Posts com a tag: abrindo

Arena Itaquera abrindo a Copa 2014 em São Paulo. Vitória de Teixeira e Andres. Com empurrãozinho de Lula. Derrotado? Juvenal Juvêncio…

divulgação391 Arena Itaquera abrindo a Copa 2014 em São Paulo. Vitória de Teixeira e Andres. Com empurrãozinho de Lula. Derrotado? Juvenal Juvêncio...

Governo federal, Odebrecht, ameaça, medo de sobrevivência política, amizade de Andres Sanches e Lula.

E não ao Piritubão.

Esse coquetel de interesses fez com que a arena Itaquera vire a sede da abertura da Copa do Mundo em São Paulo.

Foi uma negociação amarrada, difícil.

Feita para atender os interesses de todos.

E principalmente, afastar de vez o Morumbi da Copa do Mundo.

Travar todo lobby político que Juvenal Juvêncio estava fazendo junto a deputados e senadores em Brasília.

Suas viagens à capital do Brasil eram constantes e travaram o próprio time do São Paulo.

Era uma questão de honra e muito dinheiro confirmar 0 Morumbi na Copa.

Só que a inimizade com Ricardo Teixeira e Andres Sanches foi um inimigo mortal.

O apoio de Juvenal à candidatura Fábio Koff ao Clube dos 13.

A vontade do dirigente são-paulino de formar uma liga independente da CBF foi a gota d'água.

Se o Morumbi fosse confirmado como estádio da abertura do Mundial de 2014 seria inteiro remodelado.

E para quem ficaria a arena ultramoderna com estacionamento e metrô na porta?

O São Paulo daria um pulo de 25 anos à frente dos rivais paulistas.

Principalmente o Corinthians.

A princípio surgiu a possibilidade da construção do Piritubão, novo estádio na cidade para a Copa.

Só que o prefeito Gilberto Kassab considerou um absurdo.

Havia o Morumbi.

A cidade não gastaria tanto dinheiro reformando o estádio são-paulino.

E deu a sua palavra a Juvenal que reverteria até o veto da Fifa.

Por isso foi para a África do Sul.

Conseguiu lá o apoio do do presidente Lula.

Este apoio acabou quando o presidente da Fifa, Joseph Blatter disse a Lula que o Morumbi não seria usado de jeito nenhum.

E ponto final.

Enquanto isso, Andres Sanches e Ricardo Teixeira articulavam a possibilidade de fazer a abertura da Copa na nova arena corintiana.

Eles ficaram muito íntimos depois que Andres foi o chefe da delegação brasileira na África.

Kassab soube por Lula que o melhor seria desistir do Morumbi.

O governador Alberto Goldman também havia jurado publicamente que não apoiaria a construção de uma nova arena em Pirituba.

Goldman, Kassab e Teixeira tiveram uma primeira conversa em São Paulo e não chegaram a um acordo.

O presidente da CBF ainda pensava em Pirituba.

Mas Andres Sanches levou até ele o plano de construção da Arena corintiana proposto pela Odebrecht.

A cúpula da Odebrecht está realizando um pedido especial do presidente Lula.

Até para agradar também a candidata e possível presidente, Dilma.

Teixeira viu a realização dos seus sonhos.

E chamou Kassab e Goldman para uma reunião hoje no Rio de Janeiro.

Seu argumento é que o dinheiro da nova arena corintiana será privado.

E que não haverá Pirituba, como os dois queriam.

Tanto Kassab quanto Goldman estavam temerosos em relação ao futuro político.

Seus assessores insistiam em suicídio eleitoral se ambos fossem os vilões de São Paulo não abrir o Mundial.

Teixeira ameaça levar o jogo inaugural para Belo Horizonte.

A solução foi a perfeita para todos.

Principalmente para o Corinthians, para Andres Sanches.

Ele havia jurado que o Morumbi não abriria a Copa.

Chegou a pensar apoiar Pirituba.

Mas a oferta de Odebrecht a Lula de um novo estádio para o seu time de coração caiu do céu.

O estádio deverá ser construído para 60 mil pessoas.

Deverá custar R$300 milhões.

E ter o nome da construtora, pelo menos nos primeiros dez anos.

Isso e outros detalhes serão discutidos mais tarde.

O que vale é sobrevivência política de Kassad e Goldman.

O não ao Piritubão.

A vitória de Teixeira e Andres contra o Juvenal Juvêncio.

Do Corinthians sobre o São Paulo.

E Itaquera terá o Soccer City paulistano...

Veja mais:

+ Acompanhe as notícias de futebol
+ Veja os destaques do dia
+ Todos os blogs do R7