Posts com a tag: Kaká

Kaká tem cada vez menos importância para a Seleção Brasileira. Mano é calculista. Para que um meia de 32 anos na Copa de 2014, tendo Ganso, Lucas, Anderson, Thiago Neves?

divulgacao9234 Kaká tem cada vez menos importância para a Seleção Brasileira. Mano é calculista. Para que um meia de 32 anos na Copa de 2014, tendo Ganso, Lucas, Anderson, Thiago Neves?
A situação de Kaká na Seleção Brasileira é mais delicada do que parece...

Apesar do seu rosto de menino, completou 29 anos.

Terá na Copa do Mundo de 2014 nada menos do que 32 anos.

Ele é meia, posição que exige um jogador habilidoso, cerebral...

Mas ágil, rápido para poder tocar a bola, fugir da marcação...

José Mourinho é um treinador muito observador...

Acompanha de maneira diferenciada cada treino nos times que comanda...

Analisa planilhas de preparadores físicos, conversa por horas com seu auxiliar...

E ele não tem boas notícias de Kaká...

O meia rompedor, capaz de arrancadas impressionantes com a bola dominada não existe mais...

O brasileiro está voltando de delicada operação no joelho...

Médicos já disseram que ele esteve a ponto de sacrificar sua carreira disputando a Copa contundido...

Foi um tormento inútil...

Que não levou a Seleção a nada...

E o jogador à mesa de cirurgia...

Kaká havia feito figuração na Copa de 2002...

Sua convocação serviu apenas para barrar Alex...

Em 2006 era peça fundamental do quadrado mágico de Parreira...

Fracassou por não ter parceiros.

Ronaldinho Gaúcho foi omisso...

Ronaldo e Adriano estavam disputando para ver quem atingia 110 quilos mais rápido...

Só, Kaká foi facilmente anulado...

Nada produziu...

Na do ano passado, na África, não adiantou o seu comprometimento com Dunga...

Nem as terríveis dores que suportou na região do púbis e nos joelhos...

Precisaria ter sido operado antes do Mundial, mas preferiu adiar.

O segundo jogador mais caro do planeta acabou por decepcionar profundamente a direção do Real...

É um mera reserva do alemão Ozil..

O clube espanhol, a mando de Mourinho, está fazendo o máximo para se livrar do brasileiro...

Quer recuperar pelo menos parte dos 67 milhões de euros ou R$ 154 milhões...

Dizem que seu passe está estipulado em 50 milhões de euros, cerca de R$ 115 milhões...

Chelsea, Manchester City e Milan são os maiores interessados...

Kaká gostaria de continuar e já conversou com a direção do clube...

Pediu para ficar...

Situação surreal...

O jogador afirma que está tudo acertado...

Ele pensa que está...

Os dirigentes continuam querendo negociá-lo na janela do meio do ano...

Foi um baque para ele a confirmação por parte de Mano Menezes que não irá para a Copa América...

Era a chance de se firmar...

Não deveria ter a concorrência de Ganso...

Dificilmente o jogador santista se recuperará a tempo...

Mas Mano foi direto...

O procurou há duas semanas e foi claro que vai esperar...

Falando por meias palavras, o treinador queria dizer que vai esperar melhorar o seu futebol...

Está fraco demais o que está mostrando no Real Madrid a ponto de ser convocado...

Mano está longe de ser estúpido...

Sabe muito bem a importância de uma vitória brasileira na Copa América, em plena Argentina...

Por isso pensa antes em Lucas do São Paulo do que em Kaká...

Até pelo biotipo de jogador fisicamente forte demais que o jogador do Real Madrid se tornou....

Para suportar as divididas com marcadores europeus...

Há a plena convicção de que será difícil demais Kaká chegar em grande forma em 2014...

Fica difícil imaginá-lo dando suas arrancadas de intermediária a intermediária com 32 anos...

Mano Menezes é muito frio, racional.

Não compra a briga abertamente.

Vai deixar a imprensa compreender que o grande ídolo Kaká tem mínimas chances de disputar a Copa no Brasil.

Ele é formado em Educação Física.

Acompanha com enorme interesse a evolução da preparação dos atletas.

E sabe que, cada vez mais, o auge físico dos jogadores que atuam na meia é entre 24 e 28 anos...

Com 32 anos, só um fenômeno.

Mano não quer apostar no improvável...

E Kaká será um nome cada vez menos pronunciado na Seleção Brasileira...

Ganso, Lucas, Thiago Neves, Anderson...são a preferência...

O tempo é cruel...

Passa para todos...

Kaká teve três Copas do Mundo para impor seu futebol...

Sua chance de ter uma quarta é cada dia menor...

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Chegou a hora dos empresários sofrerem. Ronaldo vai acabar com a festa de muita gente que enriqueceu fácil neste Brasil…

divulgacao271 Chegou a hora dos empresários sofrerem. Ronaldo vai acabar com a festa de muita gente que enriqueceu fácil neste Brasil...
A Lei Pelé tomou os jogadores dos clubes.

E os entregou de bandeja para os empresários.

Por anos e anos, os dirigentes reclamam, fazem lobby em Brasília.

Querem a mudança na lei de qualquer maneira.

Os sindicatos de jogadores garantem que eles continuam escravos.

Mas está acontecendo o improvável, o impensável...

Um ex-jogador está fazendo a festa em um território que era todo dos empresários...

Juan Figer, Wagner Ribeiro, Pini Zahavi, Kia Joorabchian, Delcir Sonda...

Todos eles estão sentindo como é duro concorrer com Ronaldo...

O milionário ex-jogador tem aos seus pés os melhores jogadores do País...

E está se divertindo...

Quem não quer jantar com o Fenômeno?

Quem não quer entregar sua carreira para o jogador mais midiático do planeta?

Ele tem mais contatos em clubes e patrocinadores do que os 414 gols que marcou...

Neymar, Ganso, Lucas, Dentinho, Seedorf, Adriano, Kaká, Pato, Robinho...

Todos estão pensando em Ronaldo antes de dormir...

Avaliam como trabalhar com o Fenômeno...

Ronaldo tenta conciliar os inúmeros pedidos de jogadores menos importantes...

Os empresários estão apavorados...

Principalmente aqueles que já fizeram seus atletas comprarem brigas homéricas...

E rasgarem contratos juramentados...

Eles sabem que a 9ine tem à sua disposição o escritório de advogados na Espanha que sempre serviu Ronaldo...

Se qualquer atleta de ponta do futebol mundial resolver de uma hora para outra se bandear para o ex-jogador, não tem jeito...

As queixas dos empresários poderosos já chegaram até os ouvidos do Fenômeno...

Ele disfarçou no twitter...

Disse não fazer o que está fazendo...

Muitos agentes credenciados junto à Fifa acreditam que é briga perdida se recorrem à entidade...

Ronaldo tem um livre trânsito nos corredores suíços...

Que ficaram ainda mais abertos com a reaproximação com Ricardo Teixeira...

E a participação na Copa do Mundo de 2014...

Além do futebol, Ronaldo promete se esbaldar no UFC, já tem Anderson Silva...

Na Fórmula 1...

E até entre os atletas olímpicos que embarcarão para Londres...

Mas seu foco maior será mesmo o futebol...

Sim, é irônico...

Mas os empresários que enriqueceram às custas de jogadores brasileiros estão apavorados...

Sentiram o golpe...

Sem ter o que fazer, torcem para que Ronaldo escolha logo o seu time...

E deixem os demais soltos...

Rezam para que ele não seja como Wagner Ribeiro, que só gosta de trabalhar com mais de cem atletas...

Se Ronaldo decidir fazer algo parecido...

Empresários de ponta no Brasil serão mais uma espécie em extinção na nossa gloriosa fauna...

E podem até adotar uma certa música na hora da despedida ao dinheiro fácil...

Quando eles estiverem indo para a 9ine...

A mistura do sotaque de Kia, Figer, Zahavi e Wagner Ribeiro ficará impagável...

Vão se lembrar da época em que era só oferecer um sobrado e um carro popular à família...

E tinham a alma do jogador para sempre...

Isso acabou para os atletas AAA...

Agora eles têm outra opção para quem entregar a alma...

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Conheça todos os blogs do R7


Ronaldo trouxe Adriano e está perto de fechar com Seedorf. Mas o sonho do Corinthians é Kaká. E ele vai tentar…

divulgacao80 Ronaldo trouxe Adriano e está perto de fechar com Seedorf. Mas o sonho do Corinthians é Kaká. E ele vai tentar...
As negociações no Corinthians começaram a acontecer de forma sui generis.

Não a de jogador comum, como Weldinho.

Mas Adriano, Seedorf.

A rotina é a seguinte: Ronaldo vai atrás do jogador capaz de atrair investidores...

Que dê lucro ao Corinthians.

Fala com o jogador, o convence a atuar no Parque São Jorge...

Negocia até salários...

Só aí avisa Andrés Sachez...

E o presidente avalia se vale ou não a pena seguir a indicação do dono da 9ine.

Até agora, Andrés não disse não a Ronaldo sequer uma vez...

Gostou demais do" sim" de Adriano.

E agora vibrou com o talvez de Seedorf..

O dirigente deu carta branca de verdade para Ronaldo.

Usando o seu carisma e as amizades que cultivou por anos, o ex-jogador tem uma arma a mais, além do Corinthians.

Ele oferece sua empresa para administrar a carreira dos atletas que se aventura a contratar.

Adriano se encantou com o que foi apresentado a ele.

A ponto de virar as costas a Gilmar Rinaldi.

O mesmo foi oferecido a Seedorf.

E ele também se animou a deixar o restante da sua carreira com Ronaldo.

O jogador já tem 35 anos.

Andrés Sanchez quer garantir a eleição do seu escolhido como sucessor: Mário Gobbi.

Para isso, acredita que vencendo o Brasileiro, a vitória está garantida.

Ele sabe que a oposição está se articulando.

Paulo Garcia é a pessoa escolhida para duelar com Gobbi.

Ronaldo irá se engajar na campanha pelo 'baixo clero', como é chamado o grupo de Andrés Sanchez.

Por isso montar um time com jogadores importantes como Adriano e Seedorf é fundamental.

Há um sonho enorme que Andrés gostaria de realizar.

Talvez o último antes de largar a sua querida presidência corintiana.

Seria mais um golpe no orgulho são-paulino, fruto da sua rivalidade com Juvenal Juvêncio.

Andrés já falou com Ronaldo e sonha com o empréstimo de Kaká.

Por pelo menos uma temporada.

Ronaldo já avisou que a chance é quase zero.

Mas vai tentar convencer o meia a voltar para o Brasil.

Assim que acabar a temporada europeia.

Sanchez se aproximou de Kaká durante a Copa da África.

E está esperançoso.

Por mais que ele tenha um amor declarado pelo São Paulo.

Adriano e o próprio Ronaldo tinham pelo Flamengo.

E foram parar no Parque São Jorge.

Ronaldo está adorando essa sua vida de empresário de futebol...

E principal representante do Corinthians...

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

O medo de nova derrota para Andres Sanches, e Kaká, empurraram Luís Fabiano para o São Paulo…

divulgacao1 O medo de nova derrota para Andres Sanches, e Kaká, empurraram Luís Fabiano para o São Paulo...
Nada como a raivosa rivalidade...

Ao saber do assédio de Corinthians, Inter e Flamengo, Juvenal Juvêncio acordou.

Tratou de mandar o seu diretor de marketing para a Espanha.

Não iria perder Luís Fabiano para nenhum outro clube.

Principalmente para o clube de Andres Sanches.

A séria contusão do atacante ajudou.

O jogador já estava irritado, deprimido na Espanha.

Ele ficou frustrado demais com a eliminação do Brasil na Copa.

E também com as três frustradas tentativas do Milan em contratá-lo.

Já não aguentava mais disputar campeonatos por disputar.

O potencial do Sevilla era limitado.

Se mostrou um trampolim frouxo...

Sem força para impulsioná-lo a um clube realmente grande da Europa.

Perdeu a sua alegria, a sua motivação.

Até mesmo sua posição de titular absoluto da equipe já era questionada.

Os dirigentes espanhóis não aguentavam mais o agente do jogador implorar para a volta ao Brasil.

Estava demais a pressão.

Começava a ser criada uma indisposição entre a diretoria do Sevilla e Luís Fabiano.

Enquanto isso, aqui no Brasil, Juvenal Juvencio não suportava ouvir falar em Andres.

O corintiano lhe tirou a abertura da Copa do Morumbi.

A levou para um terreno baldio.

A Fifa aprovou um desenho.

Não bastasse essa vitória consagradora, veio a transmissão do Brasileiro.

Andres conseguiu implodir o Clube dos 13 que Juvenal tanto defendia.

Outra derrota humilhante.

Não iria perder Luís Fabiano.

Ainda mais agora que está para ganhar na marra mais um mandato.

Ele precisava de um grande trunfo para comemorar.

Pensou em Alex Silva, mas era pequeno.

E além do mais, o zagueiro se mostra arrependido de ter concordado em ficar no Brasil.

Mostra seu lado indisciplinado para ver se o São Paulo desiste de comprá-lo.

A saída caiu do céu.

Luís Fabiano é um apaixonado por computador.

Não passa um dia sem trocar mensagens com seu 'parceiro' Kaká.

E foi para ele que disse não suportar mais a Europa.

Desejava voltar ao Brasil e atuar em um clube grande.

Tinha sim preferência pelo São Paulo.

Mas não morreria se jogasse por outro.

Seu sonho é voltar à Seleção Brasileira...

E ainda disputar a Copa de 2014...

Kaká tratou de agir.

Ele é muito amigo de Rogério Ceni.

E pronto...

A corrente estava formada.

O goleiro conversou a sério com Juvenal Juvêncio e ele autorizou a contratação.

O clube vai gastar com gosto R$ 20 milhões.

O departamento de marketing pretende lançar bonecos, camisetas, jogos, usando o apelido "Fabuloso".

Será grandiosa a festa de apresentação do jogador, no dia 30.

Ele fará tratamento por cerca de dois meses.

Só poderá jogar no meio do ano, quando a janela for reaberta.

Mas não interessa.

Até lá ele será um troféu vivo que Juvenal fará questão de exibir.

Principalmente quando Andres Sanches estiver por perto.

Ele nunca vai saber o quanto acelerou a contratação do Fabuloso pelo São Paulo...

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Está acabando o tempo de Kaká no Real Madrid. José Mourinho não quer o jogador de R$ 149 milhões. Por isso, o Corinthians sonha…

divulgacao945 Está acabando o tempo de Kaká no Real Madrid. José Mourinho não quer o jogador de R$ 149 milhões. Por isso, o Corinthians sonha...
Andres Sanches se gaba a amigos de ter informações 'quentes' da Espanha.

Fez contatos íntimos com dirigentes do Barcelona.

E de outros clubes.

Portanto, não foi por acaso que ele disse no Parque São Jorge ser possível bolar um plano para trazer Kaká.

Assim que o Real Madrid acertou a contratação de José Mourinho, os boatos chegaram.

De acordo com jornalistas espanhóis, pelo treinador o ideal seria trocá-lo por atletas mais eficientes.

Por ele teria sido uma loucura o clube gastar 65 milhões de euros (R$ 149 milhões) no brasileiro.

Tudo ficou ainda pior com a fraquíssima Copa que Kaká disputou na África do Sul.

A desculpa das contusões que o jogador tinha no púbis e no joelho não amenizaram o sentimento de Mourinho por ele.

Pelo contrário.

Tudo ainda ficou pior com a contratação do alemão Ozil.

Com o bom desempenho do meio campista ao lado de Cristiano Ronaldo, Kaká ficou ainda mais dispensável.

O brasileiro tentou relevar, fazer de conta que era mentira tudo o que ouvia ou lia.

Mas ele está percebendo que é para valer.

Está recuperado e Mourinho não quer saber.

Kaká não interessa ao treinador.

Agora o meia finalmente se rendeu às evidências.

Ele não tem mais a mesma aceitação por parte dos dirigentes do Real Madrid.

Está sendo tratado como um jogador que precisa sair, ser vendido.

Clubes italianos e ingleses já estão sabendo que agora suas propostas serão levadas em consideração.

Pato, Ibrahimovic, Ashley Cole e Lampard foram cotados para serem trocados pelo brasileiro.

A situação está ficando cada vez mais insuportável.

Kaká ainda tem excelentes contatos no Milan.

Os árabes donos do Manchester City têm uma veneração pelo brasileiro.

E ele é citado sempre como jogador que interessa ao Chelsea.

Além do embrionário projeto de repatriamento por parte do Corinthians.

Sendo preterido no Real Madrid, Kaká também perde espaço na Seleção Brasileira.

Justo agora que ele contratou a estilista de Claudia Leite para cuidar do seu guarda-roupa.

Reserva no Real Madrid e colocado desde já em disponibilidade, não tem muitos motivos para sair de casa.

Desinteressante para o treinador...

Kaká vive o pior momento da sua carreira.

O inferno astral chegou para o meia de R$ 149 milhões...

(Kaká acaba de colocar no seu twitter que não tem problema com Mourinho.

O irônico é que ao mesmo tempo, dirigentes do Milan afirmavam que ele tinha sim problemas no Real Madrid.

E que se não fosse pelo alto salário, ele poderia voltar...)

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Mano Menezes fez a melhor convocação para salvar o seu pescoço. Não quis perder tempo com Kaká, Robinho e Ronaldinho Gaúcho…

divulgacao0933 Mano Menezes fez a melhor convocação para salvar o seu pescoço. Não quis perder tempo com Kaká, Robinho e Ronaldinho Gaúcho...

A água bateu no peito.

Mano Menezes percebeu que seleção brasileira não combina com derrotas.

Perder para a Argentina e para a França influenciou sua convocação contra a fraca Escócia.

É para voltar de Londres com uma vitória de qualquer maneira.

E para isso, os retornos de Lúcio, Maicon e Elano serão fundamentais.

Não pelo futebol descomunal do trio.

Pela personalidade.

A seleção brasileira renovada estava precisando de alguém com voz firme.

Com comando para cobrar, animar o time.

Cortar as asas de Neymar...

Lúcio nasceu para isso.

Roger que o diga.

Mano Menezes conseguiu nesta convocação trazer vivência e talento.

A hora era mesmo de esquecer a seleção olímpica.

A Copa América começará dentro de três meses.

E será na Argentina.

Ele precisa ter uma equipe consistente, confiável, respeitável.

Por isso deixou de fora Robinho.

O seu capitão.

A desculpa é que ele precisa de um descanso porque está disputando o Italiano e a Liga dos Campeões.

Como se Lúcio, Daniel Alves, Maicon também não estivessem.

Foi conversa para Ricardo Teixeira dormir.

O jogador do Milan não passa por boa fase técnica.

E não acrescentou nada à seleção brasileira nas últimas convocações.

Pode escalar sem pensar o ataque que considera o ideal: Neymar e Alexandre Pato.

Sem dores na consciência, sem a obrigação de escalar Robinho no segundo tempo.

A ótima confirmação foi a chamada de Lucas.

Ele está merecendo uma chance na equipe principal.

Tomara que mostre a mesma personalidade do Peru, jogando pela sub-20.

E o mesmo futebol moderno, versátil, ágil.

Tem tudo para levar muito gás à seleção.

Estranha é a chamada de Jonas.

Enquanto ele esteve no Brasil, jogando pelo Grêmio, foi desprezado.

Bastou pisar no Valencia e veio a chamada.

É uma boa lembrança; ainda estamos em testes.

Mas ele mereceria ter sido chamado antes.

Vale a pena também enaltecer a volta de Nilmar.

Ele tem potencial para atuar como titular.

Seu grande problema sempre foi se impor, cobrar sua presença em campo.

Ser bonzinho demais.

Parece que isso está finalmente mudando.

As ausências de Kaká e Ronaldinho Gaúcho são completamente justificáveis.

Nenhum dos dois está mostrando potencial para merecer convocação.

Kaká, inclusive, sabe que dificilmente continuará no Real Madrid depois de junho.

Tamanha é a decepção de José Mourinho com ele.

E as partidas pelo Campeonato Carioca e pela Copa do Brasil não animaram nem Assis...

Quanto mais Mano Menezes.

Ronaldinho Gaúcho sabe que precisa jogar muito, mas muito melhor do que está demonstrando na Gávea...

Esta foi a convocação mais equilibrada, com mais jeito de seleção brasileira que Mano fez...

Com a água no peito, ele foi buscar o que faltava ao seu time: personalidade, liderança...

E encontrou em Lúcio, Maicon e Elano...

Contra a Escócia dá e sobra...

Que adversariozinho bem escolhido, não é?

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

A direção do Real Madrid ainda está revoltada com o sacrifício inútil de Kaká na Copa da África…Só o liberará para a Seleção quando for obrigatório…Acabou a boa vizinhança…

divulgação0025 A direção do Real Madrid ainda está revoltada com o sacrifício inútil de Kaká na Copa da África...Só o liberará para a Seleção quando for obrigatório...Acabou a boa vizinhança...
É muito simples compreender o sacrifício que Kaká fez na Copa da África.

Sua lesão no joelho esquerdo e lombalgia eram tão graves que só voltará a jogar em janeiro.

Ou seja: agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro serviram só para recuperação.

O segundo jogador mais caro da história está parado há cinco meses.

A direção do Real Madrid ainda não se conforma como ele expôs a tanto sacrifício pela Copa.

Médicos confirmam que as dores que ele sentiu foram além do normal.

Kaká estava obcecado.

Foi um enfeite na Copa de 2002 e havia fracassado na de 2006.

Queria a redenção em 2010.

Se aproveitou da dependência da convocação de Dunga...

E principalmente da vontade de um trio.

Do fisioterapeuta Luis Rosan, do preparador físico Paulo Paixão e do médico José Luiz Runco.

Eles acreditavam ter a missão divina de colocar o jogador em campo na África.

De qualquer maneira.

Sabiam que Dunga contava, precisava dele em campo.

E todos foram contagiados com o enorme espírito de sacrifício de Kaká.

Ele se submeteu a tudo para jogar.

Principalmente ao seu maior sacrifício pessoal, as dores.

Diagnósticos foram desprezados.

E todo tipo de tratamento tentado.

Ele ficou muitas madrugadas acordado tratando do joelho e da pubalgia, que era mais cruel.

As dores na lombar eram terríveis.

Dificultavam a movimentação, o arranque, os chutes.

Praticamente anulavam o potencial de Kaká.

Mas perigosa mesmo era a lesão do joelho.

"Ele colocou sua carreira em risco.

Não sei como um jogador tão importante se expôs a isso", disse o consagrado médico Marc Martens que o operou em agosto.

Kaká estava com o menisco rompido.

A direção do Real Madrid ficou possessa com o diagnóstico.

Afinal, gastou 65 milhões de euros no meia.

Cerca de R$ 178 milhões!!!

Tudo por um sacrifício inútil.

Kaká não podia se movimentar, mas contava com toda a confiança de Dunga.

Todos diziam que o jogador estava bem.

Seu esquema dependia demais de um jogador talentoso, mas com o menisco rompido.

Médicos de clubes grandes de São Paulo me afirmaram que nem Pelé no auge faria melhor com o joelho como estava o de Kaká.

Tudo isso foi exposto porque o jogador anunciou a sua volta em janeiro.

E de novo, se ouve um aviso vindo da CBF.

"Kaká será fundamental para o meu trabalho.

Ele sabe o quanto conto com ele."

As frases são de Mano Menezes.

A direção do Real Madrid, José Mourinho, parentes e até assessores de imprensa de Kaká ficaram arrepiados.

Outra vez, não.

Todos sabem o quanto o jogador quer completar a trajetória vitoriosa na sua carreira.

E ele está devendo na Seleção Brasileira.

Principalmente em uma Copa do Mundo.

Em 2014, ele terá 32 anos.

Será a sua última chance.

Se ele fez o que fez em 2010, o medo é pensar em tudo o que ele se sujeitará a jogar a Copa do Brasil.

Que Mano Menenezes ou quem estiver no comando da Seleção tenha bom senso e perceba essa exagerada determinação de Kaká.

E que cultive Ganso e até o argentino naturalizado Conca.

O Brasil não pode nunca mais depender da santa obsessão de Kaká.

Até porque acabou a boa vontade da direção do Real Madrid em relação à Seleção Brasileira.

Os espanhóis não perdoam o que foi feito com seu jogador que custou R$ 170 milhões.

Só o vão ceder quando forem obrigados pela Fifa.

Acabou a política de boa vizinhança...

São Paulo se prepara para a operação Kaká…Onde estão os são-paulinos que o chamaram de pipoqueiro?

kaka lula São Paulo se prepara para a operação Kaká...Onde estão os são paulinos que o chamaram de pipoqueiro?

O jornalismo oferece situações absurdas, mas se elas aparecem, não há porque renegá-las.

Trabalhando como repórter, setorista do São Paulo, Corinthians e Palmeirav, fui testemunha da história várias vezes.

Foram 22 anos e meio em um um jornal diário.

A editoria de Esportes sempre foi o seu ponto mais forte e muito respeitada no Brasil.

Por uma questão de pauta e oportunidade, estava em uma sala reservada do aeroporto de Cumbica, quando Kaká estava embarcando, vendido para o Milan.

Foi uma conversa exclusiva, de 45 minutos.

Ele estava acompanhado com seu pai Bosco e seu empresário, na época, Wagner Ribeiro.

Embora nunca tivesse sido um repórter próximo de Kaká, a insistência e a importância do jornal ajudaram.

E ele meu deu um depoimento emocionado.

Com água nos olhos.

Se sentia um injustiçado.

Estava muito triste com o comportamento das torcidas organizadas do São Paulo.

Elas o tratavam como pipoqueiro, como jogador sem personalidade para enfrentar jogos difíceis.

De atleta seduzido pela Itália, pelo Milan.

Realmente, ele tinha um grande sonho de atuar por lá.

Mas queria ficar mais um tempo no São Paulo.

Só que não suportava sair nas ruas e ser chamado de pipoqueiro.

Ele tinha apenas 21 anos.

Havia o interesse do Chelsea, que ofereceu US$ 12 milhões.

Só que ele desejava atuar no Milan, que colocou US$ 8 milhões na mesa.

A diretoria do São Paulo ficou contrariada.

Mas Kaká fez um grande favor para o clube que o mostrou para a mídia mundial.

Na entrevista que me deu, destacou que poderia esperar alguns meses e ir embora sem deixar um tostão.

Seu contrato estava para acabar.

Ele acelerou sua saída de propósito.

E por isso escolheu para onde ia.

Se transformou no melhor jogador do mundo, em 2007.

Foi contratado pelo Real Madrid por 65 milhões de euros.

A segunda maior transação da história de um atleta de futebol.

Chegou contundido, mas teve de jogar para fazer valer investimento tão alto.

Lógico que iria pagar caro demais por entrar em campo com o joelho baleado e a pubalgia apitando.

Na Copa de 2010, também contundido, foi uma triste sombra do que poderia ser.

Assim como em 2006.

Sofreu uma importante operação e está se recuperando.

José Mourinho nunca foi o fã número um do brasileiro.

Pelo contrário.

Ele acredita que por seu preço, o Real Madrid pode ter quatro jogadores importantes.

E recomendou sim à direção do clube espanhol negociar Kaká.

Isso ainda antes de assinar seu contrato.

Mas com a operação de Kaká, a direção do Real Madrid não quer perder muito dinheiro.

A Inter de Milão quer o jogador e tenta aproveitar a oferta de ocasião.

Só que os dirigentes espanhóis estão mesmo tentados a seguir a fórmula que o Santos ensinou.

Emprestar Kaká ao seu clube de origem para recuperá-lo.

E, na seqüência, vendê-lo no retorno.

Exatamente como aconteceu com Robinho que, de encostado no Manchester City, voltou a ser estrela no Santos.

E foi bem vendido ao Milan.

A situação não é fácil.

Pelo contrário, é complicada.

Os salários de Kaká são absurdos para a realidade do futebol brasileiro.

Ele recebe R$ 24,5 milhões por ano.

Mais de R$ 2 milhões mensais ou R$ 500 mil por semana.

Mesmo assim, o departamento de marketing do clube se mobilizou e garantiu a Juvenal Juvêncio que consegue patrocínios para bancar a estrela.

O presidente do São Paulo vai tentar o contato ainda hoje com os dirigentes espanhóis.

Quer viabilizar de qualquer maneira a contratação.

Seria uma compensação para Juvenal por haver perdido o Morumbi como sede da abertura da Copa de 2014...

O irônico é que as diretorias das principais torcidas organizadas do São Paulo estão histéricas, eufóricas com a chance do retorno.

Se esqueceram do que fizeram há oito anos.

Caso dê certo a complicada transação, Kaká pode sorrir.

O garoto que saiu do Brasil assustado, decepcionado, injustiçado está vingado.

De indesejado, virou sonho...

Razão de promessas e novenas...

Nada como um dia após o outro no futebol...

Na vida...

Veja mais:
+ Siga o R7 no Twitter

+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Vagner Ribeiro começa a usar com Neymar a mesma tática que adotou para tirar Kaká do São Paulo. E Robinho do Santos…

reuters742 Vagner Ribeiro começa a usar com Neymar a mesma tática que adotou para tirar Kaká do São Paulo. E Robinho do Santos...

Vagner Ribeiro.

Foi acreditando nele que a família Neymar acabou aceitando a proposta do Santos.

"Ele será tratado como um rei.

Nunca no Brasil houve um plano de valorização de um atleta.

Estou orgulhoso pelo que o Santos fez.

O Neymar só vai sair do clube depois da Copa de 2014."

As afirmações foram feitas no dia 19 de agosto.

Não faz um mês.

Ele assinou novo contrato de cinco anos com o Santos.

Sua multa pulou para exorbitantes 45 milhões de euros ou R$ 101 milhões.

Muitos empresários importantes da América Latina acreditaram ter sido uma loucura.

Dos dois lados.

O Chelsea oferecia R$ 40 milhões para o jogador por cinco anos.

E R$ 30 milhões (R$ 69 milhões) ao Santos.

Proposta recusada.

Neymar aumentado para R$ 500 mil mensais.

Com a saída de Robinho, Wesley e André e a contusão de Ganso, o futebol do Santos caiu.

Ficou um time mais fácil de marcar e não impossível de derrotar.

Os amigos publicitários de Luís Álvaro não encontraram as sonhadas empresas dispostos a pagar fortunas para ter Neymar como garot propaganda.

As promessas de transformar Neymar em um jogador midiático mundialmente não são tão fáceis de realizar.

Com o fim da transação com o Chelsea, ele desapareceu do noticiário internacional.

Foi muito bem na Seleção Brasileira.

Voltou a ganhara alguns elogios em jornais espanhóis e italianos.

E só.

Desde que voltou para o Santos para o Campeonato Brasileiro deixou de interessar.

Vagner Ribeiro já não estava tão contente.

Não tinha certeza de foi um bom negócio manter sua estrela no Brasil.

Ou uma perda de tempo e dinheiro,como seus amigos empresários lhe diziam.

Foi quando estouraram as confusões envolvendo o menino contra o Avaí, Ceará e Atlético Goianiense.

Ele se conteve.

Tudo ruiu ontem quando Dorival Júnior percebeu que havia perdido prestígio.

Passou a ser criticado como um técnico sem comando, golpe fatal para alguém de sua profissão.

E resolveu impor um afastamento de 15 dias a Neymar.

Dorival Júnior nunca assumirá publicamente, mas essa multa de 30% nos salários do garoto que a diretoria promete impor, ninguém acredita.

Se fosse real, Vagner Ribeiro teria feito um escândalo.

Ele se calou.

Só voltou a gritar, reclamar quando Dorival Júnior tirou o jogador da partida contra o Guarani.

Qual sua arma?

O twitter...

"Faltou respeito em ambos os casos.

Um pede perdão, mas o treinador insiste em mostrar poder e não perdoa.

Autoridade se impõe com critérios e firmeza.

Recusa de substituição é afronta?

Elogiar o erro depois é normal?

E depois do elogio, chegar no vestiário e criticar é coerente?

Não estou pondo lenha.

Mas não posso ficar quieto ao ver alguém usar uma criança confessa e o pegar para Cristo."

Ribeiro não faz nada por acaso.

Ao citar Ganso, ele quer fazer intriga, aumentar a confusão.

Vagner garante que duvida que Dorival Júnior terá coragem de deixar Neymar fora do clássico contra o Corinthians na quarta-feira.

Ao desrespeitar o técnico do Santos, Vagner Ribeiro sabe que começa a detonar o plano para segurar Neymar na Vila Belmiro.

Por coincidência ou não, quando ele quis tirar Kaká do São Paulo criou um clima insuportável.

A mesma coisa aconteceu quando Robinho saiu do próprio Santos.

Hoje foi um dia marcante.

O dia em que Ribeiro começa a sabotar o plano de Neymar e Santos.

Quando no seu twitter Neymar diz estar cansado de tudo.

Ele quer dizer: cansado de sua vida em Santos, no Santos.

O garoto de 18 anos está profundamente humilhado por haver treinado e não viajado para Campinas.

Se Dorival Júnior lhe queria dar uma lição, só o deixou ainda mais irritado.

E disposto a repensar seu futuro no Santos.

Tudo que está ruim pode ficar muito pior.

Vagner Ribeiro, Kaká e Robinho sabem bem disso...

Veja mais:

+ Tudo sobre futebol no R7
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

O São Paulo quer aumentar em dez vezes a multa de Marcelinho, o Kaká que tirou do Corinthians… E que Ricardo Gomes não queria escalar…

kakaspfc O São Paulo quer aumentar em dez vezes a multa de Marcelinho, o Kaká que tirou do Corinthians... E que Ricardo Gomes não queria escalar...

Juvenal Juvêncio já disse que o ano valeu pela descoberta de Marcelinho.

Rogério Ceni o comparou a Kaká.

Seu empresário, Vagner Ribeiro diz que é uma mistura de Cristiano Ronaldo, Messi e Rooney

Os jogadores mais velhos no elenco, como Fernandão, apostam em futuras convocações.

E o mais irônico é que se Ricardo Gomes continuasse no São Paulo, o garoto não teria chances no time.

Desde o ano passado, o ex-treinador do clube ouvia falar no talentoso garoto da base.

Mas ele se recusava sequer a pensar no jogador.

"Agora não é hora de testar meninos", repetia sempre que ouvia o nome Marcelinho.

O calmo Ricardo Gomes chegou a se irritar este ano com a insistência em relação ao meia.

Recusou pedidos explícitos dos dirigentes.

Foi uma das situação em que ele foi mais firme no São Paulo.

Sem perceber foi um dos seus grandes erros que não foram perdoados por Juvenal.

Marcelinho é tratado como um grande trunfo no Morumbi.

E que vai além do seu talento.

Ele é tratado como um trunfo contra o presidente do Corinthians, Andres Sanches.

O garoto treinava no Parque São Jorge quando era mais jovem.

Ele se chama Lucas, tem o apelido de Marcelinho porque começou em uma escola de Marcelinho Carioca.

Logo foi levado para o Corinthians, como um jogador de muito futuro.

Só que, de acordo com parentes, o clube sempre o tratou com descaso.

Muito magro, seu sonho era ganhar força muscular para enfrentar os zagueiros adversários.

Mas, de acordo com Marcelinho, o Corinthians nunca lhe deu essa importância.

E aí surgiu o São Paulo...

"O São Paulo o roubou do Corinthians. As coisas precisam ser colocadas como elas são", diz, raivoso, Andres Sanches.

Só que o casamento não foi tão imediato.

Mesmo com o ótimo futebol mostrado na conquista da Taça São Paulo, Marcelinho não tinha chances reais entre os profissionais.

Ricardo Gomes sempre dizia não.

Vagner Ribeiro procurou os dirigentes várias vezes falando em nome do jogador de 18 anos.

De acordo com conselheiros do São Paulo, Ribeiro ameaçava tirá-lo do clube e o oferecer ao Santos.

A situação chegou a um impasse.

Tanto que o empresário ironizou a diretoria do Morumbi.

"Se Neymar jogasse no São Paulo estaria sendo preparado para disputar a Copa São Paulo de 2011."

Ele tocou na ferida, no medo do clube de lançar jovens atletas.

Vagner diz a amigos o quanto foi difícil para o próprio Kaká se impor no Morumbi.

Mas com Sérgio Baresi, tudo mudou.

Ele conhecia profundamente o garoto e logo o colocou para jogar.

O meia atuou em oito jogos pelo São Paulo.

E apenas cinco como titular.

Mas agora ganhou seu espaço no time e muito mais.

Os dirigentes já tiveram duas conversas com Vagner Ribeiro.

Querem alterar o contrato do garoto.

Sua multa é irrisória para grandes clubes e time do Exterior: R$ 4,6 milhões.

O contrato vai até 2013.

Mas os dirigentes querem dar grande aumento e prorrogá-lo até 2015.

E fazer a multa subir para pelo menos R$ 40 milhões, quase dez vezes mais.

As conversas vão prosseguir na próxima semana.

Vagner Ribeiro só não o leva agora para um clube do Exterior porque ele quer continuar negociando com o São Paulo.

Por causa da venda de Kaká para o Milan, as portas do Morumbi estiveram fechadas para ele por anos.

E não quer fechá-las novamente...

Veja mais:

+ Tudo sobre futebol no R7
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7

Página 1 de 41234