colocou Neymar e Ganso na reserva do Santos...

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Página 1 de 612345...Último